ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL 2014 – SÉRIE B – GOLS,TABELA,ARTILHARIA & CLASSIFICAÇÃO.

 

 

Gols Nomes

10

Rodrigo Pimpão (América-RN)
Magno Alves (Ceará)
Jael  (Joinville)

8

Misael (Luverdense)

7

Júnior Viçosa (Atlético-GO)

6

Obina (América-MG)
Max (América-RN)
Diego Felipe (Avaí)
Bill (Ceará)
Edno (Ponte Preta)
Eloir (Sampaio Correa)

  P J V E D GP GC SG
Ceará 35 19 10 5 4 33 26 7
Avaí 34 19 10 4 5 25 15 10
América-MG 33 19 10 3 6 27 17 10
Joinville 33 19 10 3 6 25 20 5
Vasco 32 19 8 8 3 25 17 8
Ponte Preta 31 19 8 7 4 25 20 5
Luverdense 28 19 8 4 7 25 24 1
Sampaio Corrêa 28 19 7 7 5 29 21 8
Boa-MG 27 19 8 3 8 26 26 0
10° Náutico 27 19 8 3 8 22 25 -3
11° Santa Cruz-PE 27 18 6 9 3 23 17 6
12° Paraná 25 19 7 4 8 23 22 1
13° Atlético-GO 25 19 7 4 8 27 27 0
14° ABC-RN 24 19 7 3 9 17 19 -2
15° América-RN 23 19 7 2 10 27 29 -2
16° Bragantino 19 18 5 4 9 19 26 -7
17° Icasa 19 19 5 4 10 14 22 -8
18° Oeste 19 19 4 7 8 19 30 -11
19° Portuguesa 17 19 3 8 8 18 29 -11
20° Vila Nova-GO 14 19 4 2 13 14 31 -17
19 ª Rodada
Data/Horário   Jogo   Local
26/08/2014 19:30 (Ter) Boa-MG 2 x 0 Icasa Dilzon Melo
26/08/2014 21:50 (Ter) Vila Nova-GO 1 x 2 Portuguesa Serra Dourada
29/08/2014 20:30 (Sex) Joinville 2 x 1 Oeste Arena Joinville
29/08/2014 20:30 (Sex) Santa Cruz-PE 2 x 0 Atlético-GO Arruda
29/08/2014 20:30 (Sex) Sampaio Corrêa 0 x 0 América-MG Castelão
30/08/2014 16:10 (Saba) América-RN 2 x 3 Paraná Arena das Dunas
30/08/2014 16:10 (Saba) Bragantino 1 x 0 ABC-RN Nabi Abi Chedid
30/08/2014 16:10 (Saba) Vasco 0 x 5 Avaí São Januário
30/08/2014 16:10 (Saba) Ponte Preta 2 x 0 Náutico Moisés Lucarelli
30/08/2014 21:00 (Saba) Ceará 3 x 1 Luverdense Caldeirão
20 ª Rodada
Data/Horário   Jogo   Local
02/09/2014 19:30 (Ter) Atlético-GO x Boa-MG Serra Dourada
02/09/2014 19:30 (Ter) Paraná x Sampaio Corrêa Durival Britto
02/09/2014 20:30 (Ter) Portuguesa x Joinville Canindé
05/09/2014 19:30 (Sex) Icasa x Ponte Preta Mauro Sampaio
06/09/2014 16:10 (Saba) América-MG x Vasco Independência
06/09/2014 16:10 (Saba) Avaí x América-RN Ressacada
06/09/2014 16:10 (Saba) Náutico x Bragantino Arena Pernambuco
06/09/2014 16:10 (Saba) ABC-RN x Santa Cruz-PE Arena das Dunas
06/09/2014 21:00 (Saba) Oeste x Ceará Amaros
06/09/2014 21:00 (Saba) Luverdense x Vila Nova-GO Passo das Emas

Por Cleber Santista – Vasco e Portuguesa ficam no empate, por 1 a1 na Série B.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ 1 X 1 PORTUGUESA-SP

