ICFUT – Sub-20: em disputa de 26 pênaltis, Brasil bate Uruguai e vai para final

Fonte: globo

Seleção de Ney Franco vence por 10 a 9 após 0 a 0 nos 90 minutos em torneio preparatório para o Sul-Americano da categoria, na Argentina

A seleção brasileira sub-20, treinada por Ney Franco, está na final do Quadrangular Internacional da categoria, disputado em Resistência, na Argentina. Para isso, teve que suar na decisão de pênaltis contra o Uruguai na noite desta sexta-feira: após 0 a 0 nos 90 minutos, o Brasil venceu por 10 a 9 em uma disputa que contou com 26 cobranças.

O goleiro Luiz Gustavo, do Vitória, defendeu dois pênaltis, assim como o colega uruguaio Cubero (cobranças de Luan, do Vasco, e Henrique, do São Paulo). João Felipe, do São Paulo, e Felipe Anderson, do Santos, tiveram que bater duas vezes, já que a disputa não foi encerrada mesmo com os 11 jogadores cobrando.

A final do torneio será no próximo sábado contra o vencedor do confronto entre Argentina e Chile, ainda nesta sexta. A competição serve de preparação para o Sul-Americano Sub-20, que será disputado ano que vem na Argentina e valerá vaga no Mundial da categoria, em 2013, na Turquia.

Filho do tetracampeão Bebeto, o meia Mattheus, do Flamengo, entrou no segundo tempo e converteu sua cobrança. Além de Luan e Henrique, Felipe Anderson desperdiçou sua primeira tentiva, para fora. Pelo lado uruguaio, Cristoforo e Aguirre chutaram para Luiz Gustavo defender, enquanto De Leon e Silva acertaram o travessão e a trave, respectivamente.

Veja todos os convocados por Ney Franco:

Goleiros
Luiz Gustavo (Vitória)
Igor Rayan (Cruzeiro)

Laterais
Fabinho (Fluminense)
Henrique (São Paulo)
Felipe Anderson (Santos)

Zagueiros
Luiz Gustavo (Palmeiras)
Luan (Vasco)
Wellington Carvalho (Fluminense)

Meias
Rodrigo Caio (São Paulo)
João Felipe (São Paulo)
Misael (Grêmio)
Giovanni (Corinthians)
Mattheus (Flamengo)
Taiberson (Atlético-PR)
Mike (Internacional)

Atacantes
Paulo Henrique (Atlético Mineiro)
Bruno Mendes (Guarania)
Ademilson (São Paulo)

Por Cleber Aguiar – Santos & Cruzeiro favoritos !

Fonte: Globo.com

Comentaristas apontam Cruzeiro e Santos como favoritos ao título

A pedido do GLOBOESPORTE.COM, jornalistas elaboram tabela de classificação do campeonato. Inter também está bem cotado

Por Ivan Raupp Rio de Janeiro

Clubes estáveis, com bons elencos, bons técnicos e jogadores que desequilibram. Essas foram em geral as justificativas utilizadas por comentaristas ao apontarem Cruzeiro e Santos como favoritos ao título do Campeonato Brasileiro, que terá início neste sábado. O time de Neymar chega à competição com o status de único brasileiro vivo na Libertadores e com um título paulista recém-conquistado. A equipe mineira, que também foi campeã estadual no último fim de semana, fez a melhor campanha na primeira fase do torneio continental e caiu em seguida, mas não perdeu o prestígio.

MONTAGEM - Neymar santos e montillo cruzeiro (Foto: Agência EFE e Agência Vipcomm)Neymar e Montillo são os principais destaques de Santos e Cruzeiro (Foto: Agência EFE e Agência Vipcomm)

A convite do GLOBOESPORTE.COM, nove especialistas de vários cantos do país aceitaram a missão de elaborar uma tabela, mostrando como imaginam que ficaria a classificação do campeonato após a última rodada, do primeiro ao último colocado. É um desafio e tanto, dado o equilíbrio entre os times e as mudanças que a maioria sofre ao longo da competição.

