ICFUT – TAÇA LIBERTADORES – 2014

 

 

LINK1 – JOGOS AO VIVO DA COPA LIBERTADORES 2014 – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS AO VIVO DA COPA LIBERTADORES 2014 – CLIQUE AQUI !

 

Oitavas-de-final
1ª RODADA
16/04 – 19h45 Lanús-ARG 2 x 1 Santos Laguna-MEX
16/04 – 22h00 León-MEX 2 x 2 Bolívar-BOL
16/04 – 22h00 Cruzeiro-BRA 1 x 1 Cerro Porteño-PAR
17/04 – 21h15 The Strongest-BOL 2 x 0 Defensor Sporting-URU
23/04 – 19h45 Nacional-PAR 1 x 0 Vélez Sarsfield-ARG
23/04 – 22h00 San Lorenzo-ARG 1 x 0 Grêmio-BRA
23/04 – 22h00 Atlético Nacional-COL 1 x 0 Atlético-BRA
24/04 – 21h15 Arsenal-ARG 0 x 0 Unión Española-CHI
2ª RODADA
22/04 – 21h15 Bolívar-BOL 1 x 1 León-MEX
24/04 – 00h10 Santos Laguna-MEX 0 x 2 Lanús-ARG
29/04 – 19h15 Defensor Sporting-URU 2 x 0 The Strongest-BOL
29/04 – 21h45 Vélez Sarsfield-ARG 2 x 2 Nacional-PAR
30/04 – 19h30 Unión Española-CHI 0 x 1 Arsenal-ARG
30/04 – 22h00 Cerro Porteño-PAR 0 x 2 Cruzeiro-BRA
30/04 – 22h00 Grêmio-BRA 1 x 0 San Lorenzo-ARG
01/05 – 19h15 Atlético-BRA x Atlético Nacional-COL

Por Cleber Aguiar – Final da Copa Nordeste 2014 ” Lampions League “

FICHA TÉCNICA
SPORT 2 X 0 CEARÁ

Local: Ilha do Retiro, Recife(PE)
Data: 02 de Abril de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Carlos Jorge Titara da Rocha (AL) e Luiz Carlos Camara Bezerra(RN)
Cartões amarelos: Ferron, Renê e Danilo (Sport); Bill e João Marcos (Ceará)
Cartão vermelho: João Marcos (Ceará)

Gols:
SPORT: Neto Baiano, aos 10min do 1º tempo; Danilo, aos 40min do 2º tempo

SPORT: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Ewerton Páscoa, Rodrigo Mancha , Aílton (Rithely) e Ananias (Sandrinho); Erico Júnior (Danilo) e Neto Baiano
Técnico: Eduardo Baptista

CEARÁ: Luis Carlos; Samuel Xavier, Anderson, Sandro (Gabriel) e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Souza (Michel) e Rogerinho; Magno Alves (Assissinho) e Bill.
Técnico: Sérgio Soares

ICFUT – Furacão vence fora de casa e Grêmio só empata na Arena.

