ICFUT – ATLETICO CAMPEAO GOIANO DE 2014

ATLETICO_GO

dsc0454_1

VILA NOVA A SEGUNDA MAIOR FORCA DO ESTADO REBAIXADO NO ESTADUAL E NO BRASILEIRO DA SERIE B.

vilanova_beneditobragatorcida-10026

Vila Nova Vila Nova Goiânia Goiânia 15 TITULOS 9 VICES

Classificação Final

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % Zona de classificação ou Rebaixamento
1 Bandeira de Goiania.png Atlético Goianiense 31 18 9 4 5 25 14 +11 57,4 Copa do Brasil 2015.
2 Bandeira de Goiania.png Goiás 39 18 11 6 1 33 10 +23 72,2
3 BandeiraAnapolis.jpg Anapolina 22 16 7 1 8 22 20 +2 45,8 Copa do Brasil 2015 e Série D 2014.
4 Bandeira goianesia.jpg Goianésia 22 16 6 4 6 19 24 -5 45,8 Série D 2014.
5 Bandeira trindade go.png Trindade 20 14 6 2 6 19 23 -4 47,6
6 Bandeira de Aparecida de Goiânia.jpg Aparecidense 17 14 4 5 5 14 15 -1 40,5
7 Bandeira de Catalão.JPG CRAC 15 14 3 6 5 11 17 -6 35,7 Classificado para Série C de 2014.
8 BandeiraAnapolis.jpg Grêmio Anápolis 14 14 4 2 8 15 25 -10 33
9 BandeiraAnapolis.jpg Anápolis 14 14 2 8 4 10 12 -2 33 Rebaixados para o Divisão de Acesso 2015
10 Bandeira de Goiania.png Vila Nova 13 14 3 4 7 11 19 -8 31

Por Cleber Santista – BOMBA! STJD confirma CRAC na vaga do Ipatinga na Série C

Fonte: Futebolinterior.com.br

0002048179162_img

Com o Betim/Ipatinga rebaixado para a Série D do Campeonato Brasileiro, nada menos do que quatro equipes pleitearam, ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a vaga em aberto na Série C, a terceira divisão. A decisão foi proferida na noite desta quinta-feira, com vitória do CRAC, de Catalão (GO), sobre Metropolitano-SC, Brasiliense e Tiradentes-CE .

Cada um dos clubes tinha o seu argumento. O Tiradentes alegava ter sido o quinto colocado geral da Série D, enquanto o Metropolitano ponderava que foi o melhor dentre os times eliminados nas quartas-de-final. Assim, havia sido o quinto colocado e primeiro na fila dos que deveria subir. O Brasiliense afirmava que, dentre os times rebaixados para a Série D, era o de melhor campanha na Serie C e, por isso, deveria ficar com a vaga em aberto.

Caio Cesar Rocha, vice-presidente interino do STJD, porém, deu ganho de causa ao CRAC em seu despacho. Na avaliação dele, os clubes que disputaram a Série D brigavam por quatro vagas no acesso e que, em nenhum momento, ponderou-se que o quinto colocado poderia subir.

Candangos e goianos
A briga, assim, ficou entre Brasiliense e CRAC, com vantagem para os goianos porque, no entender de Rocha, a equipe estava no mesmo grupo do Betim e, assim, ficou à frente dos mineiros quando estes foram rebaixados por decisão do próprio STJD. O Brasiliense, ponderou o auditor, estava num grupo que teve mais equipes e, por isso, teve a chance de somar mais pontos.

A CBF até já divulgou a tabela da Série C com a inclusão do Betim. A competição começa no próximo dia 27, com os goianos visitando o Cuiabá em Lucas do Rio Verde. A equipe está no Grupo A, com Botafogo-PB, CRB, Fortaleza, Treze-PB, Águia de Marabá, Salgueiro-PE, ASA e Paysandu.

Punição
A queda do Betim, adiada pela decisão em 1º grau, havia sido determinada pelo STJD em novembro do ano passado. O tribunal punira o time por causa do não pagamento de uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação do atacante Pablo Escobar. A sanção, prevista no Código Disciplinar da Fifa, fora confirmada pelo Pleno do STJD em fevereiro deste ano.

O clube, então, acionou a Justiça comum e a 4ª Vara Cível de Betim concedeu decisão favorável ao clube mineiro. A CBF acatou a determinação e, em fevereiro, divulgou a tabela da Série C com a presença do Betim. O STJD, contudo, não aprovou a decisão e decidiu pela suspensão das tabelas tanto da Série C quanto da Série D.

Depois desta decisão, o tribunal recuou e decidiu liberar a publicação da tabela da terceira divisão, confirmando a inclusão do Betim. No entanto, a permanência do time na Série C foi vetada pelo TJ no fim do mês passado.