ICFUT – Ponte Preta é Campeã do Troféu do Interior 2018

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 x 0 MIRASSOL

PONTE PRETA – Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Marciel; Jeferson (Reynaldo), Nathan, Lucas Mineiro, Felipe Saraiva (Aaron) e Orinho; Yuri (Silvinho). Técnico: João Brigatti (interino).

MIRASSOL – Ygor; Danilo Boza (Matheus Gabriel), Wellington, Edson Silva e Willian Simões (Guilherme Castilho); Léo Baiano, Luis Oyama, Lucas Rodrigues (Douglas Baggio) e Xuxa; Alison e Gilsinho. Técnico: Moisés Egert.

GOL – Emerson, aos 22 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Emerson e Nathan (Ponte Preta); Guilherme Castilho, Luis Oayama, Xuxa, Léo Baiano e Douglas Baggio (Mirassol).

ÁRBITRO – Salim Fende Chavez.

RENDA – R$ 54.920,00.

PÚBLICO – 7.072 pagantes.

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

ICFUT – DAS ANTIGAS – ITUANO CAMPEÃO PAULISTA DE 2002

Taça do Campeonato Paulista de 2002
Taça do Campeonato Paulista de 2002

 

Equipe do Ituano Campeão Paulista de 2002
Equipe do Ituano Campeão Paulista de 2002

Regulamento

  • Os doze clubes que participam do Paulistão jogaram em turno e returno com pontos corridos. Foi campeã a equipe que somou mais pontos, Ituano Futebol Clube.
  • A Sociedade Esportiva Matonense, última colocada na classificação geral foi rebaixada para a Série A-2 de 2003.
  • Os chamados “grandes” (Corinthians, Guarani, Palmeiras, Paulista – Etti Jundiaí, Ponte Preta, Portuguesa, Santos, São Caetano e São Paulo) não participaram desta edição, já que jogavam o Torneio Rio-São Paulo.
aulistão 2002 – Classificação Final
Time Pts J V E D GP GC SG %
1 Ituano 40 22 11 7 4 37 26 11 61
2 União São João 39 22 12 3 7 49 35 14 59
3 Rio Branco 37 22 10 7 5 37 28 9 56
4 Juventus 37 22 10 7 5 38 35 3 56
5 Santo André 33 22 9 6 7 28 25 3 50
6 Mogi Mirim 31 22 8 7 7 33 35 -2 47
7 Botafogo 30 22 8 6 8 34 37 -3 45
8 Inter de Limeira 29 22 8 5 9 34 26 8 44
9 União Barbarense 27 22 6 9 7 33 36 -3 41
10 América 25 22 7 4 11 37 42 -5 38
11 Portuguesa Santista 19 22 5 4 13 28 47 -19 29
12 Matonense 14 22 3 5 14 28 44 -16 21

 

JOGO DO TITULO

12 de maio de 2002 América 0 – 1 Ituano Teixeirão, São José do Rio Preto
Público:
Árbitro: Romildo Corrêa
Silvinho Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85′
América Ituano
Edney
Gílson
Penalizado com cartão amarelo   Cláudio
Carlão
Guilherme;
Perivaldo
Batata
Almir
Toninho
Penalizado com cartão amarelo   (Barole);
Reinaldo
(Benê)
Paulinho
(Tales)

Técnico: Márcio Rossini

André Luiz
Giuliano
Vinícius
Erivélton
Lúcio;
Everaldo
Richarlyson
(André Bocão)
Élson
Tita
(Silvinho);   Gol marcado
Penalizado com cartão amarelo   Basílio
Fernando Gaúcho
(Lelo)
Técnico: Ademir Fonseca

Por Cleber Aguiar – Em Conselho Técnico, FPF define o Pacaembu como estádio das finais

Fonte: Site FPF

santos-ituano-ao-vivo

Após se classificarem para a final do Paulistão Chevrolet 2014, Santos e Ituano reuniram-se juntamente com a Federação Paulista de Futebol para o Conselho Técnico da Fase Final da competição.

Na reunião, ficou decidido que os locais das partidas será o Pacaembu. Por ter melhor campanha, o Santos realiza o primeiro jogo como visitante e faz a grande final como mandante.

Os jogos acontecem nos domingos 6 e 13 de abril, ambos às 16h. Em caso de igualdade em pontos e no saldo de gols, o campeão será definido nas cobranças de pênaltis.

RETRÔ ICFUT – Campeonato Paulista 2011

Santos Bicampeão Paulista 2011

Campeão do Interior

Campeão Artilheiro
Santos
Santos
Brasil Elano
Santos
Meia
1981-06-14
11 Gols

Estatísticas

Melhor Ataque Santos 45 Gols
Pior Ataque Santo André 14 Gols
Melhor Defesa Palmeiras 10 Gols sofridos
Pior Defesa São Bernardo 36 Gols sofridos
Mais Goleadas São Paulo 4 Goleadas
Mais Vitórias Santos 14 Vitórias
Menos Vitórias Santo André 2 Vitórias
Mais Empates Santo André 9 Empates
Mais Derrotas São Bernardo 11 Derrotas
Menos Derrotas Palmeiras 2 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Ponte Preta 11 Jogos
Final (Troféu do Interior)
Ida Volta
Ponte Preta (2-4)  Oeste 2-1 video 0-3 video

Finais

08/05 16h São Paulo Pacaembu Corinthians 0  x  0 Santos
15/05 16h Santos Vila Belmiro Santos 2  x  1 Corinthians

Semi finais

30/04 16h São Paulo Morumbi São Paulo 0  x  2 Santos
01/05 16h São Paulo Pacaembu Palmeiras 1 (5) x (6) 1 Corinthians

