Por J. Edmar–COPA DO MUNDO: BRASIL – 0X3 – HOLANDA

BRASIL – 0X3 – HOLANDA

LOCAL – ARENA MANÉ GARRINHA – DF

DATA – 12/07/2014.

Pois é…

Assim fica muito difícil de fazer comentários aceitáveis…

Mas, por outro lado, não sou daqueles brasileiros metidos a “donos da razão”, que a tudo criticam, que a tudo tripudiam…

Eu seria, todavia, o maior entre os hipócritas se, por acaso, dissesse, aqui, que estou satisfeito.

Não…

Não estou!

Todavia se, até o jogo contra a Alemanha, eu enaltecia, aqui, algumas possíveis qualidades de nossa Seleção por que, então que, assim de repente, do nada, eu venha, aqui e juntar-me ao coro de dezenas de milhões de “entendidos” e, juntando-me a eles, zoar e tripudiar o “pessoal” que, até então, enaltecia?

Não posso fazê-lo, (e) não vou fazê-lo, pois continuo Brasileiro e Nacionalista!

Para falar mal de nossa Seleção e de nossa gente, já bastam os argentinos, este povo metido a fanfarrão mas, que, (todos sabem) estão às portas da falência como nação…

Este mesmo povo que, um dia, movidos por um narcisismo imperdoável, declararam guerra à Inglaterra, reivindicando uma porção de terra gelada e habitada somente por pingüins e, depois de um “cacete” de criar casca e de uma derrota vergonhosa e humilhante vem, ainda tem o “topete” de exibir, em dias de jogos de sua seleção, a faixa manjada que diz “AS MALVINAS SÃO ARGENTINAS”…

Este mesmo povo que se orgulha tanto de “seu” tango, mas não divulga que o maior expoente deste gênero musical não nasceu na Argentina, este mesmo povo que insiste em julgar-se superior (principalmente no futebol) à nossa gente mas omite que temos 5 estrelas na nossa camisa enquanto que eles têm apenas duas…

Este mesmo povo que alardeia de forma jocosa e maledicente que seu astro maior (um cocainômano assumido) é melhor que o Pelé quando, para fins de comentários, sabemos que este mesmo “milongueiro” tem, em seu currículo, 12 (doze) internações por vícios. E não faço este comentário visando defender o Pelé como cidadão mas, sim, como esportista pois, quem fez mais de 1200 gols ao longo da carreira, quem parou guerras em nome do futebol/arte, quem conquistou três estrelas na camisa, não pode, jamais, ser inferior a um fanfarrão, viciado, e milongueiro…

Este mesmo povo que se gaba tanto de sua superioridade ao ponto de nos chamar de “macaquitos”…

Pois bem, é este mesmo povo, que alguns “brasileiros feitos nas coxas” endeusam, esquecendo-se que este povo tem que evoluir, ainda, muito, para chegar aos nossos pés no campo das conquistas em Copas do Mundo!

Nunca fui “Pelezista” mas jamais vestiria a camisa da Argentina, principalmente a deste gringo viciado…

Não gosto do Neymar, mas sou brasileiro e jamais enalteceria o Messi em detrimento do Neymar…

O meu “B”, de brasileiro, é maior que toda a arrogância dos argentinos e o meu “N”, de nacionalista, é maior que todas as demais 31 seleções que se apresentaram neste Mundial!

Deixo, então, para “eles”, toda a gozação, todo o tripudio, toda a zoeira a respeito de nossos fracasso nesta Copa do Mundo mas, de minha parte, jamais, junto-me a eles!

Rendo-me, porém, (com pesar) às falas dos psicólogos e dos analistas de peso, quando dizem que nossa seleção é inferior a todas as que, até hoje, montamos…

Mas não vou, portanto (repito e enfatizo), juntar-me ao coro dos que zoam a nossa própria Seleção e tripudiam os nossos próprios feitos…

Somente nossa seleção é PENTACAMPEÃ DO MUNDO

Somente nosso povo tem este orgulho enquanto que os demais, tudo que podem fazer, é nos invejar e tentar nos igualar todavia, superar, JAMAIS!!!

Concluindo sou, sim, um Brasileiro Nacionalista e o resto, para mim, é resto!

