ICFUT – SULAMERICANA 2018 :Atlético Paranaense (BRA) 3X0 New Old Boys ( ARG)

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO PARANANESE (BRA) 3 X 0 NEWELL’S OLD BOYS (ARG)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 12 de abril de 2018, quinta-feira
Horário: 19h15 (De Brasília)
Árbitro: Gery Vargas (Bolívia)
Assistentes: Juan P. Montaño e Reluy Vallejos (ambos da Bolívia)
Cartões amarelos: Renan Lodi (Atlético-PR); Fontanini e Varela (Newell’s)
Gols: ATLÉTICO PARANANESE: Pablo, aos 08 minutos, Nikão, aos 30 minutos e Guilherme, aos 35 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO PARANANESE: Santos; Pavez, Paulo André e Thiago Heleno; Camacho (Bruno Guimarães), Lucho González,Rosseto e Renan Lodi; Guilherme (Felipe Gedoz), Pablo e Nikão (Ribamar). Técnico: Fernando Diniz

NEWELL’S OLD BOYS: Pocrnjic; San Román, Varela, Fotanini e Evangelista; Sills e Rivero; Figueroa (Denis Rodriguez), Torres e Fertoli (Alexis Rodriguez); Opazo (Treppo). Técnico: Omar de Felippe

ICFUT – SULAMERICANA 2018 : Rosário Central (ARG) 0X0 São Paulo( BRA)

FICHA TÉCNICA
ROSARIO CENTRAL (ARG) 0 X 0 SÃO PAULO

Local: estádio Gigante de Arroyito, em Rosário (Argentina)
Data: 12 de abril de 2018, quinta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Victor Carrillo (PER)
Assistentes: Michael Orué (PER) e Stephen Atoche (PER)

Cartões amarelos: Régis (São Paulo); Parot, González, Carrizo e Marco Rubén (Rosario Central)
Cartões vermelho: Rodrigo Caio (São Paulo); Carrizo (Rosario Central)

Rosario Central: Ledesma; Gomez, Tobio, Cabezas e Parot; Lovera (Pereyra), Lopez, González (Fernández) e Carrizo; Zampedri e Marco Rubén (Herrera).
Técnico: Leonardo Fernández

São Paulo: Sidão; Militão, Rodigo Caio e Arboleda; Régis (Bruno Alves), Jucilei, Petros, Liziero e Reinaldo (Lucas Fernandes); Nenê e Tréllez (Valdívia).
Técnico: Diego Aguirre

PLACAR ICFUT – COPA DO BRASIL – BRASILEIRÃO SÉRIE B – COPA SULAMERICANA 2014

Copa do Brasil 2014 (Oitavas de final – jogo de ida)
Vasco 1 x 1 ABC

Campeonato Brasileiro Série B 2014 (19ª rodada)
Boa Esporte 2 x 0 Icasa


Vila Nova 1 x 2 Portuguesa

Copa Sul-Americana 2014 (Primeira fase – jogos de volta)
San José-BOL 2 x 3 Huachipato-CHI* (ida: 1 x 3)
Emelec-EQU* 2 x 1 Águilas Doradas- COL (ida: 1 x 1)
Deportivo Anzoátegui-VEN 1 (4) x (5) 1 Universidad de Quito-EQU* (ida: 1 x 1)
Deportes Iquique-CHI 1 x 0 Universitario Sucre-BOL* (ida: 0 x 2)
Cerro Porteño-PAR* 0 x 1 Rentistas-URU (ida: 2 x 0)
*Huachipato, Emelec, Universidad de Quito, Universitario Sucre e Cerro Porteño estão classificados para a segunda fase.

Por Cleber Aguiar – Atrás de título sul-americano, São Paulo visita atual campeã La U

Fonte: Gazetaesportiva.net

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Classificado para as quartas de final da Copa Sul-americana ao bater a desconhecida LDU de Loja, o São Paulo inicia às 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira a nova fase no torneio diante de um adversário bem mais tarimbado. A Universidad de Chile, ao contrário da equipe equatoriana, tem tradição no continente e foi justamente o campeão da edição passada da competição.

