ICFUT -BRASILEIRO SERIE C 2018 – TABELA, REGULAMENTO E CLUBES

 

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE C – 2018 – 2º RODADA

TABELA E CLASSIFICAÇÃO SÉRIE C – 2018

 

ICFUT – JOINVILE SO EMPATA EM CASA COM O GUARANI PALHOCA.

Ficha Técnica

Joinville 1 x 1 Guarani

Joinville

Oliveira, Luís Felipe, Bruno Aguiar, Gutti e Rogério; Geandro, Cadu (Tiago Luis), Augusto César (Fabinho) e Marcelo Costa; Bruno Furlan (Fernando Viana) e Rafael Costa

Técnico: Hemerson Maria

 

Guarani

Rodrigo Rocha, Cleiton Garcia, Marcão, Fábio Fidélis e Paulo Vitor (Kaká); Xipote, Brenno Basso; Gustavo Santos e Hégon (Michel); Vitinho (Diogo Dolem) e Marcos Amaral

Técnico: Amaro Júnior

Gols: Tiago Luis (Joinville), aos 24 minutos do segundo tempo; Marcos Amaral (Guarani), aos 26 minutos do primeiro tempo

Público: 5.806

Renda: R$ 67,045

Local: Arena Joinville

Data: 21/02/2015 (sábado)

Árbitro: Ronan Marques da Rosa

Auxiliares: Alex dos Santos e Carlos Felipe Schmidt

ICFUT – JOINVILLE CAMPEAO BRASILEIRO DE FUTEBOL 2014 DA SERIE B

joinvile

ponte

VICE – PONTE PRETA

728x4853 LUGAR VASCO

Onda-boa-Avai-bate-o-Vasco-e-sobe-para-a-Serie-A-com-tropeco-de-rivais4 LUGAR AVAI

Classificação

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Santa Catarina Joinville 70 38 21 7 10 54 33 +21 61 Estável Zona de promoção à Série A de 2015
2 São Paulo Ponte Preta 69 38 19 12 7 61 38 +23 60 Estável
3 Rio de Janeiro Vasco da Gama 63 38 16 15 7 50 36 +14 55 Estável
4 Santa Catarina Avaí 62 38 18 8 12 47 40 +7 54 Aumento2
5 Minas Gerais América Mineiro 611 38 20 7 11 59 39 +20 59 Aumento2
6 Minas Gerais Boa Esporte 59 38 18 5 15 51 48 +3 52 Baixa2
7 Goiás Atlético Goianiense 59 38 17 8 13 54 49 +5 52 Baixa2
8 Ceará Ceará 57 38 16 9 13 58 53 +5 50 Estável
9 Pernambuco Santa Cruz 55 38 14 13 11 51 38 +13 48 Aumento1
10 Maranhão Sampaio Corrêa 53 38 13 14 11 54 46 +8 46 Baixa1
11 Paraná Paraná 51 38 13 12 13 45 43 +2 45 Aumento2
12 Mato Grosso Luverdense 50 38 15 5 18 40 46 –6 44 Aumento2
13 Pernambuco Náutico 50 38 14 8 16 40 47 –7 44 Baixa2
14 Rio Grande do Norte ABC 48 38 14 6 18 34 40 –6 42 Baixa2
15 São Paulo Oeste 48 38 12 12 14 39 48 –9 42 Estável
16 São Paulo Bragantino 46 38 13 7 18 45 55 –10 40 Aumento1
17 Rio Grande do Norte América de Natal 43 38 12 7 19 44 53 –9 38 Baixa1 Zona de rebaixamento à Série C de 2015
18 Ceará Icasa 43 38 11 10 17 34 43 –9 38 Estável
19 Goiás Vila Nova 32 38 10 2 26 35 70 –35 28 Estável
20 São Paulo Portuguesa 25 38 4 13 21 29 59 –30 22 Estável

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL 2014 – SÉRIE B

LINK 1 – JOGOS AO VIVO CLIQUE AQUI !!!

