ICFUT – PAULISTAO 2015 – TIMAO ATROPELA INVICTO MOGI MIRIM NA ARENA

Ficha técnica: Corinthians 3 x 0 Mogi Mirim

São Paulo (SP)

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 1º de março de 2015, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)
Público: 29.442 pagantes (total de 29.688)
Renda: R$ 1.449.441,65
Cartões amarelos: Jadson (Corinthians); Val e Edson Ratinho (Mogi Mirim)
Gols: CORINTHIANS: Jadson, aos 13, Luciano, aos 30, e Guerrero, aos 43 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Edílson, Yago, Edu Dracena e Mendoza (Fagner); Cristian, Petros, Jadson e Malcom (Luciano); Vagner Love (Danilo) e Guerrero
Técnico: Tite

MOGI MIRIM: Daniel; Valdir (Romildo Neto), Fábio Sanches, Wagner e Leonardo; Magal, Val, Edson Ratinho e Vitinho; Thomas Anderson (Rivaldo Júnior) e Magrão
Técnico: Claudinho Batista

ICFUT – MACAE – CAMPEAO BRASILEIRO DA SERIE C – 2014

BRASILEIRO SÉRIE C - Paysandu x Macaé - FinalMACAE CAMPEAO BRASILEIRO DA SERIE C

v.phpPAYSANDU VICE-CAMPEAO

IMG_2490-222222-605x403MOGI MIRIM TERCEIRO COLOCADO

488682275fd5ddc3ac32493863f4c64ccbea47e5

CRB QUARTO COLOCADO

Quartas-de-final Semifinais Final
 18 a 25 de outubro  1 a 9 de novembro  15 e 22 de novembro
 Rio de Janeiro Macaé* (gf) 0 1 1
 Ceará Fortaleza 0 1 1
 Rio de Janeiro Macaé 4 0 4
 Alagoas CRB 0 0 0
 Rio de Janeiro Madureira 1 0 1
 Alagoas CRB* 2 2 4
 Rio de Janeiro Macaé (gf) 1 3 4
 Pará Paysandu 1 3 4
 Pará Paysandu* 2 1 3
 Minas Gerais Tupi 1 0 1
 Pará Paysandu 4 1 5
 São Paulo Mogi Mirim 1 2 3
 Pernambuco Salgueiro 0 0 0
 São Paulo Mogi Mirim* 1 0 1

Grupo A

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Ceará Fortaleza 35 18 9 8 1 23 11 +12 Zona de classificação à próxima fase
2 Alagoas CRB 27 18 7 6 5 23 17 +6
3 Pernambuco Salgueiro 27 18 7 6 5 20 22 –2
4 Pará Paysandu 26 18 7 5 6 21 17 +4
5 Alagoas ASA 25 18 7 4 7 23 22 +1
6 Paraíba Botafogo-PB 25 18 6 7 5 20 19 +1
7 Mato Grosso Cuiabá 23 18 6 5 7 19 19 0
8 Pará Águia de Marabá 20 18 5 5 8 21 25 –4
9 Paraíba Treze 19 18 4 7 7 19 25 –6 Zona de rebaixamento à Série D de 2015
10 Goiás CRAC 101 18 2 7 9 14 26 –12

Grupo B

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais Tupi 34 18 9 7 2 30 13 +17 Zona de classificação à próxima fase
2 São Paulo Mogi Mirim 31 18 9 4 5 22 24 –2
3 Rio de Janeiro Madureira 26 18 7 5 6 20 17 +3
4 Rio de Janeiro Macaé 26 18 7 5 6 15 17 –2
5 São Paulo Guaratinguetá 25 18 6 7 5 32 18 +14
6 Rio Grande do Sul Juventude 25 18 6 7 5 16 14 +2
7 São Paulo Guarani 24 18 5 9 4 14 15 –1
8 Rio Grande do Sul Caxias 22 18 5 7 6 17 20 –3
9 São Paulo São Caetano 21 18 6 3 9 13 19 –6 Zona de rebaixamento à Série D de 2015
10 Rio de Janeiro Duque de Caxias 7 18 1 4 13 10 32 –22

Por Cleber Aguiar – Chamado de lenda e rei da bicicleta, Rivaldo é exaltado após aposentadoria 5

Fonte: Portal Terra

Rivaldo, 41, anunciou neste sábado o fim de sua carreira como jogador de futebol. A notícia repercutiu rapidamente em redes sociais e na mídia internacional, que chamou o agora aposentado de “lenda”, “fulminante” e “rei da bicicleta”.

O termo “rei da bicicleta” foi usado pelo diário espanhol “Mundo Deportivo”. A publicação catalã faz alusão a alguns dos gols mais bonitos do brasileiro pelo Barcelona, como o que ele marcou contra o Valencia em 2001.

