ICFUT – Elano rifa seu Maverick, a R$ 25 cada número, para ajudar projeto social

Fonte: globo

Elano colocou o seu Maverick para ser rifado para ajudar projeto socialElano colocou o seu Maverick para ser rifado para ajudar projeto social Foto: Reprodução / Instagram

O meia Elano, do Grêmio, abriu mão do seu Maverick em prol de uma causa nobre. O veículo está sendo rifado pelo atleta, no valor de R$ 25 cada número, para arrecadar dinheiro para o projeto social do padre Jucelir, de Rio Claro, no interior de São Paulo. A obra social oferece atendimento médico para famílias do município e cursos de capacitação.

Ao todo, 10 mil números foram disponibilizados, totalizando o valor de R$ 250 mil. O sorteio será feito no dia 30 de março de 2013, em Rio Claro. Há também outros prêmios: uma moto, um netbook, um tablet e uma réplica em ouro de um crucifixo usado pelo padre Jucelir.

No Twitter, o meia do Grêmio divulgou o número para as pessoas poderem ligar e comprar a rifa, além de uma foto do veículo.

“Rifando meu Maverick para o projeto com meu amigo Padre Jucelir de Rio Claro. Mais informações ligue (19) 3524 4305”, escreveu o jogador no microblog.

Foto de uma missa na igreja e do projeto socialFoto de uma missa na igreja e do projeto social Foto: Reprodução / Instagram

Elano conheceu o padre Jucelir há dois anos e, desde então, passou a ajudar as obras sociais da igreja. Hoje, mais de 100 atletas participam da oficina.

"Assim e a missa toda segunda feira em Rio Claro, sdds! kkk,Padre Jucelir. Projeto começou assim, hj temos mais d 100 atletas.#deusfazdeusjunta", escreveu o jogador.

ICFUT–Entrevista com Elano

Fonte: uol

Elano comemora boa fase em Porto Alegre e novo momento na carreira profissional

Elano comemora boa fase em Porto Alegre e novo momento na carreira profissional

Elano pede que torcida do Santos apoie Ganso e admite que ficou ‘desamparado’ no clube

Elano atingiu sucesso no Santos e de lá saiu após momentos conturbados. Problemas internos no elenco, ficar fora da final do Mundial por opção de Muricy Ramalho, vida pessoal exposta na mídia, tudo empurrou o meia para fora do clube. Destaque da última Copa do Mundo, menos de dois anos depois, ele viveu incertezas.

Carmelito Bifano/UOL Esporte
  • "Uma mudança sempre gera algo positivo", diz. Elano chegou ao Grêmio em julho e reencontrou o bom futebol. Em Porto Alegre, o meia disputou todos os jogos e é tido como responsável pela boa fase do time.
    Ao contrário do que poderia acontecer, ele mede palavras para falar do Santos. Não quer parecer ingrato com o time que o abriu as portas e descarta ter passado por problemas internos no elenco. De longe, pede apoio da torcida ao amigo Paulo Henrique Ganso – envolvido em negociação e podendo deixar o clube – e sequer cita percalços da vida pessoal.
    "Tive uma história maravilhosa no Santos. Não posso deixar de exaltar a minha gratidão. O meu respeito e o carinho pelo Santos serão sempre muito grande. Por tudo que vivi lá dentro. Agradeço desde o meu primeiro treinador, o Giba, que foi quem me levou para o Santos, até o último que foi o Muricy", disse em bate-papo sincero e descontraído com a reportagem do UOL Esporte nesta terça-feira.

UOL Esporte: Elano, por que você resolveu sair do Santos?
Elano: Tive uma história maravilhosa no Santos. Não posso deixar de exaltar a minha gratidão. O meu respeito e o carinho pelo Santos será sempre muito grande. Por tudo que vivi lá. Agradeço desde o meu primeiro treinador, o Giba, até o último que foi o Muricy. Mas houve alguns desgastes normais e naturais, principalmente quando se trata de Brasil. Às vezes as coisas não saem como a gente queria, principalmente, pela desclassificação na segunda Libertadores. Algumas coisas começaram a recair sobre mim que indiretamente eu não era o responsável. Eu junto com o grupo é que tínhamos a responsabilidade de uma desclassificação e me senti um pouco desamparado. Decidi sair antes de ter uma proposta na mão. Depois meu empresário falou do Grêmio. Conversei com a minha esposa e expus a importância de uma nova oportunidade, de um projeto maravilhoso que o Grêmio tem. Voltar a trabalhar com um treinador e jogadores que conheço… Então, o projeto que o Grêmio ofereceu para a minha família me trouxe muita luz, com novos objetivos e em um novo clube.