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data: 31 de maio de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: João Patrício de Araújo (GO) e Jesmar Miranda de Paula (GO)
Cartões amarelos: Marlon, Guilherme Biteco, Marlon e Edmílson (Vasco); Rudinei, Luciano Castán e Caion (Portuguesa)
Gols:
VASCO: Rodrigo, aos 13min do primeiro tempo
PORTUGUESA: Gabriel Xavier, aos 29min do primeiro tempo

VASCO: Diogo Silva, Diego Renan, Luan, Rodrigo (Douglas Silva) e Marlon; Fabrício, Pedro Ken, Douglas e Guilherme Biteco (Yago); Montoya (Rafael Silva) e Edmilson
Técnico: Adilson Batista

PORTUGUESA: Tom, Arnaldo, Gustavo, Wagner e Luciano Castán; Renan, Coutinho (Caion), Rudnei, Allan Dias e Gabriel Xavier (Caio); Serginho
Técnico: Marcelo Veiga

ICFUT – Portuguesa escapa da Série C e perde pontos da partida em Joinville

Fonte: esporteinterativo

Portuguesa também foi punida com uma multa de R$50 mil

Jogadores abandonaram o gramado em Joinville por conta de liminar apresentada por cartola rubro-verde.

Gazeta Press – Jogadores abandonaram o gramado em Joinville por conta de liminar apresentada por cartola rubro-verde.

O julgamento desta quarta-feira não foi tão cruel quanto poderia ser para a Portuguesa e seus torcedores: o clube, ao invés de ser excluído da Série B do Campeonato Brasileiro e automaticamente rebaixado para a terceira divisão, perdeu os pontos por conta do abandono de campo ocorrido em Joinville, na primeira rodada do torneio. Com isso, na tabela constará uma derrota do time rubro-verde por 3 a 0 para a equipe de Santa Catarina. A Lusa também foi punida com uma multa de R$50 mil.

O relator José Nascimento seguiu a recomendação do procurador Alessandro Kishino e condenou o clube, seguido por todos os demais votantes, no artigo 205, prevendo multa e derrota, mas isentou a Lusa do artigo 231 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que rebaixaria o clube. "Entendo não ser o caso de exclusão do campeonato. Não visualizo a vontade de influenciar de modo ilegal o resultado da partida. O comportamento da Lusa tem mais relação a amadorismo do que a vontade de manipular o resultado".

O advogado da Portuguesa, José Luiz Ferreira de Almeida, durante o julgamento, argumentou que a boa-fé do clube não poderia ser questionada por conta do time ter entrado em campo contra o Joinville, e reiterou a não-premeditação da saída de campo. Ferreira de Almeida ainda alfinetou a CBF, que alegava que a liminar utilizada pelo clube não teria validade legal. "Enquanto uma liminar não for cassada, ela tem eficácia. Tanto que a CBF,  em um sábado, no meio do feriado, se movimentou para cassar a liminar. Por que então todo esse desespero?".
O presidente Ilídio Lico pediu por diversas vezes que a punição recaísse apenas sobre si. “Peço que, se alguém tiver de ser penalizado, que seja eu”. Lico também argumentou em sua defesa que tirou o time de campo por conta de ameaças contra sua pessoa. "Falavam que eu seria preso, que estava descumprindo uma ordem judicial. Meu filho Ricardo começou a tremer, minha mulher passou mal. Segui as orientações de um conselheiro que é da Justiça, Fernando Guimarães, que fez um terror em mim”. O presidente, entretanto, recebeu punição de 240 dias e multa no valor de R$100 mil.
Lico também defendeu o treinador Argel Fucks, que havia sido indiciado e poderia pegar pena de até 360 dias afastado do futebol. “Digo que o treinador nunca deveria ser indiciado por isso. As ordens foram minhas. Ele não sabia".  O técnico rubro-verde, porém, contradisse o presidente, e afirmou que sabia da ação do clube. "Eu já sabia que tinha uma liminar. E tinha recebido uma ordem prévia de que o jogo deveria parar se a liminar chegasse. Mesmo não concordando, eu fiz. Era melhor não ter entrado em campo, do que entrar e sair no meio. Tinha convicção de o que estava fazendo era ilegal, era vergonhoso". O técnico foi punido com 4 jogos de suspensão.
Responsável por levar a liminar à beira do gramado, o filho de Ilídio Lico, Marcos Rogério, também tentou argumentar que o culpado pela paralisação teria sido o delegado da partida, Laudir Zermiani. "Eu não abordei ele falando que tiraria o time de campo. Disse apenas que o jogo deveria parar por causa da liminar. Quem entrou em campo paralisando o jogo, na minha visão, foi ele". A pena de Marcos Rogério é similar à do pai, com 240 dias de suspensão, porém com multa reduzida: apenas R$80 mil.

