ICFUT – 100 GOLS INCRÍVEIS DA HISTÓRIA DO FUTEBOL BRASILEIRO

 

 

Alguns dos gols mais bonitos da história do Futebol Nacional

DIBRADA CAST #35 – BREVE HISTÓRIA DOS ESTÁDIOS

Alô alô Dibradores! Está no ar o podcast mais lembrado nos estádios do Brasil. Dibrada Cast #35. Nesse episódio Caiçara, Aguiar e OitoMeia vão contar um pouco da história de alguns dos principais estádios do Brasil. Curiosidades, nomes engraçados, e muito mais. Não perca tempo e dê o play, antes que seu time venda a sua casa. Link: https://bit.ly/2MiuDzq Trilha sonora: Elvis Presley – A Little Less Conversation Gabriel o Pensador – Rap das torcidas

DIBRADA CAST #34 – QUARENTENA, GRIPEZINHA E TRETAS

Alô alô Dibradores, Está no ar a sua salvação dessa quarentena. Dibrada Cast #34, o podcast mais tretoso de todos, o único com a participação do Anjo Caído. Nesse episódio Caiçara, Aguiar e OitoMeia falaram sobre como está sendo a quarentena, também discutiram sobre as últimas tretas. Além é claro daquele contato maroto com o outro lado com o AC. Link: Trilha sonora: Elvis Presley – A Little Less Conversation Jorge Ben e Mano Brown – Umbabarauma Acesse: http://www.dibrada.com.br

ICFUT- Cruzeiro é punido pela Fifa e vai começar Série B com menos seis pontos; conselho gestor tenta reverter

Fonte: Globo.com

Punição se deve a não pagamento de empréstimo do volante Denilson, na temporada de 2016; jogador atuou apenas cinco vezes com a camisa cruzeirense

O Cruzeiro começará a Série B com seis pontos negativos. Nesta terça-feira, o clube foi comunicado pela Fifa da perda da pontuação na próxima competição nacional, devido ao não cumprimento da ordem de pagamento, emitida pela entidade em março deste ano, referente à dívida do clube com o Al Wahda, pelo empréstimo de seis meses do volante Denilson.

O clube mineiro tinha até esta segunda-feira para realizar o pagamento dos 850 mil euros ao Al Wahda, em valor que beira os R$ 5 milhões na cotação atual. O clube mineiro tentou negociar, através do superintendente jurídico, Kris Brettas, o parcelamento e até um adiamento diretamente com o clube dos Emirados Árabes, mas não obteve êxito. A informação foi inicialmente divulgada pela rádio Itatiaia e confirmada pelo GloboEsporte.com com o clube.

Agora, o clube terá um novo prazo para realizar o pagamento da dívida com o Al Wahda. Se não cumprir o prazo, receberá uma nova punição da Fifa.

O clube mineiro afirmou que ainda não foi notificado da decisão da perda dos pontos, mas estava ciente da possível punição. Os dois candidatos à presidência, inclusive, foram notificados da situação, segundo o clube. CEO do Cruzeiro, Sandro González, explicou como estavam as negociações.

Vínhamos tentando um adiamento para o segundo semestre, mas os dirigentes do Al-Whada foram taxativos. Eles disseram que o processo corre há mais de quatro anos na Fifa e ninguém do Cruzeiro, nenhum dirigente neste período todo, procurou o Al-Whada para buscar um acordo. Eles disseram que se sentiram frustrados e descrentes, e que por isso não poderiam facilitar nada para o Cruzeiro neste momento. Nós explicamos a eles que o clube também foi uma vítima de tudo o que aconteceu nos últimos anos, que agora são outras pessoas que estão à frente da instituição, e que temos a total intenção de resolver. Já tínhamos tratativas avançadas desde a semana passada, e vamos fazer de tudo para evitar qualquer tipo de punição ao Cruzeiro – disse o dirigente.