Quarta de  finais

4/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
Dia Hora Local Estádio Jogos
24/04 16h Barueri Arena Barueri São Paulo 2  x  0 Portuguesa
23/04 16h Santos Vila Belmiro Santos 1  x  0 Ponte Preta
24/04 18h30 São Paulo Pacaembu Palmeiras 2  x  1 Mirassol
23/04 18h30 São Paulo Pacaembu Corinthians 2  x  1 Oeste
GRUPO 1 P J V E D GP GC S %
1São Paulo 41 19 13 2 4 39 19 20 71
2Palmeiras 41 19 12 5 2 28 8 20 71
3Corinthians 38 19 11 5 3 33 12 21 66
4Santos 38 19 11 5 3 40 20 20 66
5Ponte Preta 32 19 9 5 5 22 16 6 56
6Oeste 31 19 9 4 6 25 17 8 54
7Mirassol 30 19 9 3 7 26 26 0 52
8Portuguesa 28 19 8 4 7 24 23 1 49
9São Caetano 26 19 7 5 7 22 22 0 45
10Paulista 25 19 7 4 8 23 24 -1 43
11Mogi Mirim 25 19 7 4 8 24 28 -4 43
12Guaratinguetá 23 19 7 2 10 20 19 1 40
13Botafogo-SP 22 19 5 7 7 22 27 -5 38
14Linense 21 19 6 3 10 23 31 -8 36
15Bragantino 19 19 5 4 10 21 30 -9 33
16Ituano 18 19 5 3 11 21 33 -12 31
17São Bernardo 18 19 5 3 11 21 36 -15 31
18Grêmio Barueri 17 19 4 5 10 21 35 -14 29
19Noroeste 17 19 3 8 8 21 35 -14 29
20Santo André 15 19 2 9 8 14 29 -15 26

Por Cleber Aguiar – Mercado da Bola –

Fonte: Globo.com

17:28O MADUREIRA acertou a contratação do apoiador Bruno Reis (foto) que estava sem clube. Com 33 anos, o último time do jogador havia sido o AMÉRICA-RJ que o demitiu após vê-lo atuar pelo FLUMINENSE no Torneio Rio-São Paulo de Showbol. O Tricolor Suburbano começa na próxima semana a realizar sua pré-temporada em Cabo Frio.

17:17O S.E.R. Caxias apresentou o goleiro Paulo Sérgio para a temporada 2012. Com 30 anos, o experiente camisa 1, que começou a carreira no Internacional, chega ao seu décimo segundo clube na carreira.

16:39O apoiador Maicon, ex-Fluminense e atualmente no FIGUEIRENSE, pode ser o novo reforço do SÃO PAULO para a próxima temporada. Segundo fontes, a negociação está bem encaminhada e próxima de um final feliz. CRUZEIRO e INTERNACIONAL também teriam interesse em Maicon.

16:31O atacante Caio, que disputou o Brasileirão pelo BOTAFOGO, pode estar de saída para o CORITIBA. O GRÊMIO também já demonstrou interesse no jogador.

16:27O FLAMENGO anunciou no site oficial nesta quinta-feira a primeira contratação para 2012: o lateral-esquerdo Magal, ex-AMERICANA. O jogador, de 24 anos, começou a carreira no Guarani-MG e passou por outros clubes pequenos do futebol mineiro. 

16:24O BOTAFOGO está interessado na contratação do zagueiro Marcus Túlio Tanaka, do NAGOYA GRAMPUS, do Japão. Ele trabalhou com Oswaldo de Oliveira, atual técnico alvinegro, no Kashima Antlers. Há ainda um rumor de que o atacante Anderson Aquino, do CORITIBA, venha para o clube da Estrela Solitária.

16:24O volante Rodrigo tem contrato com o FLUMINENSE até o fim do próximo Carioca, mas existe a possibilidade de ele deixar as Laranjeiras antes disso. O jogador é alvo de interesse de clubes como GOIÁS e VITÓRIA. Os direitos do atleta pertencem ao MADUREIRA, que o emprestou ao Flu.

16:19A diretoria do FLUMINENSE dá como certa a contratação do meia Wagner, revelado no Cruzeiro e que atualmente defende o Gaziantepspor-TUR. O jogador, inclusive, já assinou um pré-contrato. Ele deve ser anunciado assim que a janela de transferências do futebol turco abrir, em janeiro. Os dirigentes acreditam que o atleta participará normalmente da pré-temporada com o restante do elenco.

16:17Empresário de Taison declarou que não acredita na volta do jogador ao futebol brasileiro neste momento. INTER e PALMEIRAS estão de olho no atacante.

15:45O diretor de futebol do PAYSANDU, Fred Carvalho, afirmou que Andrade está nos planos para dirigir o clube em 2012. O treinador, campeão brasileiro pelo FLAMENGO em 2009, disputou a reta final da Série C, mas não conseguiu o acesso. Mesmo assim, o trabalho agradou: “Conversei com o Andrade para continuarmos o projeto. Ele fez um trabalho maravilhoso e tem apelo grande da torcida para que renove. Ele gostou muito da cidade e da forma como foi recebido. Pode dar certo”.

15:36PORTUGUESA – A Lusa tentará a contratação do zagueiro Naldo, do Cruzeiro. O clube paulista já demonstrou interesse.

15:15O atacante Jean, que já vestiu a camisa de clubes como FLAMENGO, VASCO e FLUMINENSE, pode ir parar no futebol chinês. Sem clube desde que seu contrato com o América terminou, Jean vem mantendo a forma e aguardando uma posição dos seus representantes. Algumas sondagens já foram feitas.

15:15Pedrão, ex-BARUERI, se apresenta ao AMÉRICA DE RIO PRETO nesta sexta-feira. Ele vai assinar contrato com o clube para a disputa do Campeonato Paulista da Série A-2 de 2012. “Conheço ele bem, já trabalhamos juntos. Sabe o caminho do gol e vai vir nos ajudar aqui para conquistarmos o acesso ao Paulistão”, disse o técnico Vilson Tadei.

15:09O meia EVERTON, que atuou pelo BOTAFOGO no Campeonato Brasileiro, está negociando com o FLAMENGO, onde jogou em 2009 e foi campeão brasileiro. Perguntado sobre a negociação, o empresário do jogador, Carlos Jatobá, respirou, deu uma risada e respondeu: “Não há nada certo, vamos esperar”.

Entretanto, não será fácil convencer o Tigres-MEX, que detém seus direitos econômicos, a liberá-lo por empréstimo mais uma vez.

14:54O PAULISTA apresentou seus dois novos contratados nesta quinta-feira: os zagueiros Eduardo e Vanderlei. Os jogadores farão parte do elenco comandado por Sérgio Baresi, ex-São Paulo. VEJA!

