ICFUT -Goleiro de Gana revela tentativa de suborno na Copa do Mundo de 2006

Fonte: gazetaesportiva

Sem clube desde que deixou o modesto Blackpool na última temporada, o ganês Richard Kingson concedeu entrevista ao jornal inglêsDaily Mail e revelou que foi vítima de uma tentativa de suborno durante a Copa do Mundo de 2006, disputada na Alemanha e vencida pela Itália, após decisão por pênaltis com a França.

Segundo Kingson, que também disputaria a Copa de 2010, o crime aconteceu às vésperas da vitória por 2 a 0 sobre a República Tcheca, em jogo válido pela 2ª rodada do grupo E do Mundial. Depois de ser derrotada pela Itália na estreia, a seleção ganesa reagiu e venceu o duelo diante dos tchecos e depois diante dos Estados Unidos, garantindo a classificação para as oitavas de final.

“Nós disputávamos o segundo lugar com a República Tcheca, mas eles eram a segunda melhor seleção na época. Apareceu um ganês e me levou para encontrar umas pessoas que tentaram me subornar. Aquilo me confundiu um pouco e não soube o que fazer”, revelou o jogador de 34 anos. De acordo com o veterano, os valores oferecidos chegavam a U$ 300 mil (R$ 606 mil).

Kingson também aproveitou para ressaltar a importância de sua esposa para enfrentar esta crise. “Ela me disse: ‘Richard, não te amo pelo seu dinheiro, não aceite isso, vai perder sua dignidade e a credibilidade’", finalizou. Na sequência da Copa, Gana enfrentou o Brasil e perdeu por 3 a 0, com gols de Adriano, Ronaldo e Zé Roberto. O tento marcado pelo Fenômeno, inclusive, deu a ele o posto de maior artilheiro dos Mundiais com 15 gols.

AFP

Depois de disputar duas Copas do Mundo, Kingson revela tentativa de suborno antes de jogo do Mundial de 2006