UOL Esporte: Houve uma queda de rendimento tua por questões táticas, ou o Muricy Ramalho não soube lidar com as disputas internas do elenco?

Elano: Não sei. É difícil falar de problemas… Não sei se diria problemas. Personalidades, maneiras e jeitos, cada um tem o seu. Eu, particularmente, em todos os clubes que trabalhei ou na seleção, o meu relacionamento com todos sempre foi respeitoso. Não tive problemas no Santos. Não vi problemas internos no Santos se tratando de campo [comissão técnica e jogadores]. Jogar ou não, faz parte do treinador e do jogador, aceitar ou não. Tudo foi bem natural, bem tranquilo, não vejo problema interno.

Boa fase no Grêmio


O torcedor está percebendo que a equipe está querendo. Mesmo nas derrotas, todos viram que buscamos algo mais. E a vitória no Gre-Nal confirmou isso. Não estamos felizes com a situação de 10 anos sem título do clube. Isso incomoda muito os jogadores, mesmo quem chegou depois. Queremos fazer história, acabar com isso

  • UOL Esporte: Foi um marco para você ter ficado fora da final do Mundial de Clubes, contra o Barcelona? Te magoou muito?
    Elano: Lógico que fico triste. A final do Mundial e a semifinal [da Libertadores] contra o Corinthians, no Pacaembu, são situações que pela qualidade que demonstro em grandes jogos acredito que poderia ter ajudado da melhor forma. Mas é o que falei: é um lado respeitoso do jogador com o treinador. Na final do Mundial o Muricy [Ramalho] conversou comigo depois, sobre a escalação, que eu não sabia. Ele conversou comigo no ônibus, antes de entrar no vestiário, por ser um atleta profissional exemplar e que cumpro com as minhas obrigações de forma respeitosa. Isso me deixou contente. Disse para ele que aquele momento tinha que ser de alegria. Que tínhamos que nos fechar, independente de qualquer coisa, pois não era momento de pensamento negativo. As coisas foram muito naturais. A chateação… o jogador fica triste, é normal, mas não houve nada mais do que isso.
    UOL Esporte: Quando no Santos, sua vida pessoal ficou exposta [Elano viveu romance e fim dele com a atriz Nívea Stelmann]. Isso também te prejudicou dentro de campo? Foi bom sair do foco?
    Elano: Toda mudança é importante. Ainda mais se tratando de um clube que eu conhecia todos e conquistei tudo. Às vezes a mudança é importante. Sou tão abençoado e agradeço muito a Deus por estar no Grêmio porque a minha adaptação foi muito rápida. Pelo carinho das pessoas de Porto Alegre. Pela maneira que fui tratado pelos jogadores. Além do principal, que é o time estar jogando bem e vencendo. Estamos bem colocados. Foi importante a mudança por toda essa questão. Agora, o lado da pressão.. foi melhor ou foi pior, confesso que falei muitas vezes… Não me importo muito, pois sempre sigo o meu caminho. O que vem acontecendo comigo desde que cheguei, foram oito ou nove jogos, em um mês e pouco, são coisas normais na minha carreira. Estou muito feliz, pois é esse Elano que eu quero continuar sendo.
    UOL Esporte: Pretende voltar ao Santos um dia?
    Elano: Agora não penso, mas não posso dizer que não voltaria, mesmo que não fosse para jogar, um dia trabalhar, não sei… Como disse, sou muito grato às pessoas que me ajudam. Seria muito ingrato e injusto se eu dissesse que jamais voltaria para o Santos. Como também seria ingrato ao Grêmio de dizer que eu sairia e voltaria. Então, neste momento, nada disso me passa pela cabeça porque quero ter mais cinco ou seis anos de carreira. Respeito muito a minha história no Santos, mas, no momento, a minha cabeça está extremamente focada para a equipe do Grêmio.
Gol marcado em Gre-Nal