Dá-lhes, Brasil!

Dá-lhes, povão brasileiro!

ICFUT – Romário critica Felipão e CBF em rede social: ‘Meu sentimento é de revolta’

Fonte: lancenet

Deputado federal fala de ‘falta de atitude’ de Felipão e afirma que ‘Marin e Del Nero tinham que estar na cadeia’. Texto do Baixinho ainda revela muito dos bastidores do Mundial

Romário (Foto: Agencia Câmara)Romário não poupou críticas a CBF e ao futebol brasileiro (Foto: Agencia Câmara)

A goleada histórica aplicada pela Alemanha no Brasil (7 a 1) não repercurtiu apenas questões táticas do time de Felipão. Romário, craque da conquista do tetra em 1994 e deputado federal, publicou um texto fazendo diversas críticas que vão desde o técnico Felipão até a presidente Dilma Rousseff.
Logo no início, Romário relembra de sua frase dita há algum tempo: "Fora de campo, já perdemos a Copa de goleada". Antes de começar suas críticas a parte política, o ex-atacante reconhece a superioridade da Alemanha e logo depois critica o time do Brasil, além do técnico Felipão:
"Ninguém há de questionar a superioridade do futebol alemão já há alguns anos."
"A chuva de gols foi apenas reflexo do pânico, da incapacidade de reação dos nossos jogadores e da falta de atitude do treinador de mudar o time."
O Baixinho ainda diz estar revoltado e então começa a atacar a CBF e alguns personagens políticos do Brasil, entre eles, o ministro do esporte Aldo Rebelo e a presidente Dilma Rousseff.
"A Confederação Brasileira de Futebol, uma instituição corrupta gerindo um patrimônio de altíssimo valor de mercado."
"Nunca tive o apoio da presidenta do País, Dilma Rousseff, ou do ministro do Esporte, Aldo Rebelo."

