ICFUT – CARNAVAL 2015 – Ponte Preta Amor Maior – CAMPEA DO GRUPO DE ACESSO DE CAMPINAS 2015

leoes_fernanda_sunega_1_1Leões da Vila Padre Anchieta – CAMPEA DO GRUPO ESPECIAL 2015

dsc_0120Ponte Preta Amor Maior – CAMPEA DO GRUPO DE ACESSO 2015

Escola Pontuação
Grupo especial
Leões da Vila Padre Anchieta 193
Rosas de Prata 193
Shangai 189
Unidos da Vila Rica 183
Unidos dos Amarais desclassificada
Grupo de acesso
Ponte Preta Amor Maior 157
Estrela D’Alva 154
Renascença 132
Unidos do Paranapanema desclassificada
Pleiteantes
Império do São Fernando 179
Águias de Ouro 157

Por Cleber Aguiar – Santos aposta tudo no ataque para eliminar Ponte Preta

Fonte: O Estado de São Paulo

Na Vila Belmiro, o melhor time da primeira fase vai tentar fazer valer seu favoritismo

O Santos iniciará contra a Ponte Preta, às 19h30 desta quarta-feira, na Vila Belmiro, a série de quatro jogos que o separa do seu 21.º título paulista, conquista que será de grande importância para consolidar a nova geração de talentos formados no clube.

Damião volta ao Santos contra Ponte - Ricardo Saibun/Divulgação

Os torcedores santistas esperam que a equipe de Geuvânio e Gabriel tenha o sucesso das três primeiras gerações dos Meninos da Vila: a de 1978, campeã paulista, a de 2002, campeã brasileira, e a de 2010, campeã paulista, da Copa do Brasil e, no ano seguinte, da Libertadores.

Para isso, no entanto, é obrigatório derrotar a Ponte Preta. Em caso de empate, a decisão da vaga na semifinal será nos pênaltis. Mesmo sabendo que seu time é favorito, até porque a Ponte diz que sua prioridade no momento é a preparação para a Série B do Brasileiro, Oswaldo de Oliveira cobra seriedade, dedicação e humildade dos jogadores. E uma coisa é certa: o treinador não vai abrir mão do estilo ofensivo de sua equipe.

Arouca e Cícero, que não jogaram contra o Palmeiras, no domingo, voltarão hoje para formar o meio de campo santista. À frente deles, estarão Geuvânio, Gabriel, Leandro Damião (outro que não jogou no domingo) e Thiago Ribeiro. O Santos vai pressionar a Ponte desde o início do jogo, apostando na velocidade de seus homens de frente e na capacidade ofensiva dos dois volantes.

A seu favor, a equipe santista tem o ótimo retrospecto na Vila Belmiro neste ano. O Santos venceu os oito jogos que disputou em casa, com 26 gols marcados e apenas cinco sofridos. As vitórias e o poder de fogo do ataque fizeram Oswaldo de Oliveira, que chegou ao clube sob desconfiança, ser aceito pelos torcedores. Mas ele é experiente e sabe que, em caso de derrota hoje, essa lua de mel acabará.

Uma das peças fundamentais da defesa santista – que hoje terá o retorno do lateral Cicinho e do zagueiro Jubal – é o goleiro Aranha, que enfrentará justamente o clube do qual saiu para defender o Santos. E ele fez um alerta à torcida alvinegra: o estilo ofensivo da equipe, sempre tão festejado, também pode causar alguma dor de cabeça.

“É preciso que todos entendam que a proposta de futebol ofensivo tem um preço porque somos contra-atacados”, afirmou o goleiro. “Em algum jogo pode acontecer de sofrermos gol e não conseguirmos fazer. Para manter a filosofia do DNA ofensivo, o torcedor precisa estar com o time, sabendo que a qualquer momento pode dar errado. Uma hora ou outra vamos ter problemas.”

O técnico da Ponte, Vadão, terá hoje o seu time completo – os titulares foram poupados no fim de semana. Um dos destaques da equipe é o atacante Alemão, revelado pelo Santos.

SANTOS X PONTE PRETA

SANTOS – Aranha; Cicinho, Neto, Jubal e Mena; Arouca, Cícero, Geuvânio e Gabriel; Leandro Damião e Thiago Ribeiro. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

PONTE PRETA – Roberto; Ferrugem, César, Diego Sacoman e Magal; Bruno Silva, Fernando Bob e Adrianinho; Antônio Flávio, Alemão e Silvinho. Técnico: Vadão.

Juiz: Vinícius Furlan.
Local: Vila Belmiro, em Santos
Horário: 19h30
Transmissão: SporTV