ICFUT – Em Clássico Rei histórico, Ceará bate Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro

Fonte: Gazetaesportiva.net

Depois de 26 anos sem se encontrar na Série A, Ceará e Fortaleza disputaram o Clássico Rei neste sábado, no Castelão, e o Alvinegro se deu melhor. O Vozão bateu o Leão por 2 a 1 em confronto válido pela abertura da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O placar foi todo construído na primeira etapa. Thiago Galhardo e Felippe Cardoso aproveitaram falhas do Tricolor para abrir 2 a 0 com 17 minutos de jogo. A equipe comandada por Rogério Ceni conseguiu diminuir, em cobrança de pênalti de Juninho, no fim da 1ª etapa, mas a reação parou por aí.
Com o resultado, o Ceará subiu para a 9ª colocação com 17 pontos conquistados. A equipe alvinegra ficou provisoriamente três pontos atrás do G6. Já o Fortaleza se manteve provisoriamente na 14ª posição com 14 pontos. A equipe não corre riscos de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada, mas pode perder um lugar na tabela caso o Vasco vença o CSA neste domingo

As equipes voltam a campo na próxima rodada, em confrontos válidos pela 14ª do Brasileirão. O Ceará recebe a Chapecoense no sábado, às 17h (horário de Brasília), enquanto o Fortaleza visita o CSA na segunda-feira, às 20h (horário de Brasília).

O jogo – O 1º tempo fez jus a expectativa gerada pelo clássico. Em jogo enérgico e muito disputado, o Ceará conseguiu capitalizar encima dos erros da defesa do Fortaleza para abrir boa vantagem no placar.

Aos 14 minutos, Leandro Carvalho recebeu de Fabinho na área, foi para o fundo e achou Thiago Galhardo livre na pequena área, após erro crasso de marcação da defesa tricolor. O atacante só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes.

Aproveitando o clima de festa no estádio após o primeiro tempo e a desatenção dos tricolores. o Vozão rapidamente ampliou o marcador. Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio de Ricardinho, Felippe Cardoso subiu antes que todo mundo para marcar o segundo de cabeça.

Precisando correr atrás do placar, a já ofensiva equipe de Rogério Ceni se lançou ainda mais para frente. A estratégia funcionou quando André Luiz foi derrubado por Luiz Otávio e Heber Roberto Lopes assinalou pênalti polêmico após consulta do VAR. Na cobrança, Juninho bateu firme no lado esquerdo e diminuiu a vantagem.

Na segunda etapa, os ânimos se acalmaram um pouco mais, mas o Fortaleza seguiu em busca do gol de empate. A principal chance veio aos 10 minutos, quando Romarinho acionou André Luis com precisão em profundidade, o atacante ficou livre na cara do gol mas bateu encima de Diogo Silva. Aos 34, Carlinhos recebeu cruzamento de Mariano Vázquez e testou firme para grande defesa do arqueiro rival.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ 2×1 FORTALEZA

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 03 de agosto de 2019, sábado
Horário: 19h (Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro e Éder Alexandre (SC)
VAR: Grazianni Maciel Rocha (RJ), auxiliado por Dyorgines José Padovani (ES) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões Amarelos: Valdo, Samuel Xavier e Wescley (Ceará); Carlinhos (Fortaleza)
Cartões Vermelhos: Carlinhos (Fortaleza)
Gols: Thiago Galhardo, aos 14 minutos do 1º tempo, e Felippe Cardoso, aos 17 minutos do 1º tempo, para o Ceará; Juninho, aos 46 minutos do 1º tempo, para o Fortaleza

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho e Lima (Fernando Sobral); Thiago Galhardo (Pedro Ken), Felippe Cardoso e Leandro Caravalho (Wescley)
Técnico: Enderson Moreira

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Roger Carvalho e Carlinhos; Felipe, Juninho e Romarinho (Edinho); Osvaldo (Mariano Vázquez), André Luis (Kieza) e Wellington Paulista
Técnico: Rogério Ceni

 

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE B – 2018 – 2º RODADA

Boa esporte 0 x 2 Fortaleza – Serie B 17/04/2018

Coritiba 1 x 0 Atlético GO – Serie B 17/04/2018

Juventude 1 x 1 Oeste – Serie B 17/04/2018

São Bento 2 x 1 CSA – Serie B 20/04/2018

Paysandu 1 x 0 Londrina – Serie B 20/04/2018

Guarani 2 X 0 Sampaio Corrêa – Série B- 21/04/2018

Avaí 2 X 2 Brasil de Pelotas-Série B- 21/04/2018

Goiás 0 x 2 Figueirense-Série B- 21/04/2018

CRB 0x1 Vila Nova-Série B- 21/04/2018

Criciúma 0 X 1 Ponte Preta-Série B- 21/04/2018

 

