ICFUT – Champions League 2017/2018 – Liverpool (ING) 5×2 Roma (ITA) – Semi Final

FICHA TÉCNICA
Liverpool 5 x 2 Roma

Data/Hora: 24/4/2018 – 15h45
Local: Anfield Road, Liverpool (ING)
Árbtiro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Gols: Salah (35’/1ºT, 1-0), Salah (45’/1ºT, 2-0), Mané (10’/2ºT, 3-0), Firmino (15’/2ºT, 4-0), Firmino (23’/2ºT, 5-0), Dzeko (35’/2ºT, 5-1) e Perotti (39’/2ºT, 5-2)
Cartões Amarelos: Juan Jesus (25’/1ºT), Arnold (38’/1ºT), Lovren (28’/2ºT) e Fazio (42’/2ºT)

Liverpool: Karius; Arnold, Lovren, Van Dijk e Robertson; Henderson, Milner, Oxlade-Chamberlain (Wijnaldum – 17’/1ºT), Salah (Ings – 29’/2ºT), Mane e Firmino (Klavan – 47’/2ºT). Técnico: Jurgen Klopp

Roma: Florenzi, Fazio, Manolas, Juan Jesus (Perotti – 21’/2ºT) e Kolarov; De Rossi (Gonalons – 21’/2ºT), Strootman, Ünder (Schick – Intervalo), Nainggolan e Dzeko. Técnico: Eusebio Di Francesco

ICFUT – Champions League 2017/2018 – QUARTAS DE FINAIS

Roma 3 x 0 Barcelona – Champions League – 10/04/2018 – Liga dos Campeões

Manchester City 1 x 2 Liverpool – Champions League – 10/04/2018

Bayern de Munique 0 x 0 Sevilla – Champions League – 11/04/2018

Real Madrid 1 x 3 Juventus – Champions League – 11/04/2018

ICFUT – Champions League 2017/2018 – QUARTAS DE FINAIS

Juventus 0 x 3 Real Madrid – Melhores Momentos – Champions League (03/04/2018)

Sevilla 1 x 2 Bayern – Melhores Momentos – Champions League (03/04/2018)

Barcelona 4 x 1 Roma – Melhores Momentos – Champions League – 04/04/2018

Liverpool 3 x 0 Manchester City – Melhores Momentos – Champions League – 04/04/2018

Por Edgar – Premier League termina com City campeão e United fora das competições europeias

Após um eletrizante campeonato inglês o City confirmou o 4º titulo inglês e deixou o Liverpool que esteve perto de quebrar seu jejum de 24 anos em segundo lugar, Chelsea e Arsenal garantiram 3º e 4º Lugar e se juntam para a disputa da champions league, Everton fica com a Liga Europa, destaque negativo para o United que fica fora das competições europeias.

Manchester City vs West Ham 2-0

Liverpool vs Newcastle 2-1

Sem título

Por Edgar – City apenas empata com lanterna e se aproxima dos Reds e Blues

Time de Manchester se salva de derrota no fim do jogo com o Sunderland, e fica a seis pontos do líder Liverpool, a quatro rodadas para o fim do Campeonato Inglês

Manchester City perdeu a oportunidade de se aproximar dos líderes Liverpool e Chelsea nesta quarta-feira e diminuiu as chances de conquistar o título do Campeonato Inglês. Em jogo atrasado da 26ª rodada, empatou por 2 a 2 com o Sunderland, lanterna da competição, no Etihad Stadium, e foi a 71 pontos, seis a menos do que os Reds, com uma partida a menos ainda – falta enfrentar o Aston Villa em jogo atrasado. Restam quatro rodadas para o fim da competição.

O volante brasileiro Fernandinho abriu o placar, mas os visitantes surpreenderam e viraram na etapa final com dois gols de Wickham. Quase no fim do jogo, Nasri empatou e, na sequência, perdeu a chance de virar o jogo.

– Feliz pelo gol marcado, mas um pouco triste pelo resultado. Começamos bem e depois diminuímos o ritmo. O Sunderland cresceu e virou o jogo, no final empatamos. Porém, já era tarde. Agora, ficou mais difícil o título, mas ainda continuamos acreditando. Não podemos perder mais nenhum ponto sequer – disse Fernandinho por meio de sua assessoria de imprensa.

Fernandinho Manchester City (Foto: Reuters)
Texto: Globoesporte.com

 

Por Edgar – Premier League – Liverpool bate City e fica perto de quebrar jejum desde 1990.

