Por Cleber Santista – Valdivia xinga Tiago Leifert após brincadeira, e apresentador deseja saúde

Fonte: Globo.com

O palmeirense Valdivia se revoltou nesta quinta-feira, via Twitter, e xingou o apresentador Tiago Leifert. O jogador não gostou das brincadeiras que o jornalista fez no programa Globo Esporte e retrucou.

ValdiviaLeifert2

Valdivia está fora de combate por conta de uma lesão na coxa direita e não deve jogar nos próximos 30 dias. No último domingo, logo no início do clássico com o São Paulo, ele precisou deixar o gramado reclamando de tontura. Examinado, foi detectada uma fratura no nariz.

Ao tomar conhecimento das ofensas de Valdivia, Leifert respondeu:

– Sou fã do Valdivia, desejo que ele volte logo e que tenha muita saúde.

Nos últimos dias, Leifert foi chamado de “Valdivia” por alguns seguidores no Twitter, que faziam referência aos dias em que o apresentador se ausentou do programa por problemas de saúde. Nesta quinta, Leifert começou o Globo Esporte brincando que já era o seu segundo dia consecutivo no estúdio “Boooooa tarde… Dois programas seguidos, Valdivia. Estou aqui firme e forte, com a minha sinusite, e eu vim trabalhar. Um beijo pra você”. No fim, ao se despedir dos telespectadores, Tiago ainda fez mais uma brincadeira, ao simular uma lesão na coxa e mexer as mãos num sinal como se pedisse substituição: “Ai ai ai, senti o posterior, Voz da Consciência, amanhã eu não venho”.

ICFUT – Valdivia tem lesão no joelho confirmada e deve ficar dois meses sem jogar

Fonte: lancenet

Mago se machucou no Choque-Rei de sábado e não deve mais atuar no Campeonato Brasileiro 2012

São Paulo x Palmeiras - Campeonato Brasileiro - Valdívia (Foto: Eduardo Viana)
Valdivia é atendido no banco de reservas após deixar o campo no sábado (Foto: Eduardo Viana)

Além da má fase vivida pelo Palmeiras, o que faz o time amargar a zona de rebaixamento do Brasileirão, outra má notícia esquenta ainda mais a cabeça do torcedor palmeirense. Neste domingo, o departamento médico do clube confirmou que o meia sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo. A estimativa de recuperação é de dois meses. Assim, ele não deve jogar mais neste ano.

O Mago sofreu a lesão após uma dividida com o zagueiro são-paulino Paulo Miranda, aos 20 minutos do segundo tempo do Choque-Rei deste sábado, perdido pelo Alviverde por 3 a 0. Quando foi chutar a bola dentro da área do Tricolor, o zagueiro prensou a bola e Valdivia voou, caindo de joelho no chão.

Mesmo com dores, ele ainda ficou em campo até os 36 minutos, quando o técnico Gilson Kleina o autorizou a sair do gramado, deixando o time com dois jogadores a menos, já que Artur há havia sido expulso.

ICFUT – Valdivia: ‘Quem fala que a direção não me quer tomou um chupa’

Fonte: lancenet

Valdivia declara amor ao Palmeiras e reponde a críticas sobre seu comportamento

As imagens de Palmeiras 1 x 0 Flamengo (Foto: Tom Dib) Mago teve boa atuação contra o Flamengo (Foto: Tom Dib)

Valdivia voltou ao time do Palmeiras nesta quarta, após seis jogos afastado por conta de lesão. Após a boa atuação na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, o Mago não esqueceu de seus críticos.

– Isso é para os corneteiros que falam que eu não quero ficar aqui. Vou me dedicar. Para aqueles que falam que a diretoria não me quer, tomaram mais um chupa hoje – disse ele.

O camisa 10 se encontrou com o Flamengo, clube que tentou sua contratação nas últimas semanas. O jogador voltou a dizer que nunca quis sair e declarou amor ao Palmeiras novamente.

