ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2013

Oeste 1X1 Avaí – Série B 2013 – Goleiro Fernando Leal empata de cabeça, aos 49 do 2º

Boa Esporte 1 x 4 Chapecoense Campeonato Brasileiro Série B

São Caetano 0 x 0 Ceará Campeonato Brasileiro Série B

Paysandu 1 x 1 ASA Campeonato Brasileiro Série B 

 

2 GOLS
Chapecoense – 
Bruno Rangel

1 GOL
ASA –
 Wanderson

Avaí – Márcio Diogo
Boa Esporte – Fernando Karanga
Chapecoense – Alan e Wanderson
Oeste – Fernando Leal
Paysandu – Rafael Oliveira

Clube PG J V E D GP GC SG A%
Chapecoense-SC 3 1 1 0 0 4 1 3 100,0
ASA-AL 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Avaí-SC 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Oeste-SP 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Paysandu-PA 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Ceará-CE 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
São Caetano-SP 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
ABC-RN 0 0 0 0 0 0 0 0 0
América-MG 0 0 0 0 0 0 0 0 0
10º
América-RN 0 0 0 0 0 0 0 0 0
11º
Atlético-GO 0 0 0 0 0 0 0 0 0
12º
Bragantino-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
13º
Figueirense-SC 0 0 0 0 0 0 0 0 0
14º
Guaratinguetá-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
15º
Icasa-CE 0 0 0 0 0 0 0 0 0
16º
Joinville-SC 0 0 0 0 0 0 0 0 0
17º
Palmeiras-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
18º
Paraná-PR 0 0 0 0 0 0 0 0 0
19º
Sport-PE 0 0 0 0 0 0 0 0 0
20º
Boa Esporte-MG 0 1 0 0 1 1 4 -3 0,0
1ª RODADA
24/05 – 19h30 Oeste-SP 1 x 1 Avaí-SC
24/05 – 19h30 São Caetano-SP 0 x 0 Ceará-CE
24/05 – 21h50 Boa Esporte-MG 1 x 4 Chapecoense-SC
24/05 – 21h50 Paysandu-PA 1 x 1 ASA-AL
25/05 – 16h20 Icasa-CE x Sport-PE
25/05 – 16h20 Figueirense-SC x América-RN
25/05 – 16h20 Palmeiras-SP x Atlético-GO
25/05 – 16h20 Joinville-SC x Bragantino-SP
25/05 – 21h00 Guaratinguetá-SP x América-MG
25/05 – 21h00 ABC-RN x Paraná-PR
2ª RODADA
28/05 – 19h30 América-RN x Icasa-CE
28/05 – 19h30 Avaí-SC x Guaratinguetá-SP
28/05 – 19h30 Sport-PE x ABC-RN
28/05 – 19h30 Paraná-PR x São Caetano-SP
28/05 – 19h30 Ceará-CE x Paysandu-PA
28/05 – 21h50 Bragantino-SP x Boa Esporte-MG
28/05 – 21h50 Chapecoense-SC x Oeste-SP
28/05 – 21h50 ASA-AL x Palmeiras-SP
28/05 – 21h50 Atlético-GO x Joinville-SC
28/05 – 21h50 América-MG x Figueirense-SC

