ICFUT – INTERNACIONAL TETRA CAMPEAO GAUCHO DE FUTEBOL 2014

Wallpaper_INTER_TIME-POSADOv.php

Classificação Geral

O 1° e o 2° colocados são respectivamente o vencedor e o perdedor da Final da Fase Final (mata-mata) e a partir do 3° lugar conta-se apenas a fase de grupos.

Pos Times Pts J V E D GP GC SG Zona de classificação ou Rebaixamento
1 Internacional 50 19 16 2 1 40 12 +28 Classificação para a Copa do Brasil de Futebol de 2015
2 Grêmio 35 19 10 5 4 35 20 +15
3 Brasil de Pelotas 32 17 9 5 3 21 8 +13 Classificação para a Copa do Brasil de 2015 e Série D 2014
4 Caxias 28 17 8 4 5 25 21 +4
5 Veranópolis 23 16 5 8 3 18 15 +3
6 Novo Hamburgo 20 16 6 2 8 16 20 -4
7 Juventude 20 16 5 5 6 16 19 -3
8 Passo Fundo [²] 19 15 5 4 6 20 23 -3
9 Cruzeiro-RS 19 16 4 7 5 18 25 -7
10 São Paulo-RS 17 15 4 5 6 17 20 -3
11 São José-RS 17 15 4 5 6 13 17 -4
12 Aimoré 17 15 4 5 6 17 23 -6
13 Lajeadense 16 15 4 4 7 14 15 -1
14 Esportivo [¹] 13 15 4 4 7 16 24 -8 Rebaixados a Divisão de Acesso de 2015
15 São Luiz 11 15 2 5 8 13 21 -8
16 Pelotas 8 15 2 2 11 12 28 -16

Por Cleber Aguiar – Gaúcho: Nos pênaltis, Caxias vence o Novo Hamburgo e conquista o 1° turno

Fonte: futebolinterior.com.br

O time Grená coinquistou a Taça Piratini e está garantido na final do estadual

 Em um estado onde predomina o dominio de Grêmio e Internacional, o primeiro turno do Gauchão, chamado de Taça Piratini, foi decidido por Caxias e Novo Hamburgo, forças do interior. A final, disputada no no Estádio do Vale, em Novo Hamburgo, região metropolitana de Porto Alegre, consagrou o Caxias, que venceu por 3 a 2 nos pênaltis, após o jogo ter terminado empatado por 1 a 1.

O suado título foi conquistado depois de um jogo equilibrado. O Caxias saiu na frente aos 24 minutos do primeiro tempo. Vanderlei dominou no peito, após passe de Fabinho, e mandou para as redes do goleiro Eduardo Martini. O Novo Hamburgo teve claras chances de gol para buscar o empate ainda na etapa inicial, mas desperdiçou com Alexandre, duas vezes, e Leandrinho.Empurrado pela torcida, o Novo Hamburgo partiu para o ataque no início da segunda etapa e voltou a levar perigo ao gol do Caxias. Depois de seguidas investidas, arrancou o empate aos 14 minutos. Mendes aproveitou cruzamento e cabeceou para o fundo do gol: 1 a 1.

Com o empate no tempo regulamentar, a decisão foi para os pênaltis. Michel, Umberto, Paraná converteram para o Caxias, enquanto Pedro Silva e Marlon balançaram as redes pelo Novo Hamburgo. O time da casa, no entanto, desperdiçou três cobranças e não conseguiu comemorar o título diante de sua torcida.

Graças à conquista da Taça Piratini, o Caxias ganhou o direito de decidir o título do torneio estadual pela terceira vez em sua história. A primeira delas ocorreu em 1990, quando o clube ficou com o vice-campeonato, perdendo o título para o Grêmio. Dez anos depois, o Caxias voltou a decidir o título gaúcho, mas desta vez não deixou a chance escapar.

Caminho até a final…
As duas equipes estiveram no mesmo grupo na primeira fase da competição, por isso, não se enfrentaram. Mesmo assim, terminaram com a mesma pontuação, 17 pontos, mas o Novo Hamburgo foi melhor no saldo de gols (9 a 7) e conquistou o direito de jogar em casa nas fases seguintes.

Nas quartas de final, as equipes não tiveram dificuldades. O Caxias passou pelo São José, por 2 a 0, e o Novo Hamburgo derrotou o Lajeadense, pela contagem miníma. Nas semifinais, por outro lado, os times tiveram vida dura.

Jogando no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o time da casa arrancou um empate contra o Grêmio no tempo normal e conseguiu vencer na disputa dos pênaltis. O Novo Hamburgo marcou apenas no último minuto e derrotou o Juventude, por 3 a 2.

