ICFUT – Roberto Carlos é nomeado técnico provisório do Anzhi

Fonte: uol

Roberto Carlos está no clube russo desde fevereiro de 2011

Roberto Carlos está no clube russo desde fevereiro de 2011

Após a demissão do técnico Gadzhi Gadzhiev, o lateral-esquerdo Roberto Carlos assumirá a função de jogador-treinador do time russo Anzhi, de acordo com informações da imprensa russa. O brasileiro será o responsável pela preparação da equipe para a próxima partida do Campeonato Russo, contra o Lokomotiv de Moscou, juntamente com o assistente técnico Andrey Gordeyev.

O início da passagem de Roberto Carlos pela Rússia teve alguns estremecimentos, envolvendo manifestações racistas de torcidas adversárias. Na segunda rodada do Campeonato Russo, um torcedor do Zenit ofereceu uma banana ao jogador antes do início da partida. No dia 22 de junho, outro episódio semelhante aconteceu no jogo contra o Krylia Sovetov. Na ocasião, um torcedor atirou a mesma fruta durante o jogo. A atitude revoltou o jogador, que abandonou o gramado, deixando sua equipe com 10 atletas.

Em seu Twitter, Ronaldo demonstrou apoio à nova empreitada do amigo, ao retwittar o post de um seguidor: "Se o RC6 for 10% do que ele jogou sendo treinador! Será um grande Técnico. Boa sorte ao grande RC6".

A nomeação demonstra o prestígio que o brasileiro, contratado em fevereiro de 2011, tem dentro do clube e pode ser mais um passo para voos maiores no futebol. No mês de julho, ele declarou que gostaria de concorrer à presidência da equipe nas eleições de 2013. "Estou pronto para jogar pelo Anzhi mais dois anos, até o final do meu contrato. Mas voltarei como presidente do clube”, disse na época.

O jogador chegou ao Anzhi depois de rescindir seu contrato com o Corinthians. O desligamento do clube paulista foi motivado por ameaças feitas pela torcida após a derrota da equipe para o Tolima na Pré-Libertadores, quando Roberto Carlos foi apontado como um dos principais responsáveis pela eliminação precoce na competição.

Gadzhiev, que foi mandado embora nesta noite, foi contratado pelo time em abril de 2010. Atualmente o Anzhi ocupa a sétima colocação no Campeonato Russo, com 41 pontos em 25 jogos. Além de Roberto Carlos, o elenco conta com os brasileiros João Carlos, Jucilei e Diego Tardelli.

Para esta temporada, o clube contratou o camaronês Samuel Eto’o, que passou a ser o jogador de futebol mais bem pago do mundo, com 20,5 milhões de euros anuais.

ICFUT – Dono do Anzhi dá carro de R$ 2 milhões para Roberto Carlos

Fonte: globo.com

Lateral brasileiro é surpreendido em festa de comemoração de 38 anos e ganha um Bugatti Veyron de presente do 118º homem mais rico do mundo

Roberto Carlos comemora seu aniversário com time russo (Foto: AFP)Roberto Carlos exibe o ‘Rog’ que ganhou dos
companheiros: carro novo na garagem (Foto: AFP)

Roberto Carlos comemorou 38 anos no último domingo e ganhou um presente especial do bilionário russo Suleiman Kerimov, dono do Anzhi: um carro Bugatti Veyron, avaliado em US$ 1,25 milhão (R$ 2 milhões aproximadamente), segundo o site Moi Dagestan.

De acordo com a reportagem, que exibe um vídeo da festa de aniversário do brasileiro, o lateral foi surpreendido durante a comemoração ao receber uma miniatura do carro das mãos de Kerimov. Em seguida, o bilionário disse que um Bugatti Veyron de verdade esperava pelo jogador no lado de fora do hotel.

Após a surpresa, o ex-corintiano saiu da festa e foi conferir o presente, que realmente estava na calçada. Segundo o site, Roberto Carlos pediu para o carro ser levado para São Paulo. O Bugatti Veyron pode atingir até 434,16 km/h e é o modelo de rua mais rápido do mundo.

O site diz ainda que o dono do Anzhi prometeu um carro para cada atleta da equipe se o clube for campeão russo nos próximos quatro anos. Outros três brasileiros estão no time: o zagueiro João Carlos, o volante Jucilei e o atacante Diego Tardelli.

