ICFUT – Barcelona quebra recorde em finais de mundial após golear Santos

Fonte: futebolinterior

Antes, o recorde nas finais de Copa do Mundo e Mundial de Clubes era três gols de vantagem

Santos, SP, 18 (AFI) – O Barcelona segue encantando a todos e neste domingo conquistou o Mundial de Clubes ao vencer o Santos, por 4 a 0, no Japão. Além do título, o time catalão também quebrou o recorde com a maior goleada da história de uma final de uma competição mundial disputada em apenas uma partida – Copa do Mundo e Mundial de Clubes.

Na competição de clubes, o recorde era de 3 a 0, que foi atingido por muitos clubes, entre eles o Flamengo, que bateu o Liverpool-ING em 1981. Além do Mengo, Milan-ITA, Estrela Vermelha-RUS e Inter de Milão haviam conquistado o título com esse resultado, batendo Olímpia-PAR em 90, Colo Colo-CHI em 91 e Mazembe, do Congo, em 2010, respectivamente.

Enquanto isso, apenas duas seleções foram campeãs mundiais vencendo a final por três gols de vantagem. Em 1958, a Seleção Brasileira atropelou a Suécia por 5 a 2 e depois venceu a Itália, por 3 a 0 em 70. No entanto, em 98, foi goleada pela França pelo mesmo placar.

O recorde atingido pelo Barcelona mostra a diferença do clube em relação aos outros times de todo mundo. Além disso, comprova ainda mais a idéia que esse é o melhor time da história do Barça.

ICFUT – Mundial de Clubes 2011: Barcelona vence o Santos como quer e é campeão do mundo

Fonte: allejo

Santos 0 x 4 Barcelona – Peixe vira sushi para Messi e Cia. no Japão!

Neymar perdeu a bola do título aos 7 minutos do primeiro tempo. Ele tinha duas opções de toque (Ganso e Danilo) e preferiu o drible defeituoso.

O contra-ataque começou com um passe desastroso de Daniel Alves. Como o Barcelonaerrar um passe é um luxo, outra chance dessas não pode existir.

Muricy Ramalho marca o Barcelona com quantidade, ocupando espaços. Tem os três zagueiros, os laterais fechando e os volantes bastante recuados quando o Barça tem a bola.

barcelona campeão mundial Mundial de Clubes 2011: Barcelona vence o Santos como quer e é campeão do mundo

A primeira chance de título para o Barcelona apareceu aos 16 minutos. Durval não conseguiu tirar, Xavi acertou um passe fantástico depois de um domínio primoroso e Messi decidiu, como de costume.

Na metade do segundo tempo, Xavi apareceu sozinho na entrada da área. Com os volantes recuados, ninguém marca o Barcelona no meio-campo, que cria mais a vontade do que normalmente. 2 a 0 sem o Santos ver cor da bola. Um massacre!

Quando tem a bola, o time brasileiro é uma lástima. Passa uma sensação de insegurança e não da sequência a nenhuma bola. O Barcelona, que usa a marcação na saída de bola como uma de suas armas, nem precisou correr tanto assim.

O último ato do primeiro tempo foi uma sinfonia. Messi foi da direita para a esquerda, no meio de todos os defensores do Santos, deu de calcanhar para Daniel Alves, num lance que acabou nos pés de Fàbregas.

messi final mundial de clubes Mundial de Clubes 2011: Barcelona vence o Santos como quer e é campeão do mundo

O segundo tempo começou como uma pelada. Cada ataque era uma chance de gol, para os dois lados. Aos 11 minutos, Neymar desperdiçou a mais clara. Entre Puyol e Abidal, Ganso deixou a joia santista a caráter. Neymar parou em Valdés.

O Santos voltou com mais dignidade do segundo tempo. Aparentemente, passou o susto. De alguma forma, fica explícito que os três zagueiros de Muricy Ramalho, na saída do jogo, foi um tiro na água. Com as duas linhas de 4 atrás dos atacantes, o time da Vila Belmiro apareceu mais para o jogo.

A metade final da decisão foi em outro ritmo. Com a 3 a 0 a favor, o Barcelona poupou o time. Guardiola até tirou Piqué, aos 11 minutos, para poupar seu zagueiro titular. O massacre parece que diminuiu, mas é só impressão. Enquanto o Santos está a caminho das férias, o Barça ainda está na metade da temporada.

guardiola barcelona final mundial Mundial de Clubes 2011: Barcelona vence o Santos como quer e é campeão do mundo

Aos 32, Thiago saiu para a entrada de Pedro. O filho do Mazinho foi o substituto de David Villa, machucado na semifinal. É improvável como ninguém da seleção brasileira conseguiu ver esse garoto antes dele se naturalizar espanhol.

