ICFUT–Copa do Brasil: Sem clássico estadual: sorteio define duelos das quartas da Copa do Brasil

Fonte: globo

Confrontos da próxima fase serão: Vasco x São Paulo, Figueirense x Santos, Palmeiras x Inter, Grêmio x Fluminense. Datas e horários ainda serão divulgados

Oito times, uma taça. Os confrontos das quartas de final da Copa do Brasil 2015 foram definidos no início da tarde desta segunda-feira, em sorteio realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Após dois clássicos estaduais nas oitavas (Vasco x Fla e Santos x Corinthians), a próxima fase não terá enfrentamentos entre equipes do mesmo estado. Confira os duelos – os times à esquerda fazem o segundo jogo dentro de casa:

CARROSSEL  Sorteio Copa do Brasil 2015 (Foto: Editoria de Arte)– Vasco x São Paulo
– Santos x Figueirense
– Palmeiras x Internacional
– Grêmio x Fluminense

Datas e horários ainda serão divulgados. Os jogos de ida estão programados para os dias 23 e 24 de setembro. E os de volta, para os dias 30 de setembro e 1° de outubro.

Para as semifinais, não haverá mais sorteio. O vencedor do duelo entre São Paulo e Vasco enfrenta nas semis quem passar de Figueirense x Santos. O ganhador de Palmeiras x Inter pega Grêmio ou Fluminense. Há, portanto, a possibilidade de dois clássicos estaduais nas semis, caso passem São Paulo, Santos, Inter e Grêmio.

Uma novidade na Copa do Brasil de 2015 é que, na final, o gol fora de casa não será mais critério de desempate. A edição atual é a de número 27.

Entre os oito times, o Grêmio é o maior campeão, com quatro títulos. O Palmeiras soma duas taças. Fluminense (2007), Internacional (1992), Santos (2010) e Vasco (2011) têm um título cada. Já Figueirense e São Paulo tentam conquistar a Copa do Brasil pela primeira vez.

ICFUT – COPA DO BRASIL: Santos classifica e Papão sai na frente do Sport

Fonte: futebolinterior

O Santos voltou a vencer o Princesa de Solimões-AM e avançou

Campinas, SP, 15 (AFI) – A Copa do Brasil conheceu mais um classificado à terceira fase, nesta quinta-feira. Em mais um jogo de muita emoção e sofrimento, o Santos venceu o Princesa do Solimões-AM por 4 a 2 e respirou mais aliviado. Em jogo válido ainda pela ida, o Paysandu abriu vantagem sobre o Sport.

Com a situação bem encaminhada, o Santos recebeu o Princesa do Solimões, às 21h50, na Vila Belmiro. No primeiro jogo, o time da Baixada não conseguiu eliminar a partida de volta e venceu por 2 a 1. Agora, diante de sua torcida, os Meninos da Vila conseguiram a goleada por 4 a 2.

Com a vitória, o Peixe o atual campeão paranaense Londrina. O time do interior do Paraná confirmou sua vaga ao passar por outro clube paulistas, o Grêmio Barueri, com empates sem gols em casa e por 3 a 3, fora.

Mais cedo, o Paysandu recebeu o Sport, no Estádio Mangueirão, em Belém e venceu por 2 a 1. O resultado obriga o jogo de volta, que acontecerá somente no dia 24 de junho, em Recife. A vitória dá a vantagem ao Paysandu de jogar pelo empate. Quem passar deste confronto enfrentará o Coritiba na próxima fase.