LINK 2 – JOGOS AO VIVO CLIQUE AQUI !!!

  P J V E D GP GC SG
Joinville 39 21 12 3 6 30 21 9
Avaí 35 20 10 5 5 25 15 10
Ceará 35 20 10 5 5 34 29 5
Vasco 35 20 9 8 3 28 19 9
Ponte Preta 34 20 9 7 4 26 20 6
América-MG 33 20 10 3 7 29 20 9
Luverdense 31 20 9 4 7 27 24 3
Boa-MG 30 20 9 3 8 29 26 3
Sampaio Corrêa 29 20 7 8 5 29 21 8
10° Náutico 28 20 8 4 8 22 25 -3
11° ABC-RN 27 20 8 3 9 19 20 -1
12° Santa Cruz-PE 27 19 6 9 4 24 19 5
13° Paraná 26 21 7 5 9 23 25 -2
14° Atlético-GO 25 20 7 4 9 27 30 -3
15° América-RN 24 20 7 3 10 27 29 -2
16° Oeste 22 20 5 7 8 22 31 -9
17° Bragantino 20 19 5 5 9 19 26 -7
18° Icasa 19 20 5 4 11 14 23 -9
19° Portuguesa 17 20 3 8 9 19 31 -12
20° Vila Nova-GO 14 20 4 2 14 14 33 -19

ARTILHEIROS BRASILEIRO 2014 SÉRIE B

Gols Nomes

12

Jael  (Joinville)

10

Rodrigo Pimpão (América-RN)
Magno Alves (Ceará)

8

Misael (Luverdense)
20 ª Rodada
Data/Horário   Jogo   Local
02/09/2014 19:30 (Ter) Paraná 0 x 0 Sampaio Corrêa Durival Britto
02/09/2014 19:30 (Ter) Atlético-GO 0 x 3 Boa-MG Serra Dourada
02/09/2014 20:30 (Ter) Portuguesa 1 x 2 Joinville Canindé
05/09/2014 19:30 (Sex) Icasa 0 x 1 Ponte Preta Mauro Sampaio
06/09/2014 16:10 (Saba) Avaí 0 x 0 América-RN Ressacada
06/09/2014 16:10 (Saba) Náutico 0 x 0 Bragantino Arena Pernambuco
06/09/2014 16:10 (Saba) ABC-RN 2 x 1 Santa Cruz-PE Arena das Dunas
06/09/2014 16:10 (Saba) América-MG 2 x 3 Vasco Independência
06/09/2014 21:00 (Saba) Luverdense 2 x 0 Vila Nova-GO Passo das Emas
06/09/2014 21:00 (Saba) Oeste 3 x 1 Ceará Amaros
21 ª Rodada
Data/Horário   Jogo   Local
08/09/2014 21:00 (Seg) Joinville 3 x 0 Paraná Arena Joinville
09/09/2014 17:00 (Ter) Ponte Preta x Atlético-GO Moisés Lucarelli
09/09/2014 17:00 (Ter) Boa-MG x ABC-RN Dilzon Melo
09/09/2014 19:30 (Ter) América-RN x Oeste Arena das Dunas
09/09/2014 19:30 (Ter) Bragantino x Avaí Nabi Abi Chedid
09/09/2014 19:30 (Ter) Santa Cruz-PE x Portuguesa Arruda
09/09/2014 19:30 (Ter) Sampaio Corrêa x Icasa Castelão
09/09/2014 19:30 (Ter) Ceará x América-MG Castelão
09/09/2014 19:30 (Ter) Vila Nova-GO x Náutico Serra Dourada

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO 2014 – SÉRIE B

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LINK 1 – JOGOS  AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

LINK 2 – JOGOS AO VIVO CAMPEONATO BRASILEIRO SÉRIE B – 2014 – CLIQUE AQUI !