Relembre a contratação
A dívida contraída por Denilson é uma das que mais chama atenção no Cruzeiro em casos discutidos na Fifa. O jogador, que chegou para se recuperar de uma lesão, esteve apenas por seis meses no Cruzeiro, entre o meio e o fim de 2016, e fez apenas cinco jogos – dois como titular. O clube não pagou os 850 mil euros acordados pelo empréstimo e passou a discutir a ação na Fifa. À época, o clube árabe aceitou pagar a totalidade dos salários do volante enquanto ele estivesse na Toca.

ICFUT – Todos os times que disputarão o Brasileirão Série A, B, C e D em 2020

Nesse vídeo você irá conhecer todos os 128 times que disputarão as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, no ano de 2020!

  • Mudanças na Série D! No lugar do Red Bull (que sai por causa da parceria com o Bragantino) entrou o Mirassol! E houve uma outra mudança, o Baré não irá disputar nada em 2020, fechou o departamento de futebol, entrou no lugar o Atlético de Roraima Essas alterações ocorreram depois que saiu o vídeo, mas fica a correção!

ICFUT: Corte de salários durante a pandemia já atinge 16 clubes da Série A; veja medidas de cada um

Fonte: Globo Esporte

Por GloboEsporte.com — São Paulo

O corte de salários durante a pandemia de coronavírus já chegou a 16 dos 20 clubes que integram a Série A do Campeonato Brasileiro em 2020. As diminuições variam de 15% a 50% (veja na lista abaixo a situação de cada um deles).

Em levantamento feito pelo GloboEsporte.com, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Coritiba, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo, Sport e Vasco tomaram medidas para enxugar os gastos.

O Cruzeiro, rebaixado para a Série B no ano passado e em grave crise financeira, também optou pela redução de 25% dos salários dos jogadores e funcionários, após o retorno das férias (termina nesta quinta).

A lista pode aumentar nos próximos dias com o Atlético-GO e Botafogo. Ambos se comprometeram a pagar integralmente os vencimentos até abril, mas cogitam reduções a partir de maio por conta da diminuição na arrecadação.

O único clube que anunciou que não fará cortes nos salários é o Bragantino, amparado pela parceria com a Red Bull. Para minimizar o impacto da paralisação do futebol, o clube optou por diminuir investimentos em outros setores, como a contratação de jogadores. Só em 2020, a equipe do interior de São Paulo injetou R$ 84 milhões em reforços.

O Athletico ainda não se manifestou sobre o assunto.

Milionários também cortam

Flamengo e Palmeiras não conseguiram escapar da dificuldade financeira em meio à pandemia. Com grandes investimentos no futebol nos últimos anos, os clubes já anunciaram os cortes. O Rubro-Negro iniciou as demissões de funcionários das categorias de base nesta quinta-feira e ainda não comunicou se mexerá nos salários dos jogadores.

Verdão reduziu 25% dos salários dos atletas, da comissão técnica e dos dirigentes do departamento de futebol. Os demais funcionários farão parte de outro acordo, ainda a ser elaborado pela diretoria.

Jogadores negociam

O Santos teve problemas para colocar em prática o plano de contenção de gastos. O elenco recusou a oferta de diminuir os vencimentos em 50% e entendeu que 30% é o valor ideal para reduzir. A discussão, porém, ainda não teve fim. Jogadores e diretoria discutem a forma como a diferença salarial será paga após a pandemia.

No São Paulo, a proposta de cortar 50% dos salários e suspender o pagamento do direito de imagem desagradou o grupo. Mesmo assim, o clube optou por efetuar a redução, abrindo brecha para uma disputa jurídica no futuro.

O clube garante um pagamento mínimo mensal de R$ 50 mil (jogadores que recebem abaixo disso, obviamente, não tiveram redução) como piso e promete reembolsar todos os descontos no período em seis parcelas iguais a partir do momento em que a situação estiver normalizada. Comissão técnica e dirigentes também entraram nos cortes.