RETRÔ ICFUT – OESTE DE ITÁPOLIS CAMPEÃO BRASILEIRO DA SÉRIE C – 2012

534591_458577164184204_736555106_n

FESTA DO ACESSO

PAYSANDU

CHAPECOENSE

ICASA

11 GOLS
Santa Cruz-PE –
 Dênis Marques

10 GOLS
Luverdense-MT
 – Rubinho

9 GOLS
Macaé-RJ 
– Jones
Vila Nova-GO
– Pedro Júnior

Final
1ª RODADA
28/11 – 21h30 Icasa-CE 0 x 0 Oeste-SP
2ª RODADA
1/12 – 17h00 Oeste-SP 2 x 0 Icasa-CE
Semifinal
1ª RODADA
16/11 – 19h00 Paysandu-PA 3 x 2 Icasa-CE
17/11 – 19h00 Chapecoense-SC 0 x 1 Oeste-SP
2ª RODADA
22/11 – 21h00 Icasa-CE 2 x 1 Paysandu-PA
23/11 – 19h00 Oeste-SP 0 x 0 Chapecoense-SC
Quartas-de-final
1ª RODADA
1/11 – 19h00 Chapecoense-SC 3 x 0 Luverdense-MT
1/11 – 21h00 Icasa-CE 2 x 1 Duque de Caxias-RJ
2/11 – 19h00 Paysandu-PA 2 x 0 Macaé-RJ
3/11 – 17h00 Oeste-SP 1 x 1 Fortaleza-CE
2ª RODADA
8/11 – 19h00 Luverdense-MT 1 x 0 Chapecoense-SC
9/11 – 19h00 Duque de Caxias-RJ 0 x 0 Icasa-CE
10/11 – 17h00 Macaé-RJ 3 x 2 Paysandu-PA
11/11 – 17h00 Fortaleza-CE 1 x 3 Oeste-SP
1ª Fase
Grupo A
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Fortaleza-CE 39 18 11 6 1 28 11 17 72.2
2  Luverdense-MT 34 18 10 4 4 32 26 6 63.0
3  Icasa-CE 24 18 7 3 8 18 19 -1 44.4
4  Paysandu-PA 24 18 5 9 4 26 19 7 44.4
5  Treze-PB 22 18 7 1 10 24 33 -9 40.7
6  Santa Cruz-PE 22 18 5 7 6 26 22 4 40.7
7  Águia-PA 22 18 5 7 6 22 32 -10 40.7
8  Cuiabá-MT 20 18 4 8 6 20 21 -1 37.0
9  Salgueiro-PE 20 18 4 8 6 25 29 -4 37.0
10  Guarany-CE 14 18 3 5 10 21 30 -9 25.9
Grupo B
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Macaé-RJ 32 18 9 5 4 33 17 16 59.3
2  Duque de Caxias-RJ 29 18 9 2 7 22 23 -1 53.7
3  Chapecoense-SC 29 18 8 5 5 24 12 12 53.7
4  Oeste-SP 29 18 8 5 5 22 19 3 53.7
5  Caxias-RS 27 18 8 3 7 23 26 -3 50.0
6  Brasiliense-DF 23 18 7 2 9 25 29 -4 42.6
7  Vila Nova-GO 23 18 6 5 7 27 26 1 42.6
8  Madureira-RJ 23 18 6 5 7 17 21 -4 42.6
9  Santo André-SP 18 18 3 9 6 14 22 -8 33.3
10  Tupi-MG 14 18 3 5 10 13 25 -12 25.9

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE C: OESTE CAMPEÃO!

Fonte: futebolinterior

Oeste 2 x 0 Icasa – Rubrão domina, vence e é campeão da Série C!

O título é inédito para o Oeste, que em 2012 participou pela primeira vez da Série C

Itápolis, SP, 31 (AFI) – O Oeste é o campeão da Série C de 2012. A inédita conquista veio na tarde deste sábado, quando o time venceu o Icasa, por 2 a 0, no Estádio dos Amaros, em Itápolis (interior de São Paulo). Time paulista não teve trabalho e poderia ter vencido até mesmo por uma maior vantagem. OPlacar Ao Vivo do FI acompanhou o resultado do confronto.

O Oeste entrou em campo ciente de que uma simples vitória lhe daria o título Brasileiro. Por isso, foi ao ataque com eficiência e fez os gols. Já o Icasa, que jogou no esquema 3-6-1, ficou refém da boa marcação do rival. Jefferson Recife e Canga, dupla responsável em fazer gols no sistema ofensivo não conseguiu jogar. Os cearenses também jogaram por vitória ou empate com gols.

O título é inédito para o Oeste, que em 2012 participou pela primeira vez da Série C. O Icasa, por sua vez, também queria pela primeira vez a conquista. Antes, a melhor colocação do time cearense na Terceira Divisão foi um quartolugar no ano de 2009 (também ficou com o acesso naquele ano).