– Nunca coloquei em dúvida minha continuidade aqui. Flamengo foi atrás do Palmeiras, que não aceitou minha venda. Felipão nunca me disse na cara que queria que eu fosse vendido. Fiquei feliz de continuar aqui. Amo aqui e quando defendo as cores do Palmeiras vou me dedicar sempre – declarou.

Ele afirma não se importar com as cobranças sobre seu futebol e diz que a família estar longe não o atrapalha em campo.

– Claro que tem de se superar sempre, querer mais. Não adianta jogar um bem e quatro jogos ruins. Quem tem capacidade tem de ser cobrado em campo. Tenho responsabilidade. Corri até o fim e me entreguei. O fato de a família não estar aqui não atrapalha no dia a dia – falou.

– Crítica vai ter sempre. Não me importo quando é critica de jogo, de futebol. Me incomodo quando falam da vida privada. Tem gente que prefere falar isso, que jogador ganha muito… Não me incomodo quando a crítica é dentro de campo. Quem critica a vida pessoal não me conhece – completou.

ICFUT Tirone faz crítica ao Flamengo e garante Valdivia

Fonte: lancenet

Dirigente não gosta de postura do clube carioca por procurar Mago e diz que chileno não saírá

HOME Arnaldo Tirone - Palmeiras (Foto: Eduardo Viana) Arnaldo Tirone criticou a postura dos cariocas e garantiu que o Mago fica no Palmeiras (Foto: Eduardo Viana)

Assim como nos casos envolvendo Kleber, no ano passado, e Ronaldinho Gaúcho, neste ano, a relação entre Palmeiras e Flamengo piorou após o clube carioca fazer uma sondagem para ter Valdivia.

Após o jogo do último sábado, contra o Inter (derrota por 2 a 0, na Arena Barueri), o presidente Arnaldo Tirone criticou a postura dos cariocas e garantiu que o Mago fica.

– O Flamengo avançou mais uma vez o sinal. O Valdivia nunca esteve à venda para o Brasil, nem para fora. Ele não quer jogar em outro lugar sem ser no Palmeiras. Além disso, o contrato dele é bom e ele está feliz no Palmeiras. Vejo o Valdivia feliz. Isso já está encerrado, ele não sai – declarou ele.

Tirone lembrou do caso Kleber. Ano passado, durante o Brasileirão, o Flamengo tentou a contratação de Kleber, atualmente no Grêmio. Por conta do interesse do clube carioca, o Gladiador brigou com a diretoria e depois com o técnico Felipão. O jogador acabou saindo do clube e o Verdão lutou contra o rebaixamento. Neste ano, o Mengão ameaçou entrar na Justiça contra o Verdão por conta de um suposto assédio dos paulistas sobre o meia Ronaldinho, que acabou deixando o Fla e acertando com o Atlético-MG.

Kleber admitiu neste domingo em entrevista a TV Globo que foi procurado pelo Flamengo durante o Brasileirão do ano passado:

– Recebi uma proposta do Flamengo que eu ia ganhar quase o dobro do que ganhava no Palmeiras. Disse que não queria sair do Palmeiras, mas também não queria perder tanto dinheiro. Os dirigentes do Palmeiras me passaram que a partir de janeiro iria ter aumento. Aceitei e pedi que assinassem alguma coisa que me desse segurança, mas eles não assinaram e eu não confiei.

O mandatário palmeirense também comentou sobre mais uma lesão do camisa 10 e diz não se incomodar.

– Não. Não fico incomodado. Ele está machudado, vamos esperar ele voltar. Não é só ele que está se contundindo, tem outros jogadores. Tem de esperar – afirmou.

O técnico Felipão reiterou as declarações do meia, de que não sairá, e não quis falar sobre o Flamengo.