Classficação

Serie B 2018 

J V E D GM GS Dif. Pts
1 Fortaleza 2 2 0 0 4 1 +3 6
2 Figueirense 2 2 0 0 4 1 +3 6
3 Paysandu 2 2 0 0 2 0 +2 6
4 Vila Nova 2 2 0 0 2 0 +2 6
5 Oeste 2 1 1 0 3 1 +2 4
6 São Bento 2 1 1 0 3 2 +1 4
7 Guarani 2 1 0 1 3 2 +1 3
8 CSA 2 1 0 1 3 3 +0 3
9 Atlético GO 2 1 0 1 3 3 +0 3
10 Sampaio Corrêa 2 1 0 1 2 2 +0 3
11 Londrina 2 1 0 1 1 1 +0 3
12 Ponte Preta 2 1 0 1 1 1 +0 3
13 Coritiba 2 1 0 1 1 2 -1 3
14 Brasil de Pelotas 2 0 2 0 3 3 +0 2
15 Avaí 2 0 1 1 2 3 -1 1
16 Juventude 2 0 1 1 2 3 -1 1
17 Criciúma 2 0 0 2 2 4 -2 0
18 Goiás 2 0 0 2 1 4 -3 0
19 CRB 2 0 0 2 0 3 -3 0
20 Boa 2 0 0 2 0 3 -3 0

ICFUT – BRASILEIRO SÉRIE B – 2018 : Boa Esporte (MG) 0x2 Fortaleza (CE)

FICHA TÉCNICA
BOA ESPORTE 0 X 2 FORTALEZA

Local: Melão, Varginha (MG)
Data: 17 de abril de 2018, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Roger Goulart (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Cartões amarelos: Gustavo Geladeira (Boa) Matheus Inácio, Bruno Melo, Derley (Fortaleza)

GOLS:
Fortaleza:
Bruno Melo, aos 10, e Edinho, aos 35 minutos do 2T

BOA ESPORTE: Fabrício; Caíque, Gustavo Geladeira, Artur Jesus e Christiano; Amaral, Machado (Douglas Baggio), William Schuster (Genesis), Jhon Cley e Alyson; William Barbio (Igor Catatau).
Técnico: Sidney Moraes

FORTALEZA: Matheus Inácio; Tinga, Diego Jussani, Adalberto (Ligger) e Bruno Melo; Jean Patrick, Derley, Osvaldo (Leonan), Edinho (Leonan) e Dodô; Gustavo.
Técnico: Rogério Ceni

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE B – 2018 – 1º RODADA

Fortaleza 2 x 1 Guarani – BRASILEIRÃO (SÉRIE B)

Oeste 2 x 0 CRB – Brasileiro Série B

Atlético GO 3 x 2 Criciúma – Brasileiro Série B 2018

Figueirense 2 x 1 Juventude | Série-B 2018

Brasil de Pelotas 1 x 1 São Bento – Brasileiro Série B 2018

Vila Nova 1×0 Avaí – Brasileirão Série B 2018

CSA 2 X 1 Goiás – Série B – 2018

Londrina 1×0 Boa Esporte – Brasileirão Série B 2018

Sampaio Corrêa 2×0 Coritiba – Série B 2018

Ponte Preta 0x1 Paysandu – Série B 2018

 

Classificação P J V E D SG G GC %
Oeste  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Sampaio Corrêa  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Atlético-GO  
3 1 1 0 0 1 3 2 100.0
CSA  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Figueirense  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Fortaleza  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Vila Nova  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Londrina  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Paysandu  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Brasil de Pelotas  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
São Bento  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
Criciúma  
0 1 0 0 1 -1 2 3 0
Goiás  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Guarani  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Juventude  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Ponte Preta  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Avaí  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
BOA  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Coritiba  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0
CRB  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0

ICFUT – CEARENSE 2018 – Ceará Bicampeão Cearense 2018.