Já na parte final do texto, depois de citar nomes de outros deputados e reclamar por não receber nenhum tipo de apoio, Romário fala pessoalmente do presidente e do futuro mandatário da CBF, José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, repectivamente. Para Romário, ambos "tinham que estar era na cadeia!"
Para encerrar, o Baixinho cita que Cafu foi expulso do vestiário pela CBF, fala do superfaturamento dos estádios construídos, mas fala da felicidade do povo brasileiro:
"Mostramos para o mundo que com toda nossa dificuldade, somos um povo feliz. Essa será a taça da vergonha."
CONFIRA NA ÍNTEGRA O TEXTO PUBLICADO POR ROMÁRIO:
"Galera,
passado o luto das primeiras horas seguidas da derrota, vamos ao que verdadeiramente interessa! Quem tem boa memória, vai lembrar da minha frase: Fora de campo, já perdemos a Copa de goleada!
Infelizmente, dentro de campo, não foi diferente.
Ontem foi um dia muito triste para nosso futebol. Venceu o melhor e ninguém há de questionar a superioridade do futebol alemão já há alguns anos. Ainda assim, o mundo assistiu com perplexidade esta derrota, porque nem a Alemanha, no seu melhor otimismo, deve ter imaginado essa vitória histórica.
Porém, se puxarmos da memória, vamos lembrar que nossa seleção já não vinha apresentando nosso melhor futebol há muito tempo. Jogamos muito mal. Infelizmente, levamos sete e, por mais que isso cause mal-estar, devemos admitir que a chuva de gols foi apenas reflexo do pânico, da incapacidade de reação dos nossos jogadores e da falta de atitude do treinador de mudar o time.
Vivemos uma crise no nosso esporte mais amado, chegamos ao auge dela. Acha que isso é problema só dos jogadores ou do Felipão? Nem de longe.
Nosso futebol vem se deteriorando há anos, sendo sugado por cartolas que não têm talento para fazer sequer uma embaixadinha. Ficam dos seus camarotes de luxo nos estádios brindando os milhões que entram em suas contas. Um bando de ladrões, corruptos e quadrilheiros!
O meu sentimento é de revolta.
Estou há quatro anos pregando no deserto sobre os problemas da Confederação Brasileira de Futebol, uma instituição corrupta gerindo um patrimônio de altíssimo valor de mercado, usando nosso hino, nossa bandeira, nossas cores e, o mais importante, nosso material humano, nossos jogadores. Porque não se iludam, futebol é negócio, business, entretenimento e move rios de dinheiro. Nunca tive o apoio da presidenta do País, Dilma Rousseff, ou do ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Que todos saibam: já pedi várias vezes uma intervenção política do Governo Federal no nosso futebol.
Em 2012, eu apresentei um pedido de CPI da CBF, baseado em um série de escândalos envolvendo a entidade, como o enriquecimento ilícito de dirigentes, corrupção, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e desvio de verba do patrocínio da empresa área TAM. O pedido está parado em alguma gaveta em Brasília há dois anos. Em questionamento ao presidente da Câmara dos Deputados, sr. Henrique Eduardo Alves, mas ouvi como resposta que este não era o melhor momento para se instalar esta CPI. Não concordei, mas respeitei a decisão. E agora, presidente, está na hora?
Exceto por um vexame como o de ontem, o Brasil não precisaria se envergonhar de uma derrota em campo, afinal, derrotas fazem parte do esporte. Mas vergonha mesmo devemos sentir de ter uma das gestões de futebol mais corruptas do mundo. A arrogância dessa entidade é tão grande que até o chefe da assessoria de imprensa chega ao absurdo de bater em um atleta de outra seleção, como fez o Rodrigo Paiva contra um jogador do Chile Pinilla. Paiva pegou quatro jogos de suspensão e foi proibido de acessar o vestiário dos jogadores. Este ato foi muito simbólico e diz muito sobre eles. O presidente da entidade, José Maria Marin, é ladrão de medalha, de energia, de terreno público e apoiador da ditadura. Marco Polo Del Nero, seu atual vice, recentemente foi detido, investigado e indiciado pela Polícia Federal por possíveis crimes contra o sistema financeiro, corrupção e formação de quadrilha. São esses que comandam o nosso futebol. Querem vergonha maior que essa?
Marin e Del Nero tinham que estar era na cadeia! Bando de vagabundos!!!
A corrupção da CBF tem raízes em todos os clubes brasileiros, vale lembrar que são as federações e clubes que elegem há anos o mesmo grupo de cartolas, com os mesmos métodos de gestão arcaicos e corruptos implementados por João Havelange e Ricardo Teixeira e mantidos por Marin e Del Nero. Vale lembrar, que estes dois últimos mudaram o estatuto da entidade e anteciparam a eleição da CBF para antes da Copa. Já prevendo uma possível derrota e a dificuldade que eles teriam de se manter no poder com um quadro desfavorável.
E os clubes? Sim, eles também são responsáveis por essa crise. Gestões fraudulentas, falta de investimento na base, na formação de atletas. Grandes clubes brasileiros estão falindo afogados em dívidas bilionárias com bancos e não pagamentos de impostos como INSS, FGTS e Receita Federal.
E toda essa má gestão que tem destruído o nosso futebol, infelizmente, tem sido respaldada há anos pelo Congresso Nacional com anistias e mais anistia destes débitos. Este ano tivemos mais um projeto desses vexatórios para salvar os clubes. Um projeto que previa que clubes pagassem apenas 10% de suas dívidas e investissem 90% restante em formação de atletas. Parece até deboche. Uma soma de aproximadamente R$ 4 bilhões ou muito mais, não se sabe ao certo. Corajosamente, o deputado Otávio Leite, reconstruiu o texto e apresentou uma proposta honesta estruturada em responsabilidade fiscal, parcelamento de dívidas e a criação de um fundo de iniciação esportiva, com obrigações claras para clubes e CBF.
Em resumo, a nova proposta além de constituir a Seleção Brasileira de Futebol e o Futebol Brasileiro como Patrimônio Cultural Imaterial – obrigava a CBF a contribuir com alíquota de 5% sobre as receitas de comercialização de produtos e serviços proveniente da atividade de Representação do Futebol Brasileiro nos âmbitos nacional e internacional. O tributo também incidiria sobre patrocínio, venda de direitos de transmissão de imagens dos jogos da seleção brasileira, vendas de apresentação em amistosos ou torneios para terceiros, bilheterias das partidas amistosas e royalties sobre produtos licenciados. O valor seria destinado a um fundo de iniciação esportiva para crianças e jovens de todo o Brasil. Esses e outros artigos dariam responsabilidade à CBF, punição à entidades e outros gestores do futebol, a CBF estaria sujeita a fiscalização do TCU e obrigada a ter participação de um conselho de atletas nas decisões.
Mas este texto infelizmente não foi para a frente. Sete deputados alemães fizeram os gols que desclassificaram nosso futebol e nos tirou a chance de moralizar nosso esporte. Estes deputados, como todos sabem, fazem parte da Bancada da CBF, mudei o nome porque Bancada da Bola é muito pejorativo para algo que amamos tanto. Gosto de dar os nomes: Rodrigo Maia (DEM -RJ), Guilherme Campos (PSD-SP), Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), José Rocha (PR-BA) , Vicente Cândido (PT-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Valdivino de Oliveira (PSDB-GO).
Essa partida ainda pode ser revertida com a votação do projeto no Plenário da Câmara. Será que esses sete deputados voltarão a prejudicar o nosso futebol?
O futebol brasileiro tomou uma goleada e a derrota retumbante, infelizmente, não foi só em campo. Nem sequer tivemos o prazer de jogar no Maracanã, um templo do futebol mundial, reformado ao custo de mais de R$ 1 bilhão. Acha que foi porque não chegamos a final? Não. Poderíamos ter jogado qualquer outro jogo lá. A resposta disso é ganância e arrogância. É a CBF que escolhe onde o Brasil vai jogar, mas, obviamente, poderia ter tido interferência do Ministério do Esporte e da presidência da República, mas nenhum destes se manifestou. Quem levou com essas escolhas?
Para fechar com chave de ouro, a CBF expulsou do vestiário Cafú, capitão de seleção do pentacampeaonato. Cafú foi expulso do vestiário enquanto cumprimentava os jogadores ontem. Este é o retrato do nosso futebol hoje, não honramos a nossa história.
Dilma tem sim que entregar a taça para outra seleção. Este gesto será o retrato do valor que ela deu ao nosso futebol nos últimos anos! Eles levarão a taça e nós ficaremos com nossos estádios superfaturados e nenhum legado material, porque imaterial, mostramos para o mundo que com toda nossa dificuldade, somos um povo feliz.