O clube de Santiago é o atual segundo colocado do ranking da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS, na sigla em inglês), instituição reconhecida pela Fifa. Mais do que isso, ocupa a liderança do Campeonato Chileno – com cinco pontos de frente para o segundo colocado –, o qual já venceu 16 vezes.

“Vamos descobrir daqui a pouco como é enfrentá-los”, disse o goleiro Rogério Ceni, que esteve em campo nos mais recentes enfrentamentos com o oponente chileno, pela fase de grupos da Libertadores de 2005: 4 a 2 (com um gol seu em cobrança de falta), no Morumbi, e 1 a 1, no Estádio Nacional, mesmo palco do duelo desta quarta-feira.

“O time atual parece ser tecnicamente muito bom, toca bem a bola e tem muita força de marcação também. Os jogadores são bastante combativos, na frente principalmente. Vamos descobrir (como jogam de fato) neste meio de semana e no próximo”, completou o camisa 1 e líder da equipe brasileira.

Fernando Dantas/Gazeta Press

São Paulo viajou para o Chile com intuito de seguir bem na Sul-americana paralelamente ao Brasileiro

Como no Campeonato Brasileiro o São Paulo ocupa posto confortável no G-4, com sete pontos de vantagem para o quinto colocado, a Sul-americana tornou-se uma segunda opção de luxo para chegar à Libertadores, pois, além de oferecer passe para o principal torneio continental, é a última oportunidade de título em 2012.Para seguir bem nesse caminho, o técnico Ney Franco vai precisar superar mais uma vez a ausência de Luis Fabiano. O artilheiro voltou a sentir incômodo na coxa esquerda e não viajou, dando lugar a Willian José. Outra baixa é Paulo Miranda. O zagueiro que vinha sendo improvisado na direita sofreu entorse no joelho esquerdo e devolve a posição ao lateral Douglas.

O lado rival, no entanto, também encontrou dificuldade para avançar de fase. Enquanto o São Paulo seguiu com dois empates, valendo-se da vantagem do 0 a 0 no segundo encontro, a Universidad de Chile reverteu condição desfavorável e derrotou o Emelec (Equador) por 1 a 0, fora de casa, após sofrer dois gols como mandante, em equilibrado empate por 2 a 2.

“Ficamos felizes por termos ganhado do Emelec. Não era uma chave fácil, e no Equador eles tinham vantagem. Com esse triunfo, o ânimo melhorou, e chegamos muito motivados. Vejo o São Paulo como um candidato ao título. Eles têm muitas qualidades, porém nós nos focaremos nas nossas virtudes e em ganhar”, diz o lateral direito Albert Acevedo.

O técnico Jorge Sampaoli não deixou claro qual equipe subirá a campo nesta quarta-feira. Matías Rodríguez tem problemas físicos, e Guillermo Marino tem a posição ameaçada por Roberto Cereceda, em uma tentativa de não se expor tanto na frente. A certeza é que, no domingo, a maioria dos titulares será poupada do clássico contra a Universidad Católica, já pensando na partida da semana que vem, no Brasil.

“Precisamos ter os jogadores recuperados, e o mais seguro é que aqueles que forem a campo nesta quarta-feira não joguem no domingo. Se o clássico fosse contra o Colo Colo, jogariam os titulares”, justificou o treinador.

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD DE CHILE X SÃO PAULO

Local: Estádio Nacional de Chile, em Santiago (CHI)
Data: 31 de outubro de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Martín Vázquez (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Marcelo Costa (URU)

UNIVERSIDAD DE CHILE: Johnny Herrera; Albert Acevedo, Osvaldo González e José Rojas; Charles Aránguiz, Sebastián Martínez, Eugenio Mena e Gustavo Lorenzetti; Sebastián Ubilla, Roberto Cereceda e Enzo Gutiérrez
Técnico: Jorge Sampaoli

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Lucas, Osvaldo e Willian José
Técnico: Ney Franco

Por Cleber Aguiar – Com recorde de participantes, Copa Sul-Americana começa nesta terça

Fonte: Globo.com

Dos 47 times classificados, oito brasileiros disputam título inédito: Botafogo, Palmeiras, Grêmio, Coritiba, Bahia, São Paulo, Atlético-GO e Figueirense

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

Danúbio-URU e Olimpia-PAR abrem na noite desta terça-feira, às 19h15m (de Brasília), no Estádio Jardines del Hipodromo, a 11ª edição da Copa Sul-Americana, que terá um número recorde de participantes: 47. A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) abriu outras oito vagas este ano, uma a mais para Bolívia, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela e Chile, que terão quatro times cada. O Brasil continua sendo o país com mais clubes envolvidos, com oito representantes, seguido pela Argentina, com seis. O Universidad de Chile, campeão do torneio em 2011, completa a lista e entra direto nas oitavas de final.