Kerimov, de 45 anos, aparece na 118ª posição do ranking dos homens mais ricos do mundo feito pela revista "Forbes" (19º colocado na Rússia) com fortuna avaliada em US$ 7,8 bilhões (R$ 12,2 bilhões).

Dos companheiros de clube, Roberto Carlos ganhou um presente mais modesto: um "Rog", tradicional chifre usado pelos russos para beber vodka, vinho ou samogon.

Bugatti Veyron (Foto: Divulgação)Bugatti Veyron é o carro de rua mais rápido do mundo e custa quase R$ 2 milhões (Foto: Divulgação)

ICFUT – Roberto Carlos vira estrela de reality show na Rússia

Fonte: futebolinterior

Jogador mostrará os bastidores de como funciona um time de futebol

Nem bem chegou à Rússia e Roberto Carlos já começa a desempenhar funções fora das quatro linhas. O pentacampeão mundial foi escalado por uma emissora de televisão russa para ser estrela de uma reality show sobre o dia-dia de um clube de futebol.

Além de mostrar como são os bastidores de um time de futebol, Roberto Carlos se mostrado como dirigente que montará um time a partir de uma seleção feita entra 50 garotos. A ideia é formar uma equipe para enfrentar o atual campeão russo, Zenit.

No Brasil este tipo de reality show já aconteceu. Apoiada por uma marca de material esportivo, a Bandeirantes convidou Dunga e Vanderlei Luxemburgo para encontrarem um futuro camisa 10 para a Seleção Brasileira.

ICFUT – Roberto Carlos de saída

Lateral se reuniu com diretoria e encaminhou a rescisão de contrato, que deve ser confirmada nas próximas horas

Roberto Carlos chegou ao Corinthians no início de 2010

O lateral-esquerdo Roberto Carlos se reuniu com a diretoria do Corinthians, na tarde desta sexta-feira, e manifestou oficialmente o desejo de deixar o clube, que não vai impor dificuldades para a rescisão do contrato.

O anúncio de sua saída só não foi feito porque ainda faltam burocracias que impedem a oficialização.

O lateral, alegando medo de continuar no clube, após ameaças de torcedores, como revelou o LANCENET! com exclusividade, pediu para deixar o Parque São Jorge. Soma-se a isso o fato de o jogador, de 37 anos, ter recebido propostas milionárias do exterior.

Motivado pela eliminação da Libertadores e pela pressão da torcida, ele decidiu sair. O Corinthians não brigou por sua permanência porque Roberto já havia declarado que poderia se aposentar no fim do ano e, principalmente, porque ele recebia cerca de R$ 300 mil mensais, um dos maiores salários do elenco.

Fonte: Lancenet



ICFUT – Roberto Carlos assume culpa e quer ‘atropelar’ o Tolima pela Libertadores

Fonte: espn.com.br

O lateral esquerdo Roberto Carlos não se esquivou das críticas após o empate entre Corinthians e Noroeste, por 1 a 1, no Pacaembu. A equipe de Bauru chegou à igualdade com gol do meia Thiago Marin, depois que o veterano perdeu a bola perto do meio-campo.

“O gol do Noroeste aconteceu por erro meu. Assumo isso”, disse Roberto Carlos, que preferiu não lamentar muito o empate. “O resultado foi ruim, mas o nosso time jogou melhor contra o Noroeste do que contra o Bragantino.”

O técnico Tite não quis crucificar Roberto Carlos, embora tenha substituído o lateral esquerdo por Marcelo Oliveira no final da partida. “Só fiz isso porque o Noroeste estava com certa liberdade naquele setor e porque o Roberto Carlos se desgastou”, minimizou. “Ele errou, mas o time poderia ter dado cobertura no lance do gol. O erro é conjunto”, disse.

Roberto Carlos errou e iniciou o contra-ataque que deu o empate ao Noroeste
Crédito da imagem: Gazeta Press

Tite ainda lembrou que Roberto Carlos foi eficiente no ataque, principalmente no primeiro tempo, e levou perigo ao Noroeste em cobranças de falta.

