ICFUT – 100 GOLS INCRÍVEIS DA HISTÓRIA DO FUTEBOL BRASILEIRO

 

 

Alguns dos gols mais bonitos da história do Futebol Nacional

DIBRADA CAST #35 – BREVE HISTÓRIA DOS ESTÁDIOS

Alô alô Dibradores! Está no ar o podcast mais lembrado nos estádios do Brasil. Dibrada Cast #35. Nesse episódio Caiçara, Aguiar e OitoMeia vão contar um pouco da história de alguns dos principais estádios do Brasil. Curiosidades, nomes engraçados, e muito mais. Não perca tempo e dê o play, antes que seu time venda a sua casa. Link: https://bit.ly/2MiuDzq Trilha sonora: Elvis Presley – A Little Less Conversation Gabriel o Pensador – Rap das torcidas

DIBRADA CAST #34 – QUARENTENA, GRIPEZINHA E TRETAS

Alô alô Dibradores, Está no ar a sua salvação dessa quarentena. Dibrada Cast #34, o podcast mais tretoso de todos, o único com a participação do Anjo Caído. Nesse episódio Caiçara, Aguiar e OitoMeia falaram sobre como está sendo a quarentena, também discutiram sobre as últimas tretas. Além é claro daquele contato maroto com o outro lado com o AC. Link: Trilha sonora: Elvis Presley – A Little Less Conversation Jorge Ben e Mano Brown – Umbabarauma Acesse: http://www.dibrada.com.br

ICFUT – Todos os times que disputarão o Brasileirão Série A, B, C e D em 2020

Nesse vídeo você irá conhecer todos os 128 times que disputarão as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, no ano de 2020!

  • Mudanças na Série D! No lugar do Red Bull (que sai por causa da parceria com o Bragantino) entrou o Mirassol! E houve uma outra mudança, o Baré não irá disputar nada em 2020, fechou o departamento de futebol, entrou no lugar o Atlético de Roraima Essas alterações ocorreram depois que saiu o vídeo, mas fica a correção!

ICFUT: Corte de salários durante a pandemia já atinge 16 clubes da Série A; veja medidas de cada um

Fonte: Globo Esporte

Por GloboEsporte.com — São Paulo

O corte de salários durante a pandemia de coronavírus já chegou a 16 dos 20 clubes que integram a Série A do Campeonato Brasileiro em 2020. As diminuições variam de 15% a 50% (veja na lista abaixo a situação de cada um deles).

Em levantamento feito pelo GloboEsporte.com, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Coritiba, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, Sport e Vasco tomaram medidas para enxugar os gastos.

O Cruzeiro, rebaixado para a Série B no ano passado e em grave crise financeira, também optou pela redução de 25% dos salários dos jogadores e funcionários, após o retorno das férias (termina nesta quinta).

A lista pode aumentar nos próximos dias com o Atlético-GO e Botafogo. Ambos se comprometeram a pagar integralmente os vencimentos até abril, mas cogitam reduções a partir de maio por conta da diminuição na arrecadação.

O único clube que anunciou que não fará cortes nos salários é o Bragantino, amparado pela parceria com a Red Bull. Para minimizar o impacto da paralisação do futebol, o clube optou por diminuir investimentos em outros setores, como a contratação de jogadores. Só em 2020, a equipe do interior de São Paulo injetou R$ 84 milhões em reforços.

O Athletico ainda não se manifestou sobre o assunto.

Milionários também cortam

Flamengo e Palmeiras não conseguiram escapar da dificuldade financeira em meio à pandemia. Com grandes investimentos no futebol nos últimos anos, os clubes já anunciaram os cortes. O Rubro-Negro iniciou as demissões de funcionários das categorias de base nesta quinta-feira e ainda não comunicou se mexerá nos salários dos jogadores.

Verdão reduziu 25% dos salários dos atletas, da comissão técnica e dos dirigentes do departamento de futebol. Os demais funcionários farão parte de outro acordo, ainda a ser elaborado pela diretoria.