Só deu Rubrão!
Para retribuir o carinho da torcida, que compareceu em peso no estádio dos Amaros, o Oeste começou em cima do Icasa e criando as primeiras chances de abrir o placar. Aos seis minutos, Serginho cobrou falta e por pouco não acertou o ângulo do goleiro João Paulo. A pressão não demorou a surtir efeito e, aos nove, Wanderson fez jogada individual e chutou rasteiro, no canto direito: 1 a 0.

O Icasa não conseguiu ficar com a posse de bola e só chegava na área do Oeste na base dos chutões. Num dos lances, aos 21 minutos o lateral Carlinhos cobrou falta e Jaílson defendeu; no contra-ataque, Jheymi encontrou Piauí no lado esquerdo; o lateral finalizou forte, só que a direita de João Paulo.

Aos 23 minutos, o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva teve que conter os ânimos dos jogadores. O Icasa ignorou um lance de fair play e a bola sobrou na área para Jefferson Recife; o atacante não conseguiu dominar e em seguida os jogadores do Oeste foram tirar satisfação pelo lance ocorrido. Mesmo com muito “empura empurra”, nenhum jogador foi advertido com cartão amarelo.

Com a bola rolando novamente, o Oeste seguiu melhor em campo e querendo ampliar a vantagem. Aos 37 minutos, Piauí cobrou falta e acertou a trave de João Paulo; na sequência a zaga cearense afastou o perigo. No contra-ataque, o Icasa finalizou pela primeira vez no jogo com Naylhor, que exigiu defesa de Jaílson.

É campeão!
Na volta do intervalo o Oeste continuou melhor e quase ampliou o placar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Eduardo subiu sozinho dentro da área e cabeceou para boa defesa de João Paulo. A resposta do Icasa veio aos oito minutos, quando Éder arriscou de fora da área e Jaílson defendeu; na sequência a bola ficou com Canga, que não conseguiu finalizar por estar em posição irregular.

Só que o Oeste, sentindo o bom momento do rival em campo, aos 18 minutos se aproximou ainda mais do título. Após cobrança de falta pelo lado direito, o zagueiro Dezinho cabeceou para o fundo das redes: 2 a 0. A torcida do Rubrão ainda comemorava nas arquibancadas quando o Icasa respondeu em chute forte e boa intervenção do goleiro Jaílson.

O Icasa sentiu o segundo gol do Oeste e já não tinha forças para buscar o empate nos Amaros. Apesar disso, time ainda tocava a bola e tentava alguma coisa. Aos 39 minutos, Canga recebeu passe, girou sobre um marcador e finalizou; Jaílson defendeu com tranquilidade. Antes do apito final os donos da casa ainda tiveram chance de marcar o terceiro, em cabeceio dentro da pequena área que foi para fora.

oeste1_futura_thiagocalil

OESTE – CAMPEÃO BRASILEIRO SÉRIE C 2012

images

Por Cezar Alvarenga – Palmeiras empata com Oeste no Pacaembu e perde a liderança do Paulistão 2012

Fonte: UOL Esportes

O Palmeiras jogou melhor do que o Oeste, mas não o suficiente para sair com a sua sétima vitória em nove jogos no Campeonato Paulista. O empate por 1 a 1 nesta noite de quinta-feira no Pacaembu levou a equipe do Palestra Itália aos 21 pontos, dois a menos do que o agora líder, Corinthians. O time de Felipão ainda saiu atrás do placar por causa de pênalti de Márcio Araújo, mas reagiu com Maikon Leite, que fez o gol após rebote do chute de Hernán Barcos.

A equipe da capital, no entanto, deixou nítido que pode ter problemas em dias que Daniel Carvalho e Patrik não estiverem muito inspirados. Os dois pouco apareceram no jogo, e as chances ficaram somente dos pés de Marcos Assunção ou de Maikon Leite pelas laterais. O Oeste, em contrapartida, explorava bastante o contra-ataque, mas sofria com a falta de qualidade dos seus atacantes. Mesmo assim, o empate foi o suficiente para a equipe do interior ganhar um respiro e conseguir dois pontos de vantagem em relação à zona de rebaixamento.