Naquela oportunidade, o Barcelona precisava vencer o jogo, válido pela última rodada do Campeonato Espanhol, para se classificar para a Liga dos Campeões da Uefa. Rivaldo havia anotado dois gols (um de falta e outro de fora da área), mas o Valencia tinha conseguido o empate. Aos 43min do segundo tempo, o brasileiro marcou de bicicleta e definiu o placar.

“Rivaldo entrará para a história como um dos melhores jogadores do futebol”, resumiu o “Mundo Deportivo” antes de descrever o lance de 2001.

O jornal espanhol “AS” disse que Rivaldo encerrou uma carreira “preciosa”. O “Marca”, que é de Madri, preferiu uma cobertura menos adjetivada. O jornal registrou a aposentadoria do brasileiro e ainda publicou uma reportagem sobre o início dele em Recife.

Fora da Espanha, Rivaldo foi chamado de “lenda” pelo site da “ESPN Deportes”, destinada ao público da América Latina. A expressão também apareceu em uma série de homenagens que o brasileiro recebeu na rede social Twitter.

Jogadores como os laterais Montoya e Jordi Alba, ambos do Barcelona, republicaram notícias sobre a aposentadoria de Rivaldo. O brasileiro Neymar foi ainda mais enfático. “O futebol agradece por tudo que você fez e o Brasil por você ser brasileiro. Parabéns pela carreira… Ídolo!”, escreveu o atual dono da camisa 11 do time catalão em postagem na rede social Instagram.

O meia-atacante Lucas, que atualmente defende o Paris Saint-Germain, também usou o Instagram para homenagear Rivaldo. Ele publicou uma foto da época em que os dois foram companheiros no São Paulo: “Parabéns pela carreira brilhante, meu amigo. Você com certeza ficará para sempre na memória de todos os admiradores do futebol”.

Neymar Júnior         @neymarjr

O futebol agradece por tudo que você fez e o Brasil por você ser brasileiro !!!! Parabéns pela…

http://instagram.com/p/lkwZ8lRtmL/

Lucas Moura         @LucasnaRede_

Parabéns pela carreira brilhante meu amigo. Você com certeza ficará pra sempre na memória de todos os…

http://instagram.com/p/llAUfnIwGH/

ICFUT – Mogi cede imagem do torcedor que xingou Arouca

Fonte: lancenet

Julgamento acontece na próxima segunda, 17, na sede da Federação Paulista de Futebol

Santos x Mogi Mirim - Arouca (Foto: Ivan Storti/ LANCE!Press)
Jorgador do Santos foi vítima de racismo em Mogi (Foto: Ivan Storti/LANCE!Press)

Na manhã de quarta-feira, o Mogi Mirim foi indiciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. De acordo com o advogado João Zanforlin, contratado para representar o clube do interior, foi entregue à policia imagens do torcedor que fez ofensas racistas a Arouca, na partida realizada no dia 6 deste mês.

– O Mogi mandou as imagens de identificação para a polícia. Eu ainda não tive acesso, estou esperando mais documentações para preparar a defesa do clube – disse Zanforlin, ao LANCE!Net.

Segundo o terceiro parágrafo do artigo 243-G, "Quando a infração for considerada de extrema gravidade, o órgão judiciantte poderá aplicar as penas dos incisos V, VII e XI do art. 170". Assim sendo, o Mogi poderá ser punido ainda com perda de pontos, de mando de campo e até sofrer a exclusão do Campeonato. Vale lembrar que o clube já teve seu estádio interditado pela FPF.

Entretanto, tudo é passível da interpretação de quem julgará o caso, como lembra o procurador do TJD, Antônio Carlos Meccia:

– A procuradoria fez a sua parte que é fazer a denúncia, mas tudo é passível de interpretação e tudo pode ajudar. Como torcedor, eu acredito que foi mais uma provocação do que um ato de racismo propriamente dito.

O julgamento acontece na próxima segunda-feira, dia 17, na sede da Federação Paulista de Futebol.

ICFUT – FPF divulga nesta segunda datas e locais das semifinais do Paulistão

Fonte: globo

Clássico entre São Paulo e Corinthians será no Morumbi, no domingo; falta definir o jogo entre Mogi Mirim e Santos, que será em Mogi

A Federação Paulista de Futebol divulga na tarde desta segunda-feira as datas e locais dos dois jogos das semifinais do Campeonato Paulista, mais uma vez no sistema de eliminatória simples, sem partida de volta. Em caso de empate, a definição da vaga será nos pênaltis.

O clássico entre São Paulo e Corinthians será no domingo, no Morumbi, por dois motivos: o Tricolor tem compromisso pela Libertadores na quinta-feira (recebe o Atlético-MG, pelas oitavas de final) e conta com a vantagem de decidir em casa por ter feito a melhor campanha do Paulistão na primeira fase.

