ICFUT – Morte da mãe de Maradona causa comoção na Argentina

Fonte: gazetaesportiva

A morte de Dalma Salvadora Franco, mãe de Diego Maradona, na noite do último sábado, em Buenos Aires, causou comoção na Argentina. Além de um minuto de silêncio em várias partidas do campeonato nacional e de milhares de mensagens de famosos via Twitter, Tota, como era conhecida, teve faixas estendidas em sua homenagem por torcedores do Boca, clube do coração de Dieguito.

A senhora, que tinha 81 anos de idade, sofreu uma descompensação cardiorrespiratória em julho, se recuperou, mas voltou a ser internada recentemente na clínica Los Arcos, no bairro Palermo. No fim de 2010, houve um problema semelhante. Dessa vez, ela não resistiu.

No último sábado, o Pibe de Oro comandou Al Wasl, dos Emirados Árabes, na derrota por 1 a 0 para o Al Ain pela Copa dos Emirados), e logo depois embarcou para a capital de sua terra natal para o enterro.

Pela rede de microblogs, a hashtag (termo citado pelos usuários) Fuerza Diego ficou entre a mais comentada dentre os argentinos. Na Bombonera, antes do clássico contra o Racing, a torcida azul e amarela estendeu faixas com os mesmo dizeres.

Aficionados do Boca, clube de coração de Maradona, prestaram sua última homenagem a dona Tota

ICFUT – Maradona entra na polêmica entre Messi e Pelé

Fonte: lancenet

Ex-jogador argentino disse que o brasileiro já foi ultrapassado pelo atacante do Barça

Maradona (Foto: Stringer/Reuters) Maradona não perde a chance de provocar Pelé (Foto: Stringer/Reuters)

Nesta sexta-feira, em entrevista ao site argentino "Canchallena", o técnico e ex-jogador Diego Maradona entrou na polêmica envolvendo as últimas declarações de Messi e Pelé:

– Pelé vai mandar os vídeos em preto e branco. Está nervosinho porque desceu um lugar no pódio e ficou com a medalha de bronze.

Tudo começou quando Messi declarou que Pelé não lhe fazia falta. O Rei retrucou e disse que presentearia o argentino com um
documentário mostrando seus gols e suas jogadas.

Na última terça-feira, o atacante do Barcelona afirmou que “aguardava ansiosamente” o vídeo do brasileiro.

ICFUT – Maradona acusa Sergio Batista de aceitar suborno para convocar jogadores

Fonte: uol.com.br

O técnico Diego Maradona acusou nesta quarta-feira seu sucessor no comando da seleção argentina, Sergio Batista, de receber suborno para convocar jogadores durante sua gestão.
Batista, por sua parte, respondeu que deixará tudo nas mãos de seus advogados, que apresentarão um processo contra ‘El Pibe’.
"(O ex-jogador) Carlos Mac Allister veio oferecer suborno por jogadores, porque ele já tinha acertado com Batista e com (seu auxiliar José Luis) Brown para comandarem a seleção", disparou Maradona.
"Desde que chegamos à seleção acabaram os subornos", acrescentou em diálogo telefônico com o canal esportivo "TyC Sports" desde Dubai, onde treina o Al Wasl, equipe dos Emirados Árabes.
Questionado sobre o teor da acusação, Batista, que foi demitido do cargo de treinador da seleção argentina após o fiasco na recente Copa América, respondeu que o assunto está "nas mãos dos advogados".
"Eu posso aceitar que me chame de ‘Piñón Fijo’ (um palhaço da televisão argentina), mas sujar minha imagem gratuitamente é demais", disse.
"É um tema sério. A minha imagem fica mal. Não sei por que faz isso. São afirmações falsas", assinalou o treinador em declarações à "Radio Rivadavia", antes de indicar que Maradona terá que "ratificar o que disse ou retificar-se".
Brown também rejeitou as afirmações de Maradona e disse que as acusações foram "como um punhal no coração".
"Sinto-me traído. Custa acreditar que tenha dito isso. Não entendo por que me acusou, ele esteve em todos os momentos da minha vida", apontou Brown.
Maradona, Batista e Brown, outrora amigos, foram campeões mundiais com a seleção argentina na Copa do Mundo de 1986, no México, sob a direção de Carlos Bilardo.

