ICFUT – Flamengo promete troféu especial se Tricolor devolver Taça das Bolinhas

Fonte: futebolinterior

A ideia é que os paulistas admitam que o Fla é o primeiro penta

O embate pela Taça das Bolinhas segue com cada vez mais capítulos, e desta vez, o Flamengo será o personagem principal. Para conseguiu o tão sonhando troféu, a diretoria rubro-negra vai fazer uma proposta, no mínimo, curiosa à diretoria são-paulina.

Segundo a coluna Painel FC, do Jornal Folha de S. Paulo, a ideia é que os paulistas admitam que o Fla é o primeiro penta, enquanto, no Rio, será aceito o São Paulo como primeiro hexa. Com isso, um dos cartolas cariocas pretende encomendar um troféu especial para o clube do Morumbi.

Entenda
A entrega do troféu gera atrito entre os dois clubes desde 2007, quando o São Paulo ganhou o Campeonato Brasileiro pela quinta vez em sua história. Em abril de 2010, o Flamengo fez uma solicitação à CBF, pedindo uma reavaliação da decisão que aponta o Sport como campeão nacional de 1987.

A polêmica, uma das maiores do futebol brasileiro, foi encerrada com o anúncio da CBF. A entidade reconheceu oficialmente o Flamengo como campeão da Copa União de 1987, assim como o Sport Recife, que, até então, era apontado como vencedor da competição. Guarani e Internacional foram oficializados como vice-campeões nacionais.

O próprio Sport também apelou. Na última terça, segundo o diretor de comunicação dos pernambucanos, José Alves, a 2ª Vara Cível de Pernambuco reconheceu o clube local como único campeão em 1987

ICFUT – Flamengo provoca São Paulo e cria camisa com Taça das Bolinhas

Fonte: espn.com.br

Quatro dias depois de ser oficialmente declarado hexacampeão brasileiro pela CBF, o Flamengo lançou nesta sexta-feira, em seu site oficial, uma camiseta comemorativa à conquista, com a polêmica Taça das Bolinhas em destaque.
Com os dizeres "Eu já sabia", na parte da frente, a camiseta destaca, nas costas, os anos em que o Flamengo foi campeão. 1980 1982, 1983, 1992 e 2009 estão em preto. Já ’87’ aparece sem o ’19’ à frente, em fonte maior e em vermelho.

A camiseta faz referência ao fato de a CBF ter reconhecido o Flamengo como campeão brasileiro de 1987. Na ocasião, os principais times do país se uniram para realizar uma competição paralela, a Copa União. O time carioca, campeão deste torneio (chamado de módulo verde), se recusou a pegar o Sport, campeão do módulo amarelo, que foi então declarado campeão brasileiro.

244f25f0-9044-32ee-bef9-67f8855cfac6Camisa do Flamengo com os dizeres ‘Eu já sabia’ sobre a Taça das Bolinhas
Crédito da imagem: Site oficial do Flamengo

Logo depois de a Caixa Econômica Federal entregar ao São Paulo a Taça das Bolinhas (destinada ao primeiro clube a vencer cinco vezes o Brasileiro), a CBF mudou seu entendimento sobre 1987, o que coloca o Flamengo como o primeiro penta.
A camiseta pode ser vista ainda como uma provocação ao São Paulo que, em 2007, quando faturou o Campeonato Brasileiro, lançou a camisa "Penta Único", fazendo graça sobre o fato de o Flamengo ter, oficialmente, apenas quatro títulos até então. Depois disso o time paulista virou hexa em 2008 e os cariocas voltaram a levantar a taça em 2009.
A camisa do "Eu já sabia" será comercializada em edição limitada inicialmente apenas no Engenhão, no quiosque de produtos oficiais do clube, situado no Setor Leste Superior. O preço será de R$ 49,90. Depois, chegará aos quiosques da loja oficial do clube nos shoppings cariocas.
"O Flamengo não poderia deixar uma data tão importante como esta passar em branco. Todo mundo já sabia que éramos hexa, pois ganhamos em campo. Mas o reconhecimento oficial é importante. Fizemos esta camisa para a torcida comemorar. E um momento histórico", afirmou o vice-presidente de Marketing do Flamengo Henrique Brandão.