Ficha técnica

Fortaleza 1 x 2 Ceará
Castelão – 16 horas

Fortaleza
Matheus Inácio; Adalberto, Diego Jussani e Ligger (Jean Patrick); Tinga (Edinho), Pablo (Alan Mineiro), Derley e Bruno Melo; Felipe, Gustavo e Osvaldo. Técnico: Rogério Ceni

Ceará
Éverson; Pio, Valdo (Rafael Pereira), Luiz Otávio e Romário; Juninho e Raul; Wescley (Roberto), Ricardinho e Felipe Azevedo (Rafael Carioca); Arthur Cabral . Técnico: Marcelo Chamusca

Cartões amarelos: Adalberto, Felipe, Jussani e Derley (FOR); Arthur, Pio, Rafael Pereira e Felipe Azevedo (CEA)

Público pagante: 39.920

Não pagante: 1.000

Renda: R$ 990.904,00

ICFUT – CEARENSE 2018: 1 Jogo da Final – Ceará 2 x 1 Fortaleza

Ficha técnica
Ceará 2 x 1 Fortaleza
Castelão – 21h45min

CEARÁ

4-2-3-1: Everson; Pio, Valdo, Luiz Otávio e Ernandes; Richardson (Raul) e
Juninho; Ricardinho, Felipe Azevedo e Wescley (Roberto); Arthur (Elton)
Técnico: Marcelo Chamusca

FORTALEZA

4-2-3-1: Matheus Inácio; Roger Carvalho, Diego Jussani (Wesley) e Ligger;
Tinga, Felipe, Igor Henrique (Derley) e Bruno Melo; Léo Natel (Alípio),
Osvaldo e Gustavo
Técnico: Rogério Ceni

Público pagante: 17.312

Não pagante: 1.000

Total: 18.312

Renda: R$ 241.480,00

ICFUT – CEARENSE 2015 – FORTALEZA 0X1 CEARA

Ficha técnica

Fortaleza x Ceará

Local: Arena Castelão
Data: 28/02/2015
Árbitro: César Magalhães
Gols: William (39/2º)
Cartões amarelos: Samuel Xavier (34/1º); Pio (34/1º); Corrêa (23/2º); Sandro Manoel (32/2º)

Fortaleza: Deola; Pio, Adalberto, Lima, Wanderson; Vinícius Hess, Corrêa, Dudu Cearense (Auremir), Samuel (Daniel Sobralense); Cássiano (Uilliam) e Lúcio Maranhão. Técnico: Nedo Xavier

Ceará: Luis Carlos; Tiago Cametá, Gilvan, Charles, Samuel Xavier; Sandro Manoel, Uillian Correia, Ricardinho, Marcos Aurélio (William); Assisinho (Robinho) e Magno Alves. Técnico: Silas

Por Cleber Aguiar – CEARENSE: Sob olhar do Fenômeno, Ceará conquista tetracampeonato

Fonte: Futebolinterior.com.br

O Ceará jogou com o regulamento debaixo do braço na noite desta quarta-feira e comemorou o 43º título do Campeonato Cearense, sendo o quarto seguido. Em uma Arena Castelão lotada, inclusive contando com a presença de Ronaldo Fenômeno, o Vozão segurou o empate sem gols com o Fortaleza e, por ter feito melhor campanha no Hexagonal Final e nas semifinais, ergueu o troféu. O Leão do Pici viu o jejum aumentar para cinco anos.

Na semana passada, também em confronto realizado na Arena Castelão, os dois times protagonizaram um jogo bastante truncado e que também terminou empatado sem gols. Como tinha a vantagem de dois resultados iguais, o Ceará valorizou a posse de bola e se preocupou mais em se defender, enquanto o Fortaleza pressionou, principalmente no primeiro tempo, mas não conseguiu furar a barreira adversária.

A decisão contou com uma presença ilustre na Arena Castelão. Chamado para dar o ponta pé inicial, Ronaldo Fenômeno foi bastante aplaudido pelos torcedores e não deixou de elogiar a presença maciça das duas torcidas, que lotaram, mais uma vez, o estádio. Outro fator positivo foi o clima de paz demonstrado nas arquibancadas.

Como precisava da vitória para ficar com o título, o Fortaleza dominou o primeiro tempo e criou pelo menos quatro grandes chances para abrir o placar, mas sem sucesso. Ausente na partida de ida, Marcelinho Paraíba chegou a acertar a trave de Luís Carlos, que fez três lindas defesas. O Ceará se preocupava mais em se defender, mas também levou perigo, tanto que acertou a trave em finalização de Sandro.

Diferente do primeiro tempo, a etapa final foi mais equilibrada e com o Ceará criando as melhores oportunidades, já que o Fortaleza mostrava nervosismo por correr contra o relógio, tanto que o zagueiro Max Ferreira foi expulso aos 26 minutos. O Vozão também viu Samuel Xavier ir embora antes para o chuveiro aos 38. Nos minutos finais, o Leão do Pici partiu com tudo para cima do rival, que se segurou de todas as formas.