Fiz história. É muito bom. Fiz gols em Brasil e Itália, Brasil e Argentina, Brasil e Portugal, Santos e Corinthians, Santos e São Paulo, e agora pude fazer gol em Gre-Nal. Marcar nestes jogos é para a vida toda. Na lembrança e na história do torcedor. Você sai na rua e as pessoas te agradecem

  • UOL Esporte: Tem um caso semelhante ao seu de saída do Santos ocorrendo, que é com o Paulo Henrique Ganso. O que você tem falado com ele, se é que tem, e o que pode ser dito disso?
    Elano:  Falar algo seria muito difícil, pois não sei o que está realmente acontecendo. Se tivesse lá, poderia ser mais claro. Agora, se pudesse pedir, mesmo de longe, seria para a torcida apoiar. Enquanto ele está no Santos, os torcedores têm que dar as mãos a ele. Porque é um jovem, que passou por períodos difíceis como a cirurgia, e queira ou não, tem que ser respeitado por querer estar dentro de campo. Esse é o único recado que gostaria de dar. Para que o torcedor apoie, pois a gente não sabe o que a diretoria faz, não sabe qual a postura dele. Peço que tenham respeito enquanto ele tiver contrato para que possa fazer o seu trabalho em paz. O jogador precisa de paz e tranquilidade para render. A qualidade que ele tem é indiscutível.
    UOL Esporte: Seu caso poderia ser exemplo para ele sair e ser feliz?
    Elano:  Como disse, toda a mudança é uma motivação diferente. Quem pode te responder é ele. Eu e a diretoria do Santos que decidimos minha saída. Tem situações em que precisamos tomar uma decisão. Espero que ele saia pela porta da frente, como ocorreu comigo. O lado do torcedor é importante e ele [torcedor] esteve do meu lado neste período. Às vezes, fico meio receoso de falar das coisas do Santos porque tem muita gente que interpreta as de várias maneiras. Jamais vou querer ser ingrato e a torcida do Santos sempre me apoiou nos momentos difíceis. Com o Paulo Henrique, peço as mesmas coisas. Vi agora no Pacaembu, contra o Palmeiras [Ganso foi vaiado], e fiquei muito chateado porque eu acho que ele não merece.
Lesão na Copa do Mundo


Me preparei, fiquei um ano me preparando, sem contar Eliminatórias, Copa América e amistosos.Tive oportunidade de fazer dois jogos e marcar dois gols. Tinha altas expectativas. Fiquei muito feliz que fui colocado na seleção da primeira rodada e estava na segunda.Com o Brasil avançando, tinha a possibilidade de ganhar algum prêmio. Disputar o título de uma Copa do Mundo, poder ser campeão. Tudo passou naquele momento e, para mim, tudo isso ficou para trás. É muito triste, mas bola para frente, a vida continua

