ICFUT – Morre o jornalista Juarez Soares aos 78 anos

Fonte: Gazetaesportiva.net

Juarez Soares morreu na tarde desta terça-feira. O jornalista de 78 anos foi diagnosticado com um câncer no reto e frequentava a Santa Casa de Misericórdia, em São Paulo. Com uma carreira condecorada, “China” foi responsável por coberturas esportivas em emissoras como a Globo, SBT, Bandeirantes, Record e RedeTV.

Contudo, suas competências não se resumiam ao jornalismo. Juarez também foi filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) por 21 anos. Em 1988, com 40 mil votos, ele foi eleito o sexto vereador mais votado de São Paulo. Durante sua aventura como político, recebeu um convite para assumir a Secretaria dos Esportes. Seu maior feito neste cargo foi trazer a Fórmula 1 de volta ao Autódromo de Interlagos.

Via redes sociais, jornalistas esportivos de todo o Brasil expressaram sua tristeza.

Por Cleber Santista – Centenas acompanham velório de Luciano

Fonte: Portal Band

Locutor da Band morreu na tarde de ontem depois de passar mal enquanto viajava para transmitir jogo em Uberlândia
Esposa do locutor, Flávia do Valle despede-se do marido / Denny Cesare/Codigo 19/Folhapress
Esposa do locutor, Flávia do Valle despede-se do maridoDenny Cesare/Codigo 19/Folhapress

Fernanda Albino, da Rádio Bandeirantesnoticias@band.com.br

O corpo do locutor esportivo Luciano do Valle chegou a Campinas por volta das 8h deste domingo. Populares, amigos e familiares já se encontram no prédio da Câmara Municipal da cidade do interior paulista, onde acontece o velório.

 

Abalados, familiares e amigos não quiseram falar com a reportagem, mas eles ressaltavam o legado de Luciano no esporte, e o apoio que ele dava a amigos e colegas nos seus 50 anos de carreira.

Luciano morreu na tarde de ontem em Uberlândia, no interior de Minas Gerais, aos 66 anos. Ele passou mal durante o voo que o levava para a cidade mineira, onde iria transmitir o jogo entre Atlético-MG e Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

O enterro do corpo do locutor está previsto para as 16h deste domingo, mesmo horário em que começará o jogo que transmitiria pela Band neste domingo. A cerimônia acontecerá no Cemitério Parque Flamboyant.

Governo prestará homenagem a Luciano do Valle

Em entrevista à RB, Geraldo Alckmin diz que locutor esportivo da Band receberá ‘bela e merecida e homenagem’
Geraldo Alckmin lamentou a perda de Luciano do Valle / Leo Franco e Thiago Duran/AgNews
Geraldo Alckmin lamentou a perda de Luciano do ValleLeo Franco e Thiago Duran/AgNews

Da Redação, com Rádio Bandeirantesesportes@band.com.br

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, falou com a Rádio Bandeirantes sobre amorte de Luciano do Valle. Ele lamentou a perda do locutor esportivo e destacou sua dedicação ao esporte.

“Foi uma grande perda, um dos grandes profissionais da imprensa esportiva brasileira. Uma voz inconfundível, um entusiasmo e uma emoção que ele transmitia de maneira extraordinária”, comentou.

“Ele trabalhava com paixão, com entusiasmo, com emoção. O esporte era sua vida. Grande parceiro que todos nós perdemos. Mas fica seu exemplo de trabalho, profissionalismo”, completou.

Alckmin também informou que o Estado de São Paulo está preparando uma homenagem a Luciano do Valle.

“Vamos verificar a melhor forma de fazer. Ele era paulista, de Campinas. Dedicou mais de 50 anos de trabalho ao esporte. Então com muito carinho vamos fazer uma bela e merecida homenagem ao Luciano do Valle.”

Famosos:

Veja abaixo os depoimentos dos famosos:

Renata Fan, apresentadora do “Jogo Aberto”
“Uma estrela da voz, do esporte, do acúmulo de vitórias e emoções! Saudade sem fim da pessoa e do talento! O narrador dos narradores nos deixa com o legado de um homem que viveu para o esporte”!

Dr. Osmar, comentarista da Band
“Hoje a nossa equipe perdeu o camisa 10. O torcedor perdeu o grito de Gol mais alto. E eu perdi um grande amigo. Descanse em paz”.

Felipe Andreoli, repórter do CQC
“Muito triste a notícia da morte do nosso querido Luciano do Valle. Um dos grandes nomes do jornalismo esportivo e da narraçao no Brasil. Obrigado, Luciano. As Copas do Mundo sentirão muita falta do seu grito de gol. Descanse em paz”.

Bruno Laurence, repórter da TV Globo
Meu Deus, que triste! Luciano do Valle nos deixou. Triste! Meu respeito à família. Que notícia horrível. Tive a honra de trabalhar com Luciano do Valle na Bandeirantes. Sempre carinhoso, gentil e generoso. Tô muito triste”.