ICFUT – Maradona chama Fifa de museu de dinossauros

Fonte: uol.com.br

fa-de-tenis-diego-maradona-acompanha-a-partida-entre-novak-djokovic-e-tomas-berdych-em-londres-1290439980055_300x300

Maradona descreveu a Fifa como "um museu cheio de dinossauros" durante apresentação em Dubai

O argentino Diego Armando Maradona descreveu a Fifa como "um museu cheio de dinossauros" durante sua apresentação oficial neste sábado em Dubai como técnico do clube Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, segundo a imprensa local.

"A Fifa é um museu cheio de dinossauros que não querem abandonar o poder", declarou o ex-jogador argentino em entrevista coletiva em um hotel na exclusiva região de Jumeirah.
Maradona se mostrou muito crítico com a organização internacional e revelou que em algum momento lhe pediram que se unisse "à família da Fifa".
"Eu lhes digo: ‘Que família?’ Não lido com corruptos", apontou Maradona, segundo a versão online do jornal "The National".
"Eles (os responsáveis da Fifa) são arrogantes e têm muito poder. Todos os dias há corrupção. Isso não é futebol", concluiu ao afirmar que não haverá um futebol "justo e limpo" até que os responsáveis da Fifa saiam do poder.
Em 16 de maio, a imprensa anunciou que o argentino tinha assinado um "lucrativo" contrato de dois anos para ser treinador do Al Wasl.
Durante a entrevista coletiva deste sábado, quando um jornalista mencionou a possibilidade que tenha assinado um contrato de US$ 8 milhões ao ano, o ídolo argentino sorriu e respondeu:
"Estamos longe desses números", apontou Maradona, que lembrou que agora é treinador e são os jogadores oque cobram mais.

ICFUT – Maradona chamou técnico da Argentina de ‘bêbado’

Fonte: uol.com.br

O ex-craque Diego Maradona chamou neste domingo de "bêbado" Sérgio Batista, atual técnico da seleção argentina, em uma entrevista concedida ao canal esportivo TyC.
"Ele só pode estar bêbado, senão, Carlos Tévez e ‘Kun’ Agüero teriam sido covocados. Isso não é sério", reclamou Maradona.
Ele ainda afirmou que "deseja que a Argentina faça uma boa Copa América para os jogadores, mas não para eles", ao se referir à comissão técnica atual da seleção argentina.
Dias antes, Bastista tinha declarado que "ninguém foi barrado", mas que ele preferiu "optar por outros jogadores", ao explicar as ausências de Tévez, artilheiro do Campeonato Inglês com 21 gols e Sérgio Agüero, genro de Maradona.
Na mesma entrevista, o "Pibe de oro", que acabou de assinar um contrato milionário para ser técnico do time Al-Wasl de Dubai, voltou a criticar Julio Grondona, presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA).

Por Cleber Aguiar – Larissa Riquelme e Maradona juntos ?

Fonte: Meia Hora Online

Golaço!

Larissa Riquelme tá batendo bola com Maradona

Musa da Copa do Mundo da África estaria namorando ex-craque

Musa da Copa do Mundo da África, Larissa Riquelme estaria namorando com Diego Maradona. O boato começou a rolar na semana passada, quando a modelo paraguaia chegou à Argentina para participar do reality show ‘Dançando por um Sonho’. O ex-craque é jurado do programa e teria indicado a morena para fazer parte da atração.

Veja video da gata !

ICFUT – Maradona revela viagem à Inglaterra para ouvir proposta de um clube

Fonte: espn.com.br

Durante visita ao Uruguai, onde foi encontrar sua filha, Diego Maradona revelou que viajará à Inglaterra em fevereiro para ouvir a proposta de um clube. O técnico está sem emprego desde que deixou a seleção argentina após a Copa do Mundo da África do Sul.