Botafogo, Palmeiras, Grêmio, Coritiba, Bahia, São Paulo, Atlético-GO e Figueirense disputam o título inédito da competição, que pelo terceiro ano consecutivo dará ao ganhador uma vaga na Taça Libertadores da América no ano seguinte. Os times brasileiros entram na segunda fase e se enfrentam em modo eliminatório, em jogos de ida e volta. Palmeiras e Botafogo fazem o primeiro desses duelos no dia primeiro de agosto, às 21h50m (de Brasília), na Arena Barueri. O país só conquistou o torneio uma vez, em 2008, com o Internacional, campeão invicto. O maior vencedor é o Boca Juniors-ARG, com duas taças: em 2004 e em 2005.

sorteio da Copa SulAmericana  (Foto: EFE)Sorteio dos confrontos da Sul-Americana foi realizado no dia 29 de junho, em Luque, no Paraguai (Foto: EFE)

A primeira fase da Copa Sul-Americana será disputada entre 25 de julho e 19 de setembro. As oitavas de final vão de 26 de setembro a 24 de outubro. As partidas das quartas de final serão realizadas entre 31 de outubro e 7 de novembro; as das semifinais, entre 21 e 28 de novembro; e as da decisão em 5 e 12 de dezembro.

A partir de 2013, Brasil terá menos participantes na disputa

A transformação prevista pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a partir de 2013, envolvendo a mudança de regulamento da Copa do Brasil, vai afetar também a classificação para a Copa Sul-Americana. As vagas para o torneio continental cairão para quatro, e os representantes não serão mais definidos só pela classificação final do Campeonato Brasileiro. Os melhores times do Brasileirão que não estiverem disputando a Copa do Brasil antes do início da Sul-Americana, serão indicados ao torneio.

Torneio terá sete equipes que disputaram a Libertadores

Se o Brasil não tem um mesmo representante para a Taça Libertadores da América, vencida pelo Corinthians) e a Copa Sul-Americana, o mesmo não acontece em relação a outros países. Times do Paraguai, Uruguai, Chile, Equador e Venezuela voltam a um torneio continental nesta mesma temporada. São os casos de: Olimpia-PAR, Nacional-URU, Deportivo Táchira-VEN, Emelec e Deportivo Quito-EQU, além de Universidad Católica e Universidad de Chile-CHI.

RETRÔ ICFUT – Copa Sulamericana 2011

Vasco melhor Equipe Brasileira chega as Semi-Finais

Final

1ª RODADA
8/12 – 22h15 LDU-ECU 0 x 1 Universidad do Chile-CHL
2ª RODADA
14/12 – 22h15 Universidad do Chile-CHL 3 x 0 LDU-ECU

 

Semifinal
1ª RODADA
23/11 – 21h50 Vasco da Gama-BRA 1 x 1 Universidad do Chile-CHL
24/11 – 22h15 LDU-ECU 2 x 0 Vélez Sarsfield-ARG
2ª RODADA
29/11 – 22h15 Vélez Sarsfield-ARG 0 x 1 LDU-ECU
30/11 – 21h50 Universidad do Chile-CHL 2 x 0 Vasco da Gama-BRA

 

Quartas-de-final
1ª RODADA
1/11 – 23h15 Santa Fe-COL 1 x 1 Vélez Sarsfield-ARG
2/11 – 21h50 Universitario-PER 2 x 0 Vasco da Gama-BRA
3/11 – 20h30 Arsenal-ARG 1 x 2 Universidad do Chile-CHL
3/11 – 22h45 LDU-ECU 1 x 0 Libertad-PRY
2ª RODADA
9/11 – 21h50 Vasco da Gama-BRA 5 x 2 Universitario-PER
10/11 – 22h15 Vélez Sarsfield-ARG 3 x 2 Santa Fe-COL
17/11 – 20h15 Libertad-PRY 1 x 0 LDU-ECU
17/11 – 22h45 Universidad do Chile-CHL 3 x 0 Arsenal-ARG