Liverpool 3vs2 Manchester City

Assim que o juiz apitou o fim da partida, o capitão Steven Gerrard foi às lágrimas. Não era tristeza, mas felicidade. Afinal, o Liverpool, no estádio Anfield lotado, derrotou o Manchester City por 3 a 2 e se estabeleceu de vez na liderança do Campeonato Inglês, dando um passo importante para conquistar seu 19º título da liga nacional, encerrando um jejum que vem desde 1990. O herói do triunfo foi o brasileiro Philippe Coutinho, autor do gol que garantiu a vitória, quando o City pressionava pela virada.

Agora, o Liverpool soma 77 pontos, contra 70 do City, que está na terceira posição, mas tem dois jogos a menos. Se antes os Citizens poderiam passar os Reds caso vencessem as partidas que ainda precisam fazer, agora terão de torcer por um tropeço do concorrente para chegarem à liderança. Em segundo lugar está o Chelsea, com 72 pontos.

Texto: Globoesporte.com

Por Cleber Aguiar – Com arbitragem confusa, Liverpool vence e volta à ponta

Fonte: O Estado de São Paulo

103078

Gerrard marca duas vezes de pênalti

Sob olhares de Carlos Alberto Parreira, que estava nas tribunas do Upton Park, o Liverpool voltou à ponta do Campeonato Inglês neste domingo e segue dependendo apenas de suas próprias forças para garantir o título desta temporada. Em dia de arbitragem muito confusa de Anthony Taylor, a equipe derrotou o West Ham por 2 a 1, mesmo fora de casa, com dois gols de pênalti de Steven Gerrard, sendo o segundo mal marcado. Demel, também em lance irregular, marcou o dos mandantes.

O resultado levou a equipe a 74 pontos, dois à frente do vice-líder Chelsea e quatro à frente do Manchester City, que tem dois jogos a menos. City e Liverpool ainda duelarão no campeonato. Por outro lado, o West Ham faz campanha mediana e é apenas o 11.º colocado, com 37 pontos.

A primeira chance neste domingo foi do Liverpool. Philippe Coutinho cobrou lateral rapidamente para Luis Suárez, que aproveitou a desatenção da zaga e tocou por cobertura, mas a bola bateu no travessão. A resposta do West Ham saiu na sequência, com Diamé. Ele recebeu, girou sobre a marcação e bateu por cima.

Mas o primeiro gol do jogo foi mesmo do Liverpool. Aos 43 minutos, Suárez recebeu na área, tentou o drible e só foi parado porque Tomkins colocou a mão na bola. O árbitro viu e marcou pênalti, que Gerrard bateu com categoria, deslocando o goleiro para marcar.

O empate, no entanto, não demorou a sair. Aos 47 minutos, após escanteio da direita, Andy Carroll subiu para dividir com Mignolet e acertou um tapa em seu rosto. A bola, que estava sob controle do goleiro, caiu nos pés de Demel, que marcou. O auxiliar viu a infração e assinalou falta, mas Anthony Taylor ignorou e confirmou o gol, para revolta dos visitantes.

Talvez querendo compensar, Anthony Taylor voltou a errar, dessa vez a favor do Liverpool. Aos 25 minutos, Lucas Leiva tocou para Henderson. O meia tentou driblar o goleiro Adrián, que saiu bem e tocou na bola. O árbitro, no entanto, assinalou outro pênalti. Gerrard, novamente, bateu bem e marcou. Suárez, minutos depois, quase marcou um golaço, mas voltou a acertar o travessão.

Por Edgar – Liverpool atropela Tottenham por 4×0 e assume ponta do Inglês restando 6 rodadas.

Uma 32ª rodada praticamente perfeita mostrou ao Liverpool que o sonho do primeiro título do Campeonato Inglês após 24 anos é real. Os Reds, dono de elenco inferior numericamente a Manchester City e Chelsea, aproveitaram-se dos tropeços dos rivais e conseguiram voltar à liderança com uma exibição de gala. Azar do Tottenham, atropelado por 4 a 0, no Anfield, em mais uma jornada especial de Luis Suárez.

O uruguaio não apenas deixou a sua marca. Ele infernizou a defesa dos Spurs, aterrorizada e com dose alta de responsabilidade pelo resultado. Chegou aos 29 gols na Premier League, tornando-se o maior artilheiro do Liverpool desde que o torneio passou a ser organizado, em 1992. Ainda restam seis rodadas, o que permite ao camisa 7 almejar também o recorde de Andy Cole (1993/94) e Alan Shearer (1994/95), ambos com 34 gols. Não custa lembrar que o atacante também é o líder de assistências – 11 ao todo.

texto: globoesporte.com