“Em fevereiro, eu viajarei à Inglaterra para ouvir uma proposta formal de uma equipe de lá que quer falar comigo. Se ele me convencerem, eu devo aceitar a posição”, disse o astro.

“Eu não estou desesperado, (mas) eu sei que algum dia eu serei o treinador de alguma equipe novamente”, afirmou um confiante Diego Maradona, que saiu da seleção argentina brigado com o presidente da associação de futebol do país, Julio Grondona.

A imprensa argentina especula que o clube em questão é o Fulham, visitado por Maradona em 2010.

Diego Maradona está sem emprego desde que saiu da seleção argentina

Diego Maradona está sem emprego desde que saiu da seleção argentina
Crédito da imagem: Reuters

ICFUT – Presidente da AFA cutuca Maradona e diz que Messi é o melhor 10 da história

Fonte: http://www.uol.com.br

O presidente da Associação de Futebol Argentino, Julio Grrondona, decidiu colocar mais lenha na fogueira na já apimentada relação com Diego Armando Maradona. Nesta quinta-feira, o dirigente disse a uma rádio local que Lionel Messi é o melhor camisa 10 da Argentina em todos os tempos, deixando para trás Maradona e outros destaques locais.

“Messi, Maradona, Riquelme e Verón são de outro planeta, mas Messi é o melhor camisa 10 da história do futebol argentino”, polemizou Grondona.

A declaração é um claro ataque a Maradona. Na semana passada, o maior ídolo argentino no futebol disse que iria processar o dirigente por espalhar falsas informações sobre seus problemas com drogas e álcool. Maradona disse que está livre das drogas há seis anos e que Grondona tem sugerido o contrário em suas entrevistas.

O  ex-jogador argentino ainda afirmou que o presidente da AFA, de 79 anos, está “gagá” e que por isso tem feito um caro tratamento numa clínica suíça de alto padrão.

Grondona não deixou por isso e logo depois respondeu que todos estavam cientes dos problemas de Maradona. O ex-camisa 10 da Argentina continua sem emprego desde que foi demitido da seleção argentina após a queda nas quartas de final da Copa do Mundo. Foi Grondona quem contratou Maradona como técnico há dois anos.

ICFUT – Maradona volta a atacar “gagá” Grondona e “cagão” Bilardo

Fonte: http://www.gazetaesportiva.net

O sentimento de raiva de Diego Armando Maradona em relação à seleção argentina ainda não faz parte do passado. Em uma entrevista concedida ao jornal argentino Clarín, o ex-técnico da seleção atacou o presidente da AFA (Associação de Futebol Argentino), Julio Grondona, e o diretor das seleções nacionais, Carlos Bilardo, chamando-os de “gagá” e “cagão”, respectivamente.

“(Bilardo) É uma estátua, que não soma nada, não conhece ninguém e não é representativo. As crianças não o entendem e os adultos cada vez o entendem menos. Ele deveria se afastar. Está gagá e tem que ir até três vezes por ano a uma clínica de saúde e reabilitação”, afirmou o grande ídolo do futebol argentino.

“Grondona é um cagão. Sempre disse que ia me bancar, que teria as portas sempre abertas e, na primeira mudança, me deixou. E o pior é que, quando acabou a partida com a Alemanha, disse diante de todos os meninos que respeitava a toda a comissão técnica”, lamentou ‘D10s‘.

O ex-técnico também aproveitou para elogiar muito Lionel Messi. “Ele só não fez gols, pois todos seus chutes foram defendidos pelos goleiros ou pegaram na trave, mas ele fez uma Copa do Mundo fantástica”, analisou.

Apesar de ainda reclamar até mesmo de Sergio Batista, que acabou substituindo-o após a demissão com a eliminação da Copa do Mundo, Maradona garantiu que ainda terá mais chances. “Eu sei que um dia vou voltar”, prometeu.