Por J. Edmar–COPA DO MUNDO: BRASIL – 0X3 – HOLANDA

BRASIL – 0X3 – HOLANDA

LOCAL – ARENA MANÉ GARRINHA – DF

DATA – 12/07/2014.

Pois é…

Assim fica muito difícil de fazer comentários aceitáveis…

Mas, por outro lado, não sou daqueles brasileiros metidos a “donos da razão”, que a tudo criticam, que a tudo tripudiam…

Eu seria, todavia, o maior entre os hipócritas se, por acaso, dissesse, aqui, que estou satisfeito.

Não…

Não estou!

Todavia se, até o jogo contra a Alemanha, eu enaltecia, aqui, algumas possíveis qualidades de nossa Seleção por que, então que, assim de repente, do nada, eu venha, aqui e juntar-me ao coro de dezenas de milhões de “entendidos” e, juntando-me a eles, zoar e tripudiar o “pessoal” que, até então, enaltecia?

Não posso fazê-lo, (e) não vou fazê-lo, pois continuo Brasileiro e Nacionalista!

Para falar mal de nossa Seleção e de nossa gente, já bastam os argentinos, este povo metido a fanfarrão mas, que, (todos sabem) estão às portas da falência como nação…

Este mesmo povo que, um dia, movidos por um narcisismo imperdoável, declararam guerra à Inglaterra, reivindicando uma porção de terra gelada e habitada somente por pingüins e, depois de um “cacete” de criar casca e de uma derrota vergonhosa e humilhante vem, ainda tem o “topete” de exibir, em dias de jogos de sua seleção, a faixa manjada que diz “AS MALVINAS SÃO ARGENTINAS”…

Este mesmo povo que se orgulha tanto de “seu” tango, mas não divulga que o maior expoente deste gênero musical não nasceu na Argentina, este mesmo povo que insiste em julgar-se superior (principalmente no futebol) à nossa gente mas omite que temos 5 estrelas na nossa camisa enquanto que eles têm apenas duas…

Este mesmo povo que alardeia de forma jocosa e maledicente que seu astro maior (um cocainômano assumido) é melhor que o Pelé quando, para fins de comentários, sabemos que este mesmo “milongueiro” tem, em seu currículo, 12 (doze) internações por vícios. E não faço este comentário visando defender o Pelé como cidadão mas, sim, como esportista pois, quem fez mais de 1200 gols ao longo da carreira, quem parou guerras em nome do futebol/arte, quem conquistou três estrelas na camisa, não pode, jamais, ser inferior a um fanfarrão, viciado, e milongueiro…

Este mesmo povo que se gaba tanto de sua superioridade ao ponto de nos chamar de “macaquitos”…

Pois bem, é este mesmo povo, que alguns “brasileiros feitos nas coxas” endeusam, esquecendo-se que este povo tem que evoluir, ainda, muito, para chegar aos nossos pés no campo das conquistas em Copas do Mundo!

Nunca fui “Pelezista” mas jamais vestiria a camisa da Argentina, principalmente a deste gringo viciado…

Não gosto do Neymar, mas sou brasileiro e jamais enalteceria o Messi em detrimento do Neymar…

O meu “B”, de brasileiro, é maior que toda a arrogância dos argentinos e o meu “N”, de nacionalista, é maior que todas as demais 31 seleções que se apresentaram neste Mundial!

Deixo, então, para “eles”, toda a gozação, todo o tripudio, toda a zoeira a respeito de nossos fracasso nesta Copa do Mundo mas, de minha parte, jamais, junto-me a eles!

Rendo-me, porém, (com pesar) às falas dos psicólogos e dos analistas de peso, quando dizem que nossa seleção é inferior a todas as que, até hoje, montamos…

Mas não vou, portanto (repito e enfatizo), juntar-me ao coro dos que zoam a nossa própria Seleção e tripudiam os nossos próprios feitos…

Somente nossa seleção é PENTACAMPEÃ DO MUNDO

Somente nosso povo tem este orgulho enquanto que os demais, tudo que podem fazer, é nos invejar e tentar nos igualar todavia, superar, JAMAIS!!!

Concluindo sou, sim, um Brasileiro Nacionalista e o resto, para mim, é resto!

Dá-lhes, Brasil!

Dá-lhes, povão brasileiro!