O Palmeiras começou melhor o jogo, com boas jogadas de Barcos e de Márcio Araújo, mas já sofreu o gol logo na primeira chegada do Oeste. Aos 10 minutos, o árbitro marcou pênalti justamente de Márcio Araújo em cima de Mazinho após um encontrão nas costas do jogador da equipe do interior. Na batida, o próprio Mazinho bateu e abriu o placar, tirando a chance de Bruno, que fazia seu primeiro jogo como titular neste ano, conseguir maior destaque.

A resposta veio rápida, com Barcos fazendo ótima jogada pela esquerda. Ele roubou a bola do adversário e, de canhota, quase empatou. O Palmeiras manteve o domínio das ações mesmo após ficar atrás no placar. O time, no entanto, errava sempre na hora do penúltimo passe, pecava na criação e só via no argentino a chance de empatar a partida. A equipe ainda mostrava muito nervosismo com a arbitragem, reclamando muito desde das marcações de lateral até de faltas que consideravam invertidas.

Após jogar 35 minutos pela esquerda, Maikon Leite passou pela direita e criou duas chances de gol. Uma em escanteio conseguido após a sua jogada, que Barcos colocou por cima do gol, e outra com rebote após cruzamento, que Assunção colocou à direita da meta do Oeste. Aos 40, foi justamente o camisa 7 que empatou. Barcos recebeu a bola na entrada da área, virou em cima da zaga e chutou. O goleiro deu rebote, e Maikon Leite empatou.

No segundo tempo, o Palmeiras tomou susto logo aos 8 minutos. Wanderson apareceu sozinho à esquerda da meta de Bruno e cruzou. Adriano desviou com a chapa do pé e viu o goleiro adversário estático, sem chance de reagir. A chance abriu os olhos de Felipão que, poucos minutos depois, colocou João Vítor para melhorar a movimentação no meio ao tirar Patrik, que quase não apareceu.

A substituição não surtiu efeito. Por isso, aos 26 e aos 30 minutos, Felipão fez mais duas substituições. Colocou Artur e Vinícius no lugares de Cicinho e Daniel Carvalho. Empurrado pela empolgação da torcida, o Palmeiras passou a apoiar ainda mais o adversário e teve uma ótima chance aos 35 minutos, com Maikon Leite. O atacante deu de cabeça após cruzamento de Assunção e viu Zé Carlos fazer boa defesa. Aos 37 minutos, novamente Assunção levantou bola na área, Leandro Amaro tentou desviar, mas o goleiro do Oeste trabalhou bem de novo.

 

ICFUT–PAULISTÃO: Resultados, gols e classificação

Resultados

5ª RODADA
4/02 – 17h00 Mirassol 3 x 0 Botafogo
4/02 – 19h30 Portuguesa 1 x 1 Ituano
4/02 – 19h30 Paulista 3 x 1 Catanduvense
4/02 – 19h30 Comercial 1 x 3 Mogi Mirim
5/02 – 17h00 Santos 1 x 2 Palmeiras
5/02 – 17h00 Corinthians 1 x 1 Bragantino
5/02 – 19h30 Linense 4 x 2 Guaratinguetá
5/02 – 19h30 São Caetano 0 x 1 Guarani
5/02 – 19h30 Ponte Preta 1 x 3 São Paulo
5/02 – 19h30 XV de Piracicaba 2 x 1 Oeste

 

Gols

 

 

 

 