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 – SÉRIE B

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LINK 1 – JOGOS  AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

Clube PG J V E D GP GC SG A%
América-RN 3 1 1 0 0 3 1 2 100,0
Paraná-PR 3 1 1 0 0 2 0 2 100,0
Ceará-CE 3 1 1 0 0 1 0 1 100,0
Bragantino-SP 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
Náutico-PE 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
ABC-RN 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
América-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Atlético-GO 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Boa Esporte-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
10º
Icasa-CE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
11º
Ponte Preta-SP 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
12º
Santa Cruz-PE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
13º
Vasco da Gama-RJ 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
14º
Luverdense-MT 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
15º
Vila Nova-GO 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
16º
Joinville-SC 0 0 0 0 0 0 0 0 0
17º
Portuguesa-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
18º
Oeste-SP 0 1 0 0 1 0 1 -1 0,0
19º
Avaí-SC 0 1 0 0 1 1 3 -2 0,0
20º
Sampaio Corrêa-MA 0 1 0 0 1 0 2 -2 0,0

Artilharia

2 GOLS
América-RN – Max

1 GOL
ABC – Dênis Marques
América-MG – Obina
América-RN – Rodrigo Pimpão
Atlético-GO – Jorginho
Avaí – Roberto
Boa Esporte – Marinho Donizete
Bragantino – Léo Jaime e Tássio
Ceará – Tadeu
Icasa – Felipe Klein
Náutico – Hugo e Leleu
Paraná – Edson sitta e Paulinho
Ponte Preta – Edno
Santa Cruz – Betinho
Vasco – Reginaldo

1ª RODADA
18/04 – 19h30 Sampaio Corrêa-MA 0 x 2 Paraná-PR
18/04 – 19h30 Vila Nova-GO 0 x 0 Luverdense-MT
18/04 – 19h30 Joinville-SC x Portuguesa-SP
18/04 – 21h50 Ponte Preta-SP 1 x 1 Icasa-CE
19/04 – 16h20 Bragantino-SP 2 x 2 Náutico-PE
19/04 – 16h20 Santa Cruz-PE 1 x 1 ABC-RN
19/04 – 16h20 Boa Esporte-MG 1 x 1 Atlético-GO
19/04 – 16h20 Vasco da Gama-RJ 1 x 1 América-MG
19/04 – 21h00 América-RN 3 x 1 Avaí-SC
19/04 – 21h00 Ceará-CE 1 x 0 Oeste-SP
2ª RODADA
22/04 – 21h50 Avaí-SC x Bragantino-SP
25/04 – 19h30 Icasa-CE x Sampaio Corrêa-MA
26/04 – 16h20 Portuguesa-SP x Santa Cruz-PE
26/04 – 16h20 Luverdense-MT x Vasco da Gama-RJ
26/04 – 16h20 Atlético-GO x Ponte Preta-SP
26/04 – 16h20 Oeste-SP x América-RN
26/04 – 16h20 Náutico-PE x Vila Nova-GO
26/04 – 16h20 Paraná-PR x Joinville-SC
26/04 – 21h00 América-MG x Ceará-CE
26/04 – 21h00 ABC-RN x Boa Esporte-MG

ICFUT – CBF sinaliza nova punição à Lusa após abandono de campo em Joinville

Joinville x Portuguesa (Foto: Carlos Junior/Folhapress)
Portuguesa resolveu tirar o seu time de campo (Foto: Carlos Junior/Folhapress)

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronunciou oficialmente na noite desta sexta-feira sobre a interrupção da partida entre Portuguesa e Joinville, na Arena Joinville, válida pela primeira rodada da Série B do Brasileirão. Em nota lida no “Jornal Nacional”, da Rede Globo, a enditade afirmou que o abandono de campo por parte dos jogadores lusitanos será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportivo (STJD).

