ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – Santos (SP) 1×2 Internacional (RS)

FICHA TÉCNICA

SANTOS 1 x 2 Internacional

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP);

Data: domingo, 10 de junho de 2018;

Horário: 19h (de Brasília);

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães;

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Carlos Henrique Alves de Lima Filho;

Cartões Amarelos: Edenilson (INT), Pottker (INT), Rossi (INT), Patrick (INT), Rodrigo Dourado (INT), Pituca (SAN), Jean Mota (SAN), Bruno Henrique (SAN);

Cartão Vermelho: Lucas Veríssimo (SAN)

Gols: Leandro Damião (32′ 1ºT), Gabriel (3′ 2ºT), Cuesta (7′ 2ºT);

SANTOS FC: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz, Dodô, Renato, Diego Pituca, Jean Mota (Bruno Henrique), Rodrygo, Gabriel (Gustavo Henrique), Eduardo Sasha (Léo Cittadini). Técnico: Jair Ventura.

Internacional: Danilo Fernandes (Daniel), Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta, Iago, Edenílson, Rodrigo Dourado, Pottker, Patrick, Lucca (Nico Lopez), Leandro Damião (Rossi). Técnico: Odair Hellmann.

Anúncios

ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – São Paulo (SP) 0x0 Internacional (RS)

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 05 de junho de 2018, terça-feira
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Assistentes: Pedro Martinelli Christino (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
Público: 14.730 torcedores
Renda: R$ 324.896,00
Cartão Amarelo: Tréllez e Liziero (São Paulo); Edenílson (Internacional)
Cartão Vermelho: –
Gol: –

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Petros, Liziero (Paulinho) e Lucas Fernandes (Shaylon); Everton, Tréllez (Araruna) e Diego Souza
Técnico: Diego Aguirre

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Charles (Camilo), Edenílson e Patrick; Lucca (Rossi), William Pottker (Nico López) e Leandro Damião
Técnico: Odair Hellmann

VIDEOTECA ICFUT – CANAL AMIGO GRINGO : GRINGOS ESCOLHEM O MELHOR TIME DE FUTEBOL BRASILEIRO

FINAL 

ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – Internacional (RS) 0x0 Sport (PE)

INTERNACIONAL 0 X 0 SPORT

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 2 de junho de 2018, sábado
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Rodrigo Dourado, Rodrigo Moledo, Patrick (INT); Sander, Magrão, Raul Prata (SPO)
Público: 31.327 total; 27.454 pagantes
Renda: R$ 822.680,00

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Juan Alano); Edenilson, William Pottker (Rossi), Patrick e Lucca (Nico López); Leandro Damião
Técnico: Odair Hellmann

SPORT: Magrão; Raul Prata, Durval, Ronaldo Alves e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Rogério (Neto Moura), Gabriel (Michel Bastos) e Marlone (Hygor); Rafael Marques
Técnico: Claudinei Oliveira

ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – Grêmio (RS) 0×0 Internacional (RS)

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0 x 0 INTERNACIONAL

Local: Arena do Grêmio, em Porto Algre (RS)
Data: 12 de maio de 2018, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO – FIFA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (ambos GO – FIFA)
Cartões amarelos: André, Maicon e Kannemann (GRE); Patrick, Lucca e Leandro Damião (INT)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Madson, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Arthur (Cícero), Alisson, Luan e Everton (Lima); André (Thonny Anderson)
Técnico: Renato Gaúcho

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Zeca (Gabriel Dias), Patrick,

ICFUT – COPA BRASIL 2018 : Vitória-BA ( Classificado ) 1×0 Internacional-RS

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 (4) X (3) 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 19 de abril de 2018, quinta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Pedro Martinelli Christino (PR)
Público: 5.878 pagantes (total de 5.986)
Renda: R$ 58.939,00
Cartões amarelos: Uillian Correia e Rhayner (Vitória); Patrick, William Pottker, D’Alessandro e Iago (Internacional)
Gol: VITÓRIA: Neílton, aos 35 minutos do segundo tempo