Helio Castroneves, piloto
“Meu Deus, que tristeza! O meu grande amigo Luciano do Valle foi ao encontro de Deus. Tão cedo… Meu coração está triste, mas não esquecerá jamais todo o carinho que você me deu. Ah, meu amigo”.

Tony Kanaan, piloto
“Uma grande perda no jornalismo do esporte”.

Nalbert, ex-jogador de vôlei
“Luciano do Valle, ou melhor, Luciano do Vôlei! Um dos maiores nomes do jornalismo esportivo no Brasil em todos os tempos!!!”.

Leandro Quesada, repórter da Rádio Bandeirantes
“Lamento a morte do mestre Luciano do Valle. Um ícone da narração esportiva do Brasil. Uma perda irreparável”.

Mauricio Meirelles, repórter do CQC
“Triste pelo Luciano do Valle. Sempre foi gente boa comigo. O cara era a história da narração nacional. Pena”.

Celso Portiolli, apresentador
“Que coisa gente. Sempre admirei o Luciano. Grande locutor e narrador”.

Britto Jr., apresentador
“O maior de todos os desfalques da Copa do Mundo, que não será completa sem Luciano Do Valle. Tristeza”.

Juca Kfouri, jornalista
“Uma lágrima para Luciano do Valle (1947-2014)”.

Sonia Abrão, apresentadora
“Luciano do Valle morreu! Ah, mas eu não quero acreditar!!! Juro que não quero!!! Infelizmente, já confirmaram!”

Otaviano Costa, ator e apresentador
“Quando apresentava o O+ na Band, todas as quartas, eu tinha o prazer de entrar ao vivo com o Luciano do Valle, já aquecendo o jogo que viria”.

Por Cleber Santista – CBF e clubes lamentam morte do narrador Luciano do Valle

Fonte: Globo.com

Entidades se manifestam com notas oficiais e por meio das redes sociais. Narrador esportivo faleceu neste sábado, a caminho de Uberlândia

A CBF e diversos clubes pelo Brasil lamentaram a morte do narrador esportivo Luciano do Valle, de 66 anos, com notas oficiais e por meio das redes sociais. Logo após a confirmação dofalecimento do jornalista, neste sábado, durante um voo a caminho de Uberlândia (MG), os clubes iniciaram as manifestações de respeito e luto – foi respeitado um minuto de silêncio antes dos jogos entre Internacional e Vitória, no Beira-Rio, e Fluminense e Figueirense, no Maracanã.

Em nota, o presidente da CBF, José Maria Marin, lamentou a morte do locutor, que considera “um patrimônio da imprensa brasileira”.

– Ele era, sobretudo, um amigo da CBF. Luciano foi um ícone da televisão, um verdadeiro patrimônio da nossa imprensa. Tivemos a felicidade de prestar uma homenagem ao Luciano do Valle em um evento que a CBF promoveu no ano passado. Envio neste momento difícil os pêsames à família desse grande jornalista – disse Marin.

Luciano do Valle foi internado em um hospital particular de Uberlândia, onde faria a transmissão pela TV Bandeirantes do jogo entre Atlético-MG e Corinthians, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O jornalista, que viajava de São Paulo, foi socorrido ainda no aeroporto de Uberlândia pelo Corpo de Bombeiros.

De acordo com informações do hospital, o narrador deu entrada direto na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A causa da morte ainda não foi confirmada, e o hospital não passou mais detalhes sobre o ocorrido à reportagem. O médico que o atendeu no voo relatou à Bandeirantes que a passagem de Luciano foi sem sofrimento, uma “morte súbita”. Infecção na aorta, embolia pulmonar e infarto são algumas hipóteses levantadas pelo médico, mas ainda é cedo para determinar a causa da morte.

O corpo de Luciano do Valle será velado neste domingo na Câmara Municipal de Campinas, sua terra natal. Ele será enterrado Cemitério Parque Flamboyant, às 16h, também em Campinas.

Confira as manifestações de luto dos clubes pelo Brasil:

CORINTHIANS – REDE SOCIAL

Que a única voz da televisão a narrar os nossos dois Mundiais, além de outras conquistas e títulos, descanse em paz #LucianoDoValleEterno.

Corinthians lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)No Twitter, Corinthians lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)

FLAMENGO – REDE SOCIAL

A Nação Rubro Negra homenageia o grande homem do esporte Luciano do Valle.

Flamengo lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)Flamengo lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)

PALMEIRAS – NOTA OFICIAL

A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta a morte do locutor esportivo Luciano do Valle, que, aos 70 anos, faleceu na tarde deste sábado (19) na cidade de Uberlândia-MG. As causas ainda não foram confirmadas. Luciano do Valle, com mais de 50 anos de carreira, passou pela Rede Globo, Rede Record e era locutor da Rede Bandeirantes desde 1983, onde marcou época com narrações esportivas, tanto nos campos como nas quadras e pistas do Brasil e do mundo. O Palmeiras se solidariza com familiares e amigos do narrador, que tantas vezes levou a emoção dos jogos do Verdão aos telespectadores de todo país. 