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Grupo 1
The Strongest-BOL 6 3 2 0 1 3 1 2 66,7
Vélez Sarsfield-ARG 6 3 2 0 1 3 2 1 66,7
Atlético-BRA 6 3 2 0 1 2 2 0 66,7
Universitario-PER 0 3 0 0 3 0 3 -3 0,0
Grupo 2
Botafogo-BRA 4 3 1 1 1 4 3 1 44,4
Independiente del Valle-EQU 4 3 1 1 1 4 4 0 44,4
San Lorenzo-ARG 4 3 1 1 1 2 3 -1 44,4
Unión Española-CHI 3 3 0 3 0 4 4 0 33,3
Grupo 3
Deportivo Cali-COL 6 3 2 0 1 3 2 1 66,7
O’Higgins-CHI 5 3 1 2 0 3 2 1 55,6
Cerro Porteño-PAR 4 3 1 1 1 5 4 1 44,4
Lanús-ARG 1 3 0 1 2 2 5 -3 11,1
Grupo 4
Atlético-BRA 7 3 2 1 0 5 3 2 77,8
Nacional-PAR 4 3 1 1 1 4 5 -1 44,4
Santa Fe-COL 3 3 1 0 2 5 5 0 33,3
Zamora-VEN 3 3 1 0 2 2 3 -1 33,3
Grupo 5
Defensor Sporting-URU 6 3 2 0 1 6 2 4 66,7
Universidad de Chile-CHI 6 3 2 0 1 4 6 -2 66,7
Cruzeiro-BRA 3 3 1 0 2 6 5 1 33,3
Real Garcilaso-PER 3 3 1 0 2 4 7 -3 33,3
Grupo 6
Grêmio-BRA 7 3 2 1 0 4 0 4 77,8
Newell’s Old Boys-ARG 4 3 1 1 1 4 1 3 44,4
Atlético Nacional-COL 4 3 1 1 1 3 5 -2 44,4
Nacional-URU 1 3 0 1 2 2 7 -5 11,1
Grupo 7
Emelec-EQU 6 3 2 0 1 5 5 0 66,7
Flamengo-BRA 4 3 1 1 1 6 5 1 44,4
León-MEX 4 3 1 1 1 4 4 0 44,4
Bolívar-BOL 2 3 0 2 1 4 5 -1 22,2
Grupo 8
Santos Laguna-MEX 7 3 2 1 0 4 1 3 77,8
Arsenal-ARG 6 3 2 0 1 4 1 3 66,7
Deportivo Anzoategui-VEN 2 3 0 2 1 2 5 -3 22,2
Peñarol-URU 1 3 0 1 2 1 4 -3 11,1
4ª RODADA
A Definir Lanús-ARG x Deportivo Cali-COL
A Definir Cerro Porteño-PAR x O’Higgins-CHI
18/03 – 19h45 Nacional-URU x Atlético Nacional-COL
18/03 – 19h45 Universidad de Chile-CHI x Real Garcilaso-PER
18/03 – 22h00 Vélez Sarsfield-ARG x The Strongest-BOL
18/03 – 22h00 Santa Fe-COL x Zamora-VEN
18/03 – 22h00 Botafogo-BRA x Independiente del Valle-EQU
19/03 – 00h15 Santos Laguna-MEX x Deportivo Anzoategui-VEN
19/03 – 19h45 Atlético-BRA x Nacional-PAR
19/03 – 19h45 Peñarol-URU x Arsenal-ARG
19/03 – 22h00 León-MEX x Emelec-EQU
19/03 – 22h00 Bolívar-BOL x Flamengo-BRA
19/03 – 22h00 Newell’s Old Boys-ARG x Grêmio-BRA
20/03 – 17h30 Atlético-BRA x Universitario-PER
20/03 – 22h00 Unión Española-CHI x San Lorenzo-ARG
20/03 – 22h00 Cruzeiro-BRA x Defensor Sporting-URU
5ª RODADA
A Definir Real Garcilaso-PER x Defensor Sporting-URU
A Definir Botafogo-BRA x Unión Española-CHI
A Definir Emelec-EQU x Flamengo-BRA
25/03 – 20h30 Zamora-VEN x Nacional-PAR
26/03 – 19h45 Nacional-URU x Newell’s Old Boys-ARG
26/03 – 22h00 Deportivo Cali-COL x O’Higgins-CHI
26/03 – 22h00 Atlético-BRA x Vélez Sarsfield-ARG
26/03 – 23h00 Santos Laguna-MEX x Peñarol-URU
27/03 – 00h15 León-MEX x Bolívar-BOL
27/03 – 18h30 Lanús-ARG x Cerro Porteño-PAR
27/03 – 20h45 Independiente del Valle-EQU x San Lorenzo-ARG
28/03 – 23h00 Vélez Sarsfield-ARG x The Strongest-BOL
28/03 – 23h00 Deportivo Anzoategui-VEN x Arsenal-ARG
02/04 – 22h00 Atlético Nacional-COL x Grêmio-BRA
02/04 – 23h15 Santa Fe-COL x Atlético-BRA
03/04 – 21h00 Universidad de Chile-CHI x Cruzeiro-BRA

Por Cleber Aguiar – Amistoso internacional : ÁFRICA DO SUL 0X5 BRASIL

FICHA TÉCNICA
ÁFRICA DO SUL 0X5 BRASIL

 

Local: Soccer City, em Joanesburgo, na África do Sul
Data: 05 de março de 2014, quarta-feira
Árbitro: António Caxala
Assistentes: Jerson Emiliano e Júlio Lemos
Gols: Brasil: Oscar, aos nove minutos do primeiro tempo; Neymar, aos 40 minutos do primeiro tempo, ao um minuto do segundo tempo e aos 45 minutos do segundo tempo; e Fernandinho, aos 33 minutos do segundo tempo
Cartões Amarelos: Ramires

ÁFRICA DO SUL: Williams; Nthete, Ngcongna, Khumalo (Xulu) e Matiaba; Furman, Jali (Zungu), Claaasen (Ndlovu) e Serero; Parker (Patosi) e Rantie (Manyisa).
Técnico: Gordon Igesund

BRASIL: Júlio Cesar; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo (Daniel Alves); Fernandinho, Paulinho (Luiz Gustavo) e Oscar (Willian); Hulk (Ramires), Neymar e Fred (Jô).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