– Ele já deu uma explicação, que se for sair é para fora. Pode especular no time A ou B, porque ele já deu a opinião. Para mim, isso chega. Se vierem com proposta lá de fora, é problema da direção. O que ele colocou ao Sampaio e à imprensa, para mim, basta. Ele diz publicamente que não quer ir embora para clube do Brasil, isso ajuda o meu ambiente.

ICFUT – Clube árabe tem até quarta para tentar tirar Valdivia do Palmeiras

Fonte: gazetaesportiva

O futuro do meia Valdivia pode ser definido até esta quarta-feira. Apesar de o gerente de futebol do Palmeiras, César Sampaio, reiterar que o clube não tem interesse em se desfazer do jogador, um clube do Catar tenta convencer o Verdão a negociá-lo, mas avisou que tem pressa por conta do fim da janela de transferências no mundo árabe.

“A janela de lá fecha dia 25, amanhã. Para a Europa, vai até dia 31 (de agosto). E a nossa já está fechada”, afirmou o dirigente, que alega não ter recebido um documento oficializando a sondagem do time do Catar. “Como não tem nada oficial, não tenho como falar se agradou ou não. O Palmeiras sabe o quanto investiu e temos um parceiro também, que precisa ter seus interesses atendidos”.

Mesmo sem a confirmação de Sampaio, os valores oferecidos pelo clube do exterior agradaram ao Palmeiras. O maior empecilho no momento é uma multa de 20% estipulada em contrato para o caso de o jogador ser vendido para uma equipe árabe. O Al Ain, dos Emirados Árabes, quer ser ressarcido se seu ex-jogador for transferido agora para um rival regional.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Meia Valdivia está na mira de um clube do Catar, que não teve o nome revelado pelo Palmeiras

O investidor Osório Furlán Júnior, que ajudou o Verdão na contratação do chileno, tem direito a 36% do valor do negócio. Sampaio mantém o discurso de que espera segurar o meio-campista no clube até o fim do vínculo, em 2015, mas ainda vê tempo suficiente para fechar a transação, mesmo com o fechamento da janela próximo do fim.

“Existe tempo (suficiente). Se atenderem aos números, é questão de troca de documentos, ainda mais com a tecnologia de hoje. A questão não é o tempo, mas sim o valor. Já vi negociação acontecer em cinco minutos. Mas não estamos disponibilizando o jogador. Nós queremos que ele permaneça no Palmeiras”, comentou.

Apesar de já ter recebido também sondagens de clube chinês pelo chileno, César Sampaio sabe que o mundo árabe é o grande interessado pelo meia do Palmeiras. Por isso, a proposta do clube do Catar pode ser a última oportunidade de negociá-lo neste ano.

“Chegaram sondagens da Ásia também e sabemos que a China tem um futebol emergente, com muito dinheiro, mas não se transformou em oferta. Tratando-se de algo concreto, o mundo árabe é o que está mais em evidência”, ponderou.

Valdivia está em dúvida se permanece no Brasil por conta da decisão de sua esposa, Daniela Aranguiz, de não morar mais na capital paulista, depois de ambos terem sofrido um sequestro relâmpago, no início do mês passado.

Assim que o Verdão conquistou a Copa do Brasil, o Mago manifestou sua vontade de ficar no clube. Porém, no domingo, depois da vitória sobre o Náutico, o atleta exibiu uma ideia diferente, pois admitiu que “contratos podem ser quebrados”. As declarações do atleta surpreenderam César Sampaio.

“Pelo que o Valdivia disse, o problema maior é o convívio familiar. Fiquei surpreso com a declaração, porque entendia que as coisas estavam se acomodando. Vi que ele voltou a brincar, a estar feliz e a jogar bem. Não digo que a família não esteja fazendo falta, mas o Felipão e o Galeano estavam tentando acomodar também a situação, liberando viagens dele ao Chile em algumas semanas”, ponderou.