Considero Santos e Cruzeiro os melhores times do Brasil. Os campeões paulistas, entretanto, estarão divididos entre a Libertadores e o início do Brasileiro, o que pode lhes
custar pontos preciosos”
Renato Maurício Prado

– Uma coisa é observar o atual momento das equipes, perceber tendências, analisar os elencos e apontar possibilidades. Outra é determinar como acabará uma competição que nem começou. Até tentei ler isso no resto do macarrão, na borra de café, conversei com a água na bacia, no prato, na pia, na caneca, fiz o ritual do copo, psicografei o Polvo… sem sucesso. Meus poderes psíquicos são insuficientes. Então usei o método que me pareceu mais eficaz nessa tentativa: sorteio. Escrevi o nome dos times em pedacinhos de papel e fiz um sorteio. E qualquer semelhança com a realidade será mera coincidência – brinca o comentarista Bob Faria, único a não apontar Cruzeiro ou Santos como campeão, preferindo o Inter.

Com os nove palpites, elaboramos uma classificação geral. Funciona da seguinte maneira: o primeiro colocado recebe 20 pontos, o segundo, 19, o terceiro, 18, e assim por diante, até o vigésimo, que leva um ponto. O critério de desempate é a favor daquele que tiver recebido a melhor classificação. Deu Cruzeiro em primeiro lugar, com o Santos logo atrás. O Inter completa o pódio, seguido por São Paulo e pela dupla Fla-Flu. Veja ao final do texto os palpites de cada jornalista e a classificação final.

Para o colunista do jornal “O Globo” Renato Maurício Prado, o Cruzeiro leva vantagem em função de o Santos ainda estar disputando a Taça Libertadores:

O Santos tem os dois jogadores mais talentosos do país. E também tem o treinador mais vitorioso”
Tiago Leifert

– Considero Santos e Cruzeiro os melhores times do Brasil. Os campeões paulistas, entretanto, estarão divididos entre a Libertadores e o início do Brasileiro, o que pode lhes custar pontos preciosos. Caso sejam os campeões das Américas, o problema se estenderá para a reta final do nosso campeonato, momento em que a turma da Vila Belmiro começará a pensar no Mundial de Clubes – basta lembrar processo bem semelhante vivido pelo Internacional, no ano passado. Por isso, meu favorito para o título é o Cruzeiro. Mas se o Santos cair na Libertadores…

Já o apresentador do “Globo Esporte” de São Paulo, Tiago Leifert, aposta na equipe comandada pelo tetracampeão Muricy Ramalho, que acumula três título pelo São Paulo e um pelo Fluminense:

– O Santos tem os dois jogadores mais talentosos do país (Neymar e Ganso). E também tem o treinador mais vitorioso. Por isso, tem tudo para dar certo.

Na zona da degola, houve quase um consenso entre os jornalistas: Bahia, América-MG, Figueirense e Atlético-GO foram os mais citados entre os possíveis rebaixados. Mas Botafogo, Avaí, Atlético-PR e Ceará também marcam indesejada presença em algumas listas.

ICFUT Parabeniza o Brasil Pela conquista do Sulamericano do Peru 2011

Neymar Silva e Jorge Rodrigues comentam atuação dos jogadores na goleada por 6 a 0 sobre o Uruguai, neste domingo, pelo Sul-Americano

Pais de Lucas e Neymar na concentração do hotel em Arequipa  (Foto: Márcio Iannacca / Globoesporte.com)Neymar Silva e Jorge Rodrigues no hotel da
sub-20 (Márcio Iannacca / Globoesporte.com)

Neymar e Lucas foram os protagonistas da goleada da Seleção Brasileira sub-20 por 6 a 0 sobre o Uruguai, neste domingo, em Arequipa, no Peru. O resultado consagrou o time canarinho como campeão do Sul-Americano e com o passaporte carimbado para as Olimpíadas de 2012, em Londres. Após a festa no gramado, os dois astros comemoraram com os pais Neymar Silva e Jorge Rodrigues, no restaurante do Hotel Libertador, concentração da delegação durante o hexagonal final do torneio continental.

No bate-papo com o GLOBOESPORTE.COM, Neymar Silva brincou ao comentar a comemoração do filho, que fez o movimento de que como se estivesse dirigindo um carro. Na semana passada, no dia do aniversário do atacante, o pai do atleta revelou que o garoto queria trocar de veículo. Porém, o negócio só seria concretizado se as metas estipuladas pela família fossem alcançadas durante o Sul-Americano sub-20.