Clube PG J V E D GP GC SG A%
América-RN 3 1 1 0 0 3 1 2 100,0
Paraná-PR 3 1 1 0 0 2 0 2 100,0
Ceará-CE 3 1 1 0 0 1 0 1 100,0
Bragantino-SP 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
Náutico-PE 1 1 0 1 0 2 2 0 33,3
ABC-RN 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
América-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Atlético-GO 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
Boa Esporte-MG 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
10º
Icasa-CE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
11º
Ponte Preta-SP 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
12º
Santa Cruz-PE 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
13º
Vasco da Gama-RJ 1 1 0 1 0 1 1 0 33,3
14º
Luverdense-MT 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
15º
Vila Nova-GO 1 1 0 1 0 0 0 0 33,3
16º
Joinville-SC 0 0 0 0 0 0 0 0 0
17º
Portuguesa-SP 0 0 0 0 0 0 0 0 0
18º
Oeste-SP 0 1 0 0 1 0 1 -1 0,0
19º
Avaí-SC 0 1 0 0 1 1 3 -2 0,0
20º
Sampaio Corrêa-MA 0 1 0 0 1 0 2 -2 0,0

Artilharia

2 GOLS
América-RN – Max

1 GOL
ABC – Dênis Marques
América-MG – Obina
América-RN – Rodrigo Pimpão
Atlético-GO – Jorginho
Avaí – Roberto
Boa Esporte – Marinho Donizete
Bragantino – Léo Jaime e Tássio
Ceará – Tadeu
Icasa – Felipe Klein
Náutico – Hugo e Leleu
Paraná – Edson sitta e Paulinho
Ponte Preta – Edno
Santa Cruz – Betinho
Vasco – Reginaldo

1ª RODADA
18/04 – 19h30 Sampaio Corrêa-MA 0 x 2 Paraná-PR
18/04 – 19h30 Vila Nova-GO 0 x 0 Luverdense-MT
18/04 – 19h30 Joinville-SC x Portuguesa-SP
18/04 – 21h50 Ponte Preta-SP 1 x 1 Icasa-CE
19/04 – 16h20 Bragantino-SP 2 x 2 Náutico-PE
19/04 – 16h20 Santa Cruz-PE 1 x 1 ABC-RN
19/04 – 16h20 Boa Esporte-MG 1 x 1 Atlético-GO
19/04 – 16h20 Vasco da Gama-RJ 1 x 1 América-MG
19/04 – 21h00 América-RN 3 x 1 Avaí-SC
19/04 – 21h00 Ceará-CE 1 x 0 Oeste-SP
2ª RODADA
22/04 – 21h50 Avaí-SC x Bragantino-SP
25/04 – 19h30 Icasa-CE x Sampaio Corrêa-MA
26/04 – 16h20 Portuguesa-SP x Santa Cruz-PE
26/04 – 16h20 Luverdense-MT x Vasco da Gama-RJ
26/04 – 16h20 Atlético-GO x Ponte Preta-SP
26/04 – 16h20 Oeste-SP x América-RN
26/04 – 16h20 Náutico-PE x Vila Nova-GO
26/04 – 16h20 Paraná-PR x Joinville-SC
26/04 – 21h00 América-MG x Ceará-CE
26/04 – 21h00 ABC-RN x Boa Esporte-MG

Por Cleber Aguiar – Joinville tenta estragar possível despedida de Neymar na Vila

Fonte: Globo.com

Cotado para sair após a Copa das Confederações, atacante faz último jogo em casa antes de se juntar à Seleção. Partida é válida pela Copa do Brasil

Neymar (Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC)Neymar, em treino no CT Rei Pelé
(Foto: Ricardo Saibun/Divulgação Santos FC)

O torcedor que ainda não viu Neymar na Vila Belmiro pode ter a última chance nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília). Pela segunda fase da Copa do Brasil, o Santos recebe o Joinville no jogo que pode marcar a despedida do craque do estádio onde brilha desde 2009, quando estreou no Peixe. Na Vila, ele soma 62 gols.