Essa será a taça da vergonha."

Por J. Edmar–COPA DO MUNDO: BRASIL – 2X1 – COLÔMBIA

BRASIL – 2X1 – COLÔMBIA

LOCAL – CASTELÃO – FORTALEZA/CE

DATA – 04/07/2014

GOLS: – Thiago Silva

Davi Luiz.

Quando eu digo, (em todos os meus artigos), que sou um “tremendo” dum brasileiro nacionalista e que o meu “B”, de brasileiro, é do tamanho do mundo, posso, até, às vezes, ser interpretado como sendo um radical, um xenófobo, um “anti estrangeirista” e/ou, ainda, coisas deste tipo…

Mas diante do que vimos, neste confronto contra a seleção da Colômbia existe, por acaso, qualquer outra forma de manifestar o meu descontentamento com a forma como estamos sendo tratados nesta 2ºª edição da Copa do Mundo?

Quando, no jogo inicial, contra a Croácia, o juiz da partida marcou um penal (existente) a favor de nossa Seleção, os comentários, em todo o mundo, eram de que “estaria havendo favorecimentos” com a nossa Seleção e, ainda, outras idiotices desta modalidade, vindas, (como sempre digo), de alguns idiotas da mídia esportiva não só de nosso país como, também, em todo o mundo…

Mas o “tal” (se é que houve), favorecimento, parou por ai pois, na partida seguinte, contra os “bebedores de tequila”, nossos craques foram caçados, impiedosamente, por toda a extensão do gramado e o “assoprador de latinhas” nada fez!