Confira os resultados da 2ª rodada
Potiguar-M-RN
2
x
5
Santa Rita-AL
Ponte Preta-SP
1
x
1
Paraná-PR
J. Malucelli-PR
0
x
2
Novo Hamburgo-RS
São Paulo-SP
3
x
0
CRB-AL
Vasco da Gama-RJ
1
x
1
Treze-PB
Grêmio Barueri-SP
3
x
3
Londrina-PR
Náutico-PE
2
x
0
América-RN
Avaí-SC
2
x
1
ASA-AL
Bahia-BA
2
x
1
América-MG
Atlético-GO
1
x
2
ABC-RN
Palmeiras-SP
3
x
0
Sampaio Corrêa-MA
Internacional-RS
4
x
1
Cuiabá-MT
Santos-SP
4
x
2
Princesa do Solimões-AM
Próximos Jogos
Santa Cruz-PE x Botafogo-PB
23/07/2014 19:30
Ceará-CE x Chapecoense-SC
23/07/2014 19:30
Figueirense-SC x Bragantino-SP
23/07/2014 19:30
Sport-PE x Paysandu-PA
24/07/2014 19:30

ICFUT – COPA DO BRASIL: Palmeiras, Internacional, Bahia e ABC na 3.ª fase e 5 confrontos

Fonte: futebolinterior

Campinas, SP, 14 (AFI) – Palmeiras e Internacional não decepcionaram e garantiram suas vagas na terceira fase da Copa do Brasil, nesta quarta-feira à noite, ao vencerem seus jogos de volta em casa, respectivamente, contra o Sampaio Corrêa, por 3 a 0, e Cuiabá, por 4 a 1. Dois nordestinos também carimbaram suas vagas: o Bahia venceu apertado o América-MG, por 2 a 1, de virada, enquanto o ABC, em pleno Estádio Serra Dourada, também virou: fez 2 a 1 no Atlético-GO. Cinco confrontos já estão definidos na outra fase.

Palmeiras marcou gols no segundo tempo

No segundo tempo, com um gol de Mendieta, um de Henrique e outro de Felipe Menezes, já nos acréscimos, o Palmeiras venceu a guerreira equipe do Sampaio Corrêa, ficando com a vaga, porque na ida perdeu, por 2 a 1, com vantagem de gols: 4 a 2. Agora o time paulista pega o Avaí, que terça-feira, eliminou o ASA em dois confrontos equilibrados.

Dentro do Beira Rio, o Inter não teve dificuldades para bater o Cuiabá, por 4 a 1, com dois gols de Alex, um de Rafael Moura e outro de Fabrício. O de honra dos cuiabanos foi marcado por Alan Popó. Na ida houve empate, por 1 a 1.
O próximo adversário do Colorado será o vencedor do confronto entre Ceará e Chapecoense. Nesta noite, em Chapecó, o Ceará venceu por 2 a 1 levando boa vantagem para a volta em Fortaleza, só após a Copa do Mundo, dia 23 de julho. Bill marcou os dois gols cearenses. Tiago Luis fez o gol do time da casa por cobertura.

Bahia virou em cima do América Mineiro

OUTROS JOGOS
Em Salvador, na Arena Fonte Nova, o Bahia sofreu para virar em cima do América-MG, por 2 a 1, com gols de Branquinho e Rafinha, este aos 43 minutos do segundo tempo. O Coelho saiu na frente com o ex-ídolo da torcida tricolor baiana, Obina, de pênalti. Na ida tinha sido zero a zero na Arena Independência. O Bahia vai pegar o Corinthians, que descartou o Nacional-AM, por 3 a 0, no primeiro confronto.
No Estádio Serra Dourada, em Goiânia, o Atlético-GO marcou logo no início com o zagueiro Lino, de cabeça, mas depois levou a virada com Dênis Marques e João Henrique. Na ida, em Natal, tinha ocorrido o empate por 1 a 1. O ABC vai pegar o Novo Hamburgo, que superou o J.Malucelli, com duas vitórias – 1 a 0 em casa e 2 a 0 fora.
JOGO DE IDA
Ainda pela ida da segunda fase, no Estádio Almeidão, em João Pessoa (PB), Botafogo e Santa Cruz empataram, por 1 a 1. Na volta, em Recife, o empate sem gols dará a vaga ao time pernambucano.
Nesta quinta-feira, ainda pela ida, se enfrentam em Belém, Paysandu e Sport. Pela volta, na Vila Belmiro, o Santos aparece como favorito diante do Princesa do Solimões-AM. Em Manaus, o Peixe venceu por 2 a 1, podendo agora jogar pelo empate ou pela derrota por 1 a 0.
Na terça-feira, o Náutico foi eliminado pelo América-RN, mesmo tendo vencido por 2 a 0.