 

Oitavas-de-final
1ª RODADA
28/09 – 19h15 LDU-ECU 2 x 0 Independiente-ARG
29/09 – 19h15 Olimpia-PRY 0 x 0 Arsenal-ARG
29/09 – 21h30 Botafogo-BRA 1 x 1 Santa Fe-COL
29/09 – 21h30 Godoy Cruz-ARG 1 x 1 Universitario-PER
5/10 – 19h15 Universidad Católica-CHL 0 x 2 Vélez Sarsfield-ARG
5/10 – 21h50 Aurora-BOL 3 x 1 Vasco da Gama-BRA
19/10 – 21h50 Flamengo-BRA 0 x 4 Universidad do Chile-CHL
19/10 – 21h50 São Paulo-BRA 1 x 0 Libertad-PRY
2ª RODADA
12/10 – 21h15 Independiente-ARG 1 x 0 LDU-ECU
19/10 – 19h10 Arsenal-ARG 3 x 2 Olimpia-PRY
20/10 – 20h15 Vélez Sarsfield-ARG 1 x 1 Universidad Católica-CHL
20/10 – 22h45 Universitario-PER 1 x 1 Godoy Cruz-ARG
25/10 – 22h10 Santa Fe-COL 4 x 1 Botafogo-BRA
26/10 – 19h10 Vasco da Gama-BRA 8 x 3 Aurora-BOL
26/10 – 21h50 Libertad-PRY 2 x 0 São Paulo-BRA
26/10 – 21h50 Universidad do Chile-CHL 1 x 0 Flamengo-BRA

 

Segunda Fase
1ª RODADA
10/08 – 19h30 Ceará-BRA 2 x 1 São Paulo-BRA
10/08 – 21h50 Flamengo-BRA 1 x 0 Atlético-BRA
10/08 – 21h50 Atlético-BRA 1 x 2 Botafogo-BRA
11/08 – 21h50 Vasco da Gama-BRA 2 x 0 Palmeiras-BRA
30/08 – 19h00 Nacional-PRY 1 x 1 Aurora-BOL
30/08 – 21h15 Arsenal-ARG 2 x 0 Estudiantes-ARG
31/08 – 21h15 Lanús-ARG 2 x 2 Godoy Cruz-ARG
1/09 – 20h15 Argentinos Juniors-ARG 0 x 0 Vélez Sarsfield-ARG
1/09 – 22h45 Deportivo Anzoategui-VEN 1 x 2 Universitario-PER
8/09 – 21h45 Universidad Católica-CHL 2 x 1 Deportes Iquique-CHL
13/09 – 19h00 LDU-ECU 4 x 1 Trujillanos-VEN
13/09 – 21h15 Universidad do Chile-CHL 1 x 0 Nacional-URY
13/09 – 23h30 La Equidad-COL 0 x 1 Libertad-PRY
15/09 – 20h15 Olimpia-PRY 2 x 1 Emelec-ECU
15/09 – 22h45 Santa Fe-COL 1 x 1 Deportivo Cali-COL
2ª RODADA
23/08 – 20h15 Botafogo-BRA 1 x 0 Atlético-BRA
24/08 – 21h50 São Paulo-BRA 3 x 0 Ceará-BRA
24/08 – 21h50 Atlético-BRA 0 x 1 Flamengo-BRA
25/08 – 20h15 Palmeiras-BRA 3 x 1 Vasco da Gama-BRA
6/09 – 21h15 Estudiantes-ARG 1 x 0 Arsenal-ARG
7/09 – 21h45 Godoy Cruz-ARG 0 x 0 Lanús-ARG
8/09 – 19h15 Vélez Sarsfield-ARG 4 x 0 Argentinos Juniors-ARG
14/09 – 19h15 Universitario-PER 2 x 0 Deportivo Anzoategui-VEN
14/09 – 21h50 Deportes Iquique-CHL 0 x 0 Universidad Católica-CHL
20/09 – 19h15 Aurora-BOL 5 x 2 Nacional-PRY
20/09 – 21h45 Emelec-ECU 1 x 2 Olimpia-PRY
21/09 – 19h15 Nacional-URY 0 x 2 Universidad do Chile-CHL
21/09 – 21h45 Libertad-PRY 1 x 0 La Equidad-COL
22/09 – 20h15 Trujillanos-VEN 0 x 1 LDU-ECU
22/09 – 22h45 Deportivo Cali-COL 1 x 1 Santa Fe-COL