  • UOL Esporte: Pelo desempenho que deste ao time, o Grêmio é, hoje, ‘Elanodependente’?
    Elano: Eu me vejo uma peça importante no Grêmio, mas vejo os jogadores totalmente empenhados. Hoje, até aqueles que não jogam estão totalmente empenhados, focados e concentrados para conquistar as vitórias. Com a minha chegada e com a qualidade e a inteligência de jogadores como Gilberto [Silva], Zé Roberto, de conduzir…  Temos a possibilidade de fazer uma história maravilhosa no Grêmio. Porque é um estádio que vai ser demolido e temos a possibilidade de fazer história aqui e começar uma nova dentro do outro. O que eu fiz no Santos, nem quando eu morrer vai ser apagado. A história vai continuar. Estamos construindo uma historia muito bonita aqui e esperamos um final feliz. Não vejo um Grêmio dependendo só de mim. Me vejo como uma peça importante, mas o Grêmio é mais que isso.
    UOL Esporte: Com a boa fase no Grêmio, você volta a pensar em seleção brasileira?
    Elano: Esse é o meu objetivo. Seleção é uma consequência. Se continuar fazendo o que venho fazendo no Grêmio e a gente continuar com uma grande sequência de vitórias, brigar por títulos, a seleção é consequência. Para a seleção brasileira tem que ir os melhores naquele momento. Respeito todas as convocações, mas vou buscar a minha. A Copa do Mundo está logo ali. Tive a possibilidade de fazer uma grande Copa do Mundo, não consegui acabar por uma fatalidade, mas o meu objetivo é poder voltar.
    UOL Esporte: E a adaptação a Porto Alegre….
    Elano: A adaptação foi muito fácil, pois a cidade tem muita qualidade. Se come muito bem. As minhas filhas estão extremamente adaptadas na escola. Fiz a minha mudança. Fiz amigos e conheço os lugares. É uma cidade pequena, as coisas são próximas e isso é muito gostoso. Onde vou tenho o carinho das pessoas. Independente de serem torcedores do Grêmio, todos têm um respeito muito grande pelo meu trabalho. Isso é muito gratificante. Então, quando tudo isso acontece, a cabeça e o coração ficam limpos para trabalhar.
    UOL Esporte: Você percebe ter a característica do futebol gaúcho… pegada, marcação…
    Elano: É bem engraçado, pois vocês que acompanham a história dos times do Grêmio sabem que eles são bem aguerridos. Times dedicados no posicionamento, força, mas que sempre tiveram qualidade técnica. Mesmo assim, os meias que têm essa qualidade também marcam. O Zé Roberto é extremamente importante. A gente brinca que somos dois meias e marcamos. Às vezes, marcamos os volantes como eles nos marcam. Isso é importante e o equilíbrio está nessa versatilidade. O Zé tem muito isso. Ele é impressionante.

ICFUT – Atriz Nívea Stelmann vai processar Elano por atentado ao pudor

Fonte: terra

A atriz e o jogador namoraram por quatro meses. Foto: Dilson Silva/AgNews

A atriz e o jogador namoraram por quatro meses
Foto: Dilson Silva/AgNews

  • A assessoria de Nívea Stelmann enviou comunicado à imprensa, nesta segunda-feira (17), informando que a atriz vai processar seu ex-namorado, o jogador de futebol Elano, por atentado ao pudor e invasão de domicílio. Segundo foi divulgado pela imprensa na última sexta-feira (14), o atacante do Santos é que teria entrado na Justiça contra Nívea por ela ter enviado fotos e vídeos de sexo ao clube e para sua família, uma vez que, segundo a versão de Elano, Nívea não teria se conformado com o fim do namoro, em julho deste ano.

A atriz logo se manifestou e negou a versão do atleta. Ainda segundo a assessoria de Nívea, o jogador é que estaria inconformado com o fim do relacionamento e teria sido Elano quem enviou as imagens para Nívea, que apenas as encaminhou para a mulher dele, Alexandra Blumer. Por conta disso, a atriz, que está na Europa, foi obrigada a trocar o número de seu celular. Em julho, o jogador teria invadido a casa de Nívea Stelmann tentando uma reconciliação.

Confira na íntegra a nota da assessoria de imprensa da atriz

Sobre recentes notas veiculadas na imprensa envolvendo o nome da atriz Nívea Stelmann e do jogador Elano, a assessoria de imprensa da atriz vem esclarecer:

A atriz está na Europa com o seu filho Miguel, e nós da assessoria de imprensa, desconhecemos qualquer processo judicial envolvendo o seu nome.Nívea Stelmann, possui uma carreira consolidada, livre de escândalos e, justamente, por prezar essa imagem limpa que construiu, a atriz nunca iria manusear fotos desse tipo.

Conforme relatado na coluna do Léo Dias (do jornal O Dia), ao receber tal material, a atriz apenas o encaminhou à esposa de Elano, já que na época o jogador havia se reconciliado com a sua atual esposa Alexandra Blumer. Em seguida, Nívea trocou o número de telefone – que possuía há anos – para não ser mais importunada.