Trata-se da última partida de Neymar em casa antes da Copa das Confederações – ele ainda defende o Santos contra o Flamengo, no domingo, em Brasília, antes de integrar a delegação brasileira, na próxima terça-feira. O atacante garante que não deixa o Peixe antes do fim de seu contrato (junho de 2014), mas a imprensa espanhola indica que o astro será negociado nos próximos dias – o próprio Alvinegro, aliás, está disposto a isso. Nesta quarta ocorre uma reunião que pode definir o destino do jogador.

Em meio às especulações e à ressaca do título estadual perdido para o Corinthians, o Santos entra com vantagem diante de um Jonville que busca aprontar nos contra-ataques. Na ida, na Arena Joinville, vitória suada do Peixe por 1 a 0. Para o Alvinegro, basta o empate. O JEC tem de vencer ao menos por dois gols de diferença. Outra combinação favorável ao time catarinense é a vitória por um gol – desde que marcando pelo menos duas vezes. Se baterem o time praiano por 1 a 0, os catarinenses levam a decisão para os pênaltis.

Se no Santos o centro das atenções é Neymar, no JEC a expectativa está nos gols de Lima, próximo de se tornar o maior goleador da história do Joinville (ele tem 126 gols, contra 130 de Nardela) e no uruguaio Martín Ligüera, que estreou pelo time catarinense justamente na derrota para o Peixe e ficou marcado pelo gol incrível desperdiçado no segundo tempo, quando o placar ainda estava zerado.

O vencedor do confronto enfrenta na próxima fase o CRAC, de Goiás. A equipe de Catalão se classificou ao derrotar duas vezes o Betim (MG): 3 a 2 em casa, e 1 a 0, fora.

O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) apita o jogo, tendo Dilbert Pedrosa Moises (RJ) e Jackson Massarra dos Santos (RJ) como auxiliares. A partida será transmitida ao vivo pela TV Globo para Santos, Joinville, Goiás e Tocantins, e pelo SporTV 2. O GLOBOESPORTE.COM acompanha os lances em Tempo Real, com vídeos.
header as escalações 2

Santos: em relação ao time que empatou em 1 a 1 com o Corinthians, duas possíveis novidades. No meio, Montillo já está recuperado de uma lesão na coxa esquerda e deve reassumir a camisa 10, no lugar de Felipe Anderson. À frente, André – que está de saída para o Vasco – sequer foi relacionado para encarar o JEC. Apresentado na terça-feira, Henrique é o favorito para vestir a 9. Muricy Ramalho deve escalar o Peixe com: Rafael Cabral; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Neymar e Henrique.

Joinville: apesar de precisar de um resultado positivo para avançar, o técnico Arturzinho preferiu montar a equipe com apenas um atacante de origem (Lima). Mas o time está longe de ser defensivo, com os avanços de Rafinha pela lateral esquerda e a presença de três meias de ligação – Marcelo Costa, Ligüera (que terá mais liberdade) e Arthur Maia (no lugar de Ricardinho, contundido). O JEC vai a campo com: Ivan; Carlos Alberto, Rafael, Sandro e Rafinha; Marcus Vinícius e Augusto Recife; Artur Maia, Marcelo Costa e Martín Liguëra; Lima

quem esta fora (Foto: arte esporte)

Santos: Giva (pubalgia).

Joinville: Boiadeiro, Somália e Ricardinho foram vetados nos últimos dias e não têm condições de jogo. O lateral Eduardo ainda se recupera de uma operação no ombro e deve voltar aos campos apenas em julho. Kim é outro que está afastado dos gramados e só retorna no final de junho.

header fique de olho 2

Santos: Neymar. Outra vez na mira de Barcelona e Real Madrid e com o Peixe disposto a negociá-lo, o astro pode se despedir da Vila Belmiro contra o Joinville – embora o próprio atacante afirme que pretende cumprir o vínculo com o clube. Há seis jogos sem marcar, o camisa 11 ainda é o goleador santista na temporada: são 13 gols em 21 partidas oficiais.