Classificação

Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  São Paulo 13 5 4 1 0 13 5 8 86.7
2  Paulista 13 5 4 1 0 11 3 8 86.7
3  Corinthians 13 5 4 1 0 7 2 5 86.7
4  Palmeiras 11 5 3 2 0 8 4 4 73.3
5  Guarani 10 5 3 1 1 6 5 1 66.7
6  Ponte Preta 9 5 3 0 2 11 7 4 60.0
7  Mogi Mirim 9 5 3 0 2 9 6 3 60.0
8  Linense 7 5 2 1 2 12 11 1 46.7
9  Comercial 6 5 2 0 3 8 12 -4 40.0
10  Santos 6 5 1 3 1 6 6 0 40.0
11  Portuguesa 6 5 1 3 1 5 6 -1 40.0
12  Mirassol 5 5 1 2 2 6 5 1 33.3
13  XV de Piracicaba 5 5 1 2 2 7 8 -1 33.3
14  São Caetano 5 5 1 2 2 6 7 -1 33.3
15  Bragantino 5 5 1 2 2 7 11 -4 33.3
16  Ituano 4 5 1 1 3 5 6 -1 26.7
17  Guaratinguetá 3 5 1 0 4 5 12 -7 20.0
18  Botafogo 3 5 1 0 4 4 12 -8 20.0
19  Oeste 2 5 0 2 3 5 8 -3 13.3
20  Catanduvense 2 5 0 2 3 4 9 -5 13.3
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 
 
Classificados à 2.ª fase
 
 
Rebaixados

RETRÔ ICFUT – Campeonato Paulista 2011

Santos Bicampeão Paulista 2011

Campeão do Interior

Campeão Artilheiro
Santos
Santos
Brasil Elano
Santos
Meia
1981-06-14
11 Gols

Estatísticas

Melhor Ataque Santos 45 Gols
Pior Ataque Santo André 14 Gols
Melhor Defesa Palmeiras 10 Gols sofridos
Pior Defesa São Bernardo 36 Gols sofridos
Mais Goleadas São Paulo 4 Goleadas
Mais Vitórias Santos 14 Vitórias
Menos Vitórias Santo André 2 Vitórias
Mais Empates Santo André 9 Empates
Mais Derrotas São Bernardo 11 Derrotas
Menos Derrotas Palmeiras 2 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Ponte Preta 11 Jogos
Final (Troféu do Interior)
Ida Volta
Ponte Preta (2-4)  Oeste 2-1 video 0-3 video

Finais

08/05 16h São Paulo Pacaembu Corinthians 0  x  0 Santos
15/05 16h Santos Vila Belmiro Santos 2  x  1 Corinthians

Semi finais

30/04 16h São Paulo Morumbi São Paulo 0  x  2 Santos
01/05 16h São Paulo Pacaembu Palmeiras 1 (5) x (6) 1 Corinthians

Quarta de  finais

4/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
Dia Hora Local Estádio Jogos
24/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
GRUPO 1 P J V E D GP GC S %
1São Paulo 41 19 13 2 4 39 19 20 71
2Palmeiras 41 19 12 5 2 28 8 20 71
3Corinthians 38 19 11 5 3 33 12 21 66
4Santos 38 19 11 5 3 40 20 20 66
5Ponte Preta 32 19 9 5 5 22 16 6 56
6Oeste 31 19 9 4 6 25 17 8 54
7Mirassol 30 19 9 3 7 26 26 0 52
8Portuguesa 28 19 8 4 7 24 23 1 49
9São Caetano 26 19 7 5 7 22 22 0 45
10Paulista 25 19 7 4 8 23 24 -1 43
11Mogi Mirim 25 19 7 4 8 24 28 -4 43
12Guaratinguetá 23 19 7 2 10 20 19 1 40
13Botafogo-SP 22 19 5 7 7 22 27 -5 38
14Linense 21 19 6 3 10 23 31 -8 36
15Bragantino 19 19 5 4 10 21 30 -9 33
16Ituano 18 19 5 3 11 21 33 -12 31
17São Bernardo 18 19 5 3 11 21 36 -15 31
18Grêmio Barueri 17 19 4 5 10 21 35 -14 29
19Noroeste 17 19 3 8 8 21 35 -14 29
20Santo André 15 19 2 9 8 14 29 -15 26

Por Cleber Aguiar – Oeste é campeão do Interior !

Fonte: Site Oficial da Federação Paulista de Futebol

Troféu do Interior

Oeste vence Ponte Preta e é campeão do Troféu do Interior

O Oeste é o campeão da edição 2011 do Troféu do Interior do Campeonato Paulista. O time de Itápolis recebeu a Ponte Preta neste sábado (7) e, depois de perder o jogo de ida por 2  a 1, reverteu a desvantagem que tinha e venceu por 3 a 0, garantindo a taça.