Os jogadores da Lusa saíram de campo aos 17 minutos do primeiro tempo, com o jogo empatado por 0 a 0, por conta de uma liminar que devolve o clube temporariamente à Série A do Campeonato Brasileiro.

VEJA ABAIXO A NOTA DIVULGADA PELA CBF:

“O ato apresentado ao delegado do jogo não tem nenhum eficácia jurídica pois foi proferido por juíza incompetente e que descumpriu determinação do Superior Tribunal de Justiça, que decidiu que o juiz competente é a 2ª vara civil, da Barra da Tijuca, do Rio de Janeiro, que proferiu decisão contrária. A Portuguesa, apesar de advertida pelo juiz da partida, que deveria ter dado continuidade à partida, optou por não voltar, o que configura abandono de jogo ou WO, que será apreciado e julgado pelo STJD.”

 

Fonte: Lancenet

Por Cleber Santista – Portuguesa “descobre” liminar, volta à Série A e pede adiamento de estreia

Fonte: Portal UOL

A Portuguesa enviou um pedido formal à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) nesta quinta-feira para adiar a estreia da equipe rubro-verde na Série B do Campeonato Brasileiro. A diretoria descobriu uma liminar obtida por um torcedor na 3ª Vara Cível do Foro Regional da Penha, em São Paulo, que coloca o time do Canindé mais uma vez na primeira divisão do torneio nacional.

“A Portuguesa descobriu hoje [quinta-feira]. É uma ação de um torcedor, e a gente nem sabia que ela existia. Ele conseguiu uma liminar no dia 10, e a CBF pediu reconsideração. Ontem [quarta-feira], a juíza manteve a decisão liminar”, explicou Daniel Neves, advogado que tem trabalhado com a equipe rubro-verde no caso.

A Portuguesa foi punida por ter escalado o jogador Heverton na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013, em empate sem gols com o Grêmio. O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) considerou que ele estava em situação irregular e retirou quatro pontos do time paulista e o rebaixou para a segunda divisão.

Iniciou-se então uma batalha jurídica. Torcedores, entidades de classe, o Ministério Público de São Paulo e até a própria Portuguesa buscaram a Justiça Comum para tentar mudar a decisão do STJD. A CBF havia conseguido derrubar todas essas decisões.

Portanto, a liminar que a Portuguesa descobriu nesta quinta mudou o cenário. A decisão da juíza Adaísa Bernardi Isaac Halpern deve-se a uma ação movida pelo torcedor Renato de Britto Azevedo.

“Em face do exposto, concedo a antecipação de tutela e o faço para suspender os efeitos da decisão proferida pelo STJD em relação à Associação Portuguesa de Desportos, com o reestabelecimento dos quatro pontos que lhe foram retirados”, escreveu a juíza.

A decisão levou a diretoria rubro-verde a pedir adiamento da primeira partida do clube na Série B do Brasileiro. A Portuguesa estrearia contra o Joinville, em duelo marcado para a próxima sexta-feira.

“A Portuguesa não tem como entrar em campo porque há uma decisão judicial em sentido contrário. Se eu concordo ou não é outro caso, mas a Portuguesa cumpre decisões judiciais”, explicou Neves.

Um dos aspectos do confronto judicial é o conflito de competências. A CBF conseguiu concentrar as decisões urgentes sobre o caso no Rio de Janeiro, mas o torcedor obteve a liminar em São Paulo.

“É uma regra de processo civil: a decisão só é nula se houver decisão judicial nesse sentido. Essa decisão não poderia ser proferida porque contraria conflito de competência? Pode até ser. Mas enquanto não houver decisão expressa dizendo que é nula, a decisão é válida e eficaz”, completou o advogado que tem trabalhado com a Portuguesa.

Ampliar

Torcedores da Portuguesa protestam contra STJD14 fotos

Torcedores criticaram o STJD, que pode tirar pontos e rebaixar a equipe no Br

ICFUT -COPA DO BRASIL: São Paulo, Bragantino e Barueri avançam, mas Lusa e Bugre decepcionam

Fonte: futebolinterior

Doze times garantiram vagas nos jogos de volta. Três deles são paulistas. Sete confrontos estão definidos.

