Por Cleber Aguiar – Novela CBF! Justiça derruba liminar e rebaixa Betim à Série D do Brasileiro

Fonte: Futebolinterior.com.br

0002048173260_img

Ainda falta um mês para o início da Série C do Campeonato Brasileiro, mas a disputa pela terceira divisão está quente, muito quente. Isto porque nesta segunda-feira, a Confederação Brasileira de Futebol conseguiu uma liminar determinando o rebaixamento do Betim, atual Ipatinga, para a Série D do Brasileirão.

O time mineiro até já figurava na tabela da Série C, mas com um asterisco de “sub júdice”, indicando que o caso ainda estava pendente na Justiça. Caso o time não recorra à instância superior na Justiça comum, terá que disputar a quarta divisão nesta temporada.

A sentença assinada pelo Desembargador Mota e Silva, que compõe a 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Ele proferiu decisão suspendendo os efeitos da decisão de 1º grau do Juízo da 4ª Vara Cível da Comarca de Betim, que impedia a CBF de cumprir a penalidade aplicada pelo STJD de rebaixar do time mineiro.

O Betim foi rebaixado à Série D em novembro do ano passado, por decisão da Terceira Comissão Disciplinar do STJD. O tribunal puniu o time mineiro em virtude do não pagamento de uma dívida ao The Strongest, da Bolívia, referente à transação do atacante Pablo Escobar. A sanção, prevista no Código Disciplinar da Fifa, foi confirmada pelo Pleno em fevereiro deste ano.

O clube, então, acionou a Justiça Comum e a 4ª Vara Cível de Betim concedeu decisão favorável ao clube mineiro. A CBF acatou a determinação e, ainda no mês passado, divulgou a tabela da Série C com a presença do Betim. O STJD, contudo, não aprovou a decisão e decidiu pela suspensão das tabelas tanto da Série C quanto da Série D.

Depois desta decisão, o tribunal recuou e decidiu liberar a publicação da tabela da terceira divisão, confirmando a inclusão do Betim. Pela definição da CBF, que não alterou a programação dos jogos, a equipe mineira fará sua estreia na competição no dia 27 de abril, contra o Cuiabá, fora de casa.

0002048173262_imgPreparem-se para a guerra!
Em meados de fevereiro, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, assinou um documento, que foi publicado no site da entidade, comunicando o rebaixamento do Ipatinga. Na carta , o dirigente afirma estar cumprindo uma determinação do STJD e que, nos próximos dias, publicaria o nome do substituto e os critérios para a substituição, o que não aconteceu. .

Este foi apenas o primeiro capítulo de uma guerra jurídica que deve tomar conta da Série C, nos próximos dias. Com o rebaixamento do Ipatinga, o Crac,que caiu em campo, deveria permanecer na terceira divisão. Se o Tiradentes, quinto colocado da Série D, subir, no entanto, o time goiano deve pleitear a vaga no STJD e, posteriormente, na Justiça Comum.

Quem também batalha na Justiça para evitar a queda é o Brasiliense. O time do senador cassado Luiz Estevão (foto) foi o terceiro rebaixado no Grupo A, acima de Baraúnas-RN. Neste caso, o Jacaré contesta a mudança de regulamento em 2013. Por conta da entrada do Treze, foram rebaixados três e não dois times no Grupo A, como previa o regulamento.

Os times se aproveitam do precedente aberto pela CBF ao confirmar Treze e Rio Branco-AC na disputa da Série C em 2013. Ambos times entraram pela porta dos fundos, por meio de liminares na Justiça Comum. O caso até foi parar no Superior Tribunal de Justiça (STF).

O ministro Luiz Fux determinou uma edição com 21 clubes, o que deve se repetir neste ano, já que o Estatuto do Torcedor afirma que a fórmula de disputa de um torneio só pode ser alterado depois de dois anos de disputa.

Por Cleber Aguiar – Times vão para estádio diferente e jogo é cancelado

Fonte: Futebolinterior.com.br

971763_670916169635234_339655534_nDefinitivamente a 39ª Edição do Campeonato Brasiliense de Futebol vai ficar na história pelas confusões e desentendimentos ocorridos até aqui. Na abertura da competição o Formosa acabou não entrando em campo pois haviam sumido as chuteiras dos jogadores, já que o ônibus do clube tinha sumido. Depois foi a partida entre Paracatú x Gama onde o time mineiro teria atuado com uniforme não autorizado. Por fim, nesta sexta-feira, um fato inusitado aconteceu envolvendo a partida entre Unaí/Paracatú e Brasiliense. Como a mudança de local e horário do jogo foi publicado no site da Federação Brasiliense de Futebol somente na tarde da quinta-feira (véspera da partida), mudando o Estádio e cidade, o Unaí/Paracatú, time mandante, não viajou para Luziânia, novo local da partida.
o jogo estava previsto para o estádio Frei Norberto, em Paracatú/MG, às 16 horas, mas a Federação alterou o seu local, passando para o estádio Serra do Lago, em Luziânia/GO, às 18 horas.