– Essa conversa foi bem aceita pelos atletas, depois eles conversaram entre eles. Como falei, não existiu um acordo formal, um de acordo, existem muitas dúvidas entre eles. É difícil conversar não estando pessoalmente com o grupo todo. Conversamos com lideranças e depois teve conversa entre eles. Mas desde do que aconteceu diretamente conosco não teve nenhuma manifestação, pelo contrário, os jogadores que estão se alternando no treinamento e na comunicação, no contato que a gente teve é todo mundo entendendo a situação – afirmou Raí, diretor-executivo de futebol do São Paulo, ao GloboEsporte.com.

A Medida Provisória 936 apresentada no início de abril pelo governo federal autoriza os empregadores a reduzir salários e jornadas de trabalho por até 90 dias ou suspender contratos de trabalho por até 60 dias, com direito a estabilidade temporária do empregado e recebimento de benefício emergencial.

A redução de jornada e salário pode ser de 25%, 50% ou 75% por acordo individual e até de 100% para acordo coletivo.

Veja abaixo a situação de cada time da Série A:

Athletico

O Furação não informa se estuda algum tipo de medida semelhante. Até agora, o clube não se movimentou neste sentido.

Atlético-GO

O Dragão teve conversas preliminares, mas ainda não concluiu a negociação. Segundo o clube, o elenco saiu de férias até o fim de abril ainda sem sofrer qualquer redução salarial. A diretoria aguarda o retorno dos atletas para finalizar o acerto. A redução deve variar de 30% a 50% e vai durar até a retomada dos jogos.

Atlético-MG

Em 29 de março, o Galo informou via nota oficial que cortaria em até 25% os salários dos colaboradores, isso em uma escala pré-definida. Quanto maior o salário, maior o corte. Até o momento, a redução não incide nos direitos de imagem dos jogadores e comissão técnica. Não há prazo para a duração.

Bahia

O Tricolor reduziu em 25% os salários de jogadores, comissão técnica e diretoria. A medida foi anunciada esta semana pelo presidente do clube, Guilherme Bellintani. Os salários só voltarão a ser pagos normalmente quando os jogadores retornarem. Além da redução dos salários de jogadores, comissão e diretoria, o presidente anunciou que o próprio salário será suspenso enquanto durar a pandemia. Ele só volta a receber após a retomada do futebol.

Botafogo

O Alvinegro é um dos clubes brasileiros que optaran por não cortar salários ainda e vai pagar integralmente os vencimentos de março e abril. Terminadas as férias nesta quinta-feira, os dirigentes vão se reunir para analisar novamente essa situação. A partir de agora, a tendência é que cheguem a um acordo com os atletas para uma redução. Recentemente, o meia japonês Keisuke Honda usou seu Twitter para se manifestar a favor da diminuição dos salários.

Bragantino

O Bragantino optou por manter os salários integrais de jogadores e funcionários durante a paralisação. Prevendo queda na receita, o clube preferiu reduzir custos de outros setores. Um deles, segundo Thiago Scuro, é a contratação de atletas. No início do ano, a equipe investiu mais de R$ 80 milhões em reforços. Para o Brasileirão, o clube deve colocar o pé no freio ao buscar novos jogadores.

HUMOR ICFUT – FUTPARÓDIAS: ♫ VOLTA LOGO, FUTEBOL! | Paródia Don’t Start Now – Dua Lipa

Uma paródia de futebol da música “Don’t Start Now” da Dua Lipa. Depois de tantas semanas sem futebol nós já estamos tão carentes que sentimos saudade até daqueles gols fáceis e aleatórios. Estamos vendo reprise fingindo que é atual, olha essa situação! Volta logo futebol!

ICFUT – Dedé não tem lesão grave e já faz tratamento no Cruzeiro

                                                                                                     Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Fonte: Gazetaesportiva.net

Substituído no intervalo da partida diante do Internacional, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, o zagueiro Dedé teve a situação esclarecida pelo Cruzeiro. Em nota, o clube disse que a lesão não é grave que o atleta já começou o tratamento.