Messi encerrou os trabalhos com mais uma pintura. 4 a 0, fora o baile. Como bem colocou o grande Felipe Harmata, pareceu um time da quinta série perdendo para um time da oitava, que é sempre melhor time da escola…

Confira os gols

ICFUT – Adversário do Santos será conhecido neste domingo

Fonte: futebolinterior

O time que duelrará com o Barcelona também será conhecido neste domingo. Confira!

Campinas, SP, 10 (AFI) – Ao redor dos quatro cantos do mundo o jogo mais comentado e aguardado é o do Santos contra o Barcelona, na possível final do Mundial de Clubes da FIFA, que está sendo disputado no Japão. Antes, porém, o time brasileiro e o espanhol terão que passar pelos seus adversários, que serão conhecidos neste domingo.

No primeiro jogo do dia, às 5 horas (horário de Brasília), o Espérance, da Tunisia, enfrentará o Al Sadd, do Qatar. O vencedor do duelo enfrentará o todo poderoso Barcelona.

O Espérance vem fazendo uma temporada primorosa. Até o momento venceu todos os torneios que disputou, unificando os títulos do Campeonato Tunisiano, da Copa da Tunísia e da Liga dos Campeões da África. A participação no Mundial de Clubes chega para coroar o ano e uma possível classificação às semifinais será a consagração do time.

O Al Sadd conquistou a vaga para o Mundial com status de azarão. O time do Qatar não estava entre os favoritos da Liga dos Campeões da Ásia. O time de Doha superou todos os prognósticos ao vencer o sul-coreanos do Jeonbuk Motors na decisão e carimbar o passaporte para o Japão.

O Santos está de olho…
Após estrear com vitória por 2 a 0 sobre o Auckland City, da Nova Zelândia, Kashiwa Reysol, do técnico brasileiro Nelsinho Baptista terá pela frente o Monterrey, do México. A batalha que decidirá o adversário do Santos na semifinal será neste domigno, às 8h30 (horário de Brasília).

"Nosso time não teve tempo de se preparar adequadamente para a competição. Terminamos o Campeonato Japonês na semana passada", lembrou Nelsinho Batista, muito elogiado no Japão por seu excelente trabalho à frente do Kashiwa Resyol. Sob o comando de Nelsinho, o time foi campeão da Segunda Divisão em 2010 e campeão japonês de 2011, num bonita arracanda: venceu nove dos últimos 11 jogos.

O time japonês, treinado pelo braisleiro, conquistou a vaga no mundial após vencer o campeonato japonês. Agora, após passar da primeira fase, terá que derrotar o time mexicano, que está no torneio após vencer a Liga dos Campeões da CONCACAF, com nove vitórias, em 12 jogos.

ICFUT – Elano e Neymar elogiam Muricy, que brinca: ‘Se não falar bem, tiro do time’

Fonte: globo

Para dupla, treinador é um dos principais responsáveis pelo fato de o time estar disputando o Mundial de Clubes da Fifa, no Japão

Por Adilson BarrosDireto de Nagoya, Japão

O meia Elano e o atacante Neymar são unânimes: Muricy Ramalho merece muito crédito pelo fato de o Santos estar hoje no Japão, disputando o Mundial de Clubes. Eles garantem que não é bajulação gratuita, só a constatação de um fato. Quando o treinador chegou ao clube, em abril, a equipe se encontrava em situação delicada na Taça Libertadores, dependendo de uma vitória sobre o Cerro Porteño, no Paraguai, para não ser eliminada ainda na fase de grupos.

O Peixe venceu os paraguaios, por 2 a 1, e arrancou para o título, com nove jogos sem derrotas (cinco vitórias e quatro empates), se qualificando para a disputa do torneio intercontinental.

– Nosso começo de Libertadores foi bem complicado. Passamos por dificuldades. Eu lembro que conversava com o Elano e dizia: “Guerreiro, temos de sair rápido dessa situação”. Ele me pedia calma e explicava que Deus estava guardando coisas boas para o nosso time. Logo depois, o Muricy chegou, acertou a casa e fomos campeões. A mensagem do Elano se confirmou – comenta Neymar.

Elano afirma que Muricy foi rápido ao detectar os problemas do time e corrigi-los: acertou a marcação, deixou a equipe mais compacta e, principalmente, controlou os nervos dos jogadores, que andavam exaltados – Neymar, Elano e Zé Eduardo não puderam atuar no jogo da virada, contra o Cerro, porque estavam suspensos: o trio havia sido expulso contra o Colo-Colo, na Vila Belmiro, na rodada anterior.

– O Muricy chegou na hora certa. Ele percebeu o que deveríamos fazer para melhorar, passou a sua mensagem e os jogadores entenderam rapidamente. Ele entende bem os jogadores e é simples para passar as instruções.

Ouvindo os elogios, o treinador brincou:

– Se não falarem bem, tiro os dois do time.

Neymar emendou:

– Tem de dar uma moral, né, Elano. Dia 14 tem jogo…