ICFUT – Em despedida, Zinho afirma: ‘Não continuo por não ter a palavra final no futebol do Flamengo

Fonte: lancenet

Ex-diretor executivo rubro-negro diz que seu nome está no mercado e que a ‘guerra’ entre os vice presidentes atrapalha o crescimento do clube

Coletiva do Zinho  - (Foto: Paulo Sergio)
Zinho se despediu do Flamengo nesta sexta-feira (Foto: Paulo Sergio)

Um dia após Patricia Amorim se despedir como presidente do Flamengo e entregar o bastão a Eduardo Bandeira de Mello, foi a vez de Zinho comunicar oficialmente a sua saída do Rubro-Negro. O agora ex-diretor executivo do clube da Gávea concedeu uma entrevista coletiva nesta sexta-feira, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, e revelou que não continuará no clube por não poder exercer o mesmo poder que tinha na gestão de Patricia, agora sob o comando de Bandeira. Segundo o ex-dirigente, o profissionalismo falou mais alto do que a paixão pelo Rubro-Negro
– Eu preferi não permanecer no cargo, pois eu não teria a caneta para assinar, não teria a última palavra. Não iria continuar exercendo a função que exerci neste ano. Posso dizer que o meu profissionalismo falou mais alto do que o meu amor pelo Flamengo. Vai demorar para essa nova diretoria obter sucesso e eu não quero pagar a conta do início – comentou.
Na gestão de Eduardo Bandeira de Mello, Paulo Pelaipe irá exercer a função que era de Zinho, que teria de aceitar redução salarial para continuar na Gávea. De acordo com o ex-diretor, a chegada de Pelaipe realmente o enfraqueceu no clube.
– Brinquei com o Pelaipe, dizendo que ele me derrubou, e isso realmente aconteceu. A chegada dele me enfraqueceu bastante, pois eu não teria mais poder de decisão dentro do clube – disse Zinho, que aproveitou para dizer que poderá assumir o cargo de diretor executivo de futebol em qualquer outro clube:
– Meu nome está no mercado. Sei que fiz um bom trabalho e mostrei minha competência a todos. Vou fazer cursos, pois gostei dessa função. Posso trabalhar em qualquer outro clube, estou saindo com a cabeça erguida. Tenho reconhecimento na rua, sempre fui verdadeiro e saio sem nenhuma mancha no meu trabalho. Gostaria de permanecer, mas só se tivesse o mesmo poder que tive nesse ano. Seria até melhor continuar, já que iniciaria do zero, desde o início de uma temporada. Quem sabe no futuro eu volte ao Flamengo – detalhou o ex-diretor.
Após sete meses à frente do futebol rubro-negro, Zinho revelou também que o Flamengo convive diariamente com um turbilhão político. Segundo o ex-dirigente, a própria cúpla de futebol do clube não se entendia, o que atrapalhou bastante o crescimento do Flamengo.
– Eu não entro em questão política do clube, isso é um turbilhão. Não dou nome aos bois, a própria cúpula de futebol do Flamengo não se entendia, essas guerras internas atrapalham o crescimento do clube, Não aponto vilão algum – disparou.

ICFUT – Zinho comunica saída de Adriano do Flamengo:’Fizemos de tudo’

Fonte: lancenet

Diretor de futebol mostrou-se triste com decisão do Imperador de deixar o clube

Retrospectiva de Adriano no Flamengo (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)
Adriano não foi ao Ninho do Urubu se despedir (Foto: Alexandre Vidal/Fla Imagem)

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, comunicou em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, que Adriano não é mais jogador do clube. O atacante não apareceu no CT Ninho do Urubu, como era o combinado, para dar explicações sobre a saída do Rubro-Negro.

– Adriano não é mais jogador do Flamengo, segundo ele próprio. Eu espero sempre a chegada dele, para que a gente consiga consertar isso tudo. Meu objetivo é que o Adriano viesse aqui na sexta-feira para conversarmos e batermos um papo. Depois de tudo que já tinha acontecido, fizemos de tudo pra recuperá-lo. Nós já estamos muito desgastados com essa situação – comunicou Zinho.