 

Primeira Fase
1ª RODADA
2/08 – 19h45 Bella Vista-URY 1 x 1 Universidad Católica-CHL
2/08 – 22h00 U. César Vallejo-PER 1 x 1 Santa Fe-COL
3/08 – 19h00 San José-BOL 0 x 0 Nacional-PRY
3/08 – 19h00 Deportivo Quito-ECU 1 x 0 Deportivo Anzoategui-VEN
3/08 – 21h15 Olimpia-PRY 2 x 0 The Strongest-BOL
4/08 – 21h15 Yaracuyanos-VEN 1 x 1 LDU-ECU
9/08 – 22h00 Universidad do Chile-CHL 1 x 0 Fénix-URY
18/08 – 21h45 La Equidad-COL 2 x 0 Juan Aurich-PER
2ª RODADA
11/08 – 19h30 The Strongest-BOL 2 x 1 Olimpia-PRY
16/08 – 20h15 Universidad Católica-CHL 3 x 0 Bella Vista-URY
16/08 – 22h45 Deportivo Anzoategui-VEN 2 x 0 Deportivo Quito-ECU
17/08 – 19h00 LDU-ECU 1 x 0 Yaracuyanos-VEN
17/08 – 22h00 Nacional-PRY 1 x 0 San José-BOL
18/08 – 19h15 Fénix-URY 0 x 0 Universidad do Chile-CHL
23/08 – 22h45 Santa Fe-COL 2 x 0 U. César Vallejo-PER
25/08 – 22h45 Juan Aurich-PER 1 x 2 La Equidad-COL

Por Cleber Aguiar – Cansado, Vasco perde para Universidad de Chile e está fora da Sul-americana

Fonte: Gazetaesportiva.net

O Vasco não resistiu à qualidade da Universidad de Chile e perdeu por 2 a 0, nesta quarta-feira, em Santiago, pela semifinal da Copa Sul-americana. Com o resultado, os cariocas estão eliminados da competição e voltam sua atenções para a última rodada do Campeonato Brasileiro.

Os chilenos foram melhores no primeiro tempo e ficaram na vantagem após gol de Canales, que aproveitou rebote dado por Fernando Prass. Quando o Vasco estava melhor no segundo, sofreu com a expulsão do lateral direito Fágner, que deu uma cotovelada em um adversário. Poucos minutos depois, a Universidad de Chile fez o segundo, com Vargas.

A decisão da Sul-americana será entre LDU-EQU e Universidad de Chile. A primeira partida será na próxima quarta-feira, na altitude de Quito.

O jogo – A partida começou com a Universidad de Chile tendo o controle da posse de bola, mas o Vasco buscava os contra-ataques. A primeira boa chance aconteceu aos seis minutos, quando os chilenos aproveitaram erro da marcação cruzmaltina e, após lançamento, Vargas apareceu livre na frente de Fernando Prass. No entanto, o atacante foi desarmado pelo goleiro vascaíno ao tentar driblá-lo.

A resposta do Vasco veio 12 minutos. Juninho achou Rômulo na entrada da área. O volante penetrou, mas foi travado no momento que chutava para o gol de Herrera. Após o lance, os cruzmaltinos conseguiram equilibrar o confronto. Até os 20, quando, em contra-ataque, a Universidad de Chile chegou com perigo novamente. Díaz finalizou, Fernando Prass espalmou e Aránguiz chutou para fora.

Depois de um novo período de equilíbrio, a Universidad de Chile abriu o placar aos 30 minutos. Após blitz na área do Vasco, Fernando Prass deu rebote em uma bola, que sobrou para Canales finalizar para a rede.

