ICFUT – DAS ANTIGAS – Clube de Futebol da Universidade Mackenzie – Associação Atlética Mackenzie College

Fontes: Wikipedia / Eventos.Turismos.gov

Associação Atlética Mackenzie College

Índice

Associação Atlética Mackenzie College foi uma equipe brasileira de futebol da cidade de São Paulo.

Fundada em 18 de agosto de 1898 por alunos da Universidade Mackenzie, participou por 13 vezes do Campeonato Paulista. O Mackenzie foi o primeiro clube fundado no Brasil por brasileiros e para brasileiros para a prática do futebol] e o primeiro neste país a praticar o basquetebol.

wqwqwqweqHistória

Em 1896, um professor, Sr. Augusto Shaw, retornava dos Estados Unidos e começava a fazer uma grande propaganda de esportes como o basquete, o futebol e o rugby. Muitos alunos se interessaram por estes “divertimentos” e em 1898 se reuniram para fundar a Associação Atlética Mackenzie College.

Entre os fundadores do Mackenzie estava Belfort Duarte. Esse maranhense, estudante do colégio, foi quem fundou, anos mais tarde, o America Football Club do Rio de Janeiro, além de ter sido o responsável pelo fato de o America ter tantos “clones” pelo Brasil inteiro. Mesmo em São Paulo, Belfort Duarte viria a fundar um América FC em 1916 (que mais tarde se chamaria Tremembé FC). Foram alguns alunos do Mackenzie que introduziram, em 1902, o futebol em Santos e em Sorocaba.

h0271e[1]

Dentre os maiores ídolos do clube se encontra Manuel Nunes, também conhecido como Neco (apesar de no Mackenzie ele preferia ser chamado de Nunes, pois não jogando no Corinthians ele fala que preferia ser outro, ele atuou em 1915, pois a maioria dos jogadores do Corinthians foram emprestados e outros clubes porque o Alvinegro não disputaria nenhuma Liga aquele ano, somente amistosos

O Mackenzie foi um dos fundadores da primeira liga de futebol do Brasil, a Liga Paulista de Futebol. Em 3 de maio de 1902 o primeiro jogo oficial da história do futebol paulista e brasileiro foi realizado entre Mackenzie e Germânia, tendo a equipe vencido por 2×1 com um gol de Eppingaux, um dos fundadores, que será conhecido para sempre como o autor do primeiro gol oficial do futebol brasileiro.

Em 1920 o Mackenzie se juntou à Portuguesa e formou o Mack-Port. A nova equipe durou 3 anos. Em 1923 a união se desfez e o Mackenzie se retirava de campo.

O primeiro torneio oficial em São Paulo

Em 3 de maio de 1902 foi organizado o primeiro torneio oficial em São Paulo, o Campeonato Paulista. O jogo de abertura foi realizado entre Mackenzie e Germânia (2 a 1, respectivamente), no Parque Antártica.

Fundada em 18 de agosto de 1898 e extinta em 1923, a Associação Atlética Mackenzie College participou por 13 vezes do Campeonato Paulista e foi o primeiro clube no País a praticar o basquetebol.

Já o Sport Club Germânia foi fundado por um alemão em 1899 e, durante a Segunda Guerra Mundial, assumiu a denominação de Esporte Clube Pinheiros, atualmente considerado um clube de destaque na prática amadora de várias modalidades esportivas.

Com o nome de Sport Club Germânia, a equipe disputou 26 vezes o Campeonato Paulista de Futebol e conquistou títulos em 1906 e 1915. Em 1909, estreou Arthur Friedenreich, primeira grande estrela do futebol brasileiro em sua fase amadora, que durou até 1933. Filho de um comerciante alemão com uma lavadeira negra brasileira, Friedenreich nasceu no bairro da Luz, em São Paulo.

Por Cleber Aguiar – Milan espera ‘corroer’ o Barcelona

Fonte: O Estado de São Paulo

Diante do melhor time do mundo, treinador da equipe italiana fala em marcação forte e alto poder ofensivo

BARCELONA – O placar de 0 a 0 no jogo de ida reservou para hoje, às 15h45 (horário de Brasília), no Camp Nou, todas as emoções de um embate entre dois campeões mundiais. Até o favoritismo do atual vencedor da Copa dos Campeões, o Barcelona, é deixado de lado quando o rival é o Milan, equipe que soube neutralizar o poderoso ataque adversário no confronto em Milão e espera voltar para a Itália com a vaga nas semifinais do torneio. O técnico do Barça, Pep Guardiola, resume bem a situação. “A análise é muito simples: quem vencer, passará às semifinais. Então só nos resta ganhar a partida”, diz.

