Por Cleber Aguiar – Independente 2 x 0 Capivariano – Galo é campeão da Segundona!

Fonte: Futebolinterior.com.br

O time de Limeira volta a conquistar um título após quatro anos e está na Série A3

 O Independente é o campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2011. Na manhã deste domingo, o Galo venceu o Capivariano, por 2 a 0, no Estádio Comendador Agostinho Prada, em Limeira, no segundo jogo da final. Joãozinho e Bismaque marcaram os gols do time limeirense, que chega à sua terceira conquista da divisão de acesso do futebol paulista (antes o Galo havia ganho em 1973 e 1999).

No jogo de ida, o Independente tinha sido derrotado, por 2 a 0, em Capivarí. Assim, com a vitória por dois gols de diferença no jogo de volta, o time de Limeira leva a taça por ter feito melhor campanha em relação à somatória de todas as fases da Segunda Divisão. No final do jogo, os times se envolveram em uma tremenda confusão generalizada, mas nada que apagasse o brilho da conquista do Galo Limeirense.

Galo mais perto da taça!
O primeiro tempo teve o Capivariano querendo aumentar a vantagem conquistada no jogo de ida. Mesmo com toda a torcida contrária, o time visitante levou perigo logo aos dois minutos. Alamir chutou, mas a bola bateu na zaga e sobrou para o artilheiro Romão. O atacante fez o giro dentro da área e chutou forte, mas a bola passou à direita do gol de Diego, que ficou somente olhando.

O Capivariano continuou melhor no jogo e teve nova oportunidade aos 19. Pedro Henrique cobrou escanteio do lado esquerdo e Alamir se antecipou para testar forte, mas o goleiro Diego fez uma defesa sensacional e evitou o gol dos visitantes. A torcida do Independente percebeu que precisava fazer a diferença e voltou a incentivar o time das arquibancadas.

Com as chances desperdiçadas, o Capivariano viu o Independente abrir o placar. Aos 27, Joãozinho cobrou falta da intermediária e acertou o ângulo direito do gol de Douglas, que ainda se esticou todo, mas sem conseguir fazer a defesa: 1 a 0. A torcida logo continuou incentivando, pois sabia que somente mais um gol já bastaria para comemorar a conquista da Segundona.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para seu final, o Galo deixou a torcida enlouquecida. Aos 48, Murilo Silva fez grande jogada pela direita e deu um passe açucarado para Bismarque. De dentro da área o atacante somente tocou de primeira, a bola ainda bateu no travessão antes de cair dentro da meta do Capivariano: 2 a 0.

São Diego!
O segundo tempo teve um personagem em especial: o goleiro Diego, do Independente. O arqueiro foi o nome da segunda etapa, principalmente para impedir que o Capivariano marcasse o gol e levasse o título para Capivarí. Aos oito minutos, Ivanzinho cruzou direto e o goleiro Diego precisou se esticar para evitar o gol dos visitantes, com um toque leve pela linha de fundo.

O time visitante continuou insistindo no gol. Aos 10, Romão chutou de dentro da área e o goleiro Diego novamente fez a defesa para salvar o time da casa. Após isso, o Galo teve a chance de matar de vez o jogo. Aos 14, Bismaque recebeu passe de Joãozinho e tocou na saída do goleiro Douglas, mas a bola foi pela linha de fundo.

O Independente queria o terceiro gol. Aos 19, Petterson desviou de cabeça e Gilberto chutou de dentro da pequena área, mas acertou a trave esquerda do gol do Capivariano. Os visitantes responderam aos 25. Régis Renan chutou forte de longe e o goleiro Diego espalmou pela linha de fundo para salvar o Galo.

A partida continuou aberta e tanto Independente quando Capivariano queriam o gol. Aos 29, Joãozinho cobrou falta certeira e o goleiro Douglas conseguiu espalmar pela linha de fundo para impedir o terceiro gol do Galo. O time de Capivarí ainda continuou buscando o gol, mas a defesa do time de Limeira segurou o resultado e o título estadual.

Ficha Técnica

Independente 2 x 0 Capivariano

Local: Estádio Comendador Agostinho Prada, em Limeira (SP)
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes: Alex Alexandrino e Fabio Rogério Baesteiro
Cartões amarelos: Alexandre e Thiago Pereira (Independente); Thiaguinho, Oliveira, Ivanzinho e Tom (Capivariano)
Gols: Joãozinho 27’/1T e Bismaque 48’/1T (Independente)

Independente
Diego; Gilberto, Carlos Diego, Petterson e Thiago Pereira; Murilo Silva (Gustavo), Márcio, Alexandre e Joãozinho (Marcelo); Bismaque (Daniel) e Leandro Neves.

Técnico: Jorge Parraga.

Capivariano
Douglas; Lucas, Oliveira, Kelisson e Pedro Henrique; Régis Renan, João Paulo (Tom), Adoniran (Thiaguinho) e Ivanzinho; Alamir (Willian) e Romão.

Técnico: Genildo Cavalcanti.