ICFUT – Keirrison ganha moral com Adilson e confia em reeditar Paulistão 2009

Fonte: http://www.uol.com.br

Keirrison fez 13 gols com o Palmeiras no Paulistão 2009, e terminou como vice-artilheiro

A má fase, o baixo moral com a torcida santista e a ausência de gols decisivos em 2010 não preocupam Keirrison. O atacante adquiriu confiança após conversar com Adilson Batista e espera repetir no Campeonato Paulista a performance da única vez em que disputou a competição, em 2009.

Na ocasião, defendendo o Palmeiras, Keirrison terminou a competição como vice-artilheiro, com 13 gols – o primeiro colocado foi Pedrão, do Barueri, com 16 – e manteve a fama de goleador conquistada nos tempos de Coritiba.

“Confio que agora posso repetir o melhor como foi em 2009. Fator pré-temporada foi importante para mim, e fisicamente o trabalho está sendo interessante. Agora, posso estar mais solto e mostrar o meu futebol”, disse o atual camisa 9 santista.

Keirrison foi cobrado individualmente por Adilson logo no reapresentação do Santos. O treinador exigiu maior “senso coletivo”, e aprovou a atuação no jogo-treino contra o Taboão da Serra, na última quarta-feira, no CT Rei Pelé, quando o atacante fez o primeiro gol na goleada por 4 a 0.

“É um jogador que conheço bem. Tem enorme potencial, é frio para finalizar. E o mais importante é que ele está com vontade de ajudar o Santos”, frisou Adilson.

“É importante ouvir o treinador, e é algo que faria mesmo se fosse o artilheiro da Copa do Mundo. Meus companheiros também me orientam, e quero retribuir tudo isso com dedicação”, comentou Keirrison.

A temporada de 2011 começou em meio à boatos no Santos sobre a intenção da diretoria de contratar um novo camisa 9. O atacante em negociação no momento é Diogo, jogador que não disputa a posição de Keirrison na equipe, na visão de Adilson.

“Estou tranquilo, venho trabalhando, e o Adilson fala que o que resolve é dentro de campo, não é falando. Não posso pensar no que andam especulando. O negócio é trabalhar que as coisas vão acontecer naturalmente”, concluiu Keirrison.

ICFUT – Adilson menospreza pré-contrato de Maikon Leite com o Palmeiras

Fonte: esporte.ig.com.br

Treinador ignorou acordo com o Palmeiras, e confirmou o atacante com titular no Santos

O técnico Adilson Batista ignorou o pré-contrato assinado pelo atacante Maikon Leite com o Palmeiras, e já confirmou o atleta como titular para a estreia do Santos no Campeonato Paulista, diante da Linense, às 19h30 (de Brasília), em Lins. O atleta foi escalado entre os titulares em todos os treinos comandados pelo treinador nesta semana, no CT Rei Pelé.

“Ele tem contrato até junho, espero que cumpra, e nos ajude. Estou tranquilo, e ele está trabalhando bem, e escalado. A direção é quem vai definir o que for melhor para o clube nesse caso”, afirmou o técnico Adilson Batista.

O treinador, inclusive, evitou conversar com Maikon Leite sobre o pré-contrato com o Palmeiras. O atleta assinou com o clube da capital por cinco temporadas, mas ainda possui vínculo com o Santos até o dia 23 de junho deste ano.

“Não tive conversa com ele (Maikon Leite), e ele não me procurou. Também não converso com agente, nem ninguém sobre o tema. Só que o assunto sobre a negociação é com a direção”, disse o técnico.

ICFUT – Na reapresentação, santistas terão primeiro contato com Adilson

Fonte: http://www.ig.com.br

Treinador foi contratado em 2010, mas começa a trabalhar com os jogadores apenas nesta segunda-feira

Adilon Batista teve contato apenas com dirigentes do Santos em 2010

O Santos volta aos trabalhos nesta segunda-feira, às 16h30, no CT Rei Pelé, visando o inicio da temporada 2011. Os jogadores vão realizar avaliações clínicas e iniciar o trabalho físico. Entretanto, o elenco santista terá o primeiro contato com o técnico Adilson Batista. O treinador foi contratado no inicio de novembro do ano passado, mas fez um acordo com a diretoria santista para começar a trabalhar com os jogadores apenas na pré-temporada deste ano.

Adilson Batista, inclusive, evitou contatos pessoais com os atletas do elenco, e visitava o Hotel Recanto dos Alvinegros, no CT Rei Pelé, fora dos horários de treino para não encontrar os jogadores. Durante a reta final do Campeonato Brasileiro, o treinador apenas teve contatos com os dirigentes do clube, visando montar o elenco para 2011.

O treinador alegou dois motivos à diretoria santista para começar a trabalhar com os jogadores apenas nesta segunda-feira. Adilson disse que precisava de descanso, e também afirmou que utilizaria o tempo somente para adiantar o planejamento para a disputa desta temporada.

Além disso, Adilson Batista quis evitar constrangimentos ao técnico interino Marcelo Martelotte, que comandou a equipe na reta final do Brasileiro. “Vou dar tranqüilidade, liberdade para o Marcelo (Martelotte) trabalhar. É questão de coerência, pois ele está vivenciando o dia a dia. É justo, não vejo problema. Vamos trocando informações para encaminhar os objetivos de 2011”, disse Adilson no dia em que foi apresentado.