ICFUT – Notícias da Libertadores – 21/03/2012

Fonte: Gazetaesportiva.net

Corinthians recebe Cruz Azul para virar líder e encaminhar vaga

Fellipe Lucena, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

 

A liderança do Grupo 6 estará em jogo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando o Corinthians recebe no Pacaembu o mexicano Cruz Azul, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Como as duas equipes empataram sem gols na semana passada, a “decisão” ficou para o duelo na capital paulista. Com sete pontos, o Cruz Azul está em vantagem, mas o Timão, que tem cinco, aposta na força de sua torcida para assumir o topo e ficar bem perto da vaga para as oitavas de final – Deportivo Táchira, da Venezuela, e Nacional, do Paraguai, completam a chave.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Tite conversa com seus titulares: serão os mesmos do jogo no México, na semana passada

“Eles virão um pouco mais fechados, recuados. E nós temos que manter a intensidade que tivemos lá, agredindo a equipe deles. Só não conseguimos fazer os gols, então agora temos que aproveitar aqui”, analisou o volante Paulinho, mostrando ter aprovado a atuação brasileira na partida disputadana Cidade do México.O técnico Tite também gostou do que viu. Apesar de ter afirmado logo depois do apito final que o setor ofensivo poderia ter sido mais efetivo, o comandante vai manter a formação utilizada no Estádio Azul, inclusive com o atacante Liedson, apesar do jejum de dez partidas sem gols do Levezinho.

“O caráter decisivo tem em todos os jogos, neste também. Quando os fatos são verdadeiros, não tem o que esconder. Mas, antes de tudo, é preciso ter desempenho, agredir a marcação, finalizar como finalizamos lá. Antes de pensar no resultado, temos que jogar bem, parecido com o que foi no México”, discursou o comandante.

Alessandro, que está recuperado de lesão muscular, vai aprimorar a a forma física para estar apto no clássico de domingo, contra o Palmeiras, pelo Paulistão, e sequer ficará no banco. O dono da posição, mais uma vez, será o improvisado volante Edenílson. O atacante Willian também não estará entre os suplentes, já que a comissão técnica notou um “declínio técnico”.

Enrique Meza, técnico do time mexicano, também deve repetir a formação da semana passada. A única preocupação é quanto às condições físicas do meia Christian Giménez, o Chaco, um dos destaques do time. Ele sofreu uma lesão no ombro direito no fim de semana, mas garante que terá condições de jogar. “Não uso o ombro para jogar futebol. Uso os pés”, disse, confiante.

Embora seja ponteiro do grupo na Libertadores, o Cruz Azul sofre para encontrar a regularidade. Assim como o Timão, tem revezado jogadores nas duas competições que disputa, mas sem tanto sucesso no Campeonato Mexicano, em que ocupa a nona posição, com 14 pontos em 11 rodadas. Na última delas, perdeu em casa para o Santos Laguna, por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X CRUZ AZUL-MÉX

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 21 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Martín Vázquez (Uruguai)
Assistentes: Mauricio Espinoza e Marcelo Costa (ambos do Uruguai)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex; Jorge Henrique e Liedson
Técnico: Tite

CRUZ AZUL: Corona; Flores, Pereira, Domínguez e Cortés; Castro, Giménez, Maranhão e Gutiérrez; Orozco e Villa
Técnico: Enrique Meza

Internacional quer encaminhar classificação na altitude de La Paz

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

É na altitude de 3,6 mil metros acima do nível do mar que o Internacional pretende encaminhar sua classificação às oitavas de final da Copa Libertadores da América. A equipe gaúcha visita o The Strongest nesta quarta, às 19h45 (horário de Brasília). Uma vitória deixa o Colorado três pontos à frente dos bolivianos, que não jogarão mais em casa nesta primeira fase.

Em sua décima participação na Libertadores, o Inter jogará pela primeira vez em La Paz. Para minimizar os efeitos da altitude, a delegação se hospedou em Santa Cruz de la Sierra (400m acima do nível do mar) na segunda-feira, e viajará à capital boliviana poucas horas antes do início da partida.

“O exemplo do jogo do Santos, lá na Bolívia, mostra que será um jogo muito complicado para a gente. Precisamos ter maturidade para conseguir um bom resultado fora de casa e buscar a classificação para o mata-mata, onde o Inter sempre mostra força”, explica o volante Guiñazu, confirmado para começar a partida.

Depois de perder para o Grêmio no Gauchão e para o Santos na Libertadores, o Inter parece ter retomado as boas atuações. A equipe vem de três vitórias consecutivas. Nos últimos dois jogos, marcou 12 gols: 5 a 0 no próprio The Strongest, terça passada, e 7 a 0 no Juventude, sábado.