– A vida é feita de metas e ele cumpriu tudo o que foi programado. O Neymar ainda não escolheu o carro, mas já tem gasolina para ser igual ao que eu dei para ele de aniversário – brincou Neymar Silva, referindo-se a Ferrari de brinquedo que deu ao filho no último dia 5 de fevereiro.

A vida é feita de metas e ele cumpriu o que foi programado”
Neymar Silva

A partir de agora, o objetivo de Neymar é levar o Santos ao título da Libertadores. Segundo o pai do jogador, a experiência no Sul-Americano vai ser importante para o atleta ter uma boa atuação na competição continental, que começa nesta terça-feira para o Peixe, contra o Deportivo Tachira, em San Cristóbal, na Venezuela.

– O importante é ele levar essa experiência adquirida aqui (no Sul-Americano) para o Santos. A responsabilidade é grande a partir de agora. Ele se portou muito bem durante essa competição. É uma experiência que ele vai levar para o resto da vida – disse o pai do atacante, eleito o melhor jogador do torneio pela Conmebol.

Na volta ao Brasil, Neymar espera que seu pai cumpra a promessa que fez e lhe dê de presente de aniversário um carro novo. Em Arequipa, o atacante teve de se contentar com uma Ferrari de brinquedo.

– Ele me falou que se eu fosse campeão e fizesse dois gols, o carro era meu. Agora, ele tá lá em cima (nas arquibancadas) olhando. Ele sabe que vai ter de cumprir – brincou.

O pai de Lucas também estava empolgado com a atuação do filho, que marcou três vezes diante do Uruguai. Jorge Rodrigues revelou o papo que teve com o apoiador antes do confronto.

– Percebi que ele me procurou na arquibancada porque eu grito muito e ele sempre me procura nos estádios. É uma sensação que não tem dinheiro que pague. Eu falava para o Lucas que seria o dia dele, que eu confiava nele. O potencial dele é esse. Estou feliz, contente e ainda bem que as coisas estão acontecendo naturalmente. Ele está construindo tijolinho por tijolinho e isso é ótimo.

Neymar e o pai Neymar Silva na concentração da Seleção (Foto:  Mowa Press)Neymar abraça o pai na concentração da Seleção Brasileira sub-20, em Arequipa (Foto: Mowa Press)

Por Cleber Aguiar – No Sub-20 brasil vence e só depende de suas forças !

Fonte: Gazetaesportiva.net

Brasil vence Equador, fica perto de Londres e faz “final” com Uruguai

Arequipa (Peru)
Casemiro balançou a rede adversária, em jogada ensaiada, logo aos sete minutos

A classificação para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, ficou mais próxima para a seleção brasileira. Com gol de Casemiro no início do jogo, a equipe venceu o Equador por 1 a 0, nesta quarta-feira, manteve-se na vice-liderança do hexagonal final e ficou a um empate de selar a vaga.O time alcança nove pontos, um a menos do que o já classificado Uruguai, com quem decidirá o título do torneio. Mas o Brasil ainda pode ser superado – e ficar sem a vaga – pela Argentina, que tem seis.

O confronto desta quinta-feira foi antecedido de muita pressão, já que a equipe comandada por Ney Franco havia perdido a invencibilidade na rodada passada, diante dos argentinos, e tinha três baixas: Neymar e Juan, suspensos, e Bruno Uvini, lesionado e que já até retornou ao Brasil.

Quando a bola rolou, no entanto, o Brasil tratou logo de confirmar seu favoritismo e inaugurou o marcador aos sete minutos da etapa inicial. Oscar cobrou falta pelo lado esquerdo em direção à área e encontrou Casemiro, que, livre de marcação, completou de cabeça para marcar.

Diego Maurício, que iniciou a partida como titular na vaga de Neymar, ainda desperdiçou uma ótima oportunidade de ampliar a vantagem brasileira dois minutos mais tarde. Acionado no ataque, ele invadiu a área e, frente ao goleiro equatoriano, chutou à direita da trave.

A principal chance do Equador no jogo foi aos 21 minutos da segunda etapa. Caicedo construiu bela jogada pela esquerda, passou pela marcação brasileira e atrasou a bola para Montaño, que, de frente para o gol, acertou o chute em cima de Romário e salvou o Brasil do empate.