Campinas, SP, 9 (AFI) – Dos cinco times paulistas que entraram em campo, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, três avançaram à segunda fase e dois foram eliminados. São Paulo, Bragantino e Grêmio Barueri avançaram, enquanto dois foram eliminados – Portuguesa e Guarani. No total, foram disputados 12 jogos de volta, com vitórias de 10 mandantes, e mais dois jogos de ida. Até agora estão classificados 22 times para a segunda fase e definidos sete confrontos.

SÃO PAULO VENCEU FÁCIL
No Morumbi, ainda com um futebol questionável, o São Paulo venceu o CSA por 3 a 0, com gols de Alexandre Pato, no primeiro tempo, e dois gols de Luis Fabiano, na etapa final. Com isso fechou a série com seis pontos, porque tinha vencido em Maceió, por 1 a 0. Na próxima fase, o tricolor pega outro time alagoano, o CRB, que eliminou o Rondonópolis. Venceu em casa, por 2 a 0 e tinha empatado fora, por 2 a 2.

Em Bragança Paulista, o Bragantino também jogou “pro gasto” e venceu o Lajeadense-RS, por 1 a 0. Na ida, tinha empatado sem gols. Agora vai enfrentar o Figueirense, que venceu, de virada, pro 3 a 1, o Plácido de Castro-AC, que na ida tinha segurado o zero a zero.
Em casa, o Grêmio Barueri, que disputa a Série A2 Paulista, empatou sem gols com o Goianésia-GO. Lá em Goiás houve empate por 2 a 2, o que deu a vaga ao representante paulista porque marcou dois gols fora de casa. Méritos para o técnico Kleiton Lima, que se tivesse sido contratado antes já teria o time da ameçaa de rebaixamento no Paulista A2.
Na segunda fase, o Barueri vai enfrentar o vencedor de Criciúma e Londrina, que decidem vaga nesta quinta-feira, em Santa Catarina. A vantagem é do time do Paraná, que ganhou na ida por 2 a 0.

OS ELIMINADOS
À tarde, em Paulínia, o Guarani confirmou o seu mau momento ao perder para o modesto Santa Rita-Al, por 2 a 1. Lá em Alagoas, houve empate sem gols. Este jogo foi realizado em Paulínia, cidade vizinha a Campinas, porque oEstádio Brinco de Ouro passa por reformas.
O Santa Rita, ex-Corinthians Alagoano, vai enfrentar o Potiguar de Mossoró (RN), que eliminou a Portuguesa, mesmo perdendo por 2 a 1, nesta noite, no Canindé. Na idade, o time potiguar tinha vencido por 1 a 0 e ficou com a vaga por marcar um gol fora de seus domínios.
OUTROS JOGOS
Enquanto o Sport decidia em Fortaleza o título da Copa do Nordeste, os seus maiores rivais estavam em campo. O Náutico sofreu, mas ficou com a vaga ao eliminar o Sergipe nos pênaltis, por 3 a 1, após vencer no tempo normal por 1 a 0, devolvendo o resultado da ida. O Timbu vai pegar agora o vencedor de América-RN e Boa Vista-RJ, que farão o segundo confronto no dia 23 de abril. Na ida o time potiguar venceu por 2 a 1.
Ainda pelo jogo de ida, o Santa Cruz fez 1 a 0, fora de casa, diante do Lagarto, em Sergipe.
Em Goiânia, mesmo com time misto, por decidir o título estadual com o Goiás, no próximo domingo, o Atlético-GO empatou, por 2 a 2, com o Flamengo-PI e ficou com a vaga porque na ida tinha vencido por 1 a 0. Na outra fase, pega o ABC, de Natal, que eliminou o Desportiva-ES, em dois jogos.

NORTE E NORDESTE
Campeão maranhense, em casa, o Sampaio Corrêa fez 3 a 1 em cima do Interporto-TO, garantindo a vaga porque tinha empatado fora por 2 a 2, deixando o técnico Flávio Araújo satisfeito. Seu adversário será o Palmeiras. Em Campina Grande, com um gol no final, o Treze bateu o Tombense-MG, por 2 a 1, de virada, indo à segunda fase porque tinha empatado fora por 1 a 1.