ICFUT – Apesar de ter se colocado à disposição, Valdivia sente dores no joelho e não joga

Fonte: espn

Um dia após ter anunciado que fica no Palmeiras e ter se colocado à disposição para estar em campo contra o Vasco no domingo, Valdivia sentiu dores no joelho direito e já foi descartado para a partida. O meia participou do treinamento com o elenco na sexta, mas acusou o incômodo neste sábado e já faz tratamento para poder se recuperar a tempo de jogar contra o Grêmio pela Copa do Brasil.
Valdivia estava sem treinar no Palmeiras durante esta semana e ainda não havia definido seu futuro depois do sequestro relâmpago que sofreu no feriado de Corpus Christi. Somente no treino da sexta-feira, o meia compareceu ao CT para dizer que permaneceria no clube e, inclusive, se colocava à disposição para jogar já neste domingo, na Arena Barueri.
O jogador, no entanto, tem sofrido com a frequência das lesões e se normalmente são os músculos da coxa que incomodam, desta vez um problema no joelho é o que o tirará da partida de domingo. Já neste sábado, Valdivia começou a fazer tratamento no CT para começar a recuperação. A expectativa é de que ele volte para o jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil, diante do Grêmio, na quinta-feira, também na Arena Barueri.
Outro que não vai jogar neste domingo é o Artur. O lateral sofreu uma pequena contratura muscular na coxa direita durante a partida contra o Grêmio e ainda não está recuperado.

ICFUT – Palmeiras oferece segurança, psicólogo e regalias para Valdivia ficar

Fonte: terra

César Sampaio tenta demover Valdivia da ideia de deixar o Palmeiras. Foto: Léo Pinheiro/Terra

César Sampaio tenta demover Valdivia da ideia de deixar o Palmeiras
Foto: Léo Pinheiro/Terra

JOÃO HENRIQUE MARQUES

Direto de São Paulo

Valdivia demonstrou, em reunião na Academia de Futebol, na manhã desta terça-feira, estar inclinado a deixar o Palmeiras. E para convencer o chileno a ficar, o clube alviverde já ofereceu cuidados diferenciados com o acompanhamento de um segurança, tratamento psicológico e até mesmo regalias para que realize constantes viagens ao Chile.

"Precisamos estar solidários e ajudar o Valdivia em todos os aspectos. Nós disponibilizamos um segurança da nossa equipe, que fica com ele nos próximos dias. Ele não fez nenhum pedido além deste. O que tem programada também é a assistência com um psicólogo, para entendermos como devemos agir, porque ele está abalado e chorando muito", disse o gerente de futebol do clube, César Sampaio.

"Ele sabe que pode contar com a gente. Se ficar, também vamos elaborar um calendário para que possa visitar os familiares no Chile com frequência", complementou o dirigente.

Valdivia já foi liberado pelo Palmeiras dos treinamentos da semana. O clube espera resolver o caso até sexta-feira. "Demos esse período até sexta para uma reflexão da situação. Queremos contar com ele, mas precisamos ver o lado humano da coisa. Tudo que for do alcance do Palmeiras vamos fazer", avisou Sampaio.

Entenda o caso:
Valdivia foi vítima de um sequestro relâmpago na noite da quinta-feira, dia 7 de junho, na Avenida Sumaré, na zona Oeste de São Paulo. O jogador foi rendido por dois homens armados e ficou durante quase três horas como refém até ser libertado na frente da Academia de Futebol, na Avenida Marquês de São Vicente. O chileno não sofreu ferimentos e teve R$ 1 mil roubados (máximo permitido para saques em caixas eletrônicos no horário).

No momento do sequestro, Valdivia estava acompanhado da mulher, Daniela Aránguiz, que ficou impressionada com o acontecimento e pediu para retornar ao Chile. O camisa 10 foi dispensado da partida de sábado (dia 9) contra o Atlético-MG, no Estádio do Pacaembu, e autorizado a viajar a Santiago na manhã da sexta. O meio-campista havia dito que se reapresentaria na segunda (11).