Não bastando, o “goleirinho” da seleção mexicana cismou de, neste jogo, pegar até pensamentos, impedindo a nossa vitória e, isso, foi a gota d´água para que, mais uma vez, os “tais” formadores de opinião viessem à tona com suas basófias e falácias, enchendo-lhe, (de forma enervante) a bola e sem mencionar que, contra a nossa Seleção, qualquer frangueirinho vira “paredão” e qualquer perna de pau vira craque…

Mas veio, em seguida, o jogo contra os Camarões e, o que se viu, por parte da arbitragem, foi degradante…

Num certo momento da partida, num lance isolado do jogo, um atleta camaronês foi “cassar” o Neymar fora de campo e todo mundo viu, menos o “assopradorzinho de latinhas”!

Mas os “prosélitos” e os idiotas da mídia esportiva brasileira e mundial só comentaram do “lance do japonês”, no primeiro jogo, alegando “favorecimentos” para com nossa Seleção!

E veio o jogo com o Chile.

O que tivemos de atuar de seu treinador (que, pra não fugir à retórica, é um argentino), não está escrito em nenhum dos “gibis” da crônica esportiva mundial…

Mas foram eliminados nos penais com “papo furado” e tudo.

O mundo inteiro viu as defesas milagrosas do nosso Goleiro e viu, também, as “entradas assassinas” dos atletas do “timinho dos andes” pra cima do Neymar…

E o “apitadorzinho” nada via!

E os babões da mídia esportiva vêm me falar que “existe favorecimentos” para que o Brasil conquiste esta Copa!

Tem que ter “QI de ostra” pra acreditar nestas fanfarronices!

Mas o pior ainda estava por vir e veio no jogo contra a Colômbia e a primeira, das idiotices crassas que fomos obrigados a ouvir, vindas destes “manés” da imprensa é que “O Brasil temia o “castelaço”, numa menção ao fato ocorrido há quase 100 anos, quando um outro timinho de pretensiosos nos derrotou no Maracanã, na Copa de 1950…

Mas os tempos eram outros, os craques eram outros, a situação era outra… Mas alguns destes “manés” da mídia esportiva alimentam estes papos idiotas e dão o “gostinho” para que os demais timinhos, em todo o mundo, achem que podem repetir o gesto!

Mas, enfim, ganhamos o jogo numa tarde estupenda e “divina” da nossa Seleção.

Mas perdemos nosso craque, por falta de capacidade e de personalidade do “juizinho” espanhol que, frustrado, talvez, pela eliminação precoce da seleçãozinha do seu país, descarregou, sobre nossa gente, sua inveja e destempero…

O que se fez com nosso craque foi coisa de assassinos, uma vez que, no momento do ocorrido, a seleçãozinha colombiana já estava eliminada, o “craque” (deles), que foi fruto desta mesma mídia, já estava chorando sobre o leite derramado e a nossa torcida, em festa, já lhes dava o famoso “já vai tarde”…

Então, enfatizando, cadê o “favorecimento” com a nossa Seleção?

Cadê a Franca, (endeusada), cadê a Espanha, (endeusada), cadê a Inglaterra, (endeusada), cadê o Portugal, (cantado em verso e prosa por seu craque), cadê o Uruguai, cujo maior craque é um canibal, desequilibrado e perigoso para os meios sociais?…

Cadê o Japão, cadê o México, com seu goleirinho “cagão”, cadê o Chile, com seu treinadorzinho milongueiro, cadê a Colômbia, com seu craque produto da mídia e seu zagueiro assassino, cadê os Estados Unidos, cadê todos?

Mas o Brasil prossegue disputando e irá até o fim, venha quem vier, enfrente a quem enfrentar.

E sabem por que?

É porque só o Brasil tem craques espalhados pelo mundo inteiro, com capacidade para formar quantas seleções quisermos, é porque só o Brasil é PENTACAMPEÃO e, isso, sabemos, incomoda!

E como incomoda!

Dá-lhes, Brasil!

1.

A nossa Seleção provou, (novamente),

Não estar “nem aí” para os comentários;

Aqueles que só elogiam os adversários,

Estão, de novo, de caras quebradas…

Ganhou o jogo de forma soberana,

Eliminando a seleção colombiana

E continua muito bem cotada!

2.

Os nossos jornalistas (seguindo a lógica),

Falaram, de novo, suas comuns asneiras

Criticando, de novo, a Seleção Brasileira

E Enchendo a bola dos colombianos…

Esqueceram, entretanto, de esclarecer

Que “eles” estão sem nos vencer,

Há muito mais que 20 anos!