Porém, o contrato de Adriano com o Flamengo, válido até o dia 22 de dezembro deste ano, ainda não foi rescindido. Segundo Zinho, o documento foi entregue ao departamento jurídico do clube que resolverá a burocracia.

– O contrato está para ser rescindido. Isso está ligado ao lado jurídico do clube, não comigo. Já o contrato de imagem já havia sido rescindido, ele receberia por jogo, mas não jogou – enfatizou.

Zinho também comentou sobre a ausência do jogador no CT nesta terça-feira e as notas oficiais divulgadas pela assessoria de imprensa do Adriano na última segunda-feira.


Zinho concedeu entrevista coletiva sozinho sobre Adriano (Foto: Cleber Mendes)

– Ontem ele soltou uma nota equivocada. O certo mesmo era ele vir aqui bater um papo comigo, com a direção do clube e a gente aqui numa coletiva para passar essa decisão dele de se desvincular do clube, para que no próximo ano ele decida se vai jogar ou não – disse o dirigente.

– Aquele vídeo não é de uma pessoa que está normal. Você falta ao trabalho, mas de madrugada aparece naquela situação? Quando ele não tomar mais essas atitudes, ele estará se recuperando – avaliou Zinho.

Sobre a próxima temporada, se o Imperador poderá voltar ao clube, o diretor de futebol disse desconhecer o próprio futuro, não podendo responder sobre a situação do atacante. Ele também disse estar triste por achar que o Flamengo seria uma grande oportunidade para o Imperador dar a volta por cima no futebol.

– Não sei nem como vai ser, não sei nem sei se eu estarei aqui. Eu fico triste porque acho que o Flamengo seria a grande chance do Adriano se recuperar. Nós tentamos, mas isso não aconteceu. Hoje eu posso dizer que ele tem de mudar muito para voltar a jogar em 2013 – ressaltou.

O futuro do Adriano, como inclusive foi divulgado pelo próprio atacante, pode não ser no Flamengo. O empenho do dirigente será na recuperação no lado pessoal, mesmo com o jogador não tendo aceitado a ajuda do psicólogo recomendado.

– Eu não vou desistir de recuperar o ser humano Adriano, é uma missão minha, particular. Talvez eu possa ter sucesso, mas profissionalmente, chegou ao limite. O Adriano realmente não tem o meu apoio como profissional. Ele precisa de um acompanhamento, isso não foi cumprido. Ele disse que faria o tratamento no psicólogo. O empresário dele disse que foi marcada uma consulta, mas em cima da hora ele não foi – concluiu.

Zinho deseja que Adriano compareça ao Ninho do Urubu nesta quarta-feira para se despedir dos companheiros que estiveram juntos com o atacante neste processo de recuperação e para dar uma explicação para imprensa sobre sua decisão de não jogar futebol no clube em 2012.

ICFUT – Zinho, sobre o campeão brasileiro: ‘Qualquer um, menos o Atlético-MG’

Fonte: globo

Diretor de futebol do Flamengo esquece rivalidade com o Fluminense e revela torcida contra o vice-líder do campeonato

montagem Zinho Alexandre Kalil (Foto: Montagem sobre foto do Globo)Zinho diz que torce contra o Galo por conta de Kalil
(Foto: Montagem sobre foto do Globo)

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, decidiu esquentar uma antiga rivalidade. Nesta terça-feira, o dirigente concendeu uma entrevista e deixou claro que não quer que o Atlético-MG conquiste o título do Campeonato Brasileiro. Segundo Zinho, o problema nada tem a ver com Ronaldinho Gaúcho, que trocou o Rubro-Negro pelo Galo há quatro meses por não aceitar as normas impostas pelo diretor e por conta dos salários atrasados. De acordo com o dirigente do Flamengo, o problema é com o presidente atleticano, Alexandre Kalil.
– Qualquer um, menos o Atlético-MG (próximo campeão). Por causa das declarações do presidente do Atlético, criou-se toda uma rivalidade de bobeira, sem necessidade. Pelo Ronaldo, não. Quero que ele continue jogando bem. O meu grande objetivo quando cheguei ao Flamengo era fazer com ele que jogasse bola. Ele sabe muito, joga demais. Só que aqui ele não queria. Quando a gente jogou contra o Atlético, criou-se uma rivalidade. Sem brincadeira? Qualquer um, menos o Atlético-MG – disse o diretor, em entrevista por telefone à "Fox Sports".