ICFUT – Taça das Bolinhas: continua…

get

CAIXA ECONÔMICA

Taça de Bolinhas é assunto dos clubes e da CBF, diz Caixa

Fonte: lancenet

Banco transferiu a posse do polêmico troféu para o São Paulo há uma semana

Taca-Bolinhas-Foto-Eduardo-Viana_LANIMA20110214_0031_36 Sâo Paulo já recebeu a Taça de Bolinhas. E agora? (Foto: Eduardo Viana)

Criadora da Taça de Bolinhas, a Caixa Econômica Federal fugiu da possível disputa pelo troféu que pode ser levada adiante por São Paulo e Flamengo. O clube paulista recebeu o caneco na segunda-feira passada. No entanto, poderá ter de passá-lo adiante, já que o Rubro-Negro carioca foi reconhecido pela CBF como campeão brasileiro de 1987 – o que o torna o primeiro penta nacional.

Segundo a Caixa, a decisão de transferir a posse da Taça de Bolinhas ao São Paulo foi tomada com base em informação recebida da CBF em outubro passado. Em nota ao LANCENET!, o banco explicou que, para a entidade, “o São Paulo Futebol Clube era o merecedor da posse definitiva do troféu, uma vez que o título de 1987 foi outorgado ao Sport Clube do Recife.”

Em novo comunicado divulgado nesta segunda, a Caixa reiterou a informação, afirmando que a entrega foi feita “obedecendo aos princípios legais e a indicação oficial da CBF.” Assim, o banco não se envolverá na questão, deixando a cargo dos clubes e da entidade.

Confira a íntegra da nota divulgada pela Caixa:

“A Caixa Econômica Federal informa que realizou, na última segunda-feira (14), a transferência da posse do Troféu Caixa Econômica Federal (Taça das Bolinhas) para o São Paulo Futebol Clube.

A entrega foi baseada em documentos oficiais da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), reconhecendo o clube paulista como destinatário da peça. Portanto, a entrega do troféu foi feita com boa-fé e dentro de todos os princípios legais, por parte da CAIXA.

Com a alteração do título de 1987 anunciada, hoje (21), pela CBF, é entendimento da CAIXA que a posse da taça se torna uma questão a ser tratada pelos clubes envolvidos e pela confederação.”

FLAMENGO

Fla diz esperar que São Paulo tenha nobreza e devolva troféu

Fonte: folha.com

Para receber a Taça das Bolinhas, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, afirmou que espera que o São Paulo tenha grandeza e nobreza para devolver esse troféu.

Nesta segunda-feira, a CBF decidiu considerar o clube carioca como campeão brasileiro de 1987 juntamente com o Sport. Assim, o Flamengo quer agora receber a Taça das Bolinhas, que deveria ser destinada à primeira equipe pentacampeã do Campeonato Brasileiro.

11052643 Patrícia levanta seis dedos para se referir ao número de títulos do Flamengo do Campeonato Brasileiro

Só que o troféu já foi dado ao São Paulo. Em 2007, o time paulista foi campeão pela quinta vez, mas devido à polêmica sobre o título flamenguista de 1987, a Caixa Econômica Federal, dona do prêmio, entregou a Taça das Bolinhas somente no dia 14 de fevereiro deste ano.

“O meu desejo é de que o São Paulo tenha grandeza e a nobreza de devolvê-la para a Caixa, porque uma vez que o Flamengo foi reconhecido como campeão de 1987, então é o primeiro penta de forma legítima”, disse Patrícia Amorim.

SÃO PAULO

Advogado do São Paulo: ‘Taça das Bolinhas é nossa e ninguém tira’

Fonte: lancenet

Diretor jurídico do Tricolor diz que decisão da CBF foi uma gentileza ao Flamengo

Taca-Bolinhas-Foto-Eduardo-Viana_LANIMA20110214_0035_33 Rogério Ceni com a Taça das Bolinhas, entregue ao São Paulo na semana passada (Foto: Eduardo Viana)

A decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de reconhecer o Flamengo como legítimo campeão brasileiro de 1987 não incomodou o Departamento Jurídico do São Paulo. Com a mudança, o Rubro-Negro torna-se o primeiro pentacampeão brasileiro, o que lhe daria direito a receber a Taça das Bolinhas, entregue ao Tricolor na semana passada.