3.

Mas a Colômbia não foi nada disso,

E já está, como muitas, eliminada;

E só não teve sua equipe goleada,

Por obra e graça do “apitador”…

Foi omisso, incompetente e infeliz

Pois a Colômbia bateu quanto quis

E “ele” foi um mero expectador!

4.

Todas as equipes que a mídia bajulou,

Já voltaram pra casa, se lamentando;

(Mas nossa Seleção segue disputando,

Galgando os degraus da consagração)…

Vai derrotar quem lhe pintar á frente,

Vai deixar nossa Torcida contente

E vai tornar-se o único HEXACAMPEÃO!!!

ICFUT – Cerca de 180 mil ingressos para a Copa do Mundo serão postos à venda nesta quarta

Fonte: fifa

Cerca de 180 mil ingressos para a Copa do Mundo serão postos à venda nesta quarta

Fãs de futebol têm mais uma chance para vivenciar a Copa do Mundo da FIFA 2014 ao vivo nos 12 estádios. A partir da meia-noite de terça-feira, 3 de junho de 2014, para quarta-feira, dia 4, cerca de 180 mil novos bilhetes serão postos à venda no FIFA.com/ingressos além dos que já estão disponíveis. Haverá entradas para todos os 64 jogos.

Com o objetivo de dar chances iguais a todos os torcedores interessados, independentemente do fato de viverem em uma das 12 sedes da Copa do Mundo da FIFA, em outras cidades brasileiras ou no exterior, estes ingressos estarão disponíveis pelo FIFA.com/ingressos.

Assim como em qualquer dia até a final da Copa do Mundo da FIFA, na quarta-feira, dia 4 de junho, a partir das 9h horário local em cada sede, os torcedores também poderão comprar entradas em um dos 12 Centros de Ingressos da FIFA nas 12 sedes:

· Belo Horizonte – Boulevard Shopping : Av. dos Andradas,3.000, Santa Efigênia
· Brasília – Centro de Convenções Ulysses Guimarães: SDC Eixo Monumental – Lote 05
· Cuiabá – Shopping Pantanal – Av. Historiador Rubens de Mendonça, 3300 – Jardim Aclimação
· Curitiba – Patio Batel Shopping: Av. do Batel, 1.868 – Batel
· Fortaleza – Centro de Eventos do Ceará: Av. Washington Soares nº 999, Portão E – Edson Queiroz
· Manaus – Centro Cultural dos Povos da Amazônia: Praça Francisco Pereira da Silva, s/n°
· Natal – Shopping Cidade Jardim: Av. Eng. Roberto Freire, 2920 – Capim Macio
· Porto Alegre – Barra Shopping Sul: Av. Diário de Notícias, 300 – Cristal
· Recife – Shopping Recife: R. Padre Carapuceiro, 777, Edifício Garagem B1, Boa Viagem
· Rio de Janeiro – Casarão General Severiano: Av. Venceslau Brás, 72 – Botafogo
· Salvador – Iguatemi Shopping: Av. Tancredo Neves, 148, Estacionamento I-1
· São Paulo – Ginásio do Ibirapuera (Quadra Lateral=: R. Manoel da Nóbrega, 1361, Paraíso

Aproveitamos para relembrar os torcedores que os locais adicionais de coleta de ingressos nos aeroportos e as instalações adicionais no Rio de Janeiro e em São Paulo funcionam apenas como pontos de coleta dos tíquetes já comprados pela internet. Não é possível comprar ingressos nestes locais.

“Os torcedores não precisam fazer fila nos Centros de Ingressos da FIFA. Se quiserem entradas para as partidas que no momento estão temporariamente indisponíveis, eles precisam acessar o FIFA.com/ingressos no primeiro minuto de quarta-feira, dia 4 de junho. A comercialização deste novo lote começa à meia-noite de terça para quarta-feira, horário local em Brasília. As vendas ocorrerão por ordem de chegada”, explica o diretor de Marketing da FIFA, Thierry Weil.

Este novo lote de ingressos vem da cota de contingência da FIFA em algumas arenas, possível após a entrega dos estádios.