Palmeiras lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)Palmeiras lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)

PONTE PRETA – NOTA OFICIAL

Faleceu hoje (sábado) Luciano do Valle, um homem cuja vida se mistura de maneira inseparável com a história do jornalismo esportivo brasileiro. A Associação Atlética Ponte Preta teve o prazer de recebê-lo inúmeras vezes no Majestoso e ele nunca escondeu o amor que tinha pela Ponte Preta. Nossos mais sinceros sentimentos à família e aos amigos de Luciano do Valle, em especial ao Neto, o jornalista Paulo do Valle, repórter competente que segue os passos do avô e é hoje setorista da Bandeirantes Campinas na Ponte Preta.

PORTUGUESA – REDE SOCIAL

A Associação Portuguesa de Desportos lamenta profundamente o falecimento de Luciano do Valle, um dos maiores narradores da história.

Portuguesa lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)No Twitter, Portuguesa lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)

SANTOS – REDE SOCIAL

Obrigado, Luciano do Valle, por narrar por tantos anos com excelência o esporte de todo brasileiro.

SPORT – REDE SOCIAL

O Sport Club do Recife manda condolências à família do Locutor Luciano do Valle. Um dos maiores narradores do esporte brasileiro.

Sport lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)No Twitter, Sport lamenta morte do narrador Luciano do Valle (Foto: reprodução)

SÃO PAULO – NOTA OFICIAL

É com profundo pesar e saudade que o São Paulo lamenta o falecimento do locutor esportivo Luciano do Valle.

– Estou muito triste com a notícia, Luciano do Valle era um patrimônio do desporto – lamentou Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo.

São Paulo lamenta morte de Luciano do Valle (Foto: reprodução)São Paulo lamenta morte de Luciano do Valle (Foto: reprodução)

 

Por Cleber Aguiar – Emblemas de times viram moda em cemitérios de São Paulo

Fonte: Folha de São Paulo

GIBA BERGAMIM JR.
DE SÃO PAULO

Os nomes José Avelino Sobrinho e José Avelino Irmão estão numa lápide do cemitério da Vila Alpina (zona leste). Pouco se sabe sobre a vida dos irmãos, mortos a tiros e enterrados em 10 de fevereiro de 2001. Só não há dúvida em relação a um fato: o time deles. Sobrinho, 58, era corintiano. Irmão, 55, palmeirense.

Numa mesma placa fúnebre estão os emblemas dos times sob a foto de cada um, o que revela uma prática que vem crescendo, segundo estudo do professor Fábio Mariano Borges, que leciona na ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) e na Faap (Fundação Armando Álvares Penteado).

A galeria 46 do ossário da Vila Alpina, onde estão os Avelinos, não é a única com distintivos. Numa olhada rápida é possível ver vários “defuntos-torcedores”.

Borges, especialista em consumo, percorreu cinco cemitérios públicos da capital e constatou que as lápides são oferecidas nos enterros por vendedores, que dispõem de “books” de placas fúnebres, com opções de frases religiosas, imagens santas e, claro, insígnias de clubes.

Para o professor, o costume mostra que colocar o escudo de um time na lápide representa uma espécie de religião. Nos cemitérios, a simbologia do futebol divide espaço com ícones da igreja.

O pesquisador fotografou cerca de 400 escudos em sua pesquisa. Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos aparecem representados.

Fábio Mariano Borges/Divulgação
Lápides com distintivos do Corinthians e do Palmeiras, em homenagem aos mortos
Lápides com distintivos do Corinthians e do Palmeiras, em homenagem aos mortos

A ideia para o trabalho acadêmico surgiu no funeral da avó dele. “Mal enterramos o corpo e já apareceu o vendedor de lápides.”

Ao ouvir familiares, Borges descobriu que o time de coração era também uma maneira de identificar o morto.

Ao mesmo tempo, diz Borges, é uma maneira leve e divertida para as famílias transgredirem a morte.

“Quem anda pelo cemitério vai parar nas lápides. É como se o defunto estivesse dizendo: ‘oi, eu sou o fulano, palmeirense'”, diz.

Outra constatação é o fato de ser uma prática em cemitérios públicos. “É um costume de pessoas de baixa renda. Não vi coisa parecida no cemitério do Morumbi, por exemplo”. Em áreas nobres, há frases bíblicas ou poemas.

Vivos, os irmãos Avelino estariam em lados opostos hoje, no duelo entre Corinthians e Palmeiras que pode dar o título de campeão brasileiro ao alvinegro.

“Eram trabalhadores e só gostavam de futebol. Foram mortos por maldade”, diz Marília, 26, filha de Irmão. O clichê “torcedor até a morte” foi seguido à risca pela família. Marília que o diga. “No domingo [hoje], eles ‘vão’ estar torcendo muito.”