HUMOR ICFUT – Felipe Neto : MELHORES MEMES DA COPA – ALISSON E O BOLÃO

Anúncios

ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – Flamengo (RJ) 2×0 Paraná (PR)

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO-RJ 2 X 0 PARANÁ-PR

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de junho de 2018 (Domingo)
Horário: 19h00 (de Brasília)
Renda: R$ 1.745.965,00
Público: 59.488 presentes (54.526 pagantes)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões Amarelos: Jean Lucas, Felipe Vizeu (Fla)

Gols:
FLAMENGO: Diego, aos 20 min do 1º tempo; Felipe Vizeu, aos 20 do 2º tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Thuler e Renê; Gustavo Cuéllar, Jean Lucas (Willian Arão), Everton Ribeiro, Diego (Marlos Moreno) e Vinicius Júnior; Henrique Dourado (Felipe Vizeu)
Técnico: Maurício Barbieri

PARANÁ: Thiago Rodrigues, Junior, Jesiel (Neris), Rayan e Igor; Torito González, Jhonny Lucas (Carlos Eduardo) e Caio Henrique; Carlos, Léo Itaperuna e Silvinho (Thiago Santos)
Técnico: Rogério Micale

ICFUT – Felipe será julgado por frase polêmica na final do Carioca

Fonte: yahoo

Após erro da arbitragem contra o Vasco, goleiro afirmou que ganhar ‘roubado é mais gostoso’

Felipe será julgado por dizer que ganhar do Vasco 'roubado é mais gostoso'

A frase mais repercutida depois da final do Campeonato Carioca pode render punição para Felipe, do Flamengo. Na ocasião, o Rubro-Negro conquistou o título com um gol irregular, e o goleiro afirmou que "ganhar roubado era mais gostoso". Por conta disso, ele será julgado nesta segunda-feira, às 16h, pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ).

Após o episódio, a diretoria do Vasco denunciou o jogador no TJD.
"Não é louvável para um atleta esportivo dar aquele tipo de declaração, ainda mais naquele momento. Você pode criar uma situação de constrangimento e violência. Essa punição é mais educacional, para os atletas repensarem daqui para frente", criticou, à época, o advogado do Cruz-maltino, Marcelo Macedo.
Felipe, por sua vez, se defendeu das declarações e garantiu que se expressou mal.
"Falei mais com essa parte de torcedor. Sei que um atleta profissional não pode falar esse tipo de coisa. Acabei pegando pesado e peço desculpas a todos os vascaínos. A intenção seria falar que com ‘polêmica é mais gostoso’. É normal a provocação porque se fosse o contrário ia acontecer também, dos vascaínos sacanearem. Foi mais pesada essa declaração, mas era brincadeira", desculpou-se
Além da punição ao goleiro, o Vasco tenta ainda a anulação da decisão, quer a exclusão dos árbitros na CBF e pede uma indenização da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj).

ICFUT – Felipe confirma que usará a camisa 1 no Fla

Fonte: lancenet

Pelo Twitter, goleiro informou que herdará o número que não vinha sendo usado desde a saída de Bruno

O goleiro Felipe informou pelo Twitter que vai usar a camisa 1 do Flamengo. O número estava sem dono desde a saída de Bruno, condenado a quatro anos de prisão por sequestro e cárcere privado de Eliza Samúdio.

Marcelo Lomba, que herdeou a posição ano passado, optou por seguir com a camisa 29. A estreia de Felipe com a nova numeração será neste domingo, no amistoso contra o Londrina, às 16h, no Estádio do Café.

ICFUT – Felipe veste camisa do Flamengo antes da apresentação

Fonte: globo.com

Goleiro posa em hotel na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Clube agenda entrevista para o fim da tarde desta quarta-feira

Principal contratação para 2011 até o momento, o goleiro Felipe vestiu pela primeira vez a camisa do Flamengo na tarde desta quarta-feira. O goleiro posou para o fotógrafo do clube horas antes da apresentação oficial, marcada para as 17h. Vander, que também seria apresentado, retorna a Salvador no início da noite por falta de voos. (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

ICFUT – Apressado, Felipe desembarca no Rio para se apresentar ao Fla

Fonte: globo.com

Goleiro será submetido a exames médicos na manhã desta quarta. Contrato terá cláusula que prevê rescisão em caso de problemas disciplinares

Felipe chega ao Rio para defender o Flamengo
(Foto: Richard Souza / Globoesporte.com)

Principal reforço anunciado pelo Flamengo até o momento, o goleiro Felipe, ex-Corinthians, que estava no Braga, de Portugal, desembarcou no Rio de Janeiro no início da madrugada desta quarta-feira, no Aeroporto Internacional Tom Jobim. Acompanhado pelo empresário Marcelo Robalinho, o novo camisa 1 rubro-negro falou rapidamente com os jornalistas, que o esperaram por aproximadamente duas horas. Pela manhã, o jogador, de 26 anos, vai passar por uma bateria de exames médicos.

– Não posso falar. Preciso fazer os exames e só aí poderei falar como jogador do Flamengo. Preciso descansar – disse, apressado, ao deixar o saguão.