“Vou tentar melhorar na quarta-feira, contra o Tolima, para decidir logo a classificação para a Libertadores”, projetou o lateral esquerdo, que revelou a maneira como o Corinthians deve entrar em campo.

“Eles podem vir fechados, mas nós temos que atropelar. Nós temos que conseguir a classificação aqui. Nós vamos jogar em casa. Temos que arrebentar com eles, e ir para a Colômbia mais tranquilos. O importante é fazer e não tomar”, discursou Roberto Carlos.

ICFUT – Roberto Carlos pede ‘sombra’ para Ronaldo e cita Trezeguet como opção

Fonte: http://www.uol.com.br

Roberto Carlos diz que Brasil pode trazer astros europeus e cita Trezeguet como opção

A quatro dias da estreia no Paulistão e a duas semanas do primeiro duelo com o Deportes Tolima, pela Pré-Libertadores, o Corinthians não anunciou nenhum reforço de peso. Para Roberto Carlos, a principal carência está no ataque. Como Ronaldo não tem condições de disputar todas as partidas, o lateral-esquerdo solicita um centroavante de peso.

O astro de 37 anos, idolatrado na Europa, elogia o futebol brasileiro e as condições de trabalho oferecidas no Parque São Jorge. Por isso, diz que é possível trazer europeus de nome ao país e cita como exemplo o francês Trezeguet.

“O Trezeguet hoje está no Hércules (ESP). Se você ligar, ele vem na hora. O futebol brasileiro está em um nível alto. Temos aqui o Conca, o Montillo, não só brasileiros. Dá para trazer jogadores que queiram conhecer o Brasil, porque existe um respeito ao nosso país, somos cinco vezes campeões do mundo. Temos uma estrutura que não tínhamos há dez anos. Hoje o Brasil é referência, e jogadores querem conhecer e viver aqui”, opinou.

A diretoria já tentou Adriano e Luis Fabiano, porém não obteve sucesso nas negociações. “O nosso time é bom, mas precisamos de um substituto para o Ronaldo. Um atacante que fosse do mesmo nível dele, como o Adriano e o Luís Fabiano”, apontou Roberto Carlos.

“Está na hora do Ronaldo jogar a temporada inteira e deixar de preguiça. Queremos vê-lo em campo”, brincou na sequência.

O presidente Andrés Sanchez enxerga Luís Fabiano como o sonho de consumo no Parque São Jorge. Por isso, ofereceu 7 milhões de euros (R$ 15,2 milhões) ao Sevilla. Apesar de o valor ser alto para os padrões do futebol brasileiro, a equipe espanhola considerou a proposta baixa.

“É verdade que o Corinthians nos procurou por causa do Luís Fabiano, mas não há nenhuma possibilidade porque nós recusamos. É uma proposta muito pequena. Muito pequena não. Muito, muito, muito, muito pequena”, declarou Ramon Rodriges Monte, dirigente do Sevilla, à Rádio Globo.

Enquanto isso, apenas dois atletas pouco badalados foram contratados: o zagueiro Wallace, ex-Vitória, já treina com o elenco, enquanto o atacante Willian, ex-Figueirense, aguarda a documentação para assinar contrato e ser apresentado.

ICFUT – Roberto Carlos espera se decidir sobre aposentadoria até outubro

Fonte: http://www.espn.com.br

O atacante Ronaldo poderá não ser o único jogador do Corinthians a se aposentar no final de 2011. Aos 37 anos, o lateral esquerdo Roberto Carlos também cogita encerrar a carreira. Ele pretende refletir sobre o assunto nos próximos 10 meses.

“Vou esperar chegar outubro para me decidir. Até lá, dá para eu ver como estarão as minhas pernas. Ainda tenho mais um ano de contrato, com a opção de renovar por outro, mas devo decidir se paro ou não até outubro”, repetiu.

Apesar da idade avançada para um jogador de futebol, Roberto Carlos continua em boa forma. Diferentemente de Ronaldo, que pouco atuou no ano passado, o lateral esquerdo foi regular e disputou 60 jogos pelo Corinthians (marcou quatro gols). Nem mesmo as dores que sentia na coxa direita impediram o veterano de entrar em campo com constância.