Veja também:
link Cassano recebe liberação para voltar a jogar
link Mourinho promete poucas mudanças no Real Madrid

Alexandre Pato é uma das armas do Milan - Filippe Singer/EFE
Filippe Singer/EFE
Alexandre Pato é uma das armas do Milan

Se houver empate com gols, a vaga será do Milan. Se o 0 a 0 se repetir, a decisão será nos pênaltis. Ciente de que não adianta tentar jogar de igual para igual com o Barcelona, Massimiliano Allegri vai usar a mesma tática do primeiro jogo, com marcação forte, e até mandou suas principais estrelas – Ibrahimovic, Boateng e Robinho – treinar pênaltis. “O Barcelona é o time mais forte do mundo e o que apresenta o melhor futebol. Isso é visível para todos. O Milan tem características similares ao Barça, mas jogar contra ele nos obriga a fazer algo diferente”, comenta Allegri. “Temos de fazer uma partida melhor que a que fizemos no San Siro. E ter poder ofensivo.”

A grande preocupação do Milan é com a ótima movimentação do adversário. Allegri sabe que não pode bobear e qualquer desatenção poderá custar a vaga para a próxima fase. Uma boa notícia é que ele poderá contar com Alexandre Pato, recuperado de lesão, que deve iniciar no banco de reservas. No ataque, a esperança recai sobre Ibrahimovic e Robinho, apesar de Allegri não ter confirmado o time titular.

O capitão Ambrosini espera que seus companheiros consigam frear o ímpeto de Messi e companhia. “Essa partida tem de ser disputada com valentia e coragem. É a única maneira de enfrentar o Barça. Se deixarmos eles jogarem, poderá acontecer o pior”, explica. “Acho que chegou o momento de ganharmos.”

No lado do Barça, a grande dúvida é a presença de Xavi. O jogador de 32 anos não enfrentou o Athletic Bilbao no fim de semana e perdeu os dois últimos treinamentos do time. Guardiola está preocupado, mas vai esperar até o último momento para decidir. “Nós optamos por não forçar a barra nos treinamentos, ele foi poupado e fará um teste antes da partida para saber se tem condições de jogo”, resume.

Em Munique. Em outra partida hoje, o Bayern tem uma situação mais tranquila: como venceu o Olympique de Marselha por 2 a 0 no jogo de ida, basta fazer a lição de casa para se garantir nas semifinais. O time alemão pode até perder por um gol de diferença que mesmo assim garante a vaga. Aos franceses, resta vencer por dois gols ou mais um time que, das últimas 13 partidas que fez na competição em seus estádio, venceu 12. “As chances existem, mas são mínimas”, reconhece Didier Deschamps, técnico do Olympique. “Vamos dar o máximo e fazer o nosso melhor, mas sabemos que o Bayern é muito bom em seu campo.”

Com um pé na semifinal, o Bayern não quer correr riscos e o capitão Lahm já avisou que o time precisa manter a mesma postura das outras partidas. “Nós queremos ser uma das quatro melhores equipes da Europa. Estamos em uma situação muito boa e, se entrarmos em campo concentrados e jogarmos o nosso futebol, não teremos problemas para avançar”, afirma.

Quem também quer aproveitar a partida para fazer gols é o atacante Mario Gomez, que tem 11 na competição e está apenas um gol atrás de Messi, artilheiro do torneio. Mas ele evita comparações. “Eu não sou louco o suficiente para me comparar a ele. Messi é o melhor do mundo.”

BARCELONA X MILAN  – ao vivo no ICFUT – Clique Aqui !

ICFUT – Liga dos Campeões da UEFA – ao vivo aqui !