14:47A diretoria do TUPI-MG anunciou nesta quinta-feira a contratação do técnico Alexandre Grasseli, de 37 anos.  Desde 2005, Grasseli comandava a equipe de juniores do Cruzeiro e terá sua primeira chance como treinador de um time profissional.

 

14:29FLAMENGO – O empresário Bruno Paiva disse à Rádio Brasil que o goleiro Felipe pretende permanecer no Flamengo, mas confessa que ainda não conseguiu se encontrar com a diretoria rubro-negra para conversar sobre a renovação.

14:25O Elton tem vontade de permanecer no Vasco e parece que o clube tem essa mesma intenção. Ficamos de marcar um encontro com o Rodrigo Caetano para discutir esse novo contrato. A intenção dele, que gosta muito da torcida, é ficar por um período bem longo. Ele já provou o que tinha de provar. Tem condições de jogar num grande clube com o Vasco, tem identificação com a torcida e sua ideia é fazer algo a médio ou longo prazo. Acho que ele merece.

, empresário de Elton, à Rádio BrasilBruno Paiva

13:50Houve uma conversa com o Anderson Barros no meio da temporada, quando surgiram algumas possibilidades para ele sair. Tanto para CRUZEIRO quanto ATLÉTICO-MG. O jogador estava se sentindo muito bem no BOTAFOGO e preferiu esperar a temporada terminar. Vamos deixar iniciar a temporada de 2012, em janeiro. Se o treinador nao for aproveitar o Somália, aí sento para ver alguns clubes para ele

, empresário do Somália à Rádio BrasilAlex Fabiano

13:43O BONSUCESSO aposta em jogadores conhecidos no Rio de Janeiro. Depois de Túlio Maravilha, o clube agora anuncia a contratação de Bóvio, que já defendeu o Vasco. Com 29 anos, ele reencontrará Fabinho, que foi seu companheiro no Santos. O ex-volante é dirigente do Bonsucesso atualmente.

13:27NÁUTICO – Perto de perder o atacante Kieza para o Palermo, da Itália, o Náutico corre atrás de Rafael Coelho, do Avaí. O empresário do jogador confirma a negociação. E o diretor de futebol do Timbu, Paulo Pontes, confirma que restam poucos detalhes para o acerto ser sacramentado. 

13:13O presidente do Ceará, Robinson Castro, revelou em entrevista à Rádio Jovem Pan que o Palmeiras tem interesse no atacante Osvaldo. 

12:55 INTERNACIONAL adianta conversas com a diretoria do SÃO PAULO e se aproxima do acerto para ter Dagoberto em janeiro e não em abril como estava previsto.

12:52Rafael Coelho é o mais novo alvo do NÁUTICO. O atacante, que disputou o Brasileiro pelo AVAÍ e tem contrato com o VASCO até 2013, foi oferecido ao Timbu, segundo informações do gerente de futebol alvirrubro Carlos Killa.

12:30SANTOS – o técnico do Kashiwa Reysol, Nelsinho Baptista, revelou que o time paulista fez uma proposta pelo lateral-direito Hiroki Sakai. Nesta quinta, Muricy assistiu ao jogador em ação na vitória por 2 a 0 sobre o Auckland, da Nova Zelândia.

12:21Sobre o interesse do BOTAFOGO em Rafael Oliveira, o diretor do Paysandu afirmou que houve “sondagens” e “conversas amistosas”: “Tudo pode acontecer. Estamos aí”, disse.

12:20Autor de 28 gols no ano, o atacante Rafael Oliveira, do PAYSANDU, tem proposta oficial de um clube de São Paulo. Especula-se que seja a PORTUGUESA. O diretor de futebol do Papão, Fred Carvalho, não confirmou o nome do clube: “O Paysandy clube pensa em fazer caixa e quer negociá-lo por empréstimo. Estou indo para São Paulo porque tenho uma proposta de um clube da Série A”, disse.

12:20 

O NÁUTICO acertou a renovação do  zagueiro Marlon e do volante Lenon. Os dois jogadores ainda assinarão o contrato, mas de acordo com o gerente de futebol do Timbu, Carlos Kila, as negociações já foram concretizadas. “Está tudo certo entre o clube, agentes e jogadores”, informou.

12:06BOTAFOGO e GRÊMIO estão interessados no zagueiro Brinner, do Paraná. O clube paranista avisou que não terá condições financeiras de renovar o contrato do atleta.

11:52O zagueiro Márcio Rosário está com futuro incerto nas Laranjeiras. O jogador tem contrato com o FLUMINENSE até maio do ano que vem, mas pode acertar a saída antes do término. O jogador fez uma temporada irregular e a diretoria pensa em liberá-lo para que ele busque outro clube. Nos próximos dias haverá uma reunião para a definição do futuro.

11:43Mesmo fora da Libertadores, o SÃO PAULO pensa grande para a próxima temporada. Na lista de reforços do clube estão nomes como o zagueiro Breno, o apoiador Montillo e o atacante Nilmar. No entanto, a própria diretoria do clube paulista reconhece que as três negociações são muito complicadas

11:15O técnico Emerson Ávila, ex-CRUZEIRO, vai treinar o Nacional, de Nova Serrana. O clube disputará o Módulo I do Campeonato Mineiro pela primeira vez na história. A estreia no Estadual será no dia 29 de janeiro, contra o  próprio Cruzeiro. Ele comandou a Raposa em seis partidas no último Campeonato Brasileiro.

11:05“Adeus, meu amor, adeus!”. Com essa manchete o principal site esportivo da Rússia se despede de Vagner Love, que deve voltar ao Brasil nesta janela. Em longa matéria publicada na quarta, o veículo digital destaca os quase sete anos do Artilheiro do Amor na Rússia. O texto ressalta que o CSKA optou por acaso pelo brasileiro em vez de Cavenaghi. Depois, destaca que enquanto o argentino reclamou do frio e pouco fez na Europa, Love driblou as dificuldades do país com profissionalismo e gols.