Além disso, após cerca de 10 meses de vendas, a FIFA observou que há uma demanda muito pequena por assentos dedicados a pessoas com mobilidade reduzida. Portanto, a FIFA vai tornar a maior parte deste inventário disponível para todos os torcedores, mantendo alguns destes assentos ainda reservados.

Por fim, lembramos os torcedores que, mesmo após a liberação destes bilhetes no dia 4 de junho, outros ingressos poderão ficar disponíveis através da plataforma de revenda oficial da FIFA, que é usada pelos portadores de ingressos para revender suas entradas.

Também gostaríamos de lembrar que todos os espectadores, inclusive crianças de todas as idades, precisam de um ingresso para acessar os estádios.

ICFUT – Rumores sobre corte na Seleção agitam primeiro dia de treino

Fonte: lancenet

Meia Oscar e atacante Jô seriam as vítimas, mas comissão técnica e departamento de comunicação da CBF dizem que todos os jogadores se apresentaram sem lesão

LANCE!Net flagra jogadores da Seleção Brasileira na academia (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)
Jogadores fizeram exames e um treino leve na academia da Granja Comary (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Rumores sobre o possível corte de um dos jogadores da Seleção Brasileira agitaram o primeiro dia de treinos, nesta segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis. Os primeiros surgiram em redes sociais, no meio da tarde, e apontaram o meia Oscar, do Chelsea (ING), ou o atacante Jô, do Atlético-MG, como possível vítima.

O coordenador técnico Carlos Alberto Parreira e o auxiliar técnico Flávio Teixeira, o Murtosa, foram os primeiros a negar a possibilidade. Segundo Parreira, as condições dos atletas são até melhores do que as de Copas anteriores.

– Se alguém não estiver no melhor da sua condição física, com certeza até o início estará. Vamos fazer um trabalho bem direcionado, preparar o time para estar pronto para o momento da estreia. Pela experiência de Copas anteriores, sabemos que pegar jogador desgastado é complicado, mas não é o nosso caso – disse o coordenador técnico.

– Felizmente, pelo primeiro contato feito com os jogadores, ninguém tem problema de lesão. Nesses primeiros dias, com os testes que estamos realizando, vamos saber das reais condições deles – emendou Murtosa.

Depois da entrevista coletiva, o departamento de comunicação da CBF reforçou que Oscar não se apresentou com lesão.

Dos jogadores convocados, pelo menos dois tiveram lesões às vésperas da convocação: os atacantes Neymar e Jô.

Em meados de abril, Neymar sofreu uma contusão no quarto metatarso do pé esquerdo, durante clássico vencido pelo Real Madrid, na final da Copa do Rey. O atacante, no entanto, recuperou-se a tempo de atuar na última rodada do Campeonato Espanhol, no empate que deu o título ao Atlético de Madrid.

– Precisamos ter os exames em mãos, só quem vai nos dar as condições reais será o departamento médico e o físico. Mas acho que Neymar está em totais condições e não tem problema médico. Acho que terá condição de treinar com o grupo normalmente – disse Parreira.

Com relação a Jô, ele sofreu uma lesão leve no joelho direito, no início de maio, mas foi liberado pelo departamento médico do Atlético-MG e voltou a treinar no último dia 20.

ICFUT – Adversário do Brasil na Copa, Camarões pode enfrentar greve

Fonte: lancenet

Jogadores da seleção africana estão insatisfeitos com a premiação oferecida pelos dirigentes pela disputa da Copa do Mundo. Eto’o é o líder do movimento grevista

Eto'o - Camarões - Gols pela seleção: 55 (Foto: Alessandro Bianchi/REUTERS)
Eto’o e seus companheiros querem um prêmio melhor (Foto: Alessandro Bianchi/REUTERS)

Mais uma vez a seleção de Camarões se vê às voltas com problemas de bastidores e ameaça de greve. A equipe africana é a terceira adversária do Brasil na primeira fase da Copa do Mundo. Segundo a imprensa camaronesa, o problema está em torno do prêmio a ser pago aos jogadores que disputarem o Mundial.

O Ministério dos Esportes e a Federação Camaronesa de Futebol teriam oferecido inicialmente 40 milhões de francos CFA (equivalente a R$ 50 mil) a cada jogador pela disputa da Copa. O valor, porém, foi rejeitado pelos atletas.