Jonville: Ligüera. Estreante na última partida entre as duas agremiações, na Arena Joinville, o meia uruguaio perdeu um gol incrível quando o placar ainda não havia sido alterado. Agora, como mais liberdade para atacar, é uma aposta de Arturzinho para reverter a situação desfavorável do time catarinense.

header o que eles disseram

Léo, lateral-esquerdo do Santos: O resultado na partida de ida deu uma vantagem bem razoável, mas que pode ser desfeita se o Joinville marcar um gol no começo do jogo. Temos que entrar em campo concentrados e jogar com atenção durante os 90 minutos.

Arturzinho, técnico do Joinvile: Precisamos ter inteligência, atuar da forma que atuamos na Arena, com personalidade, jogando pra frente e sem deixar a parte defensiva desguarnecida“.

header números e curiosidades
* Quem tem vantagem? Confira o histórico do confronto na Futpédia.

* Santos e Joinville se enfrentaram apenas três vezes na Vila Belmiro, com duas vitórias santistas e um empate. Nesses confrontos, todos válidos pelo Campeonato Brasileiro, o Peixe marcou cinco gols e não sofreu nenhum: Santos 3 a 0 (1978); Santos 2 a 0 Brasileiro (1980) e 0 a 0 (1986).

* Antes do Santos, o Joinville cruzou apenas outra equipe paulista na Copa do Brasil: o Corinthians, em 2001. Na oportunidade, a equipe catarinense foi eliminada na primeira partida (3 a 1), em casa. André Luiz, Luizão e Marcelinho Carioca marcaram para o Timão, e Marlon descontou para o JEC.

* Também é a segunda vez que o Santos enfrenta um time catarinense na história da Copa do Brasil. Em 1997, o Peixe eliminou o Figueirense em dois jogos, na primeira fase da competição. Foram duas vitórias: 1 a 0 em Florianópolis, 3 a 2 no Palestra Itália.

header último confronto v2

Há duas semanas, Durval garantiu a vitória do Santos sobre o Joinville, em Santa Catarina, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil. O time da casa jogou melhor, criou as melhores oportunidades, mas o zagueiro definiu para o Peixe com um gol de cabeça, já no fim do segundo tempo.

Por Cleber Aguiar – NO SUFOCO E COM BOLA PARADA, SANTOS VENCE JOINVILLE EM SANTA CATARINA

Fonte: Globo.com

JEC cria as melhores chances e pressiona, principalmente no segundo tempo, mas leva castigo no fim, em cabeçada de Durval: 1 a 0 Peixe

A CRÔNICA

por Marcelo Hazan

O futebol prega peças todos os dias. E o alvo da vez foi o Joinville. Empurrado por 17 mil pessoas na Arena Joinville, o time local jogou melhor e criou as chances mais perigosas. Mas na bola parada de Marcos Assunção, o Santos decidiu a vitória por 1 a 0, com gol de Durval, nesta quarta-feira à noite, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Atração na cidade, Neymar deu e recebeu chapéu, mas não brilhou. Querendo a bola a todo momento, o craque até se irritou com os companheiros e, como de costume, sofreu com as faltas.

No JEC, o uruguaio Martin Linguera certamente terá pesadelos com a chance desperdiçada. O lance digno de Inacreditável FC fez muita falta aos catarinenses.

Agora, o Santos se concentra no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, neste domingo, às 16h, no Pacaembu. Enquanto isso, o Joinville só pensará na partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil, marcada para o dia 22, na Vila Belmiro.