“Quando jogava no Real Madrid, eu também desfalcava o time em poucos jogos. Na seleção brasileira e no Fenerbahce, a mesma coisa. Tive uma lesão muito pequena em 2009, mas não sou de ficar me segurando. Vou continuar jogando até não aguentar mais, como fiz. Espero não ser expulso neste ano para a regularidade ser ainda maior”, projetou, animado.

Para manter o vigor físico, Roberto Carlos se cuidou nas férias de final de ano. “Só disputei uma partida beneficente. Joguei mais futevôlei do que futebol. Também dei uma segurada em um ou dois treinos físicos na pré-temporada. Estou bem”, assegurou.

ICFUT – Roberto Carlos quer se aposentar nos EUA em 2012 e treinar Real Madrid

Fonte: http://www.terra.com.br

Aos 37 anos, Roberto Carlos foi escolhido o melhor lateral esquerdo do Campeonato Brasileiro

Aos 37 anos, um dos maiores jogadores da história do futebol brasileiro vê sua carreira se aproximar do fim. Roberto Carlos, lateral esquerdo do Corinthians, declarou em entrevista ao diário espanhol As que pretende jogar em alto nível no clube brasileiro até o final de 2011, para depois encerrar sua trajetória profissional nos Estados Unidos.

De acordo com o lateral esquerdo, a vontade de jogar na liga americana é fruto da curiosidade. Na última semana, o jogador esteve em Nova York e Orlando e disse ter ouvido das pessoas para que encerrasse a carreira no país.

Jogue ou não nos Estados Unidos em 2012, Roberto Carlos já tem um trabalho futuro bastante definido em sua mente: o de treinador. Mesmo sem experiência anterior na função, ele descartou começar como técnico de alguma equipe de base, e afirmou que tem conhecimento suficiente para iniciar a nova fase já no comando de um grande time.

O lateral, inclusive, já traçou um objetivo para o futuro: ser treinador do Real Madrid, clube que defendeu por 11 anos e onde é ídolo incontestável. O jogador também lembrou que sua intenção era encerrar a carreira na equipe espanhola, mas “algumas pessoas” não deixaram – o que culminou em sua transferência para o Fenerbahce, da Turquia, em 2007.

ICFUT – Roberto Carlos sobre Adriano: ‘Sei de coisas, mas é segredo’

Fonte: http://www.lancenet.com.br

Corinthians ainda não desistiu de contratar o Imperador. Ideia éanunciá-lo em janeiro. Lateral-esquerdo deixa no ar…

Adriano vestirá a camisa do Timão 2011? (Foto: Ricardo Ramos)

Na última quarta-feira, Adriano admitiu que tentou, mas não conseguiu a liberação da Roma (ITA) para defender o Corinthians em 2011. Repetiu neste domingo, no Rio de Janeiro, antes do “Jogo das Estrelas”, liderado por Zico, no Engenhão.

– Eu queria voltar, mas a presidente (Rosella Sensi) quer que eu fique. Vou cumprir mais dois anos de contrato lá – disse, ao SporTV.

A declaração, no entanto, não acabou com as esperanças do Timão. O sentimento é refletido no lateral-esquerdo Roberto Carlos, que diz “saber de coisas do negócio”.

– É possível. Tudo é possível. É melhor deixar para janeiro porque a gente já sabe de algumas coisas, conversando com algumas pessoas. Infelizmente, não posso passar a informação antes porque senão fica uma coisa muito chata – afirmou o lateral, ao LANCENET!.

Roberto é um dos melhores amigos de Ronaldo, que foi quem conduziu a negociação com o Imperador. Como o LANCENET! revelou em 30 de novembro, Adriano aceitou o convite do Fenômeno, acertou salários com o Corinthians (cerca de R$ 400 mil mensais) e então começou a insistir por sua liberação em 2011.

Um conselheiro próximo do presidente Andrés Sanchez garante que ele ainda trabalha para a chegada do atacante na próxima temporada.

– A intenção é repetir o que aconteceu com Ronaldo (no fim de 2008). Fazer parecer que não está mais negociando, que não dá mais. Então, anunciá-lo em janeiro – disse.

Na ocasião, o clube soltou uma nota oficial negando que estivesse conversando com o Fenômeno e garantindo que sua contratação era “impossível”. Semanas depois, o atacante foi anunciado oficialmente.