CONFRONTOS DEFINIDOS NA 3ª FASE:

Vasco da Gama x Ponte Preta

Novo Hamburgo x ABC

Palmeiras x Avaí

Fluminense x América-RN

Corinthians x Bahia

Confira os jogos de terça e quarta-feira:


TERÇA-FEIRA
Náutico 2 x 0 América-RN* (0 x 3)
* Avaí 2 x 1 ASA (2 x 3)
QUARTA-FEIRA
2.ª fase – Ida
Chapecoense-SC 1 x 2 Ceará-CE
Botafogo-PB 1 x 1 Santa Cruz-PE
2.ª fase – Volta
Atlético-GO 1 x 2 ABC-RN * (1 x 1)
* Bahia-BA 2 x 1 América-MG (2 x 3)
* Palmeiras-SP 3 x 0 Sampaio Corrêa-MA (1 x 2)
* Internacional-RS 4 x 1 Cuiabá-MT (1 x 1)

* Classificados à 3.ª fase


QUINTA-FEIRA

Volta – 21h50
Santos x Princesa Solimões-AM (2 x 1)
Ida – 19h30
Paysandy x Sport (ida)

ICFUT–COPA DO BRASIL: Avaí e América-RN vão à terceira fase

Fonte: futebolinterior

Florianópolis, SC, 13 (AFI) – Mais dois times garantiram, na noite desta terça-feira, vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Com sofrimento, Avaí e América-RN conseguiram avançar no torneio, eliminando, respectivamente, o ASA e o Náutico.

Na Arena Pernambuco, no Recife, diante apenas 354 torcedores, o América-RN perdeu para o Náutico por 2 a 0, mas ficou com a vaga porque tinha vencido o jogo de ida em Natal por 3 a 0. Agora, vai enfrentar o Fluminense.

No outro jogo da noite, o Avaí precisava ganhar – antes, tinha perdido por 3 a 2 em Arapiraca (AL). No Estádioda Ressacada, em Florianópolis, o time catarinense ganhou de virada do ASA, por 2 a 1, e levou a vaga.

O gol da classificação do Avaí, marcado por Anderson Lopes, saiu já aos 39 minutos do segundo tempo. Agora, o clube catarinense aguarda a definição de seu próximo adversário, que será Palmeiras ou Sampaio Corrêa.

Até agora, já são 11 classificados para a terceira fase da Copa do Brasil. Antes, Corinthians, São Paulo, Ponte Preta, Fluminense, Santa Rita, Coritiba, Vasco, Novo Hamburgo e Londrina haviam confirmado a vaga.

Confira os resultados da 2ª rodada
Potiguar-M-RN
2
x
5
Santa Rita-AL
Ponte Preta-SP
1
x
1
Paraná-PR
J. Malucelli-PR
0
x
2
Novo Hamburgo-RS
São Paulo-SP
3
x
0
CRB-AL
Vasco da Gama-RJ
1
x
1
Treze-PB
Grêmio Barueri-SP
3
x
3
Londrina-PR
Náutico-PE
2
x
0
América-RN
Avaí-SC
2
x
1
ASA-AL
Próximos Jogos
Bahia-BA x América-MG
14/05/2014 19:30
Atlético-GO x ABC-RN
14/05/2014 20:30
Palmeiras-SP x Sampaio Corrêa-MA
14/05/2014 22:00
Internacional-RS x Cuiabá-MT
14/05/2014 22:00
Santos-SP x Princesa do Solimões-AM
15/05/2014 21:50
Santa Cruz-PE x Botafogo-PB
23/07/2014 19:30
Ceará-CE x Chapecoense-SC
23/07/2014 19:30
Figueirense-SC x Bragantino-SP
23/07/2014 19:30
Sport-PE x Paysandu-PA
24/07/2014 19:30