A delegação chegou na noite desta segunda à Bolívia e foi recepcionada por dezenas de colorados que moram no país vizinho. O técnico Dorival Júnior terá dois desfalques: D’Alessandro, que segue se recuperando de lesão na coxa, e Jô, que se sentiu mal durante um treino e não se apresentou no Aeroporto Salgado Filho. Para o lugar de D’Ale, Dátolo permanece como titular.

Já o The Strongest vem em crise. Décimo colocado entre 12 participantes do Campeonato Boliviano, o The Strongest viu o técnico Mauricio Soria pedir demissão no fim de semana, após levar 3 a 0 do Blooming. Nos últimos cinco jogos, a equipe acumula quatro derrotas e um empate. Quem comandará a equipe nesta quarta será o interino Uber Acosta.

Apesar disso, os bolivianos têm o respeito do Internacional. Nos dois jogos disputados em casa nesta Libertadores, o The Strongest venceu Santos e Juan Aurich, ambos por 2 a 1, e justamente por isso se mantém no páreo com colorados e santistas por uma vaga na próxima fase.

FICHA TÉCNICA
THE STRONGEST X INTERNACIONAL

Local: Estádio Hernando Siles, em La Paz (Bolívia)
Data: 21 de março de 2012, quarta-feira
Horário: 19h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Omar Ponce (Colômbia)
Assistentes: Carlos Herrera e Juan Cedeño (ambos colombianos)

THE STRONGEST: Vaca; Torrico, Ojeda, Mendez e García; Chumacero, Lima e Cristaldo; González, Melgar e Escobar
Técnico: Uber Acosta

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Guiñazu, Tinga, Dátolo e Oscar; Dagoberto e Leandro Damião
Técnico: Dorival Júnior

Sonhando com a liderança, Vasco reencontra Libertad em São Januário

Rio de Janeiro (RJ)

Uma semana após o empate, por 1 a 1, em Assunção, Vasco e Libertad se reencontram nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), no confronto que abre a quarta rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores da América.

No Paraguai, os jogadores dos dois times se envolveram em tumulto generalizado e trocaram diversas acusações. Um clima de muita rivalidade foi criado e a expectativa é de um jogo muito disputado.

No duelo desta quarta-feira está em jogo a liderança do Grupo 5, que atualmente está nas mãos do Libertad, com sete pontos conquistados, três a mais do que o Vasco. O Nacional, do Uruguai, e o Alianza Lima, do Peru, dividem a lanterna com três pontos.

Cristóvão Borges, técnico do Vasco, pediu aos seus jogadores que foquem aquilo que acontecer dentro de campo, deixando de lado a rivalidade e os tumultos da semana passada.

“Nós sabemos que a partida passada teve muitas coisas que devem ficar no passado. Que sirva de lição para nós que não podemos mais entrar no jogo da catimba e da violência. Precisamos pensar apenas no que vai acontecer dentro das quatro linhas. O Libertad também tem suas virtudes como time, tanto que lidera a chave. Portanto, precisamos tomar cuidado”, disse Cristóvão.

Divulgação/Vasco da Gama

Cristóvão Borges pediu para os jogadores do Vasco esquecerem as provocações enfrentadas no Paraguai

Em relação ao time que vai a campo, Cristóvão vai promover a volta da maioria dos titulares, preservados na derrota de 3 a 1 para o Botafogo, no clássico do último domingo. Em relação ao time que atuou no Paraguai, o Vasco não terá o meia Diego Souza, que cumpre suspensão por ter sido expulso. Com isso, Allan deverá ocupar a vaga no meio-de-campo.Pelo lado do Libertad, o técnico Jorge Burruchaga pediu aos seus jogadores que não se deixem intimidar por nada o que acontecer ao longo do confronto. Mesmo procurando evitar um discurso de guerra, o treinador tem consciência de que os episódios de Assunção podem influenciar no duelo de São Januário.

“Nós não podemos nos intimidar com o que vier a acontecer, pois estamos disputando uma competição muito equilibrada e diante de grandes adversários. Independentemente do que aconteceu na semana passada temos condições de realizar um grande jogo e conseguir a vitória. Vamos enfrentar uma grande equipe, com jogadores de qualidade e capazes de desequilibrar. Mas temos que procurar desempenhar o nosso papel”, afirmou Burruchaga.

Para este jogo o Libertad terá apenas uma alteração em relação ao jogo do Paraguai. O atacante Pablo Velázquez substitui a José Ariel Núñez, expulso contra o Vasco. No fim de semana o Libertad perdeu por 1 a 0 para o Cerro Porteño e aparece na sexta posição do Torneio Apertura do Paraguai com 11 pontos conquistados.