Felipe vai assinar contrato com o Fla por um ano. O clube tem a opção de compra dos direitos federativos do atleta tanto no meio quanto no fim de 2011 (ele pertence a um grupo de empresários e 25% são do Bragantino). No acordo, há uma cláusula que prevê rescisão em caso de problemas disciplinares. Uma exigência da presidente Patricia Amorim a partir do caso do goleiro Bruno.

– Espero repetir o sucesso que tive em São Paulo aqui no Flamengo. O clube vai disputar quatro campeonatos (Carioca, Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana) e temos que tentar conquistar os quatro títulos. Sei da pressão e espero corresponder – comentou.

Recentemente, Felipe sofreu uma contratura na coxa direta, lesão que o afastou de alguns jogos do Braga. A impresa portuguesa noticiou que ele teria pedido para deixar o clube por estar na reserva, mas o jogador nega.

Após ser submetido a exames, o goleiro vai passar o Ano Novo em Salvador com a família e se apresenta ao clube no dia 3 de janeiro, data da volta dos jogadores ao trabalho e da viagem a Londrina, no Paraná, onde o grupo fará a pré-temporada até o dia 17.

A trajetória do novo goleiro do Fla

Felipe começou a carreira nas categorias de base do Vitória e tornou-se profissional em 2002. Em 2005, teve uma rápida passagem pelo São Caetano. Saiu do Leão no ano seguinte após uma discussão com o então dirigente Paulo Carneiro, que viria a ser demitido algum tempo depois. Felipe acusou Carneiro de tê-lo insultado com declarações racistas. Contratado pelo Bragantino, disputou a Série B pela Portuguesa. Por conta de uma lesão na metade da disputa, retornou à equipe de Bragança Paulista no fim daquela temporada.

Felipe despontou em 2007, quando chegou às semifinais do Paulistão e foi um dos destaques da equipe. Contratado pelo Corinthians no mesmo ano, sofreu com o rebaixamento do Timão para a Série B, mas saiu fortalecido. Na temporada seguinte, foi um dos destaques na campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil e no título de Série B.

Em 2009, conquistou dois títulos com o Corinthians: o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil. Nesta temporada, durante a pausa para a Copa do Mundo, pediu para ser colocado à venda. Isso causou sério desconforto no clube e um desentendimento entre ele e o presidente Andrés Sanches. O atleta passou a treinar afastado do restante do time. Em agosto, teve o contrato rescindido e se transferiu para o Braga.

Neste ano, o goleiro brasileiro se viu envolvido em uma polêmica em Portugal ao ser acusado de agressão por sua esposa. Na ocasião, Letícia Carlos revelou também que Felipe não gostava de jogar na “Terrinha” e teria muita vontade de retornar ao Brasil, apesar de ser titular do Braga.

ICFUT – Novo goleiro do Fla diz ser autêntico, mas não problemático

Fonte: http://www.terra.com.br

Felipe viveu momentos de glória no Corinthians, mas enfrentou polêmicas

O ano de 2010 foi repleto de polêmicas no Flamengo. A maior dela, sem dúvidas, foi a saída traumática do goleiro Bruno, preso desde julho. Já de olho em 2011, o substituto do antigo capitão da equipe, o goleiro Felipe, chega ao time rubro-negro carregando um passado controverso. Sem medo da pressão, o novo camisa 1 da Gávea encara as críticas com naturalidade.

“Eu prefiro ser autêntico. Ao invés de ficar sempre dando as mesmas declarações que sempre ouvimos no meio do futebol, eu falo o que penso e acabo sendo chamado de polêmico por causa disso. Continuarei do meu jeito. Você não precisa falar sempre o que o outro quer ouvir. Acho legal sair da rotina”, disse Felipe, deixando claro que sua personalidade não vai criar problemas na Gávea.

“Esse sempre foi o meu jeito, mas não sou um jogador problemático por causa disso”, afirmou o goleiro.

Felipe defendeu o Corinthians entre 2007 e 2010. No Corinthians, ele alternou momentos de glória, como os títulos da Copa do Brasil e do Paulista, ambos em 2009, e outros trágicos, como o rebaixamento para a segunda divisão, em 2007. No segundo semestre deste ano, ele defendeu o Braga, de Portugal, mas acompanhou o calvário do Flamengo para se livrar da degola no Brasileiro.

“Estou totalmente preparado para a pressão que é o Flamengo. Joguei muito tempo no Corinthians, que é um clube de massa. Temos que fazer o clima ficar ao nosso favor e, para isso, temos que lutar pelo Carioca e pela Copa do Brasil, logo no primeiro semestre”, disse o goleiro, que voltou a afirmar que está pronto para assumir a responsabilidade de ser o sucessor de Bruno, que era um ídolo da torcida.

“Eu sei da importância que o Bruno tinha para a torcida e para os outros jogadores, ele era o capitão da equipe. Estou confiante e quero substituí-lo à altura. Só não posso garantir que vou fazer gols de falta, prefiro ficar ali atrás evitando que a bola entre”, disse.

Ainda em Portugal, Felipe retorna amanhã ao Brasil. Primeiramente, o goleiro vai até a cidade de São Paulo e, em seguida, desembarca no Rio de Janeiro para assinar toda a documentação com o Flamengo. Assim como os companheiros, o goleiro Felipe se apresentará na segunda-feira.