Pelo mesmo motivo, o Mogi Mirim será o mandante na semifinal contra o Santos. A FPF definirá se o jogo será no sábado ou no domingo (no horário das 18h30).

O São Paulo conquistou a vaga nas semifinais ao bater o Penapolense, por 1 a 0, no Morumbi. Já o Corinthians atropelou a Ponte Preta, em Campinas, com uma goleada por 4 a 0. No clássico da primeira fase, o Timão venceu o Tricolor por 2 a 1, com direito a muita polêmica.

O Santos foi o único time que precisou dos pênaltis para se garantir nas semifinais, ao despachar o Palmeiras. Já o Mogi humilhou o Botafogo de Ribeirão Preto com uma vitória por 6 a 0. Vale lembrar que, na primeira fase, o Mogi foi o único time a não perder para o Santos na Vila Belmiro – houve empate em 2 a 2 – e agora tem a vantagem de jogar em casa.

montagem semifinais do Paulistão (Foto: Montagem sobre foto da Agência Estado)

Tricolor, Timão, Peixe ou Sapão: quem será o campeão? (Foto: Montagem sobre foto da Agência Estado)

Torneio do Interior

São Paulo, Corinthians, Mogi Mirim e Santos lutarão pelo título do Campeonato Paulista, mas outras quatro equipes continuarão em busca de um troféu nas próximas semanas. Ponte Preta, Botafogo, Penapolense e Linense vão disputar o Torneio do Interior.

Além das três equipes eliminadas nas quartas de final, o grupo contará com o reforço do Linense, melhor time do interior na primeira fase, mas que não avançou para o mata-mata. Como o Mogi se garantiu nas semifinais, ele não entrará na disputa. O mesmo já havia acontecido com Guarani e Ponte Preta no ano passado, quando os rivais fizeram o dérbi por uma vaga na final do Paulistão – o Bugre acabou derrotado pelo Santos na decisão.

No próximo fim de semana, Ponte Preta terá duelo contra o Linense no Moisés Lucarelli, enquanto o Botafogo vai encarar o Penapolense em Ribeirão Preto. A tabela detalhada, com datas e horários, será divulgada pela FPF também nesta segunda-feira.

A competição foi resgatada pela Federação Paulista de Futebol em 2007. O objetivo da entidade é motivar os clubes do interior do estado nas finais da competição. De lá para cá, Guaratinguetá (2007), Grêmio Barueri (2008), Ponte Preta (2009), Botafogo (2010), Oeste (2011) e Mogi Mirim (2012) conquistaram o torneio.

ICFUT–PAULISTÃO: Resultados, gols e classificação

Resultados

5ª RODADA
4/02 – 17h00 Mirassol 3 x 0 Botafogo
4/02 – 19h30 Portuguesa 1 x 1 Ituano
4/02 – 19h30 Paulista 3 x 1 Catanduvense
4/02 – 19h30 Comercial 1 x 3 Mogi Mirim
5/02 – 17h00 Santos 1 x 2 Palmeiras
5/02 – 17h00 Corinthians 1 x 1 Bragantino
5/02 – 19h30 Linense 4 x 2 Guaratinguetá
5/02 – 19h30 São Caetano 0 x 1 Guarani
5/02 – 19h30 Ponte Preta 1 x 3 São Paulo
5/02 – 19h30 XV de Piracicaba 2 x 1 Oeste

 

Gols

 

 

 

 

Classificação

Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  São Paulo 13 5 4 1 0 13 5 8 86.7
2  Paulista 13 5 4 1 0 11 3 8 86.7
3  Corinthians 13 5 4 1 0 7 2 5 86.7
4  Palmeiras 11 5 3 2 0 8 4 4 73.3
5  Guarani 10 5 3 1 1 6 5 1 66.7
6  Ponte Preta 9 5 3 0 2 11 7 4 60.0
7  Mogi Mirim 9 5 3 0 2 9 6 3 60.0
8  Linense 7 5 2 1 2 12 11 1 46.7
9  Comercial 6 5 2 0 3 8 12 -4 40.0
10  Santos 6 5 1 3 1 6 6 0 40.0
11  Portuguesa 6 5 1 3 1 5 6 -1 40.0
12  Mirassol 5 5 1 2 2 6 5 1 33.3
13  XV de Piracicaba 5 5 1 2 2 7 8 -1 33.3
14  São Caetano 5 5 1 2 2 6 7 -1 33.3
15  Bragantino 5 5 1 2 2 7 11 -4 33.3
16  Ituano 4 5 1 1 3 5 6 -1 26.7
17  Guaratinguetá 3 5 1 0 4 5 12 -7 20.0
18  Botafogo 3 5 1 0 4 4 12 -8 20.0
19  Oeste 2 5 0 2 3 5 8 -3 13.3
20  Catanduvense 2 5 0 2 3 4 9 -5 13.3
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 
 
Classificados à 2.ª fase
 
 
Rebaixados

ICFUT – Palmeiras empata com o Mogi, mas mantém liderança

Fonte: espn.com.br

Líder Palmeiras só empata com o Mogi na volta de Valdivia e com Rivaldo na torcida

O Palmeiras não saiu de um empate sem gols com o Mogi Mirim na tarde deste domingo, no interior paulista, em jogo válido pela nona rodada do Estadual. Rivaldo, ex-presidente do Mogi e atualmente jogador do São Paulo, esteve no estádio acompanhando o duelo.