FICHA TÉCNICA
VASCO-BRA X LIBERTAD-PAR

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 21 de março de 2012 (Quarta-feira)
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Assistentes: Wilmar Navarro (Colômbia) e Alexander Guzmán (Colômbia)

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri; Nilton, Eduardo Costa, Allan e Felipe; Willian Barbio e Alecsandro
Técnico: Cristóvão Borges

LIBERTAD: Rodrigo Muñoz, Carlos Bonet, Nery Bareiro, Ismael Benegas e Miguel Samudio; Rodolfo Gamarra, Víctor Cáceres, Sergio Aquino e Luciano Civelli; Pablo Velázquez e Cristian Menéndez
Técnico: Jorge Burruchaga

Henrique faz tratamento intensivo para poder enfrentar o Juan Aurich

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

 

Desfalque do Santos na derrota para o São Paulo, no clássico do último domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, o volante Henrique vem realizando tratamento intensivo para voltar à equipe diante do Juan Aurich (Peru), nesta quinta-feira, às 22 horas (horário de Brasília), no Pacaembu. O confronto é válido pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Henrique tem uma lesão no hálux (o dedo grande do pé) esquerdo e ficou em tratamento no Cepraf (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação para Atletas de Futebol), sob a supervisão dos médicos e dos fisioterapeutas do clube, durante o treino desta terça, no CT Rei Pelé. O volante Arouca também não compareceu ao campo durante a atividade, para fazer reforço muscular, porém sua presença no duelo de quinta está garantida.

A contusão de Henrique foi sofrida na vitória sobre o Juan Aurich, na última quinta, em Chiclayo, e a sua recuperação tem deixado o departamento médico do Peixe otimista quanto a sua utilização contra os peruanos. Caso seja liberado, o volante pode atuar com uma proteção no dedo do pé para poder calçar a chuteira e jogar, sem maiores problemas.

Com a provável volta de Henrique, o Alvinegro Praiano deve ir a campo ante o Juan Aurich com a seguinte formação: Rafael; Fucile, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Ibson e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges.

 

 

 

 

Por Cleber Aguiar – Rede Globo garante transmissões das Copas do Mundo de 2018 e 2022

Fonte: Globo.com

Além do Mundial de 2014 no Brasil, emissora prorroga contrato com a Fifa e vai exibir com exclusividade as edições que serão realizadas na Rússia e no Qatar

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro, RJ

Jerome Valcke, reunião da Copa do Mundo 2014 (Foto: Jorge William/Agência O Globo)O secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, reforçou a
força e o poder de distribuição da Rede Globo

Em comunicado oficial divulgado no site da Fifa nesta terça-feira à tarde, a entidade confirmou que a Rede Globo garantiu com exclusividade os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2018, na Rússia, e de 2022, no Qatar. O contrato dá à Globo o direito de exibir o evento em território brasileiro com distribuição para todas as plataformas: TV aberta, TV fechada, internet e telefones celulares.

Segundo o secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke, “a força e o poder de distribuição da Globo garantem que a competição será acompanhada pelo maior número possível de pessoas no território brasileiro”. Ele acrescentou que este foi um fator determinante para prolongar o acordo com a Globo.

O presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, também manifestou seu entusiasmo.

– Por mais de 40 anos, a Globo e a Fifa desenvolveram uma parceria muito frutífera, que trouxe ótimos resultados para ambas as partes. Durante todos estes anos, a Fifa conseguiu fazer do futebol o esporte mais popular, com um grande público em todo o mundo, e a Globo se sente orgulhosa de ser parte desta história. O mais importante para a Globo é permitir que os espectadores sintam-se participando da competição, como se eles próprios estivessem dentro do campo de jogo. Por esta razão, nós estamos orgulhosos de prolongar esta parceria – disse o presidente das Organizações Globo Roberto Irineu Marinho.

Fonte: Fifa.com

Globo compra direitos de transmissão das edições de 2018 e 2022 da Copa do Mundo da FIFA™

(FIFA.com) Terça-feira 28 de fevereiro de 2012
Globo compra direitos de transmissão das edições de 2018 e 2022 da Copa do Mundo da FIFA™

© Getty Images

A FIFA tem o prazer de anunciar a prorrogação de seu acordo de direitos de transmissão com a Rede Globo para a Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018™ e a Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022™. O acordo com a maior empresa midiática do Brasil abrange a transmissão via cabo, satélite, terrestre, móvel e por internet de banda larga em todo o país.

“A força de distribuição da Globo em um território tão vasto como o Brasil garante que a competição possa ser seguida pelo maior número de pessoas possível e esse foi o fator determinante na nossa decisão em prorrogar o acordo com a Globo”, disse Jérôme Valcke, Secretário-geral da FIFA.