Em Manaus, o Nacional-AM ganhou por 2 a 1 do São Luiz, de Ijuí (RS). Destaque para o meia Chapinha, que marcou os dois gols do time da casa.
Pela ida, em casa, o Novo Hamburgo (RS) ganhou por 1 a 0 do Joinville, preocupado com a decisão catarinense no próximo domingo.

Confira os resultados desta quarta-feira:

JOGOS DE VOLTA

Guarani-SP 1 x 2 Santa Rita-AL * (0 x 0)
Portuguesa-SP 2 x 1 Potiguar-M-RN * (0 x 1)
* Náutico-PE 1 (3) x 0 (1) Sergipe-SE (0 x 1)
* CRB-AL 2 x 0 Rondonópolis-MT (2 x 2)
* Figueirense-SC 3 x 1 Plácido de Castro-AC (0 x 0)
* Bragantino-SP 1 x 0 Lajeadense-RS (0 x 0)
* Treze-PB 2 x 1 Tombense-MG (1 x 1)
* Atlético-GO 2 x 2 Flamengo-PI (1 x 0)
* Grêmio Barueri-SP 0 x 0 Goianésia-GO (2 x 2)
* Sampaio Corrêa-MA 3 x 1 Interporto-TO (2 x 2)
* Nacional-AM 2 x 1 São Luiz-RS (2 x 2)
* São Paulo-SP 2 x 0 CSA-AL (1 x 0)
* Classificados à 2.ª fase

JOGOS DE IDA



Terça-feira

Rio Branco-AC 0 x 2 Chapecoense-SC *
Quarta-feira
Lagarto-SE 0 x 1 Santa Cruz-PE
Novo Hamburgo-RS 1 x O Joinville-SC

Confira os jogos de ida:

19h30
Paraná-PR x São Bernardo-SP (1 x 1)
Criciúma-SC x Londrina-PR (0 x 2)
Fluminense-RJ x Horizonte-CE (1 x 3)

Por Cleber Aguiar – Portuguesa consegue primeira vitória na Justiça para voltar à Série A

Fonte: O Estado de São Paulo

Juiz concede ao clube liminar que determina devolução dos pontos retirados pela CBF

Gonçalo Junior – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – No mesmo dia em que entrou na Justiça Comum para tentar recuperar a vaga na Série A do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa já conseguiu a primeira vitória. Nesta quarta-feira à tarde, o juiz Miguel Ferrari Júnior, da 43.ª Vara Cível de São Paulo, concedeu ao clube paulista uma liminar determinando que a CBF devolva os quatro pontos retirados pela punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva e que resultaram no rebaixamento no Campeonato Brasileiro do ano passado. Em termos práticos, a Portuguesa está de volta à Série A, mas a CBF pode recorrer. Também foi concedida a liminar que proíbe a Portuguesa de sofrer qualquer punição desportiva pelo fato de ter ingressado em juízo.

Liminar mudaria Brasileirão, que começa em abril - Alex Silva/Estadão - 11/08/2013

A vitória parcial da Portuguesa coloca em xeque o início do Campeonato Brasileiro, marcado para o dia 19 de abril. Na tabela divulgada pela CBF, a Portuguesa deveria disputar a Série B. O Fluminense, clube beneficiado pelo rebaixamento da Portuguesa, faria uma das partidas de abertura da Série A. A ação também cria atrito com a Fifa no ano da Copa do Mundo – a entidade orienta a confederações e federações a punir os clubes que procuram a Justiça Comum para resolver questões desportivas.

A ação protocolada pela Portuguesa tem três argumentos principais: descumprimento do Estatuto do Torcedor pela não publicação da suspensão de Heverton antes do jogo contra o Grêmio; atrasos no Boletim Informativo da CBF divulgando os atletas suspensos e pena desproporcional.