A partir dessa polêmica, e por acreditar na Justiça e na coisa certa a se fazer, Nívea pretende processar o jogador Elano pela invasão de domicilio, atentado ao pudor – uma vez que seu filho de apenas 6 anos possui acesso livre ao seu celular- , e danos morais.

Cabe ainda ressaltar que não é a primeira vez que o jogador Elano tem o seu nome vinculado a escândalos dessa natureza, como já houve caso datado em 2009, ano em que a atriz não conhecia o jogador.

Nívea Stelmann está em paz e feliz com o seu atual namorado, o empresário Sanzio Gontijo.

ICFUT – Elano entra na Justiça contra Nívea por divulgação de fotos íntimas

Fonte: globo

Jogador diz que atriz Nívea Stelmann enviou fotos com nudez e sexo por SEDEX para o Santos e para sua família – e consegue proibir divulgação

Nivea Stelmann e Elano (Foto: Raphael Mesquita / Divulgação)Elano e Nívea durante o relacionamento

O roteiro era de conto de fadas. Jogador de futebol e atriz global se apaixonam, casam e vivem felizes para sempre. Na realidade, a carruagem não demorou para virar abóbora. Elano Blumer nunca foi estrela principal – nem Nívea Stelmann. Mas o romance particular dos dois terminou na Justiça. Segundo o jogador, em depoimento na quarta vara cível do Rio de Janeiro, a atriz enviou fotos íntimas via SEDEX para o Santos e para a ex-esposa do atleta – e Elano entrou na Justiça para evitar a divulgação desse material. No dia 9 de setembro, os advogados do jogador conseguiram uma antecipação de tutela – que impede que a atriz divulgue fotos ou material íntimo do jogador – sob a pena de pagar R$ 50 mil.

Procurado, Elano diz que não pode se pronunciar já que o processo corre em segredo de Justiça. A pessoas próximas, o jogador disse que só tomou tal atitude para preservar a sua família.

Elano e Nívea se conheceram no ano passado e mantiveram um romance que durou cerca de um ano – apesar de o jogador ser casado. No início de 2011, Elano se separou judicialmente de sua esposa, Alexandra Blumer – mas, durante a Copa América, quando estava com a Seleção Brasileira na Argentina, terminou com Nívea por telefone. E postou em sua conta no Twitter que estava solteiro novamente.

Elano e Alexandra Blumer (Foto: Ego)Elano e Alexandra Blumer 

Nas quartas de final da Copa América, Elano bateu mal um pênalti e foi um dos responsáveis pela eliminação da Seleção Brasileira contra o Paraguai, jogo em que entrou no segundo tempo da prorrogação substituindo Alexandre Pato. Além dele, Thiago Silva, André Santos e Fred também erraram suas cobranças. A má fase continuou no Santos – com outro pênalti perdido contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro – e uma sequência de más atuações.

Em agosto, os dois ensaiaram reatar o relacionamento. Mesmo machucado, Elano esteve com o Santos no Rio para o jogo contra o Vasco (ele não jogou). Após a partida, foi até o condomínio onde a atriz mora, no Recreio dos Bandeirantes, e chegou a pular o muro da casa para tentar falar com ela. Nívea chegou a publicar em sua conta no Twitter:

"Bom dia… homem-aranha mesmo".

A má fase de Elano no Santos prosseguiu – com atuações ruins e algumas lesões. Depois de uma última tentativa de recomeçar o namoro – e supostamente descobrir que o jogador estava voltando para sua ex-esposa – a atriz ficou indignada. E, segundo o depoimento de Elano, enviou para o Santos e para a própria esposa do jogador as fotos e áudios íntimos compartilhados durante a fase de namoro.