ICFUT – COPA DO BRASIL: Ponte elimina o Paraná nos pênaltis e América-RN goleia o Náutico

Fonte: futebolinterior

Foi sofrido, mas deu certo. A Ponte Preta precisou das cobranças de pênaltis para garantir a sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil. Depois de empatar, por 1 a 1, no tempo normal, mesmo placar da ida, o time campineiro levou a vaga nas penalidades por 8 a 7, nesta terça-feira à noite, noEstádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Na última semana, Corinthians, Coritiba, Santa Rita e Fluminense haviam se classificado.

Agora espera o vencedor do confronto entre Vasco da Gama e Treze-PB, que se enfrentam nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, pelo jogo de volta. Na ida o time carioca venceu por 2 a 1, de virada.

GOLS NO COMEÇO

Contando com o apoio de sua torcida, a Ponte Preta começou

melhor e abriu o placar com Alexandro, aos nove minutos, de cabeça. Mas o time recuou e sofreu o empate numa bela cobrança,

Roberto defendeu a 8ª cobrança de Marcos SerratoFoto: Rodrigo Villalba

de falta, por cobertura, de Lúcio Flávio, aos 44 minutos. Na etapa final o ritmo caiu pelo cansaço dos dois times e ninguém conseguiu marcar o segundo gol.
Na definição dos pênaltis, as dez cobranças iniciais foram bem feitas e saíram gols, deixando tudo igual por 5 a 5. Na série alternada, o goleiro Roberto defendeu a oitava cobrança, feita por Marcos Serrato. Mas a Ponte continua sem vencer, com cinco empates sob o comando de Dado Cavalcanti. A última vitória aconteceu no dia 12 de março, sobre o Náutico-RR, por 4 a 1. De lá para cá foram sete jogos, com três derrotas e quatro empates.

GOLEADA DO AMÉRICA-RN

Na Arena das Dunas, em Natal, o América-RN foi melhor e venceu o Náutico, por 3 a 0, com gols de Isac, no primeiro tempo, e dois de Max, na etapa final. O jogo de volta, pela segunda fase, vai acontecer no dia 13 de maior, em Recife, na Arena Pernambuco. O Mecão pode perder por 2 a 0, ou por dois gols de diferença.

 

Confira os jogos da rodada:

Terça-feira – 2.ª fase
Ponte Preta (8) 1 x 1 (7) Paraná (ida 1 x 1)
América-RN 3 x 0 Náutico

Por Cezar Alvarenga – Definidos os confrontos das oitavas de final da Copa Do Brasil 2013

Fonte: MSN Esportes

A fase oitavas de final da Copa do Brasil-2013 terá três duelos de gigantes e Corinthians, Vasco e Internacional contra os rivais mais desejados do sorteio, realizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no início da tarde desta terça-feira no Hotel Windsor, no Rio de Janeiro.    

Tetracampeão do torneio, o Grêmio fará confronto com o Santos, que ganhou em 2010. Atual campeão da Libertadores da América, o Atlético-MG medirá forças contra o Botafogo, de Seedorf e atual líder do Campeonato Brasileiro.

Fechando o trio de superduelos, Flamengo e Cruzeiro reeditarão agora o duelo que decidiu a edição de 2003, daquela vez com desfecho favorável aos mineiros, que também somam quatro taças e são, ao lado do Grêmio, os maiores campeões da disputa.   

Já Corinthians, Internacional e Vasco não têm do que se queixar.