O presidente do time mineiro, Major Elias, em entrevista à Rádio Fibra de Brasília, afirmou que seu time vai lutar até o fim para jogar em Paracatú. “Estamos neste momento no palco do jogo que foi marcado pela Federação Brasiliense, ou seja, no estádio Frei Norberto, em Paracatú/MG. Estamos aqui com um Procurador de Justiça que está tomando ciência do ocorrido, desta mudança abrupta do local do jogo. Convocamos também a imprensa para relatar o fato. O presidente da Federação Brasiliense de Futebol desrespeitou todo o Código do Torcedor, mudando a partida 24 horas antes do jogo. Eu fiquei sabendo da mudança de local da partida por terceiros, através do presidente do Luziânia que me informou que estavam sendo requisitado o estádio Serra do Lago”, disse o presidente do Paracatú.

Já a delegação do Brasiliense se encontra em Luziânia/GO se dirigindo ao estádio Serra do Lago. A mudança de local e horário do jogo Paracatú x Brasiliense deveu-se ao fato de que o Brasiliense atuou na quarta-feira pela Copa Verde. O espaço entre um jogo e outro está em torno de 44 horas, não sendo permitido a realização de jogos com distância superior a 150 quilômetros.

O caso agora será tratado pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Distrito Federal. No outro jogo o Ceilandia recebeu o Brasilia. O Colorado do DF venceu por 2 a 1 e agora joga domingo por um simples empate para se classificar.

ICFUT – Site do Brasiliense aposta “mamãe noel boazuda” para alavancar audiência

Fonte: Futebol interior.com.br

Se o futebol do Brasiliense não agradado os torcedores nos últimos anos, pelo menos o site oficial do clube encontrou uma maneira “gostosa” de acalmar, relaxar os ânimos dos fanáticos pelo Jacaré e, ainda, aumentar a visibilidade em prol do time candango.

Os responsáveis pelo site do Jacaré têm constantemente postado fotos de beldades em poses sensuais com a camisa do time candango. Mas no mês de dezembro o site do Brasiliense foi além e resolveu “presentear” os torcedores com uma bela “mamãe noel”: Keli Cristina.

Como todo charme que a época do Natal permite, a beldade aparece completamente nua e em poses ginecológicas faz os torcedores imaginarem seu desempenho entre quatro paredes.

Se está acalmando os torcedores com a falta de planejamento já não sabemos, mas certamente têm aumentado a audiência do site e, ainda, causado inveja nos torcedores rivais.

RETRÔ ICFUT – Campeonato Brasiliense 2011

Campeão
Brasiliense
Brasiliense

Estatísticas

Melhor Ataque Brasiliense 37 Gols
Pior Ataque Ceilandense 13 Gols
Melhor Defesa Brasiliense 15 Gols sofridos
Pior Defesa CFZ-DF 40 Gols sofridos
Mais Goleadas Brasiliense 4 Goleadas
Mais Vitórias Brasiliense 13 Vitórias
Menos Vitórias CFZ-DF 1 Vitórias
Mais Empates Gama 8 Empates
Mais Derrotas CFZ-DF 12 Derrotas
Menos Derrotas Brasiliense 2 Derrotas
Max. Jogos sem Perder Brasiliense 16 Jogos
Quadrangular Final
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Gama 12 6 4 0 2 9 8 1 66.7
2  Brasiliense 10 6 3 1 2 9 6 3 55.6
3  Formosa 10 6 3 1 2 11 12 -1 55.6
4  Botafogo 3 6 1 0 5 6 9 -3 16.7
1.ª Fase
 Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Brasiliense 34 14 10 4 0 27 8 19 81.0
2  Formosa 22 14 5 7 2 19 12 7 52.4
3  Botafogo 22 14 5 7 2 21 16 5 52.4
4  Gama 21 14 5 6 3 22 15 7 50.0
5  Ceilândia 21 14 5 6 3 19 16 3 50.0
6  Atlético Ceilandense 15 14 4 3 7 13 20 -7 35.7
7  Brasília 11 14 3 2 9 14 25 -11 26.2
8  CFZ Brasília 4 14 1 1 12 17 40 -23 9.5