O Oeste terminou a primeira fase na sexta posição, e foi eliminado pelo Corinthians nas quartas-de-final, em jogo disputado. No Troféu do Interior, foi até a final ao passar pelo Mirassol.
Já a Ponte Preta foi a quinta colocada e caiu nas quartas para o Santos, avançando até a final do Troféu do Interior ao vencer nos pênaltis a equipe do São Caetano nas semifinais.A primeira boa chance da partida pertenceu ao Oeste, que arriscou com Paulo Miranda, desviando cobrança de falta de Fernandinho, mas Bruno fez a defesa. A Macaca respondeu com Tiago Luís, também em cobrança de falta.O primeiro tempo seguiu bastante equilibrado, com as duas equipes tendo chances para abrir o placar. Aos 18, Roger recebeu na área e mandou para fora. Renatinho, aos 21, respondeu em chute de fora da área.

Dois minutos depois, a equipe de Itápolis voltou a assustar. Roger bateu forte e a bola acabou batendo nas duas traves. Anselmo Ramon pegou o rebote, mas Bruno fez a defesa.

O Oeste manteve a pressão e quase abriu o placar aos 34, com Caldeira, que aproveitou bola na área para fazer o chute, mas o goleiro da Macaca fez nova defesa.

Roger, aos dois minutos, tentou o gol e os donos da casa continuavam a pressionar fortemente. A insistência deu resultado no minuto seguinte, quando Mazinho bateu falta e a bola foi no travessão. Anselmo Ramon recuperou a bola e abriu o placar no Estádio dos Amaros.

O ritmo da partida diminuiu e o Oeste mantinha o toque de bola, incomodando a defesa da Ponte Preta, que pouco partia para o ataque. O time da casa se aproveitou, e em rápida jogada pelo meio, marcou o segundo gol, novamente com Anselmo Ramon.

O Oeste seguia pressionando e Bruno fez mais uma defesa alguns minutos depois. A equipe de Campinas sofria com a marcação dos anfitriões e os erros de finalização. Aos 34, mais uma chance para o rubro-negro de Itápolis, com Roger, e novamente o arqueiro pontepretano impediu o gol.

Roger e Guilherme acabaram expulsos aos 38, após desentendimento entre os jogadores. Nos minutos finais, o Oeste chegou novamente com Reinaldo, que driblou Bruno, mas com o gol vazio, bateu na trave. Nos acréscimos, Fernandinho garantiu o título com o terceiro gol.



OESTE 3 x 0 PONTE PRETA
Local: Estádio dos Amaros, Itápolis
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho
Assistentes: Mário Nogueira da Cruz e Mauro André de Freitas
Assistentes Adicionais: Claudinei Forati Silva e Leonardo Ferreira LimaOESTE
Fábio; Cris, Paulo Miranda e Caldeira (Reinaldo); Dedé, Márcio Passos, Adriano, Roger e Fernandinho; Mazinho (Alex William) e Anselmo Ramon
T: Luiz Carlos MartinsPONTE PRETA
Bruno; Guilherme, Leandro Silva, Ferron e João Paulo; Xaves (Mancuso), Josimar, Válber e Renatinho (Ricardo de Jesus); Rômulo (Eduardo Arroz) e Tiago Luís
T: Gílson Kleina

Gols: Anselmo Ramon (OES) aos 3, 23 e Fernandinho (OES) aos 46 do segundo tempo
CA: Anselmo Ramon, Fernandinho e Caldeira (OES): Leandro Silva, Ferron e Xaves (PON)
CV: Roger (OES) e Guilherme (PON)

Por Cleber Aguiar – Final do Interior Ponte Preta x Oeste !

Fonte: Futebolinterior.com.br

Oeste x Ponte Preta – Rubrão quer estragar a festa do bicampeonato!

A Macaca conquistou o Título do Interior em 2009, ao bater o Grêmio Prudente

Itápolis, SP, 06 (AFI) – Resta apenas um jogo para a Ponte Preta conquistar o bicampeonato do Título do Interior. Neste sábado, o time campineiro enfrenta o Oeste, às 18h30, no Estádio dos Amaros, precisando apenas de um empate para erguer o troféu e selar a boa campanha realizada no Campeonato Paulista.