11:05Após o fim do Brasileiro, Leandro manifestou desejo de continuar no VASCO para a disputa da Copa Libertadores. No entanto, a pedido do técnico Caio Junior, o GRÊMIO não deve negociá-lo outra vez. O atacante estava emprestado ao clube de São Januário até o dia 31 deste mês. Ele tem contrato com o Tricolor Gaúcho até o fim de 2012.

10:57A torcida do Fluminense não gostou da saída de Mariano. Mas ao mesmo tempo aprovou a chegada de Bruno. E você?

10:20 Agora é oficial! Bruno é o mais novo reforço do FLUMINENSE para a próxima temporada. O lateral-direito deixa o FIGUEIRENSE e assina com o Tricolor um contrato de quatro anos.

Ele fará exames médicos e deverá ser apresentado na próxima semana. Bruno tem 26 anos e recebeu o troféu de bronze no Prêmio

10:19BOTAFOGO-SP – O Botafogo de Ribeirão Preto acertou com o meia Maycon, ex-Porto. O jogador, de 19 anos, estava há quatro anos em Portugal e chega para reforçar o time na disputa do Paulistão-2012.

09:50O FLUMINENSE confirmou na manhã desta quinta-feira a saída de Mariano. Em seu Twitter, o empresário do jogador, Marcelo Robalinho, está reproduzindo comentários de jornalistas e torcedores do Bordeaux elogiando a contratação.

09:41AVAÍ: Leandro Silva era capitão e um dos líderes do elenco da que ajudou a PONTE PRETA a conquistar o acesso para a Série A do Brasileiro. No entanto, o zagueiro não acertou sua renovação com o clube. Desta maneira, ele acertou sua transferência para o AVAÍ.

09:13PALMEIRAS – O jornal paraguaio ABC Color informa nesta quinta-feira que o ex-jogador e atual treinador da seleção paraguaia, Arce, indicou ao amigo Felipão a contratação do atacante Luis Nery Caballero, de 21 anos, do Olimpia: “Há uma forte recomendação do treinador da seleção paraguaia. Uma empresa chamada Fullplayers compraria os direitos de Caballero e repassaria ao Palmeiras”, disse o presidente do Olimpia, Marcelo Recanate.

08:36PALMEIRAS – O Verdão já iniciou as conversar para ter o atacante Loco Abreu, do Botafogo. O uruguaio tem as características que o técnico Felipão deseja, mas os dirigentes foram informados que o jogador não pretende deixar General Severiano.

08:26Bom dia, torcedor! Mariano no Bordeaux, Juninho no Palmeiras, Bruno Vieira 99% no Fluminense… O mercado tem as primeiras transferências, mas muitos clubes ainda não se movimentaram. Quem sabe nesta quarta-feira as notícias não melhoram. Acompanhe a partir de agora na Central do Mercado!

Por Cleber Aguiar – Independente 2 x 0 Capivariano – Galo é campeão da Segundona!

Fonte: Futebolinterior.com.br

O time de Limeira volta a conquistar um título após quatro anos e está na Série A3

 O Independente é o campeão do Campeonato Paulista da Segunda Divisão de 2011. Na manhã deste domingo, o Galo venceu o Capivariano, por 2 a 0, no Estádio Comendador Agostinho Prada, em Limeira, no segundo jogo da final. Joãozinho e Bismaque marcaram os gols do time limeirense, que chega à sua terceira conquista da divisão de acesso do futebol paulista (antes o Galo havia ganho em 1973 e 1999).

No jogo de ida, o Independente tinha sido derrotado, por 2 a 0, em Capivarí. Assim, com a vitória por dois gols de diferença no jogo de volta, o time de Limeira leva a taça por ter feito melhor campanha em relação à somatória de todas as fases da Segunda Divisão. No final do jogo, os times se envolveram em uma tremenda confusão generalizada, mas nada que apagasse o brilho da conquista do Galo Limeirense.

Galo mais perto da taça!
O primeiro tempo teve o Capivariano querendo aumentar a vantagem conquistada no jogo de ida. Mesmo com toda a torcida contrária, o time visitante levou perigo logo aos dois minutos. Alamir chutou, mas a bola bateu na zaga e sobrou para o artilheiro Romão. O atacante fez o giro dentro da área e chutou forte, mas a bola passou à direita do gol de Diego, que ficou somente olhando.

O Capivariano continuou melhor no jogo e teve nova oportunidade aos 19. Pedro Henrique cobrou escanteio do lado esquerdo e Alamir se antecipou para testar forte, mas o goleiro Diego fez uma defesa sensacional e evitou o gol dos visitantes. A torcida do Independente percebeu que precisava fazer a diferença e voltou a incentivar o time das arquibancadas.

Com as chances desperdiçadas, o Capivariano viu o Independente abrir o placar. Aos 27, Joãozinho cobrou falta da intermediária e acertou o ângulo direito do gol de Douglas, que ainda se esticou todo, mas sem conseguir fazer a defesa: 1 a 0. A torcida logo continuou incentivando, pois sabia que somente mais um gol já bastaria para comemorar a conquista da Segundona.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para seu final, o Galo deixou a torcida enlouquecida. Aos 48, Murilo Silva fez grande jogada pela direita e deu um passe açucarado para Bismarque. De dentro da área o atacante somente tocou de primeira, a bola ainda bateu no travessão antes de cair dentro da meta do Capivariano: 2 a 0.

São Diego!
O segundo tempo teve um personagem em especial: o goleiro Diego, do Independente. O arqueiro foi o nome da segunda etapa, principalmente para impedir que o Capivariano marcasse o gol e levasse o título para Capivarí. Aos oito minutos, Ivanzinho cruzou direto e o goleiro Diego precisou se esticar para evitar o gol dos visitantes, com um toque leve pela linha de fundo.

O time visitante continuou insistindo no gol. Aos 10, Romão chutou de dentro da área e o goleiro Diego novamente fez a defesa para salvar o time da casa. Após isso, o Galo teve a chance de matar de vez o jogo. Aos 14, Bismaque recebeu passe de Joãozinho e tocou na saída do goleiro Douglas, mas a bola foi pela linha de fundo.