Com Adriano, a negociação é mais difícil porque ele tem contrato com a Roma (ITA) até 2013. A presidente Rosella Sensi afirmou que não vai liberá-lo em janeiro, mesmo que este fosse seu desejo. A situação econômica e administrativa do clube italiano, no entanto, pode ajudar para a saída dele.

Desde que Adriano fez acordo para atuar pelo Corinthians, seu agente, Gilmar Rinaldi, nega qualquer contato com o clube. O Imperador também chegou a dizer que, quando pudesse voltar para o Brasil, jogaria novamente pelo Flamengo. Roberto diz que tais declarações e atitudes são comuns em negociações.

– Quando acertei com o Corinthians, dizia que era santista e gostaria de jogar lá. Falar que vai para um clube e estar acertado com outro, é normal no futebol. Tem de saber fazer as coisas bem feitas. Adriano, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e eu somos assim. Ele (Adriano) nunca vai falar que está acertado com o Corinthians ou Flamengo, mas eu sei o que vai acontecer. Como é fim de ano, momento de festa, não quero criar expectativa ao torcedor – disse.

Confira um bate-bola com o camisa 6 do Timão

LANCENET!: Você já disse que acredita que ainda é possível o Adriano jogar pelo Corinthians em 2011. Por que mostra essa confiança?
ROBERTO CARLOS: Aí já é um segredo meu. Não posso passar ainda para vocês.

LNET!: O corintiano ainda pode esperar um ataque com Adriano e Ronaldo na Libertadores?
R.C.: É possível. Tudo é possível. É melhor deixar para janeiro porque a gente já sabe de algumas coisas, conversando com algumas pessoas. Infelizmente, não posso passar a informação antes porque senão fica uma coisa muito chata para mim.

LNET!: Tem algo relacionado com a situação da presidente da Roma, ou com a venda do clube?
R.C.: Acho que é mais a vontade do jogador. Se ele quiser voltar para o Brasil, ele volta. Quando ele quer alguma coisa, consegue. Vamos esperar ele resolver primeiro a situação dele na Roma e depois a gente vê o que faz.

ICFUT – Roberto Carlos, Giuliano e Neymar concorrem a melhor da América

Fonte: globo.com

Mano Menezes, da Seleção Brasileira, e Muricy Ramalho, do Fluminense, disputam o prêmio de melhor treinador do continente com outros cinco

O lateral-esquerdo Roberto Carlos, do Corinthians, o meia Giuliano, do Internacional, e o atacante Neymar, do Santos, são os representantes do Brasil na disputa pelo posto de melhor jogador da América, segundo lista divulgada neste sábado pelo jornal uruguaio “El País”, que concede o tradicional prêmio. Como concorrentes, os brasileiros terão alguns velhos conhecidos de duelos nos gramados nacionais. Como os argentinos Darío Conca (Fluminense), Pablo Guiñazú e Andrés D’Alessandro (Internacional).

Sebastián Verón, que conquistou o prêmio em 2008 e 2009, também está entre os finalistas.

Neymar, Giuliano e Roberto Carlos concorrem a prêmio de melhor do continente  (Fotos: Agência Estado)

A lista é completada pelos também argentinos Leandro Desabato, companheiro de Verón no Estudiantes, e Hilario Navarro, do Independiente; os uruguaios Mauricio Victorino, do Universidad de Chile, Santiago Silva, do Vélez Sarsfield, e Arévalo Ríos, do Peñarol; o equatoriano Reasco, da LDU; e o chileno Suazo, do Monterrey (México).

Já a disputa do melhor técnico do continente em 2010 “promete uma definição apaixonante”, disse o coordenador do prêmio, Raúl Tavani.

Os brasileiros que concorrem são o treinador da seleção, Mano Menezes, e Muricy Ramalho, do Flumijnense, atual campeão brasileiro. Também foram indicados Marcelo Bielsa, atual vencedor e que deixou recentemente a seleção do Chile, Oscar Tabaréz (Seleção Uruguaia), Edgardo Bauza (LDU), Gerardo Martino (Seleção Paraguaia) e Alejandro Sabella (Estudiantes).

Aproximadamente 300 jornalistas de toda a América participam da escolha dos premiados, que serão conhecidos no próximo dia 30.