Por Cleber Aguiar – Palmeiras vence no sufoco a Macaca.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 PONTE PRETA

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 15 de março de 2014, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques e Patricia Carla de Oliveira (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Vinicius Furlan e Regildenia de Holanda Moura (ambos de SP)
Cartões amarelos: Wendel (Palmeiras). Bruno Silva, Diego Sacoman, Adrianinho, Carleto, Alef (Ponte Preta)
GOLS: PALMEIRAS: Eguren, aos 15, Alan Kardec, aos 17, e Mendieta, aos 42 minutos do segundo tempo
PONTE PRETA: Rossi, aos 2 minutos do primeiro tempo. Silvinho, aos 25 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Eguren, França (Mendieta) e Valdivia; Bruno César (Patrick Vieira), Leandro (Vinícius) e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

PONTE PRETA: Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva (Neílson), Alef e Adrianinho (Bida); Silvinho, Antônio Flávio e Rossi (Carleto)
Técnico: Vadão

Por Cleber Aguiar – Edno é o primeiro reforço da Ponte para Série B

Fonte: Futebolinterior.com.br

edno-ponte preta

jogador edno ex corinthians acerta com a ponte preta

O clube campineiro. Na tarde deste sábado, por meio de uma nota publicada no site oficial, a diretoria da Macaca confirmou a contratação do meia-atacante Edno.
O jogador estava defendendo o Cerezo Osaka na J.League e disputou 38 jogos pelo clube japonês – 31 como titular e sete de reserva -, marcando seis gols e dando três assistências. Um pré-contrato entre as partes foi assinado, mas ainda não está definido quando Edno será apresentado de forma oficial para a imprensa, nem quando irá iniciar os treinamentos com os novos companheiros.

Hoje com 31 anos, Edno era sonho antigo da diretoria pontepretana desde o tempo que defendia o Noroeste, mas as negociações nunca foram para frente. Revelado nas categorias de base do Avaí, o meia acumula passagens por PSV (Holanda), Viktoria Plzeñ (República Tcheca), Wisla (Polônia), Tigres (México), Cruzeiro, Figueirense, Atlético-PR, Portuguesa, Corinthians e Botafogo.

O melhor momento de Edno foi com a camisa da Portuguesa, entre os anos de 2008 e 2009, e depois foi contratado pelo Corinthians, onde não teve muitas oportunidades. De fora da lista dos jogadores que iriam disputar a Libertadores, o meia acabou sendo emprestado ao Botafogo, onde disputou 46 jogos e marcou 12 gols. Retornou para a Lusa em 2011 e contribuiu para o acesso à elite do Brasileirão.

Nos últimos dias, o técnico Vadão afirmou que o elenco alvinegro precisaria ser reforçado para a disputa da Série B do Brasileiro e já havia iniciado as conversas com o presidente Márcio Della Volpe sobre a montagem.