O Independente queria o terceiro gol. Aos 19, Petterson desviou de cabeça e Gilberto chutou de dentro da pequena área, mas acertou a trave esquerda do gol do Capivariano. Os visitantes responderam aos 25. Régis Renan chutou forte de longe e o goleiro Diego espalmou pela linha de fundo para salvar o Galo.

A partida continuou aberta e tanto Independente quando Capivariano queriam o gol. Aos 29, Joãozinho cobrou falta certeira e o goleiro Douglas conseguiu espalmar pela linha de fundo para impedir o terceiro gol do Galo. O time de Capivarí ainda continuou buscando o gol, mas a defesa do time de Limeira segurou o resultado e o título estadual.

Ficha Técnica

Independente 2 x 0 Capivariano

Local: Estádio Comendador Agostinho Prada, em Limeira (SP)
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes: Alex Alexandrino e Fabio Rogério Baesteiro
Cartões amarelos: Alexandre e Thiago Pereira (Independente); Thiaguinho, Oliveira, Ivanzinho e Tom (Capivariano)
Gols: Joãozinho 27’/1T e Bismaque 48’/1T (Independente)

Independente
Diego; Gilberto, Carlos Diego, Petterson e Thiago Pereira; Murilo Silva (Gustavo), Márcio, Alexandre e Joãozinho (Marcelo); Bismaque (Daniel) e Leandro Neves.

Técnico: Jorge Parraga.

Capivariano
Douglas; Lucas, Oliveira, Kelisson e Pedro Henrique; Régis Renan, João Paulo (Tom), Adoniran (Thiaguinho) e Ivanzinho; Alamir (Willian) e Romão.

Técnico: Genildo Cavalcanti.

A Nova filosofia das categorias de base.

Fonte: O Estado de São Paulo

Efeito Barcelona

Sucesso do time espanhol com três baixinhos geniais faz mudar a forma como os clubes brasileiros encaram o trabalho de formação, até então priorizando a estatura e a força física

Anelso Paixão – O Estado de S. Paulo

SÃO PAULO – Foram necessários um time espanhol e um craque argentino para o futebol brasileiro redescobrir sua essência. No embalo do fabuloso Barcelona e do genial Messi, os clubes nacionais já falam em mudar a filosofia do trabalho de base. Acostumados a privilegiar a força física e, principalmente, à conquista de títulos durante a formação, os times já admitem que essa fórmula não é a ideal.

Messi: principal estrela dos baixinhos do Barça - Alejandro García/EFE
Alejandro García/EFE
Messi: principal estrela dos baixinhos do Barça

Agora, entendem que garotos inferiores fisicamente, mas com visão de jogo e habilidade acima da média, podem fazer toda a diferença no futuro.

O Barcelona, com seu trio de baixinhos feito em casa – Xavi, 1m70, Iniesta, 1m70, e Messi, 1m69 -, vem encantando o mundo com toque de bola refinado, velocidade impressionante e ofensividade que há tempos não se via.

“O Barcelona é a referência que salta aos olhos. É um case de jogar futebol, embora num raio X mais minucioso não seja essa maravilha toda na parte administrativa, mas ainda assim é um caso evidente de sucesso”, afirma o Diretor Executivo da Universidade do Futebol e mestre em Filosofia da Educação, João Paulo Subirá Medina. “É um clube excepcional porque a maioria de seus jogadores são formados na base, o que se torna um ponto fora da curva na atualidade.”

No Brasil, a exceção tem sido o Santos, que coleciona poucos títulos nas categorias menores, mas oferece grandes craques para o profissional, casos de Neymar, Ganso, Robinho e Diego, quatro das maiores revelações na atualidade.

Especialista no assunto, Medina explica que os dirigentes esportivos não conseguem enxergar as necessidades do trabalho de formação em sua plenitude. “Para o ‘hardware’ já caiu a ficha, porque os clubes têm centro de treinamento, campos bem cuidados, academia, estrutura física, mas para o ‘software’, que é o investimento na capacitação profissional, na integração do trabalho entre as diferentes áreas, isso ainda não.” E filosofa. “É um problema de teoria do conhecimento. Evoluímos muito na especialização, com excelentes profissionais, mas incapazes de fazer um trabalho integrado que o esporte exige.”

O professor destaca no caso do Barcelona a importância de um profissional de visão. “O Barcelona criou uma diretriz há 23 anos, com o Cruyjff (em 1988, quando assumiu o cargo de técnico). A instituição não pensa, quem pensa são os homens que a dirigem. Essa filosofia se mantém até hoje. No Brasil, a filosofia muda a cada má jornada do profissional e a cada troca de técnico.”

Na tentativa de largar na frente nesta empreitada que a formação de base pretende assumir, o São Paulo mudou o comando das categorias de base em 2009. O professor Marcelo Lima, bacharel em Esporte pela USP e especialista em fisiologia do exercício, vem coordenando uma reformulação. “Pensamos em formação e não em resultado. Desde 2009, mudamos o critério de seleção. A estatura, por exemplo, não é fundamental para resultados. A Espanha foi campeã do mundo e era a 8.ª seleção em tamanho de atletas na Copa, enquanto a Sérvia, a 1.ª, não passou da primeira fase”, explica.

O coordenador garante que, para isso dar certo, porém, é necessária uma mudança no comportamento também dos dirigentes. “A diferença é não ter a cobrança de se ganhar títulos nas categorias menores, tanto que nem disputamos o sub-13 e o sub-14. No sub-15, fazemos rodízio de atletas.”

AVALIAÇÃO COMPLEXA
O mais difícil nesta nova forma de avaliação, no entanto, é encontrar critérios concretos para detalhes tão subjetivos quanto inteligência de jogo e visão tática, bem diferentes de aspectos físicos facilmente mensuráveis como altura e peso.

De acordo com Lima, o clube encontrou uma metodologia. Para a questão da inteligência de jogo, é feito um teste tático, um jogo de três contra três, em que são avaliadas todas as ações, com e sem bola, e é criado um histórico ofensivo e defensivo. Um segundo ponto avaliado é a idade biológica. Para isso, são realizados quatro exames: o primeiro é o crescimento anual, em que é possível se detectar o pico de evolução; o segundo é o raio X do punho, que determina a maturação óssea; o terceiro é o da maturação sexual; e o quarto é o raio X dentário. Tudo isso para se definir a idade biológica exata.

