Por Cleber Aguiar – Mercado da Bola

Andrezinho Ex-Internacional vai para o Botafogo RJ

Fim de novela Dagoberto deixa Tricolor e acerta com o Internacional

Diogo Ex-promessa do Internacional acerta com Bonsucesso Carioca

Adriano Magrão Ex – Flu também acerta com o Bonsucesso

Tulio renova com o Figueirense

Anaílson Ex-Atlético-GO no XV de Piracicaba

Wellington Monteiro ex-Internacional é apresentado no Guarani de Campinas

Felipe fica no Flamengo por mais 1 ano

Wesley ex-Corinthians & Ademir Sopa ex- Barueri e São Caetano no Linense

Pacotão da Ponte Preta

Lauro Ex-Internacional de volta a Macaca

Rodrigo Pimpão ex-Vasco

Willian Magrão ex-Grêmio

Leandrão ex-ABC

Por Cleber Aguiar – Ceará pode perder 6 pontos no Brasileirão por escalar Fabrício de forma irregular

Fonte: Futebolinterior.com.br

O presidente estaria suspenso na assinatura do contrato, o que invalidaria o acordo

Fabrício, o alvo da polêmica

Apenas quatro rodadas se passaram e o Campeonato Brasileiro já tem sua primeira grande polêmica. É que o Ceará teria escalado o zagueiro Fabrício de maneira irregular e poderia perder pontos no Campeonato Brasileiro, se o caso for levado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A informação é repercutida na imprensa cearense.

O imbróglio se deve a uma suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva ao Ceará (TJD-CE) ao presidente alvinegro, Evandro Leitão devido a uma troca de ofensas durante um jogo do Cearense. Esta suspensão foi divulgada pela entidade no dia 2 de junho, o que impediria o cartola de exercer sua função a partir desta data.No dia 3 de junho, um dia após a suspensão de Leitão, o Vozão anunciou o acordo de renovação de contrato com Fabrício, que se estenderá até o fim de 2012. Na prática, este seria um ato irregular, tendo em vista que juridicamente, o mandatário não poderia representar o clube.

A favor do Ceará está o fato de que o documento de renovação data do dia 1º de junho, ou seja, um dia antes da suspensão publicada pelo TJD-CE. Tal fato criou um grande impasse, já que a validade do contrato é referente a um dia antes da suspensão, mas sua publicação aconteceu um dia depois.

De acordo com as informações, nenhum clube fez a denúncia de irregularidade no Ceará, fato que impede o STJD de fazer qualquer tipo de análise do caso. Se o episódio for a julgamento o Vozão corre o risco de perder seis pontos, já que Fabrício atuou, após o dia 2 de junho, no empate contra o Botafogo, por 2 a 2.

Se isso ocorresse, hoje, o clube alvinegro cairia para a lanterna do Brasileirão, com dois pontos negativos. Atualmente, o time ocupa a 15ª colocação, com quatro pontos.