Na primeira partida da final, a Macaca fez valer a vantagem de jogar em casa e agora joga por um simples empate em Itápolis. Ao Rubrão, resta vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, mas se bater o adversário por dois ou mais conquista o título e o prêmio de R$ 250 mil estipulado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).A Ponte Preta conquistou o Título do Interior em 2009, quando bateu o Grêmio Barueri, hoje Grêmio Prudente, por 2 a 1 na decisão, na Arena Barueri. No ano passado, Macaca e Oeste acabaram sendo eliminados nas semifinais do Título do Interior para Botafogo e São Caetano, respectivamente.

Desfalques!
O técnico Luís Carlos Martins não poderá contar com o volante Marino, que foi expulso em Campinas e cumpre suspensão automática. Além dele, o volante Dionísio, que foi negociado com a Ponte Preta, e o atacante Fábio Santos, disputado por Vitória e Avaí, também estão de fora. Quem retorna é Anselmo Ramon, que cumpriu suspensão e volta na vaga de Reinaldo.

“A torcida está bastante animada, pois querendo ou não se trata de uma final e que dá um clima maior para a partida. Precisamos de apenas uma vitória por 1 a 0 para o título ser decidido nos pênaltis. Não tivemos muito tempo para treinar, foi mais na conversa e vamos com tudo”, comentou o diretor de futebol Mauro Guerra.

Macaca focada
Mesmo conseguindo a vantagem de jogar pelo empate fora de casa, a Ponte Preta quer evitar o clima de já ganhou e prega total respeito ao adversário. Por isso, o técnico Gilson Kleina quer todo mundo focado na conquista do Título do Interior para depois pensar no Campeonato Brasileiro da Série B, que começa no final de maio. Conquistar o acesso de volta a elite é o principal objetivo do clube na temporada.

“Vencemos em casa, como queríamos e vamos para o segundo jogo com uma pequena vantagem. De maneira alguma o título está ganho. Vamos enfrentar um time difícil e que vai vir para cima, dando um maior espaço para o contra-ataque. Por isso, temos que focar em uma nova vitória”, afirmou o treinador alvinegro.

Negociado com o Coritiba, o volante Gil deve ficar mais uma vez de fora da partida. Por outro lado, o meia Renatinho cumpriu suspensão automática e volta ao time titular, mas sua posição está indefinida. O técnico Gilson Kleina ainda não sabe se utilizará Mancuso, Eduardo Arroz ou Rômulo no meio-campo. Se o comandante optar pelo atacante, o camisa 10 vai atuar um pouco mais recuado.

Ficha Técnica

Oeste x Ponte Preta

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP
Data: 07/05/2011
Horário: 18h30
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Mário Nogueira da Cruz e Mauro André de Freitas

Oeste
Fábio; Dedê, Cris, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano, Léo Salino (Rodrigo Menezes), Alex Willian e Márcio Passos; Roger e Anselmo Ramon.
Técnico: Luís Carlos Martins.

Ponte Preta
Bruno; Guilherme, Ferrón, Leandro Silva e João Paulo; Josimar, Xaves, Mancuso (Rômulo) e Valber; Tiago Luís e Renatinho.
Técnico: Gilson Kleina.

Por Cleber Aguiar – Corinthians x Oeste – Quartas do Paulistão 2011

Fonte: O Estado de São Paulo


Corinthians joga sob a pressão de não poder tropeçar

Time encara o Oeste e a incômoda obrigação de não deixar fugir de forma precoce a chance única de título no semestre

Giuliander Carpes – O Estado de S.Paulo

Tite não aguenta mais ser lembrado: o único título que o Corinthians pode vencer no primeiro semestre é o Campeonato Paulista. É com essa pressão que o técnico e a equipe alvinegra precisam conviver num jogo onde só os corintianos têm algo a perder, diante do Oeste, às 18h30, no Pacaembu, pelas quartas de final da competição.