Em entrevista à emissora chilena TVN, porém, Daniela disse que havia sofrido uma tentativa de agressão sexual dos sequestradores e frisou que não regressaria a São Paulo. "Quando ficamos sozinhos, ele (sequestrador) tentou me tocar. Eu não posso voltar ao Brasil. Tínhamos uma vida, compramos um apartamento, mas eu e meus filhos não vamos voltar", assegurou.

Ciente dos problemas, o Palmeiras admitiu alongar o prazo para que Valdivia se reapresentasse. Gerente de futebol da equipe alviverde, César Sampaio declarou que o meia estava "bem abalado" com o ocorrido e que era necessário "respeitar o lado humano e dar o apoio necessário". O dirigente afirmou que o camisa 10 deveria retornar "quando estivesse bem" e "com a cabeça no clube".

Valdivia, aliás, não se reapresentou na data inicialmente marcada e faltou ao treinamento realizado na manhã de 11 de junho. O meia, porém, embarcou na companhia do pai (e sem a mulher) em Santiago a caminho do Brasil para se reapresentar ao Palmeiras. Contudo, o volante Claudio Valdivia, irmão mais novo do palmeirense, informou que o atleta está disposto a deixar o Palestra Itália.

"A ideia é voltar ao Brasil para conversar com os dirigentes e chegar a um acordo. O Jorge não está bem e viajará nosso pai com ele, para que veja o assunto do contrato. Talvez seja possível ver uma cláusula para deixar (o Palmeiras) e jogar em outro país. Ele quer estar com a família e não conseguirá isso lá (no Brasil)", disse Claudio Valdivia, que chegou a defender o Palmeiras B durante a primeira passagem do meia chileno pelo clube.

ICFUT – Valdivia se defende: ‘Fomos apenas tomar café da manhã’

Fonte: lancenet

Mago rebate acusações publicadas em jornais chileno e nega embriaguez em café antes de treino da seleção do Chile

Valdivia - Palmeiras (Foto: Ari Ferreira) Valdivia, do Verdão, se defendeu após jogo da seleção do Chile em Buenos Aires (Foto: Ari Ferreira)

Após a derrota por 4 a 1 para a Argentina, em Buenos Aires, Valdivia se defendeu das acusações publicadas pelo jornal chileno "El Mercúrio". O meia do Palmeiras e a da seleção do Chile foi acusado de estar embriagado em um café de Santiago uma hora e meia antes do treino da equipe.

– De que indisciplina falam? No que nos envolve? Como nos comportamos? Fomos tomar apenas um café da manhã e não vi as pessoas de Tavelli falarem que estávamos embriagados. Não houve nenhuma indisciplina no café e depois fomos treinar. É lamentável que nos queiram afetar desta maneira – disse, em contato com a emissora de rádio chilena ADN.

O Mago fez ataques à imprensa do Chile. O palmeirense não tem boa relação com os jornalistas do país, acusados de serem sensacionalistas pelo meia.

– Se vão buscar coisas externas, é lamentável que façam isto à seleção. Se têm que nos criticar, que seja pelo o que fazemos dentro de campo. Esperamos que as pessoas e a imprensa não busquem coisas externas e fale apenas de coisas relacionadas ao jogo, ao invés de buscar fontes que falem mal dos jogadores sem razão – disparou Valdivia, que lamentou a derrota na estreia das Eliminatórias para a Copa de 2014.

– Nós vamos tristes pela derrota, mas com esperança para terça. Devemos tirar os três pontos do Peru para esquecermos logo tudo isso que estamos vivendo – disse.

ICFUT – No Palmeiras, Valdivia pede para ser negociado

Fonte: estadao.com.br

O presidente Arnaldo Tirone tem falado que não quer vender Valdivia para o Al Saad, do Catar, porque sabe que se fizer isso a pressão sobre ele só vai aumentar. Mas segundo apurou o Jornal da Tarde, o chileno pode ser anunciado hoje pelo clube do Oriente Médio. A situação mudou radicalmente em menos de 24 horas.