AFP

Vascaínos cansaram após a maratona de jogos e não resistiram ao talento dos chilenos na noite desta quarta

No segundo tempo, o Vasco voltou com Bernardo na vaga de Allan. Com isso, os cruzmaltinos foram mais ao ataque e tiveram duas ótima chances nos primeiros minutos. Logo com dois minutos, Rômulo tabelou com Alecsandro e chutou cruzado dentro da área. Herrera fez grande defesa e salvou os donos da casa. No minuto seguinte, após cobrança de escanteio, Dedé cabeceou a direita do gol chileno.

Depois do início a Universidad de Chile conseguiu equilibrar o confronto. Com as chances d egol não aconteceram até os 17 minutos. O volante Rômulo arriscou de fora da área e Herrera espalmou para escanteio. Os donos da casa tentavam criar boas jogadas, mas pecavam no setor ofensivo. Somente aos 23 que os chilenos chegaram com perigo. Vargas foi lançado e tentou de cobrtura. A bola passou por Fernando Prass, mas foi para fora para sorte dos cariocas.

Para piorar a situação do vasco, o lateral direito Fágner foi expulso no minuto seguinte após dar uma cotovelada no atacante Canales no meio. Não demorou para a Universidad de Chile se fazer valer da vantagem e aos 27 minutos chegou ao segundo gol. Castro cruzou pela direita e achou Vargas no meio da área. O atacante só teve o trabalho e tocar para a rede.

Depois do segundo gol, a Universidad de Chile seguiu tendo o controle do jogo. Com um homem a menos, o Vasco ainda buscava o ataque, mas não tinha organização para levar perigo ao gol de Herrera. Somente aos 37 minutos, Dedé apareceu no ataque, tabelou com Alecsandro e finalizou para boa defesa do goleiro chileno.

Nos minutos finais, a Universidad de Chile apenas administrou o resultado. O Vasco não demonstrou vontade para ir atrás do placar e esperou o apito final do árbitro.

 

Por Cleber Aguiar – Vasco pode perder Felipe e Elton para o clássico

Fonte: O Dia Online

Rio – O jogo com o Universidad de Chile pela Copa Sul-Americana trouxe alguns prejuízos para o Vasco. O empate em 1 a 1 – depois de sair na frente com gol de Bernardo – provocou desgaste na equipe, sobretudo no segundo tempo, e de quebra fez o time ficar seriamente ameaçado de perder Felipe e Elton para o compromisso de domingo, no Engenhão, contra o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro.

Foto: Reprodução do site 'Daily Mail'

O caso que mais assusta é o do atacante, substituído por Alecsandro com um inchaço no tornozelo esquerdo. Os médicos do clube só vão se pronunciar nesta quinta-feira, após reapresentação dos jogadores. Mas o local apresentava enorme edema, o que deixa, a princípio, a comissão técnica de preocupada. Alecsandro já está de sobreaviso e deve começar jogando.

A situação de Felipe também inspira cuidado. O meia saiu de campo ao chutar uma bola e cair no chão. O jogador alega cansaço muscular. Como o procedimento no clube após os jogos de meio de semana é liberar os titulares do treino nos dois dias seguintes – fazem apenas trabalho regenerativo -, o camisa 6 deve descansar e somente no fim de semana Cristóvão saberá se terá condições de contar com ele.

Caso Felipe desfalque o time contra o Fluminense, Diego Souza, que volta de suspensão, entra em seu lugar. Na frente, Alecsandro deve ter a companhia de Bernardo, já que Eder Luis, com o pé esquerdo fraturado, volta somente no ano que vem. O Vasco deve entrar em campo Fernando Prass; Fágner, Dedé, Renato Silva e Jumar; Rômulo, Allan, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Bernardo e Alecsandro.

Vice-líder competição com 65 pontos, o Vasco não pode tropeçar diante do rival das Laranjeiras. Caso perca e o Corinthians (67) apenas empate em Florianópolis com o Figueirense, o título irá para time do Imperador Adriano por antecipação. Com duas vitórias a mais que os vascaínos, a equipe paulista, mesmo perdendo para o Palmeiras na última rodada, não seria alcançada pelo Vasco, que enfrenta o Flamengo.