Segundo Sérgio Campolina, médico da equipe, informou que Dedé teve apenas uma lesão no ligamento do tornozelo direito, após uma disputa de bola em lance de escanteio.

“O Dedé sofreu um trauma torcional no tornozelo direito na última partida contra o Inter. Apesar da imagem mostrada pela TV ser muito forte, não foi uma lesão grave. O atleta teve uma lesão ligamentar, em uma área cicatrizada do ligamento, e isso acaba fazendo com que a região fique mais sensível, edemaciada e inchada. Ele já iniciou o tratamento e em breve já vai começar a realizar atividades um pouco mais vigorosas para fortalecimento. Mas, felizmente, reitero, não foi uma lesão grave”, comentou Sérgio.

O defensor está fora do próximo jogo da Raposa, diante do Grêmio, no domingo, às 11h, no Independência.

ICFUT – Após mais uma derrota, Mano Menezes não é mais treinador do Cruzeiro

Fonte:Gazetaesportiva.net

Do correspondente Marcellus Madureira – Belo Horizonte , MG
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O técnico Mano Menezes não é o mais o treinador do Cruzeiro. Após a derrota para o Internacional, por 1 a 0, no Mineirão, na noite desta quarta-feira, pela Copa do Brasil, o treinador não resistiu aos resultados ruins e deixou o comando técnico da Raposa.

O Cruzeiro vem em uma crise técnica enorme. Os números recentes, por exemplo, mostram um time com oito jogos sem marcar um gol e uma vitória nos últimos 18 jogos. No Brasileirão, a Raposa está na zona de rebaixamento com apenas 10 pontos conquistados. É a pior campanha do clube na competição.

ICFUT – Cruzeiro registra vínculo não profissional com jovem Pablo, filho do goleiro Fábio

Fonte: Superesportes.com.br

Nome do adolescente de 14 anos foi publicado no BID da CBF na última sexta

Pablo Nicolas Maciel, filho do goleiro Fábio, está oficialmente ligado ao Cruzeiro. Na última sexta-feira, dia 12 de julho, a diretoria celeste registrou no Boletim Informativo Diário da CBF o primeiro vínculo não profissional com o jovem de 14 anos, válido de 1º de julho de 2019 a 28 de junho de 2022

De acordo com o clube, ainda não se trata de contrato de formação, mas sim de regularização na Confederação Brasileira de Futebol. Dessa forma, o adolescente estará apto a participar de competições oficiais, como o Campeonato Mineiro Sub-14.

Pablo já treina com o grupo sub-14 há mais de quatro meses. À época, o próprio Cruzeiro, por meio de suas redes sociais, comunicou que o adolescente teria a “missão de defender a meta celeste”.

“Filho do nosso ídolo eterno Fábio, o jovem Pablo começou a treinar na categoria Sub-14 do Cruzeiro nesta semana. Boa sorte ao garoto que, agora, também tem a missão de defender a meta celeste!”, escreveu o clube, via Twitter, em 12 de março.

Antes de ser incorporado ao time pré-infantil, Pablo realizava atividades em sua casa sob supervisão de Leandro Franco, um dos preparadores de goleiros do Cruzeiro. Fábio divulgava no Instagram vídeos dos exercícios de fundamento do herdeiro.

Na relação de goleiros do sub-14 ainda há Thiago Brazão, primo de Gabriel Brazão, vendido pelo Cruzeiro ao Parma-ITA, por R$ 11 milhões, e posteriormente contratado pela Inter de Milão em troca envolvendo o atacante Andrea Adorante.

O elenco tem outro garoto com DNA de campeão. Trata-se do atacante João Mendes, filho de Ronaldinho Gaúcho, ídolo do arquirrival Atlético e melhor jogador do mundo em 2004 e 2005. Ele chegou à Toca I em agosto de 2018 e assinou vínculo de formação em abril de 2019.