Jogadores negociam

O Santos teve problemas para colocar em prática o plano de contenção de gastos. O elenco recusou a oferta de diminuir os vencimentos em 50% e entendeu que 30% é o valor ideal para reduzir. A discussão, porém, ainda não teve fim. Jogadores e diretoria discutem a forma como a diferença salarial será paga após a pandemia.

No São Paulo, a proposta de cortar 50% dos salários e suspender o pagamento do direito de imagem desagradou o grupo. Mesmo assim, o clube optou por efetuar a redução, abrindo brecha para uma disputa jurídica no futuro.

O clube garante um pagamento mínimo mensal de R$ 50 mil (jogadores que recebem abaixo disso, obviamente, não tiveram redução) como piso e promete reembolsar todos os descontos no período em seis parcelas iguais a partir do momento em que a situação estiver normalizada. Comissão técnica e dirigentes também entraram nos cortes.

– Essa conversa foi bem aceita pelos atletas, depois eles conversaram entre eles. Como falei, não existiu um acordo formal, um de acordo, existem muitas dúvidas entre eles. É difícil conversar não estando pessoalmente com o grupo todo. Conversamos com lideranças e depois teve conversa entre eles. Mas desde do que aconteceu diretamente conosco não teve nenhuma manifestação, pelo contrário, os jogadores que estão se alternando no treinamento e na comunicação, no contato que a gente teve é todo mundo entendendo a situação – afirmou Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, ao GloboEsporte.com.

A Medida Provisória 936 apresentada no início de abril pelo governo federal autoriza os empregadores a reduzir salários e jornadas de trabalho por até 90 dias ou suspender contratos de trabalho por até 60 dias, com direito a estabilidade temporária do empregado e recebimento de benefício emergencial.

A redução de jornada e salário pode ser de 25%, 50% ou 75% por acordo individual e até de 100% para acordo coletivo.

Veja abaixo a situação de cada time da Série A:

Athletico

O Furação não informa se estuda algum tipo de medida semelhante. Até agora, o clube não se movimentou neste sentido.

Atlético-GO

O Dragão teve conversas preliminares, mas ainda não concluiu a negociação. Segundo o clube, o elenco saiu de férias até o fim de abril ainda sem sofrer qualquer redução salarial. A diretoria aguarda o retorno dos atletas para finalizar o acerto. A redução deve variar de 30% a 50% e vai durar até a retomada dos jogos.

Atlético-MG

Em 29 de março, o Galo informou via nota oficial que cortaria em até 25% os salários dos colaboradores, isso em uma escala pré-definida. Quanto maior o salário, maior o corte. Até o momento, a redução não incide nos direitos de imagem dos jogadores e comissão técnica. Não há prazo para a duração.

Bahia

O Tricolor reduziu em 25% os salários de jogadores, comissão técnica e diretoria. A medida foi anunciada esta semana pelo presidente do clube, Guilherme Bellintani. Os salários só voltarão a ser pagos normalmente quando os jogadores retornarem. Além da redução dos salários de jogadores, comissão e diretoria, o presidente anunciou que o próprio salário será suspenso enquanto durar a pandemia. Ele só volta a receber após a retomada do futebol.

Botafogo

O Alvinegro é um dos clubes brasileiros que optaran por não cortar salários ainda e vai pagar integralmente os vencimentos de março e abril. Terminadas as férias nesta quinta-feira, os dirigentes vão se reunir para analisar novamente essa situação. A partir de agora, a tendência é que cheguem a um acordo com os atletas para uma redução. Recentemente, o meia japonês Keisuke Honda usou seu Twitter para se manifestar a favor da diminuição dos salários.

Bragantino

O Bragantino optou por manter os salários integrais de jogadores e funcionários durante a paralisação. Prevendo queda na receita, o clube preferiu reduzir custos de outros setores. Um deles, segundo Thiago Scuro, é a contratação de atletas. No início do ano, a equipe investiu mais de R$ 80 milhões em reforços. Para o Brasileirão, o clube deve colocar o pé no freio ao buscar novos jogadores.