Videos

http://www.vertvonline.org/

http://www.rojadirecta.org/

http://www.futebolaovivo.net/tvonline.php

http://www.eugeniosvirtual.com/tevirtual/jogos_vivo.html

http://www.tvaovivogratis.net/

http://www.tvgol.org/

http://www.tvbr.rg3.net/

http://www.assistirtvgratis.net/

http://tvdenet.blogspot.com/

 

via audio

Rádios de São Paulo

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerAoVivoSP.htm

http://radiobandeirantes.com.br/

http://playersradios.band.com.br/?r=rb_bandnewsfm_sao

http://transanet.telium.com.br/player.php#

Rádio de Santos

http://www.radiocultura.com.br/am/ronline.htm

Rádio – Gaúcha

Rádio –  Presidente Prudente

http://www.prudente.am.br/radio_am.php

Rádio –  Goiânia

http://player.globoradio.globo.com/MusicCenter/0,,8476,00.html

Rádio –  Belo Horizonte

http://cbn.globoradio.globo.com/Player/playerAoVivoBH.htm

Rádio –  Rio de Janeiro

http://radioglobo.globoradio.globo.com/estudiorg/estudiorg.htm?praca=RJ&id=0

http://www.radios.com.br:8080/play/1_cbn860rio-br.htm

Rádio – Fortaleza

http://radioglobofortaleza.com.br/player_globoam/index.php#

Rádio – Florianopolis

http://www.radioguaruja.com.br/

Jogos

24/11/2010 17:45 A Internazionale x Twente
24/11/2010 17:45 A Tottenham x Werder Bremen
24/11/2010 17:45 B Hapoel Tel Aviv x Benfica
24/11/2010 17:45 B Schalke 04 x Lyon
24/11/2010 17:45 C Glasgow Rangers x Manchester United
24/11/2010 17:45 C Valencia x Bursaspor
24/11/2010 17:45 D Panathinaikos x Barcelona
24/11/2010 15:30 D Rubin Kazan x Copenhagen

Por Edgar Santista – Hoje tem Liga dos Campeões !

Fonte: Globo.com

Fase de grupos pode ter todos os classificados neste meio de semana

Treze times se juntariam a Bayern de Munique, Chelsea e Real Madrid nas oitavas de final de forma antecipada. Milan, Barcelona e Inter estão entre eles

Por GLOBOESPORTE.COM Rio de Janeiro

É improvável, porém não impossível. A Liga dos Campeões da Europa pode conhecer todos os seus 16 classificados às oitavas de final nesta semana, ainda pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos. Faltam 13 vagas que podem ser preenchidas até quarta-feira por Roma, Spartak de Moscou ou Olympique de Marselha, Milan, Arsenal, Shakhtar, Inter de Milão, Tottenham, Lyon, Schalke, Manchester United, Valencia, Barcelona e Copenhague.

Ibrahimovic Etoo Rooney MessiMilan, de Ibrahimovic, Inter de Milão, de Eto’o, Manchester United, de Rooney, e Barcelona, de Messi, são quatros dos 13 times com chances de classificação às oitavas nesta semana (Foto: Montagem – Reuters)

Bayern de Munique, Chelsea e Real Madrid já estão lá. Os alemães e ingleses garantiram a vaga ao vencerem todas as suas quatro partidas até aqui e devem também ficar com o primeiro posto de suas chaves. Os espanhois se beneficiaram de um confronto direto entre Milan e Ajax, na última rodada, impossibilitando que ambos o alcancem na tabela.

Terça-feira: Milan e Roma dependem de combinações

Os italianos, inclusive, passam por boa fase na temporada. Lideram o Campeonato Italiano com 29 pontos, três a mais que o Lazio, mas necessitam da ajuda alheia para se classificar de forma antecipada no Grupo G. Com ou sem Ronaldinho Gaúcho, barrado recentemente pelo técnico Massimiliano Allegri, o Rubro-Negro precisa derrotar o Auxerre, na França, e contar com um triunfo do Real Madrid sobre a equipe do uruguaio Luis Suárez, na Holanda, nesta terça-feira.

Tarefa do Roma, de Totti, é menos improvável (AFP)

Tarefa tão difícil quanto tem o Roma no Grupo E. Além de terem de vencer o invicto Bayern de Munique, no Olímpico, precisa torcer por um empate entre Basel e Cluj, na Suíça. Um triunfo do time do tenista Roger Federer também facilitaria, embora não garantisse matematicamente a vaga, já que na última rodada o confronto é contra os bávaros.

Sem o meia brasileiro Alex, o Spartak depende apenas de uma vitória contra o Olympique de Marselha, em Moscou, no Grupo F. Ao atual campeão francês resta, porém, derrotar por dois gols de diferença. É o chamado jogo de seis pontos, visto que o confronto direto é o primeiro critério de desempate – na França, os russos levaram a melhor por 1 a 0.