A entrada na Justiça Comum aconteceu mais de um mês depois da decisão unânime do Conselho Deliberativo do clube. Dois fatores explicam a demora. O primeiro deles foi uma estratégia jurídica para dificultar o contragolpe da Confederação Brasileira Futebol para tentar um eventual parecer favorável à Lusa. O segundo motivo foi financeiro. Mergulhado em uma crise sem precedentes, o presidente Ilídio Lico tentou várias vezes conseguir empréstimos com a própria CBF e a Federação Paulista de Futebol. Em todas as situações, ouviu que deveria desistir da vaga na elite para conseguir os adiantamentos. Na última segunda-feira, após nova resposta negativa das entidades, foi convencido pelo restante da diretoria, favorável à apelação.

Por Cleber Aguiar – Novela CBF! Justiça derruba liminar e rebaixa Betim à Série D do Brasileiro

Fonte: Futebolinterior.com.br

0002048173260_img

Ainda falta um mês para o início da Série C do Campeonato Brasileiro, mas a disputa pela terceira divisão está quente, muito quente. Isto porque nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de Futebol conseguiu uma liminar determinando o rebaixamento do Betim, atual Ipatinga, para a Série D do Brasileirão.

O time mineiro até já figurava na tabela da Série C, mas com um asterisco de “sub júdice”, indicando que o caso ainda estava pendente na Justiça. Caso o time não recorra à instância superior na Justiça comum, terá que disputar a quarta divisão nesta temporada.

A sentença assinada pelo Desembargador Mota e Silva, que compõe a 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Ele proferiu decisão suspendendo os efeitos da decisão de 1º grau do Juízo da 4ª Vara Cível da Comarca de Betim, que impedia a CBF de cumprir a penalidade aplicada pelo STJD de rebaixar do time mineiro.

O Betim foi rebaixado à Série D em novembro do ano passado, por decisão da Terceira Comissão Disciplinar do STJD. O tribunal puniu o time mineiro em virtude do não pagamento de uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação do atacante Pablo Escobar. A sanção, prevista no Código Disciplinar da Fifa, foi confirmada pelo Pleno em fevereiro deste ano.

O clube, então, acionou a Justiça Comum e a 4ª Vara Cível de Betim concedeu decisão favorável ao clube mineiro. A CBF acatou a determinação e, ainda no mês passado, divulgou a tabela da Série C com a presença do Betim. O STJD, contudo, não aprovou a decisão e decidiu pela suspensão das tabelas tanto da Série C quanto da Série D.

Depois desta decisão, o tribunal recuou e decidiu liberar a publicação da tabela da terceira divisão, confirmando a inclusão do Betim. Pela definição da CBF, que não alterou a programação dos jogos, a equipe mineira fará sua estreia na competição no dia 27 de abril, contra o Cuiabá, fora de casa.

0002048173262_imgPreparem-se para a guerra!
Em meados de fevereiro, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, assinou um documento, que foi publicado no site da entidade, comunicando o rebaixamento do Ipatinga. Na carta , o dirigente afirma estar cumprindo uma determinação do STJD e que, nos próximos dias, publicaria o nome do substituto e os critérios para a substituição, o que não aconteceu. .

Este foi apenas o primeiro capítulo de uma guerra jurídica que deve tomar conta da Série C, nos próximos dias. Com o rebaixamento do Ipatinga, o Crac,que caiu em campo, deveria permanecer na terceira divisão. Se o Tiradentes, quinto colocado da Série D, subir, no entanto, o time goiano deve pleitear a vaga no STJD e, posteriormente, na Justiça Comum.

Quem também batalha na Justiça para evitar a queda é o Brasiliense. O time do senador cassado Luiz Estevão (foto) foi o terceiro rebaixado no Grupo A, acima de Baraúnas-RN. Neste caso, o Jacaré contesta a mudança de regulamento em 2013. Por conta da entrada do Treze, foram rebaixados três e não dois times no Grupo A, como previa o regulamento.

Os times se aproveitam do precedente aberto pela CBF ao confirmar Treze e Rio Branco-AC na disputa da Série C em 2013. Ambos times entraram pela porta dos fundos, por meio de liminares na Justiça Comum. O caso até foi parar no Superior Tribunal de Justiça (STF).

O ministro Luiz Fux determinou uma edição com 21 clubes, o que deve se repetir neste ano, já que o Estatuto do Torcedor afirma que a fórmula de disputa de um torneio só pode ser alterado depois de dois anos de disputa.