O time paulista vai encarar o Luverdense-MT, que atualmente joga a terceira divisão do Brasileiro; a equipegaúcha, comandada por Dunga, terá o Salgueiro-PE, da Série D, como rival.

E o Vasco, campeão em 2011, vai jogar contra o Nacional-AM, que também está na quarta divisão do futebol brasileiro.

Completando os confrontos das oitavas de final, o Palmeiras, atual campeão, enfrentará o Atlético-PR, enquanto o Fluminense encara o Goiás.

As partidas devem acontecer nos dias 21 e 22, de ida, e 28 e 29, de volta, deste mês. Ordem, dias e horários dos confrontos serão divulgados às 16h ainda desta terça-feira, no site da CBF.   

Veja, abaixo, como ficou a chave das oitavas de final da Copa do brasil-2013:

Chave da Copa do Brasil

Por Cezar Alvarenga – CBF divulga calendário para 2013.

Fonte: MSN Esportes

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira o calendário do futebol brasileiro para a próxima temporada. Como já era esperado, muitas mudanças em relação ao calendário vigente foram confirmadas ­ entre elas, o novo modelo de disputa da Copa do Brasil, com duração de oito meses, e a extensão da Copa Libertadores até o fim de julho.

Neste ano, a final entre Corinthians e Boca Juniors foi disputada no início de julho, mas a disputa da Copa das Confederações no país deve paralisar as competições nacionais e internacionais por quase um mês no Brasil. A competição entre seleções ocorre de 15 a 30 de junho, e deve utilizar seis sedes da Copa de 2014 (Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador).

A mudança no formato da Copa do Brasil, mais abrangente, deve estender a competição por toda a temporada. Agora, participam 86 times, inclusive aqueles eliminados precocemente na Libertadores. O Brasileirão também será interrompido entre 9 de junho a 7 de julho.

Confira as datas dos torneios nacionais e internacionais em 2013:

Campeonatos Estaduais

20 de janeiro a 19 de maio, com 23 datas

Copa do Nordeste

20 de janeiro a 17 de março, com 12 datas.

Copa Libertadores da América

23 de janeiro a 22 de maio – 15 datas

3 de julho a 24 de julho – quatro datas

Copa do Brasil de Futebol Feminino

26 de janeiro a 6 de abril – 10 datas

Copa do Brasil

3 de abril a 22 de maio – oito datas

3 de julho a 27 de novembro – 12 datas

Copa das Confederações

15 de junho a 30 de junho – 16 dias

Amistosos da Seleção Brasileira

6 de fevereiro a 19 de novembro – 15 datas

Campeonato Brasileiro Série A

26 de maio a 9 de junho – cinco datas

7 de julho a 8 de dezembro – 33 datas

Campeonato Brasileiro Série B

25 de maio a 11 de junho – seis datas

7 de julho a 30 de novembro – 32 datas

Campeoanto Brasileiro Série C

2 de junho a 9 de junho – duas datas

7 de julho a 24 de novembro – 22 datas

Campeonato Brasileiro Série D

2 de junho a 9 de junho – duas datas

7 de julho a 20 de outubro – 16 datas

Copa Sul-Americana

14 de agosto a 28 de agosto – duas datas

23 de outubro a 11 de dezembro – oito datas

Mundial de Clubes

11 de dezembro a 21 de dezembro – 11 dias

Por Cezar Alvarenga – Coritiba passa por cima do São Paulo e faz pelo segundo ano seguido a final da Copa do Brasil.

Fonte: MSN Esportes

Não é desta vez que o São Paulo irá conquistar o único título importante que não possui. Nesta quarta-feira, o time paulista caiu diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira, por 2 a 0 no jogo de volta da semifinal e foi eliminado da competição nacional. Émerson, aos 28 do primeiro tempo, e Everton Ribeiro, aos 16 do segundo, fizeram os gols da classificação dos paranaenses.

