Por Cleber Aguiar – Oeste pode mudar de cidade na Série B, mas Mauro Guerra desconversa

Fonte: Futebolinterior.com.br

Oeste-twO Oeste pode disputar o Campeonato Brasileiro da Série B por outra cidades. Só não sabe-se se será em definitivo. Em entrevista exclusiva ao Portal FI, o diretor de futebol do Rubrão, Mauro Guerra, não confirmou a mudança de cidades, mas também não descartou a possibilidade de atuar em outros estádios que não seja o Estádio dos Amaros, em Itapolis.

“Existe esta possibilidade, mas não seria uma mudança de sede oficial. Tudo depende da situação do nosso estádio. Houve algumas conversas, mas não um aprofundamento. Se o estádio (dos Amaros) estiver ‘OK’, vamos jogar lá”, despistou o dirigente.

O temor da diretoria do Oeste é que o clube volte a sofrer com as interdições, como já ocorreu no Paulistão. Por várias rodadas, o time precisou atuar em cidades como São Carlos, Matão, Catanduva e São José do Rio Preto devido às condições precárias de sua casa.

O episódio chegou a gerar um mal estar no clube durante a competição. O investidor do clube chegou a cobrar publicamente providências da prefeitura de Itápolis, que é responsável pela manutenção do estádio municipal. Um dos principais pontos negativos dos Amaros são suas arquibancadas tubulares.

“Nossa relação (com a prefeitura) durante o Paulistão não foi boa. Acho que cada um precisa fazer a sua parte. A nossa é montar o time, enquanto a deles é manter o estádio”, explicou Guerra.

Mudança para Osasco?
A indefinição sobre a liberação ou não do estádio para a Série B já começou a gerar especulações. Entre os principais locais que poderiam virar sede do Oeste estariam Osasco e Jaguariúna. “Por enquanto, não houve nada, mas até cidades aqui da região ficariam felizes em nos receber”, desconversou o diretor.

No caso de Osasco, o nome de Mário Teixeira, proprietário do Osasco Audax e do Grêmio Osasco chegou a ser citado. O empresário estaria disposto a comprar uma parte do Oeste e colocar jogadores que defenderam o Osasco Audax no Paulistão no time de Itápolis. Tal informação, contudo, não foi confirmada pelas partes.

Outra situação é a possibilidade do Rubrão atuar em Jaguariúna. A cidade possui um estádio com boa estrutura, o Alfredo Chiavegato, mas não possui um clube de futebol profissional. O local até recebeu reformas recentes para ser um dos Centros de Treinamento da Copa do Mundo, mesmo sem receber seleção alguma.

A expectativa é de que o futuro do Oeste seja definido em uma série de reuniões que devem acontecer até o início da próxima semana. Em pauta, estarão a reformulação do elenco, da comissão técnico e, claro, a possibilidade de mudar de cidade.

Por Cleber Aguiar – Em retorno à Vila, ex-promessa passa despercebida e sequer deixa o banco

Fonte: Globo.com

Badalado na base, Jean Chera deixou Santos em 2011 rachado com a diretoria. Pelo Oeste, meia reencontrou o ex-clube no domingo, mas foi pouco notado pela torcida

Por Lincoln Chaves e Guilherme Lucio*Santos, SP

Jean Chera Santos Oeste (Foto: Guilherme Lucio)

Neymar, Gabriel e Jean Chera. Após o sucesso de Robinho e Diego, o Santos investiu pesado na base, trazendo o trio, ainda muito jovem, para ser lapidado em casa. O primeiro, como se sabe, é ídolo. O segundo dá os primeiros passos como profissional e curte o bom momento, sendo titular e um dos artilheiros do Peixe no Campeonato Paulista aos 17 anos. E o terceiro? Ele retornou à Vila Belmiro no domingo, mas em uma situação diferente da que se esperava antes: no banco de reservas do Oeste, que briga contra o rebaixamento no estadual.

Jean seguiu a carreira longe da Baixada. Deixou o Alvinegro Praiano brigado com a diretoria, em 2011, passando, sem sucesso, por Genoa, da Itália, Flamengo, Atlético-PR e Cruzeiro, até chegar ao Oeste. A badalação de antes, quando era chamado de “novo Neymar” do Peixe, já não existe mais. Mesmo com a “novela” que marcou sua saída e a expectativa nele depositada, ele foi pouco notado pelos cerca de seis mil torcedores que estiveram na Vila Belmiro.