ICFUT – Ronaldinho Gaúcho rompe silêncio no Paraguai e dá primeira entrevista depois de prisão

Ronaldinho Gaúcho rompe silêncio no Paraguai e dá primeira entrevista depois de prisão Ex-jogador reafirma que contratos acertados por seu irmão são motivos de viagem a Assunção, expressa preocupação com a mãe e que depois é que vai absorver impacto do caso O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho deu sua primeira entrevista depois que foi detido por uso de passaporte falso no Paraguai, publicada nesta segunda-feira pelo jornal local ABC Color.

HUMOR ICFUT – FUTPARÓDIAS: ♫ VOLTA LOGO, FUTEBOL! | Paródia Don’t Start Now – Dua Lipa

Uma paródia de futebol da música “Don’t Start Now” da Dua Lipa. Depois de tantas semanas sem futebol nós já estamos tão carentes que sentimos saudade até daqueles gols fáceis e aleatórios. Estamos vendo reprise fingindo que é atual, olha essa situação! Volta logo futebol!

ICFUT – Lembra dele? Richarlyson retorna ao vôlei e vira líbero no interior de SP

Fonte: Terra.com.br – Foto: Lance

 

Aos 36 anos, Richarlyson está sem clube após atuar pelo Noroeste na Série A3 do Campeonato Paulista e pelo Campinense. Mas enquanto ele não encontra seu novo clube, ele resolveu mudar suas atenções para o vôlei. Em seu retorno as quadras, ele assinou com o Bauru Vôlei, clube de sua cidade, para atuar novamente como líbero pela equipe.
Destaque na vitória sobre o Marília, Richarlyson voltou ao vôlei após quatro anos afastado das quadras. Em 2015, quando anunciou sua aposentadoria (que durou menos de um mês), o jogador assinou com o Taquarituba para jogar como líbero em uma competição regional.Mas enquanto não retorna aos campos, Richarlyson também divide suas atenções com o crossfit, modalidade que, segundo ele, ajudou na continuação de sua carreira no futebol. Ele exibe vídeos e fotos praticando a modalidade em suas redes sociais com bastante frequência.

Com títulos na Libertadores por São Paulo e Atlético-MG, Richarlyson, também conhecido por ser irmão do atacante Alecsandro, rodou por inúmeros clubes no Brasil, como Fortaleza, Vitória, Chapecoense e outros. O jogador ficou conhecido por sua capacidade de atuar em diversas posições, como zagueiro, lateral e volante.

ICFUT : LUTO – Técnico campeão gaúcho em 2017 morre aos 54 anos

Fonte: Portal Terra

Beto Campos sofreu um infarto enquanto dormia durante a madrugada desta segunda-feira, em casa, em Santa Cruz do Sul.

O futebol brasileiro amanheceu de luto nesta segunda-feira. Aos 54 anos, o técnico Beto Campos, campeão gaúcho em 2017 com o Novo Hamburgo, sofreu um infarto enquanto dormia nesta madrugada, em sua casa, em Santa Cruz do Sul, no Vale do Rio Pardo (RS).
Beto Campos esteve à frente da equipe que surpreendeu o País durante o Campeonato Gaúcho do ano passado. Ele conduziu o Novo Hamburgo ao título da competição, superando Grêmio e Internacional, os dois gigantes do estado.

Com experiência no futebol do Rio Grande do Sul, Beto havia comandado equipes como o São José, Pelotas, Avenida, São Paulo-RS. Passo Fundo e Caxias. Após a conquista do campeonato regional de 2017, ele ainda dirigiu o Náutico e Criciúma, ambos sem sucesso.
Nesta temporada, o treinador retornou ao Novo Hamburgo, porém, não conseguiu repetir o bom desempenho no Gauchão e sua equipe ficou apenas na décima colocação. A demissão veio logo após o término do torneio.

De acordo com a imprensa local, o corpo de Beto Campos será velado em São Borja, no cemitério Jardim da Paz, em cerimônia aberta ao público.