“Durante mais de 40 anos, a Globo e a FIFA desenvolveram uma parceria muito frutífera, o que proporcionou recompensas significativas para ambos. Durante todos esses anos, a FIFA obteve êxito na tarefa de tornar o futebol o esporte mais popular com uma enorme audiência em todo mundo e tem muito orgulho de fazer parte disso. O mais importante para a Globo é possibilitar que os telespectadores façam parte das competições, como se estivessem eles próprios no gramado. Por essa razão, nós estamos orgulhosos por prorrogar essa parceria”, disse o presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho.

A Globo, parceira de transmissão da FIFA desde 1970, comprometeu-se com uma cobertura e uma presença sem precedentes da Copa do Mundo da FIFA Brasil™ e em diante, incluindo uma cobertura em TV aberta, como acordado entre as duas partes e conforme as políticas de distribuição da FIFA.

A Globo está entre as maiores emissoras do mundo e é uma inovadora na produção futebolística que proporciona aos torcedores, de forma consistente, as melhores imagens e coberturas possíveis.

RETRÔ ICFUT – Copa do Brasil 2011.

Fonte: Portal IG

Ricardo Gomes: “É claro que vou voltar”

Em entrevista ao Extra, técnico do Vasco quebra o silêncio e reconhece ter sido negligente com a própria saúde

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro 

Ricardo Gomes com a faixa de campeão da Copa do Brasil 2011. O título foi conquistado após vitória do Vasco sobre o Coritiba na final

A fala ainda apresenta leve dificuldade motora, mas nada que a fonoaudiologia não corrija. A cadeira de rodas deu lugar a um par de muletas. A recuperação de Ricardo Gomes caminha a passos largos e já faz o técnico do Vasco, vítima de um AVC hemorrágico no fim de agosto, planejar seu retorno aos gramados. Em entrevista ao Jogo Extra, suplemente esportivo do jornal Extra, o treinador quebra o silêncio e fala de seus planos para comandar o time na campanha da Libertadores.

“É claro que vou voltar. Os médicos dizem que posso trabalhar normalmente. Mas ainda não estou andando como antes. É preciso ter um pouco de calma”, conta Ricardo Gomes, programando sua volta à rotina a São Januário no começo de 2012. “Vamos ver… Penso em voltar em fevereiro. Eu e os médicos estamos tentando fazer o melhor possível”.

Antes, porém, ele pretende ir ao clube nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro. Ricardo ainda não saiu de casa, é submetido a sessões diárias de fono e fisioterapia, mas em novembro está disposto a matar saudade de São Januário e dos ompaheiros.

“Se eu conseguir, será ótimo. Vou tentar. Mas estou vendo todos os jogos pela televisão. Comecei a assistir ainda no CTI, quando o Vasco enfrentou o Figueirense”.

Dez quilos mais magro, o treinador lembra que o pai teve o mesmo aos 43 anos. Salvou-se no primeiro, mas não resistiu ao segundo, aos 86. O treinador não quer repetir os erros do pai. Na entrevista, ele admite ter sido negligente com a própria saúde. Desta vez, porém, promete mais cuidados com o controle da pressão.

“Tudo isso aconteceu porque fui burro. Tenho que ter mais cuidado. Eu não tomava remédio de pressão. E isso é tão simples…”.

Sobre a campanha do Vasco, líder do Brasileiro com 50 pontos, ele diz que tem assistidos aos jogos pela televisão. Tem gostado do trabalho do amigo e auxiliar Cristóvão Borges e aposta no título. “Estou esperançoso. O time está indo muito bem. Se passar pelo Internacional, temos tudo para ir longe”.