Para a partida contra os uruguaios, marcada para 0h10 (de Brasília) de domingo, Ney Franco não poderá contar com Romário, que levou o segundo cartão amarelo. Em contrapartida, Juan volta à defesa titular depois de cumprir suspensão pela expulsão diante da seleção argentina.

ICFUT – Com Neymar suspenso, Lucas assume condição de ‘estrela solitária’ da sub-20

Fonte: http://www.uol.com.br

Sem Neymar, suspenso, seleção brasileira agora depende de brilho do meia Lucas dentro de campo

Dos três desfalques que o Brasil terá, o mais sentido talvez seja o do atacante Neymar. Artilheiro do Sul-Americano sub-20 com sete gols, o jogador tem praticamente monopolizado as atenções na competição. Sem o astro, no entanto, o meia Lucas se apresenta como o substituto natural para conduzir a seleção brasileira na partida desta quarta-feira, às 21h10 (0h10 de Brasília), contra o Equador.

O camisa 10 da seleção brasileira, no entanto, tenta não supervalorizar a sua importância nesse momento decisivo e compartilhar com os demais companheiros de equipe o peso de substituir Neymar no confronto diante dos equatorianos.

“Todos no time têm de chamar a responsabilidade. O Neymar fará falta, mas com isso os outros jogadores ficarão mais visados, como eu e o Oscar, por exemplo. Temos peças de reposição e quem entrar vai suprir bem a ausência do Neymar, pois seleção brasileira é para ter os melhores atletas que estão à disposição”, afirmou Lucas.

Se não ter Neymar no time já é um fator que preocupa, o recente problema envolvendo o zagueiro Bruno Uvini também é um complicador a mais. O capitão da seleção brasileira nesse Sul-Americano sub-20 fraturou a perna direita durante o jogo com a Argentina, na última rodada, e teve de retornar ao Brasil para ser operado.

Para fechar a lista de problemas, o zagueiro Juan também terá de cumprir suspensão automática por ter sido expulso logo no início da partida contra os argentinos, forçando o técnico Ney Franco a apostar em uma defesa formada pelos reservas Saimon e Romário.

“Agora que precisamos mostrar a força do grupo e se unir mais ainda. Aconteceu tudo de uma hora para a outra, mas a seleção está bem preparada psicologicamente, tem peças de reposição e vai se preparar para conseguir duas vitórias, atingir o objetivo e voltar para casa feliz”, disse o camisa 10 da seleção brasileira.

O Brasil está na segunda colocação do hexagonal com seis pontos, empatado com a Argentina e um ponto à frente do Equador. O líder é o Uruguai, que já somou sete pontos até aqui e pode conquistar uma das duas vagas olímpicas nesta quarta-feira, caso derrote justamente os argentinos.

ICFUT – Felipe Melo foge de polêmica com Juan: ‘Ele vai pensar melhor no que disse’

Fonte: espn.com.br

Expulso no duelo deste domingo, contra a Argentina, pelo Sul-americano Sub-20, o zagueiro Juan afirmou que não gostaria de ficar marcado como o volante Felipe Melo ficou após ser expulso no jogo entre Brasil e Holanda, pelas quartas de final da Copa do Mundo 2010. Pelo Twitter, o jogador da Juventus (Itália) comentou o assunto sem entrar em polêmica.

“Muita gente me mandando mensagens sobre o que o menino da sub-20 disse. Não quero polemicas. É um menino que está correndo atrás do sonho de ser jogador. Eu também já passei pela seleção sub-20, já tive a idade dele e sei que ele vai pensar melhor depois no que disse”, postou Felipe Melo, que vem tentando mudar sua imagem nos últimos meses.

“Como um bom cristão, estarei orando e torcendo para que ele realize o sonho de ser um profissional consagrado. Voltei a jogar, estou muito tranquilo aqui no meu canto e como disse não quero polêmicas”, completou.

Por Edgar Santista – Brasil bate Colômbia com sustos e segue invicto para pegar a Argentina

Casemiro e Diego Maurício fazem os gols da vitória por 2 a 0 em Arequipa

Um gol no início, um no final, com um pouco de susto no caminho. Assim, o Brasil venceu a Colômbia por 2 a 0 na madrugada desta sexta-feira, em Arequipa (Peru), e lidera o hexagonal final do Sul-Americano Sub-20 com 100% de aproveitamento. Único time invicto na competição, a Seleção de Ney Franco terá pela frente agora a Argentina, domingo, às 23h10m (de Brasília).