O processo corre na quarta vara cível da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Na decisão proferida em setembro, em que concede a antecipação de tutela, o juiz Carlos Alfredo Flores da Cunha relata textualmente que fotos íntimas foram enviadas para a sede do Santos – com uma carta em que ameaçava divulgá-las:

" (…) Acrescentou que a ré ficou inconformada com o término do relacionamento em julho de 2011 e passou a ameaçar o autor com a divulgação de suas fotos íntimas na mídia, inclusive eletrônica (internet), bem como através de email para os empregados, amigos e familiares do autor. Informou que a ré ameaça o autor através de mensagens de texto, recados na caixa postal. Aduziu que chegou a trocar o número do seu telefone, bem como que a autora enviou para o seu local de trabalho (Santos Futebol Clube), sedex com cópias das referidas fotografias acompanhada de carta onde a autora manifesta sua vontade de divulgá-las (…)"

"(…) Argumentou que com a divulgação via internet ou o encaminhamento a terceiros das fotografias íntimas e de natureza sexual, seria impossível cessar sua propagação na mídia, o que lhe acarretaria danos. Desta forma, postulou o autor a concessão de tutela antecipada para que a ré se abstenha de divulgar, publicar ou repassar a terceiros suas fotos íntimas, sob pena do pagamento de multa.  A petição inicial (fls. 02/10) veio instruída com cópia das mensagens de texto e emails enviados pela ré (fls. 14/19), o sedex e a carta remetidos para o Santos Futebol Clube (fls. 20/22), bem como um envelope lacrado contendo CD com a gravação de mensagem de áudio deixada pela ré na caixa postal do autor e pen drive com os arquivos das mensagens de texto (…)"

A seguir, o juiz concede a antecipação de tutela:

"Tais fatos, indubitavelmente, são passíveis de causar grave lesão ou dano de difícil reparação, motivo pelo qual DEFIRO A ANTECIPAÇÃO DE TUTELA, de cunho inibitório, com fins de prevenção de ilícito, determinando à ré que se abstenha de publicar as fotos do autor em situações de nudez ou de natureza sexual, em qualquer contexto, sob pena de R$ 50.000,00 por transgressão a esta ordem (…)

A assessora de Nívea Stelmann, Cidinha Santos, disse que a atriz não quer falar sobre o caso:

– O que ela tinha para falar já falou. Ela não vai mais se pronunciar sobre o Elano.

A assessoria de comunicação do Santos disse desconhecer o assunto.

ICFUT – Elano desabafa no Twitter sobre relacionamento com Nívea

Fonte: lancenet

Jogador do Santos disse que não entende "tanta maldade", se referindo às últimas notícias sobre seu namoro com Nívea Stelmann

Depois de um jornal paulista noticiar que o volante Elano havia dito, durante uma feira de casamentos, que não pretendia se casar, parece que mais notícias sobre o namoro entre o jogador e a atriz Nívea Stelmann começaram a pipocar. Agora, andam dizendo por aí que o craque levou duas mulheres para seu apartamento após a festa do título de campeão paulista. Pensando nisso e para não deixar dúvidas de que o casal está mais feliz do que nunca e pretendem ficar por mais muito tempo, o santista resolveu falar sobre o assunto em sua página do Twitter.

“Não sei pq mais infelizmente estão querendo acabar com meu amor e da @NiveaStelmann,Todo dia q acordo tem uma noticia destruidora a nosso respeito na net ou jornal. Já esta sendo muito difícil viver longe da mulher q eu amo por causa do ritmo de trabalho d ambos. Agora inventaram q 2 mulhres subiram no meu apt depois d festa do título. As únicas mulheres q subiram aqui foram minha mãe e minhas 2 irmãs. Não entendo o motivo d tanta maldade. Amo essa mulher como nunca amei ninguém na minha vida. E nada, nem ninguém vai conseguir destruir o nosso amor. Estamos fortes, unidos e peço respeito com a mulher q escolhi pra passar o resto da minha vida (sic)”, desabafou o craque.

Depois disso, o volante recebeu várias mensagens de fãs, que elogiaram a postura do volante e pediram para ele não dar ouvidos aos jornais que noticiam este tipo de notícia.

Por Cleber Aguiar – Santos de Elano , melhor do que Pelé !

Fonte: Folha Online

Santos quer melhor início desde Pelé

ADRIANO FERNANDES

Se o Santos vencer a Ponte Preta hoje, em Campinas, terá feito o seu melhor início de Paulista em 46 anos.