Campeão
Vasco
Vasco

Estatísticas

Melhor Ataque Coritiba 23 Gols
Pior Ataque Rio Branco-ES 0 Gols
Melhor Defesa River Plate-SE 1 Gols sofridos
Pior Defesa Horizonte 11 Gols sofridos
Mais Goleadas Flamengo 3 Goleadas
Mais Vitórias Coritiba 9 Vitórias
Menos Vitórias Comercial-MS 0 Vitórias
Mais Empates Vasco 5 Empates
Mais Derrotas Grêmio Barueri 3 Derrotas
Menos Derrotas Guarani 0 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Vasco 10 Jogos
Final
Ida Volta
Vasco  (3-3)  Coritiba 1-0 video 2-3 video
Semifinais
Ida Volta
Ceará  (0-1)  Coritiba 0-0 video 0-1 video
Vasco  (3-1)  Avaí 1-1 video 2-0 video
Quartas-de-Final
Ida Volta
São Paulo  (2-3)  Avaí 1-0 video 1-3 video
Flamengo  (3-4)  Ceará 1-2 video 2-2 Sugerir Video
Atlético Paranaense  (3-3)  Vasco 2-2 video 1-1 video
Coritiba  (6-2)  Palmeiras 6-0 video 0-2 video
Oitavas-de-Final
Ida Volta
Botafogo  (3-3)  Avaí 2-2 video 1-1 video
Santo André  (1-3)  Palmeiras 1-2 video 0-1 video
Náutico  (0-3)  Vasco 0-3 video 0-0 video
Bahia  (1-6)  Atlético Paranaense 1-1 video 0-5 video
Coritiba  (5-0)  Caxias 4-0 video 1-0 video
Goiás  (0-2)  São Paulo 0-1 Sugerir Video 0-1 video
Flamengo  (4-1)  Horizonte 1-1 video 3-0 video
Ceará  (4-2)  Grêmio Barueri 2-1 video 2-1 video
2ª Fase
Ida Volta
Ponte Preta   Goiás 0-3 video ANU cd
Grêmio Barueri  (2-1)  Atlético Mineiro 2-1 video 0-0 Sugerir Video
Santa Cruz  (1-2)  São Paulo 1-0 Sugerir Video 0-2 video
Horizonte  (3-3)  Guarani 1-1 video 2-2 Sugerir Video
Bangu   Náutico 0-2 video ANU cd
Uberaba   Palmeiras 0-4 video ANU cd
Brasiliense  (1-2)  Ceará 0-0 video 1-2 Sugerir Video
Fortaleza   Flamengo 0-3 video ANU cd
Ipatinga  (2-5)  Avaí 1-1 video 1-4 video
Sampaio Corrêa  (3-3)  Santo André 3-2 Sugerir Video 0-1 video
Botafogo-PB  (1-4)  Caxias 0-1 Sugerir Video 1-3 video
Paulista   Atlético Paranaense 0-2 Sugerir Video ANU cd
Paysandu  (1-2)  Bahia 0-0 Sugerir Video 1-2 video
ABC  (1-2)  Vasco 0-0 video 1-2 video
Paraná  (1-5)  Botafogo 1-2 Sugerir Video 0-3 video
Atlético Goianiense  (2-5)  Coritiba 1-2 video 1-3 Sugerir Video
1ª Fase
Ida Volta
Rio Branco-ES  (0-4)  Ipatinga 0-1 video 0-3 Sugerir Video
Botafogo-PB  (3-1)  Vitória 3-1 video 0-0 video
River Plate-SE  (1-1)
(1-4)g.p.
 Botafogo 1-0 Sugerir Video 0-1
(4-1) Pen.
Sugerir Video
Cuiabá   Ceará 0-2 video ANU cd
Iraty  (3-4)  Grêmio Barueri 3-1 video 0-3 Sugerir Video
Ypiranga-RS  (0-3)  Coritiba 0-1 Sugerir Video 0-2 video
Vilhena   Avaí 0-3 video ANU cd
Fast Clube  (3-4)  Fortaleza 2-0 Sugerir Video 1-4 video
União Rondonópolis  (4-4)  Guarani 4-4 video 0-0 video
São José-RS  (1-3)  Paulista 1-0 Sugerir Video 0-3 Sugerir Video
Bangu  (3-2)  Portuguesa 3-1 Sugerir Video 0-1 video
Trem  (2-7)  Náutico 2-1 video 0-6 Sugerir Video
Treze   São Paulo 0-3 Sugerir Video ANU cd
Barras  (2-3)  ABC 1-1 Sugerir Video 1-2 video
Comercial-MS   Vasco 1-6 video ANU cd
Murici   Flamengo 0-3 Sugerir Video ANU cd
Brusque  (3-3)  Atlético Goianiense 3-2 video 0-1 Sugerir Video
Vitória-ES   Goiás 1-4 video ANU cd
Comercial-PI  (2-7)  Palmeiras 1-2 video 1-5 video
Naviraiense  (1-3)  Santo André 1-2 video 0-1 video
Gurupi  (1-4)  Paraná 1-1 video 0-3 video
IAPE  (3-11)  Atlético Mineiro 2-3 video 1-8 Sugerir Video
Águia  (1-3)  Brasiliense 1-1 video 0-2 video
Ceilândia   Caxias 0-5 video ANU cd
Baré  (0-1)  Ponte Preta 0-1 Sugerir Video 0-0 Sugerir Video
Horizonte  (6-4)  ASA 3-1 video 3-3 video
Penarol  (4-5)  Paysandu 2-3 video 2-2 video
Sampaio Corrêa  (2-2)  Sport 0-0 video 2-2 Sugerir Video
Rio Branco-AC  (3-4)  Atlético Paranaense 2-1 video 1-3 Sugerir Video
Santa Helena   Uberaba 1-3 video ANU cd
Coríntians-RN   Santa Cruz 1-4 video ANU cd
São Domingos  (1-5)  Bahia 0-0 Sugerir Video 1-5 video

