CARNAVAL 2019: Escola Mancha Verde do Palmeiras é Campeã do Carnaval de São Paulo

A Escola de Samba Palmeirense Mancha Verde foi a grande campeã do Carnaval da Cidade de São Paulo de 2019. Com o enredo ” Oxalá, Salve a Princesa! A saga de uma guerreira negra! ” a escola tirou quase nota máxima em todos os quesitos e levou o primeiro título do Carnaval Paulistano do Grupo Especial.

 

 Imagem/Arte do G1

 

 

 

Vai-Vai e Tucuruvi caem para o Grupo 1 do Acesso

 

O Grupo de Acesso 1 ( Segunda Divisão do Samba ) ganha mais uma Super Campeã  do Carnaval, dessa vez a Vai-Vai a Segunda maior Campeã do Carnaval Paulistano vai disputar o Grupo de Acesso ao lado de Nenê de Vila Matilde a maior Campeã do Carnaval Paulistano e Camisa Verde Branca a terceira maior Campeã. 

 

Pérola Negra, Barroca Zona Sul voltam para o Grupo Especial

 Pérola Negra Campeã do Grupo de Acesso 1

 

Após 27 anos a tradicional Escola de Samba Barroca Zona Sul volta á disputa da elite do Carnaval Paulista ao lado da Grande Campeã do Grupo de Acesso 1, a Pérola Negra a  Escola de Samba da Vila Madalena.

 

Unidos do Peruche desce ladeira abaixo …

 

A Unidos do Peruche uma Campeã e Tradicional Escola de Samba do Bairro do Limão, vai disputar o Grupo Acesso 2 ( Terceira Divisão ) das Escolas de Samba. A Peruche já tinha sido rebaixada em 2018 do Especial para o Grupo de Acesso 1, vamos torcer para dias melhores para a comunidade do Peruche.

 

 

 

TAGS:

carnaval

mancha

verde

campea

escola

samba

perola

peruche

negra

barroca

sul

nene

tucuruvi

CARNAVAL 2019 : Escola de Sangue Jovem do Santos – Desfile Completo – Grupo Especial de Santos

Fonte: Canal Youtube Paixão Carnaval

A Sangue Jovem foi a penúltima escola a passar pela Passarela Dráusio da Cruz, entrando com três minutos de atraso. A agremiação trouxe o enredo “Dos olhos do menino o Fruto Guaraná”, homenagem ao guaraná, fruta típica da Amazônia, que se tornou comum na mesa dos brasileiros, seja nos refrigerantes ou como acompanhamento do açaí. Sangue Jovem trouxe a lenda indígena do guaraná como alegoria Lenda indígena do guaraná foi tema de alegoria da Sangue Jovem (Foto: Vanessa C. Rodrigues/AT) A escola desfilou com as cores preto, branco e dourado e trouxe 1100 componentes, 12 alas, e três carros alegóricos para a Avenida. A apresentação com a presença de pessoas indígenas durou 51 minutos, fazendo alusão à cultura da região Norte do Brasil. A Rainha de Bateria da Sangue Jovem não compareceu ao desfile. Já Débora, grávida de 9 meses, compõe a bateria da Sangue Jovem.

BRASILEIRO 2019 – Série D – Grupos

GRUPO A1
Rio Branco-AC
Fast Clube (AM)
Barcelona-RO
São Raimundo-RR

GRUPO A2
Galvez (AC)
Manaus (AM)
Santos-AP
Real Ariquemes-RO

GRUPO A3
Ypiranga-AP
Moto Club (MA)
São Raimundo-PA
Atlético-RR

Grupo A4
Floresta-CE
Bragantino-PA
River-PI
Santa Cruz-RN

Grupo A5
Atlético-CE
Maranhão (MA)
Central-PE
Altos (PI)

Grupo A6
Bahia de Feira (BA)
Serrano (PB)
América-PE
América-RN

Grupo A7
ASA (AL)
Jacuipense (BA)
Campinense (PB)
Vitória-PE

Grupo A8
Coruripe (AL)
Fluminense-BA
Salgueiro (PE)
Sergipe (SE)

Grupo A9
Juazeirense (BA)
Aparecidense (GO)
Itabaiana (SE)
Gurupi (TO)

Grupo A10
Iporá (GO)
Corumbaense (MS)
Sinop (MT)
Palmas (TO)

Grupo A11
Anapolina (GO)
Patrocinense (MG)
Operário (MS)
União (MT)

Grupo A12
Sobradinho (DF)
Vitória-ES
Caldense (MG)
Portuguesa-RJ

Grupo A13
Brasiliense (DF)
Serra (ES)
URT (MG)
Ituano (SP)

Grupo A14
Tupi (MG)
Itaboraí (RJ)
Hercílio Luz (SC)
Novorizontino (SP)

Grupo A15
Foz do Iguaçu (PR)
Boavista (RJ)
Gaúcho (RS)
Brusque (SC)

Grupo A16
Cianorte (PR)
Caxias (RS)
Tubarão (SC)
São Caetano (SP)

Grupo A17
Maringá (PR)
Avenida (RS)
Joinville (SC)
Ferroviária (SP)