Para o diretor jurídico do Sampa, Kalil Rocha Abdalla, a Justiça já determinou o Sport como campeão brasileiro de 1987 e, por conta disso, a decisão da CBF não deve interferir no que diz respeito ao troféu.

– A Taça das Bolinhas é do São Paulo e ninguém vai tirar. Essa decisão é uma gentileza que a CBF está prestando ao Flamengo. O campeão de 87 reconhecido pela Justiça desse país é o Sport. Quem sou eu para ir contra a justiça? – disse Kalil.

Ele ainda explicou que, no aspecto judiciário, a decisão não tem mais volta. Ele refere-se a ação que tramitou e foi julgada na 10ª Vara Federal de Pernambuco, de 2 de maio de 1994, favorável ao clube pernambucano.

– A justiça comum tomou uma decisão “transitada e julgada” (que não cabe mais recurso), não dá mais para voltar, falo isso como advogado – disse.

Com o reconhecimento da CBF, o Flamengo conquistou o penta em 1992, ao bater o Botafogo na final. Já o São Paulo conquistou em 2007 seu quinto título do Nacional, e, por conta dele, recebeu na semana passada, no prédio da Caixa Econômica Federal, no Centro de São Paulo, a Taça das Bolinhas.

SPORT

“Sport não aceita dividir o título com ninguém”, afirma presidente

Fonte: terra.com.br

Presidente afirma que Sport é o único campeão brasileiro de 87

O Sport não aceita a decisão tornada pública pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta segunda-feira, de dividir o título de campeão Brasileiro de 1987 com o Flamengo. “Já havia dado como encerrada a história. O clube não aceita de forma nenhuma, até porque entende que a postura da CBF é um descumprimento de uma decisão judicial”, disparou o presidente rubro-negro, Gustavo Dubeux.

O clube pernambucano irá tomar as medidas cabíveis para reverter essa decisão, com base na ação que tramitou e foi julgada na 10ª Vara Federal de Pernambuco, tendo tido resultado favorável ao Sport, proferida em 2 de maio de 1994. “A posição do Sport é muito tranquila. Justiça não se discute, se cumpre. O campeonato já foi julgado pela Justiça e agora voltou à tona. O Sport tomará as medidas cabíveis. Estou muito tranquilo, pois a Taça das Bolinhas já se encontra no São Paulo. Era uma coisa acabada para mim”, disse Dubeux, em entrevista à TV Globo.

Dubeux explicou ainda que, além da Justiça, o título é reconhecido pela Conmebol e pela Fifa. “O Sport não aceita dividir o título com ninguém. O Sport é o único campeão Brasileiro de 1987”, enfatizou. Segundo o mandatário, ele consultou o vice-presidente jurídico do clube, João Humberto Martorelli, e teve certeza que não existe a menor possibilidade de o Sport dividir ou perder o título, e do Flamengo ser declarado campeão. Para Dubeux, “eles podem ter sido campeões da Copa União, mas do Brasileiro só existe o Sport”. João Humberto Martorelli afirma que o Departamento Jurídico do Sport vai entrar com uma ação contra a CBF e o Flamengo.

O Campeonato Brasileiro da primeira divisão de 1987 foi disputado em dois grupos. O Sport foi campeão do Módulo Amarelo e o Guarani foi vice. O Flamengo foi o primeiro e o Internacional o segundo do Módulo Verde, também batizado de Copa União. O regulamento previa cruzamento entre os clubes dos dois módulos.

Como Flamengo e Internacional se recusaram a jogar, Sport e Guarani venceram os adversários por “W.O.” e se enfrentaram na final vencida pelo time pernambucano, por 1 a 0, com gol do zagueiro Marco Antônio. Os quatro jogos não realizados em Campinas e no Recife chegaram a ter torcida para ir acompanhar o já esperado “W.O.”.