O volante Casemiro fez o primeiro logo com dois minutos da etapa inicial. Após pressão da Colômbia, Diego Maurício fez 2 a 0 aos aos 44 do segundo tempo. Agora, o Brasil está em primeiro lugar com seis pontos em duas rodadas, seguido por Equador e Uruguai, com quatro. A Argentina tem três e está em quarto. A seleção colombiana e o Chile, com duas derrotas, ainda não pontuaram. Os dois primeiros colocados garantem vaga nos Jogos Olímpicos de 2012, enquanto os quatro primeiros estarão no Mundial Sub-20 deste ano na Colômbia (confira a classificação completa e os jogos do Sul-Americano).

Um torcedor especial de Neymar acompanhou a partida da arquibancada do estádio Universidad Nacional San Agustín: Neymar Silva, pai do atacante, está em Arequipa para comemorar o 19º do filho no próximo sábado, dia 5. O camisa 7 começou a partida apagado, mas acordou no segundo tempo e chegou a acertar uma bola na trave. Já nos acréscimos, foi substituído por Henrique.

BRASIL 2 X 0 COLÔMBIA
Gabriel, Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Diego Maurício), Lucas, Oscar e Neymar (Henrique); Willian José (Zé Eduardo). Mosquera, Arias, Saiz, Franco e Viáfara; Díaz, Julio (Cardona), Cuéllar, Calle (Mendoza); Ortega (Castillo) e Escobar.
Técnico: Ney Franco Técnico: Eduardo Lara
Gol: Casemiro, aos dois minutos do primeiro tempo; Diego Maurício, aos 44 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Casemiro (Brasil), Díaz (Colômbia)
Estádio: Universidad Nacional San Agustín, Arequipa (PER). Árbitro: Raúl Orozco (BOL)
Auxiliares: Efrain Castro (BOL) e Francisco Mondria (CHI)

Texto: Globoesporte.com

Por Cleber Aguiar – Mano Menezes teme por Corinthians na Colômbia !

Fonte: O Estado de São Paulo

Mano teme pelo destino corintiano amanhã

Técnico da seleção brasileira diz que time precisa tomar cuidado com jogo decisivo contra o colombiano Tolima

Wagner Vilaron – O Estado de S.Paulo

Apesar de ter passado pelo Peru para acompanhar o trabalho realizado pela seleção brasileira sub-20, que disputa o Campeonato Sul-Americano, classificatório para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, o técnico da equipe principal, Mano Menezes, aproveitou para mandar um recado aos corintianos. Ex-técnico do Alvinegro, Mano lembrou que o time deve estar preparado para um jogo muito complicado amanhã, diante do Tolima, pela Libertadores. Se perder, o Corinthians fica fora da fase de grupos da principal competição de clubes do continente.

De acordo com Mano, o favoritismo que muitos davam ao Corinthians no confronto diante dos colombianos não se justificava pelo retrospecto recente do adversário. “Em 2007 disputei a Libertadores pelo Grêmio e enfrentamos duas equipes colombianas, sendo que uma delas era o Tolima. E nós perdemos”, lembrou o treinador. “Além disso, perdemos também para o Cucuta, que depois chegou à semifinal conosco. Então não existe mais aquele favoritismo que se prega”, lembrou.

Mano reconheceu que o empate sem gols no Pacaembu não foi um bom resultado. Porém, destacou que o comportamento dos colombianos deve ser diferente agora, que o jogo é na casa deles. Em discurso muito parecido ao de Tite, ainda nos vestiários. “Eles (colombianos) são bons no jogo defensivo, mas vamos ver como se colocam agora, pois quando têm de sair mais para o jogo aparecem espaços que, quando se está apenas defendendo, não existem”, analisou. “Mesmo assim, será uma partida parelha pelo que se viu no primeiro confronto.”

Balanço. Nos seis dias em que esteve em Arequipa para acompanhar o dia a dia da seleção sub-20, Mano fez balanço positivo, sobretudo da integração do trabalho entre as diferentes categorias. “Pude constatar que o ambiente entre eles (jogadores) é ótimo e isso, sem dúvida, é o primeiro passo para o sucesso, para a conquista de um objetivo”, explicou. “Mas é bom que se deixe claro que o trabalho de renovação não depende do resultado.”