VITÓRIA: Caíque; Rodrigo Andrade (José Welison), Kanu, Ramon e Juninho; Willian Farias (Nickson), Uillian Correia, Yago (Guilherme Costa), Neílton e Rhayner; Denilson
Técnico: Vagner Mancini

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo (Klaus), Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Nico López, D’Alessandro (Camilo) e Patrick; William Pottker (Marcinho)
Técnico: Odair Hellmann

ICFUT – TABELA DO BRASILEIRÃO 2018 – SÉRIE A

2ª rodada

21/04/2018

Bahia x Santos
Flamengo x América-MG

22/04/2018

Paraná Clube x Corinthians
Atlético-MG x Vitória
Chapecoense x Vasco
Fluminense x Cruzeiro
Ceará x São Paulo
Palmeiras x Internacional
Grêmio x Atlético-PR

23/04/2018

Sport x Botafogo
Classificação P J V E D SG G GC %
Atlético-PR  
3 1 1 0 0 4 5 1 100.0
América-MG  
3 1 1 0 0 3 3 0 100.0
Internacional  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Santos  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Corinthians  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Vasco  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Grêmio  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
São Paulo  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Vitória  
1 1 0 1 0 0 2 2 33.3
Flamengo  
1 1 0 1 0 0 2 2 33.3
Botafogo  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
Palmeiras  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
Atlético-MG  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Fluminense  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Cruzeiro  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Paraná  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Bahia  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0
Ceará  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0
Sport  
0 1 0 0 1 -3 0 3 0
Chapecoense  
0 1 0 0 1 -4 1 5 0

ICFUT – BRASILEIRÃO SERIE A – 2018 – Internacional (RS) 2×0 Bahia (BA)

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 x 0 BAHIA

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data: 15 de abril de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Cartões amarelos: William Pottker, Brenner (INT);
Gol:
INTERNACIONAL: Nico Lopez, aos 37 minutos do 1º Tempo e aos 15 minutos do 2º Tempo

Internacional: Marcelo Lomba; Fabiano, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Edenílson, Rodrigo Dourado, Patrick e D’Alessandro (Gabriel Dias); Rossi (Nico Lopez) e William Pottker (Brenner)
Técnico: Odair Hellmann

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Tiago, Douglas Grolli e Léo; Elton, Gregore, Vinícius (Régis), Zé Rafael (Allione) e Marco Antônio (Júnior Brumado); Edigar Junio
Técnico: Guto Ferreira

ICFUT – COPA BRASIL 2018 : Internacional (RS) 2×1 Vitória ( BA)

Internacional 2×1 vitoria

Ficha técnica:

Internacional (2): Marcelo Lomba; Fabiano (Brenner), Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Rossi (Nico López), D’Alessandro e Patrick; Roger (William Pottker. Técnico: Odai Hellmann.

Vitória (1): Caíque, Rodrigo Andrade (Lucas Marques), Kanu, Ramon e Pedro Botelho; Willian Farias (Walisson Maia), Uilian Correia, Yago, Baumjohann (José Welison) e Rhayner; Denílson. Técnico: Vagner Mancini.

Gols: Patrick (I), aos 17min do primeiro tempo, Denilson (V), aos 42min do primeiro tempo, D’Alessandro (I), aos 44min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Edenilson (I).

Público total: 18.843. Pagantes: 16.599. Menores: 967. Não pagantes: 1.277. Renda: R$ 399.820,00.

Arbitragem: Flavio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (trio de São Paulo).

ICFUT – Internacional aproveita Corinthians sem centroavante e vence em casa

Fonte: lancenet

Time de Dunga domina praticamente os 90 minutos e vê um Corinthians com pouca criação dentro de campo. Alvinegros fora do G4 e gaúchos mais perto…

Internacional x Corinthians - D´Alessandro (Foto: Ricardo Rímoli/ LANCE!Press)
D’Alessandro marcou o gol colorado na partida (Foto: Ricardo Rímoli/ LANCE!Press)

A falta de um centroavante na equipe do Corinthians fez a diferença no Estádio do Vale, nesta quarta-feira, em Novo Hamburgo (RS). O Internacional, que não tinha nada a ver com isso, fez a lição de casa e venceu por 1 a 0. Com poucas peças ofensivas à disposição, os alvinegros quase não criaram chances e foram dominados praticamente os 90 minutos. Com falta bem batida de D’Alessandro, o Colorado deu fim aos empates e subiu na tabela.