Por Cleber Aguiar – Vasco vira com quatro gols no segundo tempo e consegue vaga heroica

Fonte: Gazetaesportiva.net

O Vasco goleou o Universitário do Peru por 5 a 2 na noite desta quarta-feira no Rio de Janeiro e avançou às semifinais da Copa Sul-americana. O duelo em São Januário foi dramático, com o Vasco saindo na frente e tomando o empate no primeiro tempo. No início do segundo, os peruanos viraram o jogo. Daí em diante, só deu Vasco, que marcou quatro gols para construir a vantagem necessária. Na próxima fase, o Vasco enfrenta o vencedor do confronto entre o Universidad do Chile e o argentino Arsenal O Jogo – A partida começou com as duas equipes nervosas. Tanto que antes dos dez minutos, quatro jogadores já tinham recebido cartão amarelo: três vascaínos e o goleiro peruano Llontop. A primeira boa chance foi do Vasco, aos nove minutos. Após cruzamento de Fágner, Élton raspou de cabeça e a bola bateu na trave direita de Llontop. No entanto, apesar do lance de perigo, os cruzmaltinos tinham dificuldade de de penetrar na defesa peruana. O Vasco voltou a chegar com perigo só aos 18 minutos. Após roubada de bola, no meio, Éder Luís foi lançado pela direita e cruzou rasteiro para Élton. O atacante finalizou a esquerda do gol de Llontop. A oportunidade motivou os cruzmaltinos, que conseguiram o primeiro gol aos 22 minutos. O meia Juninho pernambucano foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Diego Souza cobrou com categoria para abrir o placar.

O jogo foi muito tenso desde o apito inicial, e terminou com três expulsos, dois do Universitario e um do Vasco

Após o gol, o Vasco partiu com tudo para cima do Universitário, que recuou todo. Com isso, os cruzmaltinos voltaram a ter dificuldade de passar pela zaga peruana. Para pirorar, aos 32 minutos, os visitantes chegaram ao empate. Em um contra-ataque rápido, Flores lançou Ruidiaz que deu lindo toque por cima de Fernando Prass para calar São Januário. Os cariocas, neste momento, precisava de mais três gols para avançar na competição.O revés abalou o Vasco, que ficou tentando pressionar, mas sem objetividade. Somente nos minutos finais, os cruzmaltinos voltaram a levar perigo, com um chute de fora da área de Fágner que obrigou Llontop a grande defesa. Assim, os cariocas foram para o intervalo precisando de três gols para seguir na Sul-americana. O segundo tempo começou com a expulsão de Diego Souza e González, por conta de uma confusão na descida para os vestiários, antes mesmo da bola rolar. O episódio deixou o clima pesado e sujeito à mais turbulências em campo. Para piorar as coisas para o Vasco, o Universitário virou aos dois minutos, com Rabanal aproveitando um rebote de escanteio. O chute saiu forte e desviou em Dedé: 2 a 1. Mas os peruanos nem puderam comemorar, já que a resposta foi imediata. Junin ho tabelou com Dedé e cruzou na área para Elton conferir de cabeça e deixar tudo igual no placar.

Dedé foi o grande nome da vitória vascaína, marcando dois gols e ainda dando passe para o quinto, de Alecsandro

A partir do empate, o Vasco foi para cima do adversário na base da empolgação e empurrado pela torcida. E não demorou a virar o jogo a seu favor. Aos 12, Dedé deu uma de atacante e tentou cruzar na área, mas a bola foi direto para o gol e Llontop falhou feio: 3 a 2.Em desvantagem no placar, a situação ficou mais difícil para o Universitário com a expulsão de Rabanal, por agressão, aos 16. Com nove em campo, contra dez do Vasco, só restava ao Universitário se trancar na defesa. Porém, a noite era vascaína, e, mesmo precisando abrir três gols de diferença para se classificar, a equipe não esmoreceu. O quarto gol saiu novamente dos pés de Dedé. O zagueiro recebeu de Allan e mandou para as redes, levando a torcida à loucura. Só dava Vasco: aos 33, Alecssandro acerta uma bomba e quase marca. Quatro minutos depois, a redenção. De ponta de chuteira, Alecssandro tocou para o fundo das redes depois do escanteio cobrado por Juninho e que Dedé chegou a desviar de cabeça: 5 a 2 e a vaga garantida.