Se conseguir a quinta vitória em seis jogos (o time empatou contra o São Caetano, na quarta rodada), o Santos igualará o desempenho do time que começou o Paulista de 1965 e foi campeão. Na época, Pelé foi o artilheiro do campeonato, com 49 gols.

Em 2007, o Santos fez campanha parecida com a atual: nos seis primeiros jogos, venceu cinco e empatou um. Se ganhar hoje, porém, terá pelo menos 11 gols de saldo, dois a mais que no início do Paulista de 2007, quando também foi campeão.

Caso vença com uma vantagem de mais de três gols, a equipe santista superará o time de 1965 no saldo de gols.

Essa campanha inicial só não seria melhor que a do time santista de 1962, que emplacou sete vitórias nos sete primeiros jogos do Paulista.

Em termos de artilharia, a equipe atual, com 16 gols, é a melhor desde 2001, segundo levantamento do Centro de Memória e Estatística do clube. Em 2001, o Santos marcou 17 vezes nos cinco primeiros jogos. Já a equipe de 1965, marcou 18 vezes nas cinco rodadas iniciais.

Um dos artilheiros do time atual é o meia Elano. Contratado para fazer a articulação entre o meio-campo e o ataque, o jogador já marcou cinco gols na temporada.

“Não foi projetado”, disse o meio-campista. “O pessoal agora liga e pergunta: ‘Você é artilheiro agora?'”, afirmou.

Mas o Santos não joga completo. É possível que a fase artilheira de Elano acabe quando os jogadores mais acostumados a anotar gols voltem ao time alvinegro.

São os casos de Neymar, que está jogando o Sul-Americano do Peru com a seleção sub-20, e de Paulo Henrique Ganso, que se recupera de uma cirurgia no joelho.

Mas o técnico Adilson Batista pretende ajudar Elano em seu namoro com os gols. O meia foi escalado pelo treinador como o batedor oficial de pênaltis da equipe.

“Em todos os times em que eu passei na Europa, eu era o batedor de pênaltis. Um dia [quando jogava pelo Manchester City], o Robinho pediu para bater e perdeu. Depois, eu ouvi um monte do treinador”, conta Elano, ex-colega de Robinho no City, no Santos e na seleção.

A duas semanas da estreia santista na Libertadores, prioridade do clube, a escalação contra a Ponte Preta hoje será diferente da que venceu o São Paulo (2 a 0), no domingo. O técnico Adilson Batista, porém, não disse que nomes sairão ou entrarão na equipe.

NA TV
Ponte Preta x Santos
19h30
Sportv

ICFUT – Santos perde Elano para estreia do Paulistão

Fonte: futebolinterior.com.br

Abertura da janela de inscrição de atletas de fora do país acontece no dia da estreia da competição

Time que mais gastou em contratações para a disputa do Campeonato Paulista, o Santos recebeu uma notícia ruim nesta terça-feira. O meia Elano, principal reforço da equipe para esta temporada, perderá a estreina do Paulistão, no próximo dia 15, às 19h30, contra o Linense, em Lins.

A reabertura da janela de inscrições de atletas vindo de fora do país na CBF acontece apenas no dia 15, dia da estreia. Já na Federação Paulista, a data de inscrição da primeira rodada termina no dia 11 do mesmo mês, impedindo assim a inscrição do ex-meia da seleção brasileira para o primeiro jogo.

“Para o primeiro jogo não há nenhum possibilidade de Elano jogar. Acredito que no dia seguinte já esteja tudo certo e na partida contra o Mirassol, no dia 19, tudo já esteja regularizado e ele possa reestrear com a camisa do Santos”, afirmou o advogado do clube, João Vicente Gazolla.

Nenhum dos três principais reforços do Peixe poderão jogar na estreia. Além de Elano, o volante Charles, se recupera de lesão no joelho e só volta em fevereiro, o lateral Johnattan, com pubalgia também deve perder o primeiro jogo. Os Meninos da Vila, Neymar e Paulo Henrique Ganso também ficarão de fora. O primeiro por estar na seleção sub-20 e o segundo se recuperando de delicada