A avaliação final passa, então, por uma média de todos estes aspectos. A aprovação ou não do garoto depende desta média entre as partes técnica, tática e física, com pesos diferenciados em relação a cada um delas. A técnica tem peso 3, a tática, 2, e a física, 1.

NA CONTRAMÃO
Nem todos os clubes, porém, pensam assim. O Corinthians garante que não dá para abrir mão de montar times competitivos e de brigar por títulos, mesmo na base. “No Corinthians é assim, a gente sempre entra em qualquer competição para ser campeão. A base tem de revelar, mas não pode abrir de ter times competitivos”, diz Fernando Alba Braghiroli, diretor do futebol amador. “É preciso se chegar a um meio-termo.”

Braghiroli faz questão de explicar que o fato de o clube não revelar um Neymar não significa que o trabalho não esteja sendo bem feito. “Fica a impressão que a base não funciona porque não tem um Neymar, mas lançar alguns jogadores, ainda que não sejam gênios, é uma forma de mostrar que a base está trabalhando bem.”

O diretor ainda destaca que a boa situação financeira do clube acaba indiretamente conspirando contra o trabalho de formação.“Tem de entender o momento econômico do Corinthians, que é excepcional e muito diferente da realidade do futebol brasileiro. Hoje, o grau de exigência para um atleta chegar ao profissional é muito alto”, destaca. “Situação diferente da que o Santos viveu quando lançou Diego e Robinho em 2002. Naquela época, o Leão dizia que não tinha time para entrar em campo. Por incrível que pareça, isso ajudou.”

O aproveitamento dos garotos no profissional é, portanto, o desfecho de todo o projeto. Por isso, alguns clubes sofrem com as poucas oportunidades oferecidas. No São Paulo, Lima garante que existe integração entre as áreas. “Quando chega no topo da pirâmide, que é o profissional, precisamos entregar atletas prontos e, em contrapartida, sempre tivemos as portas abertas.”

O desafio a partir de agora, porém, é fazer o Brasil redescobrir sua essência e provar que, quem um dia já foi o País do futebol, não pode ficar eternamente apenas reverenciando o futebol mágico do Barcelona e de Messi.

Santos aprende com Robinho e Diego que o segredo é fazer em casa

SANCHES FILHO / SANTOS , ESPECIAL PARA O ESTADO – O Estado de S.Paulo

SANTOS – A formação de craques no Santos é a continuidade, com ajustes, da política adotada pelo ex-presidente Marcelo Teixeira. Ao assumir o clube em 2000, sucedendo Samir Adbul-Hak, que tinha o respaldo de Pelé, ele herdou menos de um time completo para entrar imediatamente no Campeonato Paulista, e duas promessas: Diego, com 14 anos, convocado seguidamente para a seleção, e Robinho, selecionado numa peneira supervisionada por Pelé. Dois anos depois, uma forte crise financeira obrigou o Santos a cortar custos e a prestigiar os pratas da casa, deixando para trás a política de investir em jogadores consagrados e caros. Surgiu, então, a geração vencedora de 2002, que serviu de modelo para a atual.

Após a venda de Robinho ao Real Madrid por US$ 30 milhões, em 2005, o Santos passou a ser o novo rico do futebol brasileiro e os seus dirigentes perceberam que a formação de novos jogadores era a garantia de encontrar dentro de casa os craques que não estão disponíveis no mercado. Com o ex-capitão Zito supervisionando o departamento de futebol amador, foi criada uma rede de olheiros pelo País e, com base em indicações, os técnicos iam atrás de futuros craques.

Foi alugada uma casa espaçosa na Avenida Pinheiro Machado, no meio do caminho entre a Vila Belmiro e o CT Rei Pelé, para alojar os garotos de outras cidades. A “república” era chamada por Zito como “Ninho dos Cobrinhas”.

Numa dessas indicações surgiu Neymar, que chegou ao clube para integrar o time infantil de futsal e o de futebol de campo. Em pouco tempo, não havia mais dúvida. Ali estava uma joia rara, um jogador que antes de atingir os 18 anos já seria superior a Robinho. Aos 14, ganhava salário maior ao de muitos titulares do profissional. E, para não perdê-lo para o Real Madrid em 2007, Teixeira foi obrigado a dar R$ 1 milhão e parte dos futuros direitos econômicos à família da jovem promessa.

Paulo Henrique Ganso, um meia-armador à moda antiga, é outro talento especial da safra. Foi indicado a Narciso, então técnico do juvenil, por Giovanni, ídolo do time de 1995. E a geração que Teixeira preparou acabaria se tornando o segredo do enorme sucesso dos dois primeiros anos da nova administração.

Agora, o Santos tem cinco categorias na divisão de base – do sub-11 ao sub-20 -, com comissões técnicas distintas. Ao todo, são 280 garotos. O orçamento anual do departamento é de R$ 10 milhões, segundo o diretor Luís Fernando Moraes. Os candidatos a craque são selecionados em clínicas realizadas nos fins de semana pelo Brasil afora. Outros são garotos de empresários e já estão com os direitos econômicos fatiados muito antes do primeiro contrato, aos 16 anos.

Ao apostar num menino, o corpo técnico não obedece nenhum estudo do biótipo, porém há uma exigência: que ele tenha recurso técnico e demonstre determinação para se tornar jogador profissional. Há anos, quase todos os candidatos sonhavam ser o novo Robinho, agora a meninada se espelha em Neymar. Pelos cálculos da direção santista, de um contingente de mais de 200 jogado res, vingam de dois a quatro por ano. Com sorte, entre eles pode aparecer um novo Robinho ou Neymar, mas é raro. Tanto que o intervalo entre o surgimento dos dois foi de sete anos.

Para descobridor de Neymar, receita do sucesso é o futsal

SANTOS – Alberto Vieira, 51 anos, conhecido por professor Beto, foi o responsável por levar Neymar ao Santos. Em 2003, o clube da Vila Belmiro não contava com as categorias sub-12, sub-13 e sub-14. Foi então que Beto fez uma proposta para levar vários garotos, formando os times de futsal e futebol do clube.