Neymar, Joinville x Santos (Foto: Heuler Andrey/Agência Estado)Neymar sofreu com a forte marcação do Joinville, de Augusto Recife (Foto: Heuler Andrey/Agência Estado)

Perigo só de longe

A lógica de pressão do Joinville nos 15 minutos iniciais se cumpriu na lotada Arena. Empurrado por 17 mil torcedores, o JEC começou melhor, mas sem apertar tanto a saída de bola santista. Aturzinho armou o time compacto no 4-4-2, marcando atrás da linha do meio de campo e à espera do erro alvinegro. E levou perigo logo aos três minutos, em uma bomba de fora da área de Carlos Alberto defendida por Rafael.

Aparentemente desajeitado no 3-5-2 de Muricy Ramalho, o Santos demorou a se encontrar. Uma furada bizarra de Neymar e uma bolada de Durval no rosto de Edu Dracena, em lance digno de pastelão, resumiam a atuação santista. Até que Cícero, camisa 10, resolveu arriscar também de longe e obrigou Ivan, ídolo do JEC que completou 100 jogos no clube catarinense, a fazer boa defesa.

“Ei, é aqui”, berrou Neymar para Felipe Anderson, quando não recebeu passe do meia improvisado na ala direita. Querendo a bola a todo momento, o camisa 11 recuava para armar as jogadas e auxiliar Cícero, mas sofria com as seguidas faltas. Quando se encontrou no jogo, o Peixe criou chances pela direita, com a dupla Felipe Anderson e Miralles. Mas sem êxito.

O JEC só voltou a assustar aos 31 minutos, em uma nova bomba de fora da área, desta vez de Marcos Vinícius. O volante, aliás, levou a torcida do Joinville ao delírio quando deu um chapéu em Neymar. Antes do apito final, ainda houve tempo para Muricy substituir Renê Júnior, com cartão amarelo, por Marcos Assunção, para tentar aproveitar as diversas bolas paradas oferecidas ao Peixe pelas excessivas faltas dos donos da casa.

Santos x Joinville (Foto: Paulo Caetano / VIPCOMM)Santos sofreu com pressão do Joinville em Santa Catarina (Foto: Paulo Caetano / VIPCOMM)

JEC pressiona, mas Santos decide

Sem Renê Júnior, o Santos perdeu poder de marcação no meio de campo e sofreu. E o Joinville novamente começou assustando. Em ótima cabeçada, Lima só não marcou porque Rafael fez defesa ainda melhor, logo aos cinco minutos. Percebendo o espaço na defesa santista, Arturzinho promoveu a estreia do uruguaio Martin Linguera, no lugar de Ricardinho.

O reforço do JEC certamente vai sonhar com a oportunidade desperdiçada aos 17 minutos. Na chance mais clara da partida, Lima cruzou da esquerda e a bola passou por toda a área. Já na direita, Carlos Alberto desviou e Linguera, completamente sozinho na marca do pênalti, mandou para fora. Digno de Inacreditável FC.

Insatisfeito, Muricy resolveu fazer nova substituição: trocou Miralles por André. Mais entrosado com Neymar, o centroavante até tentou tabelas, mas a dupla não deu sequência aos lances. A inversão de posições entre Arouca e Felipe Anderson, alternando como laterais pela direita, até surtiu efeito. 

Melhor em todo o segundo tempo, o JEC novamente ficou no quase. E mais uma vez parou em Rafael. Após bate-rebate na área, Ronaldo, que substituiu Lima, obrigou o goleiro a salvar o Santos de novo, aos 36. Um minuto depois veio o castigo fatal para os donos da casa.

Na intermediária ofensiva, a bola parada de Marcos Assunção encontrou a cabeça de Durval, que desviou para a rede de Ivan: 1 a 0 Santos. Daí em diante o Peixe amarrou o jogo até o apito final. Vitória garantida, mas decisão da vaga ficou para a Vila Belmiro.