Flamengo e Atlético-MG se enfrentaram no último dia 26, no Engenhão, em jogo adiado da 14ª rodada. Os cariocas venceram por 2 a 1 e o estádio recebeu um público de quase 40 mil pessoas para o reencontro de Ronaldinho com o Rubro-Negro. O craque foi hostilizado durante o jogo, mas não houve nenhum episódio de violência física. 
Um novo encontro está marcado para o returno, no próximo dia 31, em Belo Horizonte, pela 33ª rodada. Enquanto o Galo briga pelo título e está na vice-liderança, com 56 pontos, o Flamengo é apenas o 12º, com 35.
Na entrevista, Zinho também comentou o atraso salarial no Flamengo. A pendência se encaminha para dois meses. Segundo acordo interno no clube, os vencimentos são depositados todo dia 25. Agosto não foi quitado, e setembro tem previsão de ser pago no início da segunda quinzena do mês corrente.

– Os salários são pagos até o dia 25 de setembro, esse salário está atrasado. Um mês de salário atrasado. O de outubro temos até o dia 25 de outubro para ser quitado. O problema foi a penhora de uma verba para pagamento de impostos, está sendo feito o trabalho para a liberação. Deve ser resolvido no máximo até quinta-feira. O Flamengo está em dia com os funcionários. Somente o salário dos jogadores do dia 25 de setembro não foi pago.

A respeito da montagem do elenco para 2013, o dirigente, que tem contrato até dezembro, disse que o meia Alex, que acaba de deixar o Fenerbahçe, da Turquia, não está nos planos.

– Não foi cogitado, não. Alex já teve uma passagem pelo Flamengo que não foi muito boa. No momento, não foi o nome que o Dorival me mediu para o meio-campo, para um camisa 10. É um belíssimo jogador, já tive o prazer de jogar e ser campeão com ele. Não sei como ele está, não acompanhei um jogo dele inteiro pelo Fenerbahçe. Claro que muitos clubes estarão em cima, encarece muito o jogador. Não é o nome que a gente esteja trabalhando.

ICFUT – Zinho admite procurar Adriano para conversar

Fonte: lancenet

Diretor de futebol do Flamengo não descarta a possibilidade de acertar um contrato com o atacante para o Brasileiro

HOME Adriano no Flamengo (Foto: Cleber Mendes) Adriano ainda pode assumir a camisa 10 do Flamengo (Foto: Cleber Mendes)

O diretor de futebol do Flamengo, Zinho, continua buscando um nome para assumir a tradicional camisa 10 rubro-negra. Sem a possibilidade de contratar um nome do exterior devido ao encerramento da janela internacional no fim de julho, o dirigente admitiu querer conversar com o atacante Adriano durante essa semana. Segundo o dirigente, o Imperador tem a cara do Flamengo, sendo um nome que agrada o técnico Dorival Júnior.

– Eu tenho um carinho muito grande pelo Adriano. Torço para que ele se recupere o quanto antes. Ele em forma seria um nome muito bom para ajudar o clube, agrada ao técnico Dorival Júnior, mas tenho que esperar a plena recuperação. Ainda nesta semana baterei um novo papo com o Adriano. É um jogador que tem a cara do Flamengo. Se ele se prontificar, podemos conversar sobre um possível contrato – disse Zinho, à Rádio CBN.

Adriano fez no fim de abril uma cirurgia no tendão-de-aquiles do pé esquerdo. Desde então vem se recuperando, no intuito de voltar a jogar futebol. Entre os meses de maio e julho, o atacante utilizou as dependências do Flamengo para as sessões de fisioterapia. Devido a algumas faltas, o Imperador decidiu não utilizar mais as dependências rubro-negras e começou a fazer fisioterapia perto de casa.