ICFUT – Campeões Estaduais de Futebol Profissional do Acre

 

FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO ACRE
Ano Campeão Vice
2019 Atletico Acreano Galvez
2018 Rio Branco Galvez
2017 Atletico Acreano Rio Branco
2016 Atletico Acreano Rio Branco
2015 Rio Branco Galvez EC (Rio Branco)
2014 Rio Branco Atletico Acreano
2013 Plácido de Castro FC Rio Branco
2012 Rio Branco Atletico Acreano
2011 Rio Branco Plácido de Castro FC
2010 Rio Branco Náuas FC
2009 AC Juventus Rio Branco
2008 Rio Branco AC Juventus
2007 Rio Branco Andirá EC
2006 AD Senador Guiomard Rio Branco
2005 Rio Branco AD Senador Guiomard
2004 Rio Branco AC Juventus
2003 Rio Branco AD Vasco da Gama
2002 Rio Branco AD Vasco da Gama
2001 AD Vasco da Gama Rio Branco
2000 Rio Branco Independência FC
1999 AD Vasco da Gama Independência FC
FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DO ESTADO DO ACRE
1998 Independência FC Rio Branco
1997 Rio Branco Independência FC
1996 AC Juventus Rio Branco
1995 AC Juventus Rio Branco
1994 Rio Branco AC Juventus
1993 Independência FC AD Senador Guiomard
1992 Rio Branco Independência FC
1991 Atlético Acreano AC Juventus
1990 AC Juventus Atlético Acreano
1989 AC Juventus Rio Branco
FEDERAÇÃO ACREANA DE DESPORTOS
1988 Independência FC Rio Branco
1987 Atlético Acreano AC Juventus
1986 Rio Branco AC Juventus
1985 Independência FC AC Juventus
1984 AC Juventus Independência FC
1983 Rio Branco Atlético Acreano
1982 AC Juventus Independência FC
1981 AC Juventus Atlético Acreano
1980 AC Juventus Independência FC
1979 Rio Branco AC Juventus
1978 AC Juventus Rio Branco
1977 Rio Branco Atlético Acreano
1976 AC Juventus Atlético Acreano
1975 AC Juventus Rio Branco
1974 Independência FC Rio Branco
1973 Rio Branco Internacional FC
1972 Independência FC AC Juventus
1971 Rio Branco Independência FC
1970 Independência FC AC Juventus
1969 AC Juventus Independência FC
1968 Atlético Acreano AC Juventus
1967 Grêmio Atlético Sampaio AD Vasco da Gama
1966 AC Juventus Independência FC
1965 AD Vasco da Gama Rio Branco
1964 Rio Branco AD Vasco da Gama
1963 Independência FC AD Vasco da Gama
1962 (Estado)
1962 (Território)
Atlético Acreano
Rio Branco
Rio Branco
Atlético Acreano
1961 Rio Branco Atlético Acreano
1960 Rio Branco Independência FC
1959 Independência FC Rio Branco
1958 Independência FC Rio Branco
1957 Rio Branco Independência FC
1956 Rio Branco Independência FC
1955 Rio Branco Independência FC
1954 Independência FC Rio Branco
1953 Atlético Acreano América EC
1952 Atlético Acreano Rio Branco
1951 Rio Branco América EC
1950 Rio Branco Independência FC
1949 América EC Rio Branco
1948 América EC Rio Branco
1947 Rio Branco (Invicto) Fortaleza FC

 

Por Cleber Aguiar – Botafogo goleia e avança; Atlético-PR tem classificação épica na Libertadores

Fonte: Folha de São Paulo

 

O Brasil terá todos os seus seis representantes na fase principal da Taça Libertadores da América.

O Botafogo assegurou nesta quarta-feira sua presença na etapa de grupos da competição com uma goleada, o Atlético-PR obteve a classificação nos pênaltis, em uma partida dramática.

Com três gols de Wallyson, ex-Cruzeiro e São Paulo, e um de Henrique, os cariocas conquistaram a vaga com uma goleada por 4 a 0 sobre o Deportivo Quito, do Equador, no Maracanã. O Botafogo havia perdido a partida de ida por 1 a 0.

A vitória coloca a equipe alvinegra no Grupo 2 da Libertadores, ao lado de Unión Española (CHI), San Lorenzo (ARG) e Independiente del Valle (EQU).

Já o Atlético-PR esteve duas vezes à beira de ser eliminado pelo Sporting Cristal, mas derrotou o peruano por 2 a 1 no tempo normal e por 5 a 4 nos pênaltis.

Depois de abrir o placar com o zagueiro Manoel e ceder o empate no gol de Cóssio, o time curitibano estava sendo eliminado da Libertadores até os 49 min do segundo tempo, quando Éderson, de pênalti, ressuscitou os brasileiros.

Na cobrança de pênaltis, novo drama. O Sporting Cristal precisava acertar só uma das duas últimas cobranças das cinco iniciais para ficar com a vaga, mas desperdiçou ambas. O Atlético-PR se recuperou e venceu a série por 5 a 4.

Rodolfo Buhrer/Reuters
O atacante Ederson, que marcou os três gols do Atlético Paranaense no confronto contra o Sporting Cristal
O atacante Ederson, que marcou os três gols do Atlético Paranaense no confronto contra o Sporting Cristal

No Grupo 1 da Libertadores, a equipe paranaense terá como rivais Vélez Sarsfield (ARG), The Strongest (BOL) e Universitario (PER).

Além de Botafogo e Atlético-PR, Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio também representarão o país na etapa de grupos.

Por Cleber Aguiar – Obina vai para China !

Fonte: Globo.com

Galo confirma saída do atacante Obina e do zagueiro Jairo Campos

Obina vai jogar no futebol chinês, e o zagueiro, no Deportivo Quito-EQU

Obina no treino do Atlético-MGAtacante Obina vai jogar no futebol chinês
(Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

O Atlético-MG anunciou nesta sexta-feira que o atacante Obina e o zagueiro Jairo Campos não fazem mais parte do elenco alvinegro. A diretoria do clube mineiro liberou os atletas, que jogarão no exterior na temporada 2011.

No caso de Obina, o grupo de investidores detentor dos direitos econômicos do atacante o negociou com o futebol chinês, para o Shandong Luneng, campeão da Superliga Chinesa de 2010.  O Galo receberá, de acordo com o contrato, apenas uma indenização referente à taxa de vitrine.

No Atlético-MG, Obina atuou 39 vezes e marcou 27 gols. Com o atacante em campo, o time venceu 19 partidas, empatou sete e perdeu 13.

Jairo Campos

Nesta sexta-feira, o site oficial do Deportivo Quito, do Equador, também anunciou a contratação do zagueiro Jairo Campos. O Galo, em seguida, confirmou a informação. O jogador, de 26 anos, não estava nos planos do técnico Dorival Júnior, e já havia sido liberado para buscar um novo clube.

Jairo Campos chegou ao Galo no início de 2010, quando o alvinegro era comandado por Vanderlei Luxemburgo. Com a chegada de Dorival, Jairo perdeu espaço no time titular e passou a contar principalmente com Werley e Réver.

Com a camisa do Atlético-MG, Jairo Campo esteve em campo em 44 oportunidades e marcou apenas um gol, justamente no clássico contra o Cruzeiro. Com o equatoriano no gramado, foram 18 vitórias, nove empates e 17 derrotas.