Mano voltou ontem mesmo ao Brasil. No dia 9 ele comanda a seleção principal no amistoso contra a França, em Paris.

O técnico da sub-20, Ney Franco, não escondeu a satisfação de ter contado com o auxílio de luxo. Além de amigo pessoal de Mano, Ney foi indicado por ele para comandar a campanha no Peru. “Trocamos ideias o tempo todo. E não é apenas sobre a equipe que está aqui no Sul-Americano”, afirmou o treinador. “Falamos bastante sobre o futebol brasileiro, o Campeonato Paulista, o Carioca. Enfim, acima de tudo discutimos muito sobre futebol.”

Depois de enfrentar nesta madrugada o Chile, o Brasil joga na sexta-feira, contra a Colômbia, à 0h10, volta a campo contra a Argentina, no domingo, às 23h10, depois contra o Equador, no dia 10, à 0h10, e contra o Uruguai no dia 13, em horário a confirmar.

Por Cleber Aguiar – Brasil 5×1 Chile – Sulamericano Sub-20 – 2011

FICHA TÉCNICA
CHILE 1 x 5 BRASIL

Local: Estádio Monumental UNSA, em Arequipa (Peru)
Data: 1º de fevereiro de 2011, segunda-feira
Horário: 0h10 (de Brasília)
Árbitro: Omar Ponce (Equador)
Assistentes: Christian Lescano (Equador) e Miguel Nievas (Uruguai)
Cartões Amarelos: Neymar (Brasil); Opazo, Gallegos, Magaña e Silva (Chile)

Gols:
BRASIL: Neymar, aos 17 minutos do primeiro tempo e aos dois do segundo tempo, Lucas, aos 20, Diego Maurício, aos 36, e Willian José, aos 44 do segundo tempo.
CHILE: Carrasco, aos 18 minutos do primeiro tempo.

CHILE: Alfaro; Magaña, Casanova (Guerrero), Martínez e Márquez; Pinto, Carrasco e Pinares (González); Gallegos, Reyes e Opazom (Silva)
Técnico: César Vaccia

BRASIL: Gabriel; Danilo (Galhardo), Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro, Casemiro e Fernando; Oscar, Lucas (Diego Maurício) e Neymar (Henrique); Willian José
Técnico: Ney Franco

 

ICFUT – Sub-20: Chile vence de virada e carimba vaga para Hexagonal; Anfitriões estão fora

Fonte: http://www.futebolinterior.com.br

O Chile ganhou da Venezuela por 3 a 1 e se classificou, enquanto o Peru foi eliminado mesmo vencendo o Uruguai por 2 a 0

O Chile tomou um susto e saiu perdendo para a Venezuela, mas virou o jogo e ganhou por 3 a 1, nesta quinta-feira, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Sul-Americano Sub-20. Meza fez o gol dos Vino Tinto, enquanto Pinto, Alfaro e Márquez balançaram as redes para o Chile.

O triunfo levou a Seleção Chilena aos seis pontos, ficando na vice-liderança do Grupo A, que tem a Argentina como líder, com 10 pontos. A Venezuela, por sua vez, se despede com três pontos, na lanterna da chave.

No outro jogo do Grupo A, os donos da casa Peru venceram o Uruguai por 2 a 0. Apesar da vitória, as duas equipes dividiram a terceira colocação com quatro pontos, mas os uruguaios levaram a melhor pelo saldo de gols e seguem na disputa.

Na sexta-feira dois jogos pelo grupo do Brasil encerram a primeira fase da competição. Vice-líder com quatro pontos, o Equador enfrenta a Bolívia, lanterna da chave com um ponto. A Colômbia, terceira colocada com quatro pontos, joga contra o Paraguai.

As quatro seleções ainda têm chances de se classificar para o Hexagonal, que dará vagas para as Olimpíadas de Londres e Mundial da categoria.

Confira os jogos da 4ª rodada:

Quinta-feira
Chile 3 x 1 Venezuela
Peru 2 x 0 Uruguai

Sexta-feira
Equador x Bolívia
Colômbia x Paraguai