Com este resultado, o São Paulo segue sem disputar uma final desde a Recopa Sul-Americana de 2006, quando perdeu para o Boca Juniors. De lá para cá, o time tricolor conseguiu apenas títulos em pontos corridos nos Campeonatos Brasileiros de 2006, 2007 e 2008.

A eliminação na Copa do Brasil deve aumentar as especulações sobre a saída do técnico Émerson Leão do clube do Morumbi, que já não vence um título há 4 anos. Desde que foi contratado, Leão fracassou em três objetivos do time: vaga na Libertadores de 2012, título Paulista e da Copa do Brasil.

Já o Coritiba busca se recuperar do vice-campeonato da Copa do Brasil de 2011, quando perdeu para o Vasco. Na sua segunda decisão seguida na competição, o time paranaense irá enfrentar o vencedor do duelo entre Palmeiras e Grêmio, que jogam nesta quinta. Os paulistas triunfaram na ida, no Rio Grande do Sul, por 2 a 0.
O jogo ­ As duas equipes entraram em campo com novidades. Pelo time da casa, o zagueiro Periera e o meia Rafinha reapareceram no time titular. Pelo lado do Tricolor, Leão optou pela entrada de Rodrigo Caio pela lateral. Com a bola rolando, o São Paulo iniciou tomando a iniciativa. Porém, com o apoio do torcedor, o Alviverde rapidamente equilibrou as ações. Aos quatro minutos, Ayrton pegou rebote, fora da área, e arrematou por cima da meta.

A marcação era forte no meio campo, inclusive com algumas pegadas mais fortes. Éverton Costa foi acionado em lançamento aos sete minutos e Dênis deixou bem o gol para ficar com a bola. Aos pouco o Coxa assumia uma postura mais agressiva, com os paulistas esperando para contra-atacar. Aos 11 minutos, Jadson arriscou da entrada da área e a defesa afastou para escanteio.

Depois da correria inicial, o ritmo caiu, especialmente por causa do gramado escorregadio. Ayrton tentou um chute cruzado após boa troca de passes e errou a direção, aos 17 minutos. Luis Fabiano era fortemente marcado e mal conseguia dominar uma bola. Lucas, por sua vez, tentava partir para as jogadas individuais, como aos 24 minutos, fazendo fila na defesa e chutando para fora, com perigo.

O Coriba voltou a insistir com determinação e, aos 28 minutos, cobrança de escanteio para o meio da área e Émerson, o zagueiro com maior numero de gols da história do Alviverde, subiu no meio da defesa para testar para o fundo das redes. Se contar mais com a vantagem do primeiro jogo, o São Paulo foi para o ataque. Aos 34 minutos, Edson Silva recebeu cruzamento na medida e tocou de cabeça, meio sem jeito, pela linha de fundo. A zaga coxa-branca vacilou aos 38 minutos, Luis Fabiano dominou, chutou em cima da defesa e, no rebote, Lucas mandou o petardo para fora.

Depois do intervalo, as equipe voltaram sem modificações. Aos três minutos, Roberto invadiu a área, tentou o cruzamento, que bateu nas pernas de Cortez e quase matou Dênis, que se recuperou para defender. O resultado mantinha o clima de tensão no ar, já que um gol de qualquer lado poderia definir a vaga. Aos 12 minutos, Periera subiu na área pra testar, mas fez falta de ataque.

O ritmo caiu muito, com o Coxa sabendo administrar bem a posse de bola, esperando a hora certa para atacar. Com isso o Tricolor atacava mais. Aos 14 minutos, Jadson mandou a bola para a área e Vanderlei espalmou pela linha de fundo. Porém, a resposta alviverde foi fatal. Aos 16 minutos, Éverton Ribeiro subiu na área e com um leve desviou de cabeça estufou as redes para fazer o segundo.