Final

1ª RODADA
7/05 – 18h30 Gama 1 x 1 Brasiliense
2ª RODADA
14/05 – 18h30 Brasiliense 0 x 0 Gama
Quadrangular Final
1ª RODADA
26/03 – 18h30 Gama 0 x 3 Brasiliense
27/03 – 16h00 Botafogo 1 x 3 Formosa
2ª RODADA
3/04 – 16h00 Brasiliense 2 x 1 Botafogo
3/04 – 16h00 Formosa 1 x 0 Gama
3ª RODADA
10/04 – 16h00 Formosa 2 x 1 Brasiliense
10/04 – 16h00 Botafogo 0 x 1 Gama
4ª RODADA
16/04 – 17h00 Brasiliense 1 x 1 Formosa
16/04 – 18h30 Gama 1 x 0 Botafogo
5ª RODADA
26/04 – 20h30 Botafogo 0 x 1 Brasiliense
26/04 – 20h30 Gama 5 x 3 Formosa
6ª RODADA
30/04 – 17h00 Formosa 1 x 4 Botafogo
30/04 – 17h00 Brasiliense 1 x 2 Gama
1.ª Fase
1ª RODADA
15/01 – 16h00 CFZ Brasília 2 x 3 Brasiliense
15/01 – 16h00 Brasília 1 x 2 Botafogo
16/01 – 16h00 Gama 1 x 1 Atlético Ceilandense
16/01 – 16h00 Formosa 0 x 0 Ceilândia
2ª RODADA
19/01 – 16h00 Ceilândia 2 x 0 Brasília
19/01 – 16h00 Botafogo 2 x 2 Formosa
19/01 – 20h30 Brasiliense 0 x 0 Gama
20/01 – 16h00 Atlético Ceilandense 1 x 0 CFZ Brasília
3ª RODADA
22/01 – 16h00 Brasiliense 1 x 0 Botafogo
22/01 – 16h00 Brasília 1 x 0 Formosa
23/01 – 16h00 Ceilândia 1 x 0 Atlético Ceilandense
23/01 – 16h00 Gama 4 x 0 CFZ Brasília
4ª RODADA
26/01 – 16h00 CFZ Brasília 4 x 2 Ceilândia
26/01 – 16h00 Atlético Ceilandense 1 x 1 Brasília
26/01 – 20h30 Formosa 0 x 0 Brasiliense
26/01 – 20h30 Botafogo 2 x 2 Gama
5ª RODADA
29/01 – 17h00 Botafogo 1 x 1 Ceilândia
29/01 – 17h00 Brasília 3 x 1 CFZ Brasília
30/01 – 17h00 Brasiliense 4 x 0 Atlético Ceilandense
30/01 – 17h00 Formosa 3 x 1 Gama
6ª RODADA
2/02 – 16h00 Ceilândia 1 x 1 Brasiliense
2/02 – 16h00 CFZ Brasília 0 x 2 Formosa
2/02 – 20h30 Gama 2 x 1 Brasília
3/02 – 20h30 Atlético Ceilandense 1 x 2 Botafogo
7ª RODADA
5/02 – 17h00 Brasília 0 x 4 Brasiliense
5/02 – 17h00 CFZ Brasília 1 x 1 Botafogo
6/02 – 16h00 Gama 0 x 0 Ceilândia
6/02 – 16h00 Formosa 2 x 1 Atlético Ceilandense
8ª RODADA
12/02 – 17h00 Brasiliense 2 x 0 CFZ Brasília
12/02 – 17h00 Ceilândia 2 x 2 Formosa
13/02 – 17h00 Atlético Ceilandense 2 x 4 Gama
13/02 – 17h00 Botafogo 3 x 1 Brasília
9ª RODADA
19/02 – 17h00 Brasília 0 x 0 Ceilândia
19/02 – 17h00 Gama 1 x 2 Brasiliense
20/02 – 16h00 Formosa 0 x 0 Botafogo
20/02 – 16h00 CFZ Brasília 0 x 1 Atlético Ceilandense
10ª RODADA
26/02 – 16h00 Atlético Ceilandense 2 x 1 Ceilândia
26/02 – 18h00 CFZ Brasília 1 x 4 Gama
27/02 – 16h00 Botafogo 1 x 1 Brasiliense
27/02 – 18h00 Formosa 1 x 0 Brasília
11ª RODADA
3/03 – 15h30 Brasília 0 x 1 Atlético Ceilandense
4/03 – 16h00 Ceilândia 4 x 3 CFZ Brasília
5/03 – 18h00 Gama 0 x 0 Botafogo
6/03 – 16h00 Brasiliense 2 x 1 Formosa
12ª RODADA
9/03 – 16h00 Ceilândia 3 x 2 Botafogo
9/03 – 20h30 Atlético Ceilandense 1 x 2 Brasiliense
9/03 – 20h30 Gama 1 x 1 Formosa
10/03 – 16h00 CFZ Brasília 2 x 5 Brasília
13ª RODADA
12/03 – 16h00 Botafogo 2 x 1 Atlético Ceilandense
13/03 – 15h30 Brasília 0 x 2 Gama
13/03 – 16h00 Brasiliense 1 x 0 Ceilândia
13/03 – 16h00 Formosa 5 x 2 CFZ Brasília
14ª RODADA
19/03 – 16h00 Brasiliense 4 x 1 Brasília
19/03 – 16h00 Botafogo 3 x 1 CFZ Brasília
19/03 – 16h00 Atlético Ceilandense 0 x 0 Formosa
19/03 – 16h00 Ceilândia 2 x 0 Gama