“Nós falamos disso (de disputar apenas um título no primeiro semestre) desde a eliminação diante do Tolima. Essa é a nossa realidade”, tenta conformar-se o treinador, que terá de enfrentar mais uma forte crise se os corintianos forem surpreendidos contra a equipe de Itápolis. “A pretensão é buscar o título. Não gosto de associar aquela derrota à nossa situação de agora. Ninguém precisa ficar me lembrando que só temos um campeonato para disputar, sei da minha responsabilidade.”

O Oeste, em três anos de Série A1 do Paulista, jamais bateu um dos quatro grandes clubes de futebol do Estado. Na primeira fase, perdeu de 3 a 0 do Corinthians, no mesmo palco do duelo de hoje. Derrota alvinegra agora, quando o campeonato começa a valer alguma coisa, seria uma catástrofe para o time, que ficaria um mês sem disputar nenhuma partida oficial antes da estreia no Brasileiro, no dia 22 de maio, diante do Grêmio.

“Estas estatísticas não passam disso, números. E já ficaram no passado”, despista Tite. “Nossa vitória na primeira fase foi um resultado normal de campeonato. Mas agora é um momento diferente. Os dois times estão concentrados para fazer uma decisão. A competição inicia do zero de novo agora.”

Por causa de todo o caráter decisivo do confronto único do Pacaembu, o time corintiano treinou cobranças de pênaltis durante toda a semana. Se o jogo terminar empatado, é assim que será definido o semifinalista.

“Precisamos ter o discernimento de que qualquer detalhe é importante num jogo desses”, filosofa Tite. “Precisamos também ter organização, mas talvez o mais importante seja o equilíbrio emocional. Tem muita coisa sendo disputada em um jogo único. A equipe precisa manter a tranquilidade com toda essa pressão nas costas.”

Mistério resolvido. Tite treinou com Morais e Bruno César durante a semana, mas ontem se definiu. Bruno será o articulador das jogadas de ataque corintianas contra o Oeste. O meia, destaque da equipe no Campeonato Brasileiro do ano passado, recupera posição que perdeu com o treinador no início da temporada. Ontem Tite esclareceu por que não estava aproveitando o jogador, que chegou a manifestar publicamente sua insatisfação com a reserva e acabou sendo negociado com o Benfica, onde se apresenta em junho.

“Eu queria sentir do Bruno César, não só da boca para fora, que ele estava integrado aos objetivos do time. Isso se faz em campo”, explicou o treinador. “Agora ele vem crescendo, jogando bem, retomando o nível de atuação do ano passado. Temos de valorizar o momento dele.”

Oeste quer fazer história e vencer o primeiro grande

Chegar às quartas de final do Campeonato Paulista já é a melhor campanha do Oeste em sua história de 90 anos. Agora o time de Itápolis quer vencer pela primeira vez um dos grandes clubes de futebol do Estado. Para isso conta com os gols do atacante Fábio Santos, homônimo de lateral corintiano, mas autor de nove gols na competição.

Segundo a direção do clube do interior, o jogador tem atraído interesse até de times do exterior, como o Sporting, de Portugal. Qualquer decisão sobre sua negociação, no entanto, só deve sair depois que o time fechar sua participação no Paulista. “Não queremos que ele fique preocupado com isso neste momento. Agora a única preocupação dele deve ser marcar gols”, diz o diretor de futebol Mauro Guerra. O único desfalque do Oeste hoje é o atacante Anselmo Ramón. 

Por Alexandre – QUARTAS DE FINAL DO PAULISTÃO 2011

Chamada ICFUT para as quartas de final do paulistão 2011, não tem como não ver esse vídeo, ao menos que seu time está de fora…

Em nome do Icfut, eu Alexandre, parabenizo as equipes que se classificaram para as quartas do Paulistão e deixo aqui minha opinião:
Santos fora da semi final, zebra na final e campeão CORINTHIANS*

Concluo, o rei jamais perde sua majestade, como o Timão é o rei do Paulistão ” Dai a Cesar o que é de Cesar, a Deus o que é de Deus” e ao Timão o Título do Paulistão. Desculpem minha sinceridade, abraço galera!!!!!!!!!