Com o gol a possibilidade de pênalti foi descartada e o técnico Leão colocou em campo Fernandinho e Maicon. Os contra-ataques mudaram de dono e ficaram nos pés do Coxa. Aos 26 minutos, cobrança perfeita de falta de Luis Fabiano e Vanderlei foi buscar no ângulo para salvar. Lucas partiu para acima da defesa, aos 29 minutos, abriu espaço e fuzilou para outra ótima intervenção do arqueiro alviverde.

O Coritiba tinha espaço para matar a partida, mas errava no último passe. O torcedor, que estava calado coma tensão, passou a dar força ao time da casa para os minutos finais. Aos 35 minutos Lincoln recebeu passe açucarado na entrada da aérea e bateu por cima do gol. Willian José foi a última alternativa de Leão para tentar mudar o panorama.

Sérgio Manoel fez bom cruzamento, aos 40 minutos e Edson Silva afastou. Luis Fabiano girou o corpo e chutou no cantinho para perder sua principal chance, aos 42 minutos. Aos 46 minutos, Gil chutou cruzado, nas mãos de Dênis. Chegava ao fim o sonho do Tricolor conquistar sua primeira Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICACORITIBA 2 X 0 SÃO PAULOLocal: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 20 de junho de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO)
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Sérgio Manoel e Emerson (Coritiba); Rhodolfo, Casemiro, Lucas, Denilson e Fernandinho (São Paulo)
Gols:
CORITIBA: Émerson, aos 28 minutos do primeiro tempo; Éverton Ribeiro, aos 16 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Vanderlei; Ayrton, Pereira, Emerson e Lucas Mendes; William, Sergio Manoel, Rafinha (Lincoln) e Everton Ribeiro (Rafael Silva); Roberto (Gil) e Everton Costa
Técnico: Marcelo Oliveira
SÃO PAULO: Denis; Rodrigo Caio, Rhodolfo, Edson Silva e Cortez (Willian José); Denilson, Casemiro (Maicon), Cícero e Jadson (Fernandinho); Lucas e Luis Fabiano
Técnico: Emerson Leão

Por Cezar Alvarenga – Apesar do péssimo bandeira, Independente-PA lucra com o empate e visitará o Morumbi.

Founte: UOL Esportes

Apesar da derrota por 1 a 0 para o São Paulo, foi difícil ver um jogador do Independente descontente após o apito final do duelo de ida da primeira da fase da Copa do Brasil. Os atletas do time paraense comemoraram muito o fato de virem à capital paulista na próxima semana para decidir a vaga e ainda a grana extra que embolsaram.

Como conseguiu impedir a classificação direta do São Paulo para a segunda fase do torneio, o Independente ficou com 100% da renda do duelo no Mangueirão. No total, foram arrecadados R$  469.340,00. Se avançasse de forma antecipada, o Tricolor ficaria com 60% do montante.

Questões financeiras à parte, os jogadores comemoraram a possibilidade de viajar para São Paulo e enfrentarem o adversário no estádio do Morumbi na próxima quarta-feira. “Para eles é uma conquista, como se fosse um campeonato conquistado. Jogadores que nunca saíram daqui, agora vão para o Morumbi e tentaremos fazer uma grande partida”, disse o experiente meia Gian, ex-Vasco.

“A Copa do Brasil é uma vitrine muito boa, dá uma renda muito boa. Perdemos, mas estamos muito orgulhosos da nossa atuação”, afirmou o zagueiro Alexandre Recife, um dos destaques do Independente na derrota desta quarta-feira.

Mesmo felizes pela conquista, os jogadores não se esqueceram do gol de Tiago Floriano, anulado de forma equivocada logo aos 2 minutos do primeiro tempo. “Tivemos um gol mal anulado, e ainda assim fizemos uma boa partida dentro das nossas condições”, disse Gian.

“Quando se enfrenta um time grande, o pequeno acaba sempre sofrendo, mas mostramos que temos condições, se não de vencer, mas de fazer uma grande partida”, revelou Alexandre.