“Para o Neymar jogar, foram terceirizadas as três categorias do Santos (sub-12, sub-13 e sub-14) para a empresa B&R. O Neymar chegou para a sub-12, ele era a promessa daquela categoria. Muita gente nem sabe desta história, porque o Santos não tinha essas categorias. Um ano depois, o clube cancelou o contrato e eu fui contratado para ser técnico do sub-13 e do sub-14. O Neymar continuou trabalhando comigo.”

O segredo para a tamanha habilidade de Neymar, para Beto, está justamente no fato de o garoto ter conciliado o futsal e o futebol de campo. “O Neymar chegou com 12 anos e, até os 14, jogava salão e campo. Esse trabalho foi importante na formação. Depois dos 16 anos, o garoto tem de escolher, mas, até os 15, é bom jogar as duas modalidades.”

A semelhança de Neymar com Messi é que, assim como o argentino, já fazia chover com 6 anos. “Ninguém precisou ensinar nada, era gênio.”

O mesmo ocorreu com Messi. Com problema de crescimento, o garoto foi levado aos 12 anos para Barcelona, já que seu time na Argentina, o Newell’s Old Boys, não tinha condições de bancar o custo de US$ 900 (R$ 1,6 mil) mensais com tratamento. Antes de entrar no Barça, porém, Messi teve de passar por um teste. O diretor Carles Rexach exigiu que participasse de um jogo de seu time, o infantil B, contra o infantil A, com jogadores mais velhos. “Eu o contratei em 30 segundos. Em meus 40 anos de futebol, jamais havia visto coisa semelhante”, conta emocionado Rexach. / A.P.

Inter aposta em especialistas para aprimorar fundamentos

O Estado de S.Paulo

Exemplo de clube bem-sucedido na formação de jogadores, o Internacional não se inspira no Barcelona para garimpar seus craques, mas também não dispensa o talento. “O clube sempre privilegia a qualidade, mas não dá para fugir de algumas exigências como as de que goleiro, zagueiro, volante e atacante têm de ser atletas de porte e força física”, explica o supervisor das categorias de base, Bernardo Stein, o Marabá. Nas demais posições, a liberalidade é maior. “Quem é do futebol não pode desconhecer Messi, Maradona, Zico e Pelé”, diz, referindo-se a quatro gênios com altura na casa de 1m70.

A fórmula de sucesso colorada passa pela manutenção, nas divisões de base, de estrutura semelhante à do futebol profissional. Para cada categoria o clube tem um auxiliar técnico, preparador físico e treinador de goleiros. Além disso, conta com especialistas para aprimorar fundamentos. O caso mais citado do momento é o de Leandro Damião. O artilheiro, que “estourou” neste ano com grande repertório de dribles, voleios e conclusões improváveis, foi lapidado desde 2009 pelo ex-atacante Ortiz e melhorou o domínio de bola, o giro e o cabeceio.

Nem todos pensam igual em Porto Alegre, porém. O outro tradicional time gaúcho, o Grêmio exige “pegada”, marcação forte para retomada da bola e contra-ataques rápidos. “O Olímpico não permite muito toque para o lado”, afirma o coordenador técnico das categorias de base, Rodrigo Lameira. Para ele, a postura do clube gaúcho não vai na contramão do que faz o Barcelona. “O Barcelona também é dos times que mais combatem. Quando perde a bola, trata de recuperá-la rapidamente.”

E o clube ainda se orgulha de ter lançado um dos maiores talentos do futebol mundial: o craque Ronaldinho Gaúcho.

Rio. Para os cariocas, o modelo de sucesso do Barcelona é o parâmetro para o trabalho das divisões de base, mas não deve ser considerado como a única fórmula para a excelência e as vitórias. “Tem de ter equilíbrio. Priorizamos o talento. A partir dele, podemos lapidar o aspecto físico”, comenta Eduardo Freeland, gerente técnico do futebol amador do Botafogo. “O primeiro critério é o talento. Mas a força não pode ser esquecida. Não se pode ser romântico a esse ponto.”

“No Flamengo, a filosofia sempre foi a criatividade. Chegamos a ser criticados por ter muitos jogadores baixos”, cita Carlos Brazil, diretor das divisões de base do Rubro-Negro.

“O Barcelona é o novo paradigma”, diz Fernando Simone, gerente geral das categorias de base do Fluminense. “Mas não podemos ter conceitos estanques”, ressalva o tricolor.

Minas. “Às vezes se encontra um Romário ou um Zico, mas essa história de que os times não se preocupam com físico é folclore”, afirma o diretor de Comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes. Já no Atlético-MG, o gerente das categorias de base, André Figueiredo, diz que a prioridade é “sempre a qualidade técnica”. “Se alia a qualidade à genética, com força e altura, ótimo. A gente quer um atleta top, mas nem sempre se acha reunindo todas essas qualidades”, salienta.

Paraná. Os principais clubes do Paraná dizem procurar o equilíbrio. O coordenador de captação do Atlético-PR, Erasmo Damiani, acredita que o ideal é ter jogadores talentosos, ainda que baixos, junto com altos, ainda que não tenham tanta técnica, em uma mesma posição, o que permite uma compensação. Já o superintendente de Futebol do Coritiba, Felipe Ximenes, diz que a técnica “precisa e deve predominar” sempre. No entanto, salienta que não se pode criar regras ou buscar estereótipos. / ELDER OGLIARI, LEONARDO MAIA, MARCELO PORTELA E EVANDRO FADEL

Times do interior invertem papéis com os grandes

SÃO PAULO – Famoso por revelar grandes jogadores ao longo da história, os times do interior também começam aos poucos a mudar sua filosofia nas categorias de base. Neste caso, porém, a transformação é mais profunda e não passa apenas pelo estilo dos jogadores. Os times pensam mesmo em deixar de lado o trabalho de formação, considerado muito caro, para apenas aproveitar os jogadores que sobram nas grandes equipes, numa “parceria”.