O Grupo H fecha a terça-feira com Arsenal e Shakhtar Donetsk em pauta. Aos Gunners basta empatar com o Braga, fora de casa. Os ucranianos passam com uma vitória sobre o Partizan, na Sérvia, desde que os ingleses não saiam derrotados.

Quarta-feira: em crise, Inter avança com simples vitória em casa

A situação de Tottenham e Inter de Milão no Grupo A é semelhante à de Arsenal e Shakhtar. Com sete pontos cada, ingleses e italianos avançam com vitórias conjuntas sobre Werder Bremen e Twente, respectivamente, e ainda têm o fator casa – ao contrário de Arsenal e Shakhtar. A classificação pode vir em ótima hora especialmente para a equipe do técnico Rafa Benítez, que vivencia uma delicada crise de resultados e lesões às vésperas do Mundial de Clubes.

Pelo Grupo B, um empate diante do Schalke 04, na Alemanha, pode garantir ao Lyon uma vaga. Mas, para não depender de um tropeço do Benfica contra o Hapoel Tel Aviv, em Israel, uma vitória é o suficiente para os semifinalistas da última edição. Os alemães, por sua vez, precisam vencer os franceses e torcer por uma derrota dos atuais campeões portugueses.

O Manchester United, que conta novamente com o atacante Wayne Rooney, pode carimbar sua passagem à fase mata-mata apenas com um empate contra o Rangers, na Escócia. Resultado suficiente também para o Valencia que, se derrotar o lanterna Bursaspor, no Mestalla, decide a primeira colocação do Grupo C na última rodada. Chave bem encaminhada.

O Barcelona é outro com a mão na vaga no Grupo D. Uma vitória contra o lanterna Panathinaikos, na Grécia, o deixa sem depender do resultado de Rubin Kazan x Copenhague. Mas uma derrota por até três gols de diferença, acreditem, podem ser o suficiente se os russos não vencerem. Os dinamarqueses, por sua vez, também só necessitam de um triunfo.

Confira a quinta rodada completa:

Terça-feira

Grupo E
Roma x Bayern de Munique
Basel x Cluj

Grupo F
Spartak Moscou x Olympique
Chelsea x Zilina

Grupo G
Ajax x Real Madrid
Auxerre x Milan

Grupo H
Braga x Arsenal
Partizan x Shakhtar Donetsk

Quarta-feira

Grupo A
Tottenham x Werder Bremen
Inter de Milão x Twente

Grupo B
Schalke 04 x Lyon
Hapoel Tel Aviv x Benfica

Grupo C
Valencia x Bursaspor
Rangers x Manchester United

Grupo D
Rubin Kazan x Copenhague
Panathinaikos x Barcelona

Por Edgar Santista – Milan x Real Madrid

Fonte: O Estado de São Paulo

Milan joga cartada decisiva contra Real

Em alta, Ronaldinho volta e é trunfo da equipe italiana, que sofre com más atuações de Robinho e Pato

Antero Greco / MILÃO – O Estado de S.Paulo

Há duelos que fazem parte da mitologia do futebol e sempre provocam alvoroço. Um deles está marcado para as 20h45 de Milão (17h45, de Brasília) e reúne 16 títulos da Copa dos Campeões, o mais importante torneio de clubes do mundo. No não menos mítico Estádio Giuseppe Meazza, no bairro de San Siro, o Milan (que sete vezes levou a taça para casa) recebe o Real Madrid, que em nove ocasiões inscreveu seu nome no troféu. Os dois maiores vencedores continentais definem seu futuro no Grupo G.

Os italianos estão em apuros. Duas semanas atrás, perderam por 2 a 0, em Madri, no encerramento da primeira fase, e novo tropeço pode embicá-los no caminho da desclassificação, já que o Ajax (quatro títulos) desponta como força alternativa e hoje visita o Auxerre, o patinho feio da chave. O Real lidera com 9 pontos, 5 gols a favor e nenhum contra. O Milan tem 4 e saldo zero. O Ajax está com os mesmos 4 dos rossoneri e saldo negativo (3 a 4). O Auxerre segura a lanterna, sem pontos, e deve ser o fiel da balança no tira-teima entre os outros dois gigantes.