O nome do meia (identificado somente como “Jean”) apareceu no placar eletrônico do estádio, mas praticamente não causou reações na torcida. A aparição da atacante Waguininho, nascido em Cubatão (SP) e que já defendeu o São Vicente, clube da cidade vizinha a Santos, da quarta divisão paulista, causou mais burburinhos que o do ex-Menino da Vila.

Jean Chera Gabriel Santos Oeste (Foto: Reprodução / PFC)

– É um sentimento bom (voltar à Vila Belmiro), rever os amigos. Eu queria muito construir uma história aqui, mas por circunstâncias não aconteceu. Agora, é pensar no jogo – disse Jean, antes do jogo começar, à Super Rádio São Paulo.

Ele não foi a campo. Meninos que atuaram com Jean Chera no Santos, como Gabriel e o lateral Emerson, foram cumprimentá-lo antes da partida começar. Gabigol, aliás, deu um forte abraço no amigo, com quem fez uma das principais duplas da base brasileira até o meia deixar o Peixe.

Do banco, ele viu o Oeste ser goleado pelo ex-clube por 4 a 1, com gols de Thiago Ribeiro (2), Leandro Damião e Diego Cardoso. Não foi o retorno esperado.

* Com supervisão de Alexandre Lopes

RETRÔ ICFUT – Campeonato Paulista 2011

Santos Bicampeão Paulista 2011

Campeão do Interior

Campeão Artilheiro
Santos
Santos
Brasil Elano
Santos
Meia
1981-06-14
11 Gols

Estatísticas

Melhor Ataque Santos 45 Gols
Pior Ataque Santo André 14 Gols
Melhor Defesa Palmeiras 10 Gols sofridos
Pior Defesa São Bernardo 36 Gols sofridos
Mais Goleadas São Paulo 4 Goleadas
Mais Vitórias Santos 14 Vitórias
Menos Vitórias Santo André 2 Vitórias
Mais Empates Santo André 9 Empates
Mais Derrotas São Bernardo 11 Derrotas
Menos Derrotas Palmeiras 2 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Ponte Preta 11 Jogos
Final (Troféu do Interior)
Ida Volta
Ponte Preta (2-4)  Oeste 2-1 video 0-3 video

Finais

08/05 16h São Paulo Pacaembu Corinthians 0  x  0 Santos
15/05 16h Santos Vila Belmiro Santos 2  x  1 Corinthians

Semi finais

30/04 16h São Paulo Morumbi São Paulo 0  x  2 Santos
01/05 16h São Paulo Pacaembu Palmeiras 1 (5) x (6) 1 Corinthians

Quarta de  finais

4/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
Dia Hora Local Estádio Jogos
24/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
GRUPO 1 P J V E D GP GC S %
1São Paulo 41 19 13 2 4 39 19 20 71
2Palmeiras 41 19 12 5 2 28 8 20 71
3Corinthians 38 19 11 5 3 33 12 21 66
4Santos 38 19 11 5 3 40 20 20 66
5Ponte Preta 32 19 9 5 5 22 16 6 56
6Oeste 31 19 9 4 6 25 17 8 54
7Mirassol 30 19 9 3 7 26 26 0 52
8Portuguesa 28 19 8 4 7 24 23 1 49
9São Caetano 26 19 7 5 7 22 22 0 45
10Paulista 25 19 7 4 8 23 24 -1 43
11Mogi Mirim 25 19 7 4 8 24 28 -4 43
12Guaratinguetá 23 19 7 2 10 20 19 1 40
13Botafogo-SP 22 19 5 7 7 22 27 -5 38
14Linense 21 19 6 3 10 23 31 -8 36
15Bragantino 19 19 5 4 10 21 30 -9 33
16Ituano 18 19 5 3 11 21 33 -12 31
17São Bernardo 18 19 5 3 11 21 36 -15 31
18Grêmio Barueri 17 19 4 5 10 21 35 -14 29
19Noroeste 17 19 3 8 8 21 35 -14 29
20Santo André 15 19 2 9 8 14 29 -15 26