Enquanto o time gaúcho tinha quase todo o elenco à disposição de Dunga, Tite sofreu sem Alexandre Pato e Guerrero, que estão com as seleções Brasileira e peruana, respectivamente. O time do Parque São Jorge tentou cruzar bolas, mas Emerson e Romarinho não resolveram. Com o resultado, o Timão segue fora do G4 e viu acabar uma invencibilidade de dez jogos.

Primeiro tempo: polêmicas e mais polêmicas

Se faltaram lances perigosos de ambos os lados na etapa inicial, não sobraram polêmicas para o árbitro Paulo Godoy Bezerra, de Santa Catarina. Os primeiros minutos foram de um Corinthians com a marcação bem adiantada e obrigando a defesa do Colorado a se desfazer da bola de qualquer jeito. Em uma saída errada, logo no primeiro minuto, Emerson Sheik perdeu uma boa oportunidade para abrir o placar.

Logo depois, com o a partida mais equilibrada, veio a jogada de maior discussão da noite. Leandro Damião tentou alcançar cruzamento da direita e trombou forte com Cássio, que antes conseguiu afastar a bola. No rebote, de fora da área, Fabrício colocou para dentro com o goleiro ainda caído no chão, aos 23 minutos. O árbitro e o bandeira validaram o tento, mas, logo de depois, com o auxílio do quarto árbitro, voltaram atrás e anularam o gol alegando falta em cima corintiano. A reclamação do Inter não foi pouca…

O técnico Tite, que havia invadido o campo para esbravejar contra a arbitragem, foi expulso logo depois. Cássio, que protagonizou a jogada, teve de ser substituído por Danilo Fernandes. Por conta da forte pancada, o camisa 12 apresentou tontura ao seguir em campo.

Se a confusão de minutos antes já não era o bastante, o time da casa voltou a reclamar. Desta vez de um pênalti, aos 36. Emerson furou ao tentar afastar uma bola da área e, no movimento do corpo, acabou encostando a mão na redonda. O árbitro interpretou que o atacante não teve a intenção e mandou o jogo seguir.

Depois disso, a partida ficou mais pegada e entradas mais duras foram acontecendo. Muito equilíbrio em campo e nada de gols nos 45 primeiros minutos em Novo Hamburgo (RS).

Segundo tempo: pressão e resultado

Quando a bola rolou para a segunda etapa, o Internacional entrou disposto a resolver o jogo nos primeiros minutos. Na base da pressão, criou lances perigosos logo de cara. Com o Timão retraído, a recompensa veio somente aos 8 minutos.

Após o árbitro marcar toque de mão de Douglas na direita do ataque gaúcho, D’Alessandro acertou a cobrança de falta no ângulo de Danilo Fernandes. Para ajudar, Romarinho chegou a desviar a redonda antes de ela morrer no fundo da rede.

Tite acabou expulso no Estádio do Vale por invadir o campo (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)

Pronto. Com a vantagem o Colorado passou a cozinhar o jogo. Sentindo a falta de um centroavante, já que Pato e Guerrero estão com suas respectivas seleções, o Corinthians não conseguia furar a defesa vermelha. Quando cruzava bola na área para os pequeninos Romarinho e Emerson, Juan e Índio brincavam de rebater o perigo para frente. A vida corintiana ficava cada vez mais difícil.

Com o tempo passando, os erros foram aumentando e nada de criar jogadas de gol. O Internacional, na sua, assustava nos rápidos contra-ataques. Foi por pouco que não veio o segundo. Apesar das tentativas, o placar não foi alterado.

Próximos jogos

Agora o Corinthians voltará a campo pelo Brasileirão contra o Náutico, no próximo domingo, às 16h, no Pacaembu. Já o Internacional irá até Campinas (SP) para enfrentar a Ponte Preta, no sábado, às 18h30, no Moisés Lucarelli.