O clima está úmido e frio na mais importante cidade da Itália. Foram três dias de chuva ininterrupta, que encharcou ruas, sapatos, gramado do estádio. Mas o tempo não fechou de vez em Milanello, vilarejo a 50 km da capital da Lombardia onde surge o luxuoso centro de treinamento do Milan. Por lá ainda se aposta no afastamento das nuvens cinzas. Pelo menos no discurso de Massimiliano Allegri, técnico da nova geração em torno do qual gira a esperança milanista de reconquista da Europa.

“A partida de Madri é página virada”, avisou o treinador de 43 anos que pela primeira vez na carreira dirige um time grande. E dá-lhe grandeza nisso. Não é tarefa fácil suportar a pressão de um dos clubes mais populares do país (ao lado de Inter e Juventus) e que tem como dono Silvio Berlusconi, polêmico, controvertido e, vá lá, carismático (para quem gosta dele) chefe de governo. Allegri aparentemente não se abala com o panorama sombrio. “Temos condições de recuperar aquele tropeço, pois nosso time é igualmente forte.”

Palavras de otimismo de praxe, referendadas por Slatan Ibrahimovic, o goleador sueco que anteriormente brilhou na Inter e na Juve e agora é o ponto de referência no ataque milanês. “Não há motivo para desespero”, diz. “Basta fazermos nossa parte”, recomenda, de forma genérica. Ibra fala com a segurança de quem conhece os segredos da grande área e de quem é visto, por técnico e torcedores, como titular indiscutível. Ronaldinho Gaúcho tem retorno assegurado, depois de período de repouso. Robinho é opção no banco.

Há possibilidade de Pato ser preterido por Inzaghi. O brasileiro amarga jejum na Copa dos Campeões e no sábado foi vaiado na derrota para a Juventus por 2 a 1, em casa, pelo Campeonato Italiano. Em favor de Pato estão seus 21 anos. Contam, para Inzaghi, os 68 gols que tem na competição europeia. Está a um do recorde do espanhol Raúl.

Os espanhóis desembarcaram à vontade no início da noite de ontem. Eles adiaram a viagem por causa do mau tempo na Itália. Preferiram treinar em Madri e depois zarpar. Dois portugueses são centro de atenção: em campo, quem comanda é Cristiano Ronaldo, em fase extraordinária e com um outubro de recorde: 13 gols. Fora, quem dá as cartas é José Mourinho, conhecido pelos estragos que fez no Milan quando dirigia a Inter (3 vitórias e 1 derrota no clássico doméstico). Mourinho chegou fazendo média com a antiga torcida: “Gostaria que o jogo fosse Inter x Real”, avisou. “Assim, prestaria homenagem a uma torcida que tão bem me recebeu.”

Mourinho pode ficar tranquilo: metade de Milão estará a seu favor hoje.

‘Sonho fazer história como o Maldini’

ENTREVISTA
THIAGO  SILVA
Zagueiro do Milan
Ex-Fluminense, jogador está há dois anos na Itália, onde é titular e faz sucesso
Com 26 anos e zagueiro titular do Milan e da seleção brasileira, Thiago Silva, ex-Fluminense, tem orgulho do apelido: Monstro. Sem falsa modéstia, está certo de que se trata de reconhecimento por seu estilo seguro. Os dois anos de amadurecimento no time italiano incentivam sonhos maiores, como o de seguir trilha de carisma de Maldini e Baresi.

Você está no Milan desde 2008. As pessoas já te chamam de “Monstro”?

Nem todo mundo. Antes era um apelido que os brasileiros conheciam. Agora, aos poucos, aqui também está sendo usado. Por torcida e imprensa. Antes achava que era gozação, mas o próprio Fernando Henrique (goleiro do Fluminense) me garantia que era elogio. Acho que posso acreditar (sorriso).

Não deu frio na barriga quando veio para um clube que tem Maldini e Baresi como mitos na zaga?

Foi meu maior medo na época, pois sabia da fama e do respeito dos dois. E do Nesta, que também é muito querido aqui, e do Costacurta. Mas os seis meses que fiquei parado (as inscrições estavam fechadas) me ajudaram a amadurecer e a perceber que poderia também ter meu espaço. Perdi o medo quando passei a jogar e vi que me encaixei rápido no time.

As camisas 3 (Maldini) e 6 (Baresi) foram aposentadas…

Mereceram a homenagem. Quem sabe, no futuro, também não aposentam a 30, que é a minha? Meu sonho é fazer história como eles.

Link para o jogo ao vivo:

https://icfut.wordpress.com/2010/09/12/icfut-links-de-transmissoes-de-jogos-ao-vivo/