Inédito…
Desde que o Gauchão passou a ser disputado neste formato, em 2009, o Caxias chegou na final neste ano e em 2011. No ano passado, o time Grená foi derrotado para o Grêmio, adiando a inédita conquista. Este é o segundo título de expressão do time, que em 2000 foi campeão estadual.

ICFUT – Matheus goleiro do Sport Recife é modelo profissional.

Matheus Cavichioli

Matheus Cavichioli
Nome completo Matheus Fernando Cavichioli
Clube atual Sport
Posição Goleiro
Data de nascimento 27/07/1986
Nacionalidade Brasileira
Local de nascimento Caçador (SC)
Altura 1,92m
Peso 86kg

História

  • Grêmio (RS): 2006-2007
  • Figueirense (SC): 2007
  • Grêmio (RS): 2008
  • Caxias (RS): 2009
  • São José (RS): 2010
  • Caxias (RS): 2010-2011
  • Novo Hamburgo (RS): 2011
  • Sport (PE): 2012

RETRÔ ICFUT – Campeonato Gaúcho 2011

Campeão Artilheiro
Internacional
Internacional
Brasil Leandro Damião
Internacional
Atacante
1989-07-22
17 Gols

Estatísticas

Melhor Ataque Grêmio 49 Gols
Pior Ataque Porto Alegre 10 Gols
Melhor Defesa Novo Hamburgo 9 Gols sofridos
Pior Defesa Inter SM 42 Gols sofridos
Mais Goleadas São José-RS 3 Goleadas
Mais Vitórias Grêmio 13 Vitórias
Menos Vitórias Porto Alegre 1 Vitórias
Mais Empates Novo Hamburgo 9 Empates
Mais Derrotas Porto Alegre 10 Derrotas
Menos Derrotas Novo Hamburgo 2 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Internacional 12 Jogos
Final – Piratini
9/03 – 21h50 Grêmio 2 x 2 Caxias

 

Final – Farroupilha
1/05 – 16h00 Internacional 1 x 1 Grêmio

 

Final
1ª RODADA
8/05 – 16h00 Internacional 2 x 3 Grêmio
2ª RODADA
15/05 – 16h00 Grêmio 2 x 3 Internacional

 

Semifinal
27/02 – 16h00 Grêmio 4 x 2 Cruzeiro
27/02 – 18h30 Caxias 1 x 1 São José

 

Semifinal – Farroupilha
23/04 – 18h30 Cruzeiro 2 x 3 Grêmio
24/04 – 16h00 Juventude 1 x 2 Internacional

 

Quartas-de-final
19/02 – 17h00 Internacional 1 x 1 Cruzeiro
19/02 – 20h30 Juventude 0 x 2 São José
20/02 – 16h00 Grêmio 5 x 0 Ypiranga
20/02 – 18h30 Caxias 1 x 0 Veranópolis

 

Quartas-de-final – Farroupilha
16/04 – 15h30 Cruzeiro 2 x 0 São Luiz
16/04 – 18h30 Internacional 1 x 0 Santa Cruz
17/04 – 16h00 Ypiranga 1 x 1 Grêmio
17/04 – 18h30 Juventude 3 x 0 Lajeadense

ICFUT – Caxias apresenta ex-atacante de São Paulo e Atlético-PR

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

Lima é natural de Alvorada do Sul, no Paraná, e começou sua carreira no Coritiba

O Caxias apresentou nesta terça-feira o experiente atacante Lima (foto), que será o responsável por ser o “homem-gol” do time grená na disputa do Campeonato Gaúcho. Aos 29 anos, o atacante não se intimida com a responsabilidade de ser o camisa 9 do Caxias.

“Cobranças são normais. Tocedor quer ver é gol. Tomara que eu seja feliz no Caxias e que consiga agradar ao torcedor”, afirmou o atacante, de 1,89 m de altura e 74 kg.

O vice-presidente de futebol do Caxias, Zoilo Simionato, não escondeu a satisfação pelo acerto com o jogador, que quase não aconteceu. “Fizemos um esforço muito grande e quase o perdemos. A gente tinha vários nomes para qualquer eventualidade, como ocorreu com o Manoel. O Lima acertou em vir para o Caxias e nós acertamos em contratá-lo”, explicou o dirigente.

Lima é natural de Alvorada do Sul, no Paraná, e começou sua carreira no Coritiba. Depois, passou por Cruzeiro, Braga, de Portugal, Atlético-PR, Al Ittihad, da Arábia Saudita, São Paulo, Botafogo, São Caetano Corinthians, Figueirense e Bahia. Seu último clube foi o Paraná, onde disputou o Campeonato Brasileiro da Série B do ano passado.