Com o empate, o Palmeiras chega aos 20 pontos, na liderança isolada da competição. Já o Mogi Mirim soma 9 pontos, ameaçado pelo fantasma do rebaixamento.

Na próxima rodada do Paulista, o Palmeiras faz clássico com o São Paulo, no domingo. O Mogi Mirim, por sua vez, visita o Americana no sábado.

A volta de Valdivia deu uma criatividade que faltava ao time de Felipão, que criou uma série de boas oportunidades. As tentativas de abrir o placar, porém, pararam tanto nas falhas em finalizações quanto em João Paulo, goleiro do Mogi Mirim, que chegou a fazer milagre em chute de Adriano Michael Jackson. Atrás, o goleiro Bruno, substituto dos lesionados Deola e Marcos, também evitou um tropeço em contra-ataque.

O jogo

Luiz Felipe Scolari surpreendeu com a entrada de Valdivia como titular, solto no meio-campo para cair pelos dois lados, entrar pelo meio ou fazer o que for necessário para fazer a bola chegar a Kléber. A novidade surtiu efeito no primeiro tempo.

Para fazer Rivaldo e Luan jogarem, o chileno primeiro caiu por ali, tornou-se referência para os passes e iniciava trocas de bolas com paciência que abriam espaços. O chileno, porém, ouviu Felipão esbravejar por 15 minutos, dizendo que o Palmeiras deveria explorar o lado esquerdo da defesa do Mogi Mirim.

Ao ouvir o chefe, o ídolo palmeirense colocou o confronto nas mãos da equipe. Cicinho, sempre passando com mais velocidade que seus marcadores, foi mais acionado, Tinga apareceu para o jogo e Kléber pôde se mexer para achar espaços na confusa defesa dos donos da casa.

Com a criatividade de seu camisa 10 e Marcos Assunção comandando a transição da bola da defesa para o ataque, o Palmeiras foi criando espaços, tabelando. O problema eram as finalizações. Kléber, Valdívia, Rivaldo, Luan e Tinga tiveram, cada um, ao menos uma boa oportunidade desperdiçada por um chute ruim ou defesas do goleiro João Paulo.

O problema da ofensividade alviverde, contudo, eram os espaços deixados pela subidas de Cicinho, sempre cobrado por Felipão para atacar. Quando o Mogi conseguiu ter a bola nos pés, logo procurava Geovane, que transitava nas costas dos volantes palmeirenses e levantava a cabeça para procurar Denílson, que abria espaços, ou Roberto Jacaré, sempre pronto a finalizar.

O Mogi Mirim desceu poucas vezes no primeiro tempo, mas assustou, principalmente com Roberto Jacaré. Na volta do intervalo, o time passou a usar a avenida aberta no lado direito da defesa do Palmeiras para passar a ter o confronto nas mãos nos primeiros dez minutos de segundo tempo. Só não abriu o placar por conta de Bruno.

Para recompor seu meio-campo, Felipão mandou Patrik na vaga de Tinga. Com poucos minutos em campo, o jovem meio-campista do Palmeiras tabelou melhor do que o titular e criou boa oportunidade para Kléber, que parou nas mãos de João Paulo.

Aos 20 minutos, Valdivia, cansado, saiu para o lugar de Adriano Michael Jackson. A ausência do chileno, entretanto, não prejudicou o time, já que Patrik conseguiu preencher o espaço sem a bola e avançar com eficiência. Assim, deixou Kléber na cara do gol. O Gladiador furou e, no rebote, João Paulo fez milagre em chute de Adriano Michael Jackson.

Com a dificuldade para marcar gols, Scolari reforçou a marcação com João Vitor na posição de Marcos Assunção. A ordem era manter a bola nos pés palmeirenses e só atacar quando o adversário realmente desse espaço.

O empate já não era tão ruim e, mais preocupado em não perder no fim do jogo, o Palmeiras celebrou o ponto conquistado em Mogi Mirim, até porque Bruno fez milagre em cabeçada de Roberto Jacaré no final. E o volante Bruno de Jesus foi expulso, deixando os anfitriões com dez, quando não havia mais tempo para abrir o placar.