Por Cleber Aguiar – Mercado da Bola

Andrezinho Ex-Internacional vai para o Botafogo RJ

Fim de novela Dagoberto deixa Tricolor e acerta com o Internacional

Diogo Ex-promessa do Internacional acerta com Bonsucesso Carioca

Adriano Magrão Ex – Flu também acerta com o Bonsucesso

Tulio renova com o Figueirense

Anaílson Ex-Atlético-GO no XV de Piracicaba

Wellington Monteiro ex-Internacional é apresentado no Guarani de Campinas

Felipe fica no Flamengo por mais 1 ano

Wesley ex-Corinthians & Ademir Sopa ex- Barueri e São Caetano no Linense

Pacotão da Ponte Preta

Lauro Ex-Internacional de volta a Macaca

Rodrigo Pimpão ex-Vasco

Willian Magrão ex-Grêmio

Leandrão ex-ABC

Por Cleber Aguiar – XV Piracicaba x Guarani – Final do Paulistão ( Segundona )

Fonte: Futebolinterior.com.br

XV de Piracicaba x Guarani – Pioneiros da elite decidem título da A2

Dois dos clubes mais tradicionais do interior disputam o título da Série A2 neste sábado

Após pouco mais de três meses de disputa e 204 partidas, o Campeonato Paulista da Série A2 conhecerá neste sábado o campeão da temporada. Dois dos clubes mais tradicionais do interior, XV de Piracicaba e Guarani decidem o título em jogo único neste sábado, às 19 horas, no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba.

O time piracicabano tem a vantagem de jogar em casa por ter feito mais pontos na soma das duas fases (47 a 46). Se o jogo terminar empatado, será disputadap rorrogação em dois tempos de 15 minutos, e persistindo o empate, pênaltis. O campeão leva um prêmio de R$ 100 mil da Federação Paulista de Futebol, enquanto o vice fica com R$ 50 mil.Curiosamente, XV de Piracicaba e Guarani foram os dois primeiros clubes do interior a conquistar o acesso para a elite paulista. O Nhô Quim foi o primeiro beneficiado pelo acesso, ao conquistar a Segunda Divisão de 1948. O Bugre veio na sequência e ascendeu à elite no ano seguinte.

Os dois clubes já se enfrentaram em 116 oportunidades, e a vantagem é do time campineiro, que venceu 54 vezes. Foram ainda 35 vitórias do Nhô Quim e 27 empates. No entanto, em Piracicaba a vantagem é Alvinegra. Foram realizados 65 jogos no Barão de Serra Negra, com 33 triunfos quinzistas, 20 do Bugre, e 12 empates.

Na Série A2 deste ano, no entanto, o Guarani e XV se enfrentaram duas vezes, com uma vitória quinzista (2 a 1) e um empate (1 a 1). Para o goleiro bugrino Emerson (foto acima), o time campineiro tem que tirar lições da derrota para o adversário, a única do técnico Vilson Tadei no Guarani. “Cometemos alguns erros cruciais naquele jogo, como falhas de marcação e posicionamento, por detalhes perdemos a partida no final. Mas são erros que não vão se repetir no jogo de sábado”, declarou o camisa 1.

Mistério total!
O técnico Moisés Egert só vai divigulgar o time do XV de Piracicaba momentos antes da bola rolar. Desfalques certos do treinador quinzista são o zagueiro Marcus Vinícius e o volante Diego Silva, machucados, além do também volante Jordy Guerreiro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Os dois primeiros já vinham desfalcando o time há algumas rodadas, por sso não representam problemas para Egert.

Já para o lugar de Jordy Guerreiro, o mais cotado para entrar é o volante Diego Araújo. O meio-campista está recuperado de uma pancada no tornozelo e volta a ficar à disposição. O restante da equipe será a mesma dos últimos jogos.

Bugre também indefinido
O Guarani está praticamente definido para a final. Sem poder contar com o meia Rafael Ipuã, vetado pelo departamento médico, Tadei deve acabar apostando no esquema com três zagueiros, com a entrada de Aislan. O objetivo é segurar a pressão inicial do adversário, que estará contando com o apoio maciço de seus torcedores. Por outro lado, o xodó Fabinho está de volta ao time titular e forma dupla de ataque com Marcos Denner.

O treinador decidiu apostar no mistério e realizou um treinamento com os portões fechados. Tadei também testou o clássico 4-4-2, mas ele realmente deve apostar no trio defensivo formado por Aislan, Aílson e Neto. Quem terá a missão de armar as jogadas é Rodrigo Paulista, que retorna depois de cumprir suspensão automática.

Ficha Técnica

XV de Piracicaba x Guarani

Local: Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba
Data: 07/05/2011
Horário: 19 horas
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Marcio Luiz Augusto e Marco Antonio Gonzaga da Silva

XV de Piracicaba
Wanderson; Vinicius Bovi, Everton, João Paulo e Ceará; Gláuber, Diego Araújo, André Cunha e Ricardinho; Adílson e Fábio Santos.
Técnico: Moisés Egert

Guarani
Emerson; Aislan, Aílson e Neto; Chiquinho, Carlos, Dadá, Rodrigo Paulista e Carlinhos; Marcos Denner e Fabinho.
Técnico: Vílson Tadei