A novidade é que o jogador, ao ouvir os valores da negociação, se interessou e pediu para que a diretoria olhasse com bons olhos para a transação. Ou seja, que aceitasse a proposta e o deixasse partir. O empresário João Celso Moraes, direto do Catar, é um dos intermediários que negociam a transação.

Tirone resolveu ceder e fazer a vontade do chileno e da maioria dos conselheiros e dirigentes, que entendem ser um negócio ‘menos pior’ vendê-lo do que ficar com ele até o final do ano. Por isso, o liberou para conversar com um representante do Al Saad. Ontem à noite esse intermediário se reuniu com o Mago para falar sobre detalhes do contrato e bater o martelo.

Empresário dá sinal verde

O empresário Osório Furlan, dono de 36% dos direitos econômicos de Valdivia, também deu carta branca para fechar o negócio. “Ontem à noite (segunda-feira) jantei com o Tirone e disse que, por mim, teríamos que vendê-lo. É uma boa proposta e por isso dei sinal verde”, disse o empresário ao JT.

Ontem à tarde Tirone desconversou sobre o assunto. “Não falei sobre o Valdivia com o Osório. Não queremos liberar o jogador, porque estamos no meio do Brasileiro.”

O Al Saad ofereceu € 8,25 milhões (R$ 15,1 milhões) pelo meia. O Palmeiras ficaria com € 5,5 milhões (R$ 12,9 milhões) e o restante iria para o Al Ain, dos Emirados Árabes.

O que pode atrapalhar a negociação é Valdivia exigir algo além do que lhe foi prometido. Ele se recupera de um estiramento no músculo posterior da coxa direita, lesão sofrida quando defendia o Chile em amistoso contra a Espanha.

ICFUT – Valdivia: ‘Ronaldinho é o cara que vai solucionar os problemas’

Fonte: lancenet

Mago não se importa em ceder camisa 10 para o Gaúcho e torce pelo acerto

O Palmeiras continua sonhando com a contratação do meia Ronaldinho Gaúcho. E, caso chegue, ele será bem recebido pelo elenco do Verdão, mesmo com os problemas financeiros que o clube atravessa.

Para o meia Valdivia, Ronaldinho é diferenciado e, sozinho, resolverá todos os problemas do Verdão caso acerte com o clube.

– O Ronaldinho não é mais um. Ele é o cara, é o cara que vao solucionar os problemas que o clube tem. Ele traz marketing, dinheiro, assim como o Ronaldo. Se a direção está tentando trazer parceiro para contratá-lo, pode ir. Não pode esquecer os que estão aqui. Mas problema financeiro o Palmeiras sempre teve e cumpriu – disse ele.

– Se é pra jogar junto, tudo bem. Se o Ronaldinho vier, é simples. Ele que vai jogar (risos). Tomara que acerte aqui, com certeza ele não será mais um. Torço para jogarmos juntos. Jogadores de qualidade sempre vão nos ajudar a melhorar o time – declarou.

Dono da camisa 10 do Palmeiras, o Mago afirma que não se importaria em ceder o número para o Gaúcho.

– Se ele quiser a camisa 10, sem problemas. Não tenho preferencia por outro número, mas se ele vier e quiser o número 10, não tem problema. Pode dar a 10 para o Gaúcho – afirmou.

Valdivia também comparou Ronaldinho com Ronaldo Fenômeno para mostrar a importância que o meia teria no Verdão.

– O Corinthians com o Fenômeno em campo é diferente. O Palmeiras como Gaúcho também vai ser. O Ronaldo às vezes resolve sozinho no Corinthians. O Gaúcho aqui vai resolver sozinho. Craque é craque – completou.