Veja também:
link Especial – Efeito Barcelona

Quem assume publicamente esta posição é o sempre polêmico presidente do Bragantino, Marco Antonio Abi Chedid. Segundo ele, cada clube grande coloca no mercado por ano mais de 20 atletas que não foram aproveitados. Esses garotos, em muitos casos, se veem obrigados a abandonar o futebol. Aí, entra o Bragantino, que oferece a vitrine da 1.ª Divisão do Campeonato Paulista e da 2.ª Divisão do Brasileiro. O garoto recebe salário e a oportunidade de seguir a carreira. O clube, em contrapartida, fica com 50% dos direitos federativos.

Chedid lembra que o clube adotou esta postura após a Taça São Paulo de 2001. “Em 2001, ficamos em 3.º lugar na tacinha, com um trabalho de quatro anos, e, após a disputa, perdemos 90% dos jogadores por causa da Lei Pelé”, conta o dirigente, que especifica os detalhes da lei. “O primeiro contrato é do clube formador, mas a duração máxima é de cinco anos. A partir daí, o clube tem direito a 5% da solidariedade se o garoto ficou os cinco anos, e, se foi emprestado neste período, tem de dividir os 5% com outras agremiações.”

O dirigente enumera os vários casos de sucesso. “O Bragantino oferece salário em torno de R$ 4 mil, além de estrutura e a vitrine, que é o mais importante. Temos bons casos como Felipe, Zelão, Everton Santos, Moradei, Paulinho, Bill, Marco Aurélio, apenas para citar alguns. Agora, temos o Romarinho, que era do Rio Branco de Americana e jogou o Paulista pelo São Bernardo. Estava quatro meses sem jogar. O Lincoln estava encostado no Criciúma, chegou aqui na 10.ª rodada, e, em 20 jogos, fez 17 gols, é o nosso artilheiro.”

No caso de Paulinho, que veio do Pão de Açúcar e foi vendido ao Corinthians, Chedid mostra que o negócio também foi bom para o atleta. “Ele chegou para ganhar R$ 4 mil. No final do Paulista, foi para o Corinthians para receber R$ 40 mil, dez vezes mais. Hoje, deve ganhar uns R$ 150 mil.”

E o dirigente diz que alguns clubes também já estão optando pela terceirização das categorias mais baixas. “O sub-13 e o sub-15 da Ponte Preta e do Grêmio Prudente, por exemplo, já foram terceirizadas.” / A.P.

Por Cleber Aguiar – Final do Interior Ponte Preta x Oeste !

Fonte: Futebolinterior.com.br

Oeste x Ponte Preta – Rubrão quer estragar a festa do bicampeonato!

A Macaca conquistou o Título do Interior em 2009, ao bater o Grêmio Prudente

Itápolis, SP, 06 (AFI) – Resta apenas um jogo para a Ponte Preta conquistar o bicampeonato do Título do Interior. Neste sábado, o time campineiro enfrenta o Oeste, às 18h30, no Estádio dos Amaros, precisando apenas de um empate para erguer o troféu e selar a boa campanha realizada no Campeonato Paulista.

Na primeira partida da final, a Macaca fez valer a vantagem de jogar em casa e agora joga por um simples empate em Itápolis. Ao Rubrão, resta vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, mas se bater o adversário por dois ou mais conquista o título e o prêmio de R$ 250 mil estipulado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).A Ponte Preta conquistou o Título do Interior em 2009, quando bateu o Grêmio Barueri, hoje Grêmio Prudente, por 2 a 1 na decisão, na Arena Barueri. No ano passado, Macaca e Oeste acabaram sendo eliminados nas semifinais do Título do Interior para Botafogo e São Caetano, respectivamente.

Desfalques!
O técnico Luís Carlos Martins não poderá contar com o volante Marino, que foi expulso em Campinas e cumpre suspensão automática. Além dele, o volante Dionísio, que foi negociado com a Ponte Preta, e o atacante Fábio Santos, disputado por Vitória e Avaí, também estão de fora. Quem retorna é Anselmo Ramon, que cumpriu suspensão e volta na vaga de Reinaldo.

“A torcida está bastante animada, pois querendo ou não se trata de uma final e que dá um clima maior para a partida. Precisamos de apenas uma vitória por 1 a 0 para o título ser decidido nos pênaltis. Não tivemos muito tempo para treinar, foi mais na conversa e vamos com tudo”, comentou o diretor de futebol Mauro Guerra.

Macaca focada
Mesmo conseguindo a vantagem de jogar pelo empate fora de casa, a Ponte Preta quer evitar o clima de já ganhou e prega total respeito ao adversário. Por isso, o técnico Gilson Kleina quer todo mundo focado na conquista do Título do Interior para depois pensar no Campeonato Brasileiro da Série B, que começa no final de maio. Conquistar o acesso de volta a elite é o principal objetivo do clube na temporada.

“Vencemos em casa, como queríamos e vamos para o segundo jogo com uma pequena vantagem. De maneira alguma o título está ganho. Vamos enfrentar um time difícil e que vai vir para cima, dando um maior espaço para o contra-ataque. Por isso, temos que focar em uma nova vitória”, afirmou o treinador alvinegro.

Negociado com o Coritiba, o volante Gil deve ficar mais uma vez de fora da partida. Por outro lado, o meia Renatinho cumpriu suspensão automática e volta ao time titular, mas sua posição está indefinida. O técnico Gilson Kleina ainda não sabe se utilizará Mancuso, Eduardo Arroz ou Rômulo no meio-campo. Se o comandante optar pelo atacante, o camisa 10 vai atuar um pouco mais recuado.

Ficha Técnica

Oeste x Ponte Preta

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP
Data: 07/05/2011
Horário: 18h30
Árbitro: José Claudio Rocha Filho
Assistentes: Mário Nogueira da Cruz e Mauro André de Freitas

Oeste
Fábio; Dedê, Cris, Paulo Miranda e Fernandinho; Adriano, Léo Salino (Rodrigo Menezes), Alex Willian e Márcio Passos; Roger e Anselmo Ramon.
Técnico: Luís Carlos Martins.

Ponte Preta
Bruno; Guilherme, Ferrón, Leandro Silva e João Paulo; Josimar, Xaves, Mancuso (Rômulo) e Valber; Tiago Luís e Renatinho.
Técnico: Gilson Kleina.