Um dos líderes do movimento é o atacante do Chelsea, Eto’o. A proposta chegou a ser aumentada para quase R$ 57 mil, mas novamente foi rejeitada. Os jogadores camaroneses ameaçam não entrar em campo no amistoso do próximo dia 1º de junho, contra o Borussia Mönchengladbach, na Alemanha.

Uma nova reunião entre jogadores e dirigentes ocorrerá na próxima quinta-feira. A seleção de Camarões já entrou em greve anteriormente, também liderada por Eto’o, por conta de premiações. Na ocasião os jogadores se recusaram a disputar um amistoso contra a Argélia em 2011. Camarões está no Grupo A, ao lado de Brasil, Croácia e México.

ICFUT – Manifestantes cercam ônibus em saída da Seleção para concentração

Fonte: globo

Cerca de 200 funcionários de educação do RJ, em greve, protestam em hotel próximo ao Aeroporto Tom Jobim: "Pode acreditar, educador vale mais do que o Neymar"

Manifestação apresentação seleção brasileira (Foto: Marcelo Baltar)"Não vai ter Copa": manifestantes colaram adesivos no ônibus da Seleção (Foto: Marcelo Baltar)

Uma manifestação de professores da rede pública do Rio de Janeiro chegou até a porta do hotel da seleção brasileira, na manhã desta segunda-feira, próximo ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, também conhecido como Galeão, na Ilha do Governador. Cerca de 200 funcionários protestaram pacificamente contra a realização da Copa do Mundo no Brasil e causaram alvoroço antes e durante a partida da delegação rumo a Teresópolis. O clima só ficou tenso na saída do ônibus. Alguns manifestantes furaram o bloqueio e cercaram o veículo, colando adesivos e, os mais exaltados, dando socos na lataria.
O ônibus levou cerca de 30 minutos para conseguir sair do hotel, mesmo assim por uma rota alternativa para fugir do bloqueio dos manifestantes. Houve correria, mas sem registro de incidente.
Os jogadores da Seleção, que chegaram ao local em duas vans, foram vaiados. Na saída do ônibus, os atletas foram chamados de mercenários. Gritos contra o atacante Neymar, que chegou na madrugada, por volta das 4h (de Brasília), foram ouvidos durante o protesto.
– Pode acreditar, educador vale mais do que o Neymar – gritavam.

Manifestação apresentação seleção brasileira (Foto: Marcelo Baltar)Manifestantes tiveram contato com o ônibus dos jogadores (Foto: Marcelo Baltar)

Manifestação apresentação seleção brasileira (Foto: Marcelo Baltar)Policiais tentam conter o protesto (Foto: Marcelo Baltar)

manifestação apresentação Seleção Brasileira (Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo)Manifestantes chegaram ao hotel da Seleção por volta das 9h30 (de Brasília) (Alexandre Cassiano / Agência O Globo)

Cientes da manifestação desde a noite de domingo, a polícia montou um forte esquema de segurança no hotel. Além da presença da PM, com o batalhão de choque, homens da polícia federal também estavam presentes no local. Gritos de guerra chamaram a atenção durante o ato, que iniciou o protesto no Aeroporto Tom Jobim.
– Da Copa eu abro mão! Quero mais dinheiro para a saúde e educação! Não vai ter Copa – gritavam os manifestantes.
Comandada por Luiz Felipe Scolari, a Seleção vai se preparar na Granja Comary para a Copa do Mundo. A equipe faz dois amistosos antes da estreia no Mundial: dia 3 de junho, contra Panamá, no Serra Dourada, em Goiânia, e contra a Sérvia, dia 6 de junho, no Morumbi. A equipe estreia contra a Croácia no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo.

manifestação apresentação Seleção Brasileira (Foto: Marcelo Baltar)Protesto atrasou a saída do ônibus com os jogadores em pelo menos 20 minutos (Foto: Marcelo Baltar)

Manifestação apresentação seleção brasileira (Foto: Marcelo Baltar)Cerca de 150 funcionários da rede pública gritam contra a realização da Copa do Mundo (Foto: Marcelo Baltar)