ICFUT – Novo site no ar! Acessem!

Bom dia icfutistas, nosso novo site já está no ar! Acessem aqui!

novosite

Anúncios

LUTO ICFUT – Campeão com o Corinthians em 90 e ex-técnico, Giba morre aos 52 anos

Fonte: espn

Giba, ex-jogador do Corinthians, participa do Bate Bola Especial

Giba, ex-jogador do Corinthians, em visita ao Bate-Bola, da ESPN Brasil

Morreu na manhã desta terça-feira Antônio Gilberto Maniaes, o Giba, lateral-direito campeão brasileiro com o Corinthians em 1990 e técnico de diversos clubes brasileiros, com 52 anos, vítima de uma rara doença chamada amiloidose.

Giba estava internado no Hospital Sirio Libânes, onde tratava a doença. Na segunda-feira, a situação se agravou, e o ex-jogador entrou em coma intensivo. A morte foi confirmada nesta manhã.

Como jogador, Giba defendeu Guarani, Inter de Limeira e Corinthians, onde foi titular na conquista do primeiro título brasileiro do clube, em 90. Seis anos mais tarde, se tornou técnico, no Etti Jundiaí.

GAZETA PRESS

Giba é outro que foi peça importante na conquista do título brasileiro de 1990, mas não estará na festaGiba foi campeão em 90 pelo Corinthians

No clube do interior paulista, Giba se tornou ídolo, levando o time à primeira divisão estadual e à segunda nacional em 2001 – ano de sua segunda passagem pela equipe.

Além do time de Jundiaí, Giba passou por Santos, CSA, Gama, Guarani, Atlético Sorocaba, Portuguesa, Santa Cruz, Remo, Sport, São Caetano, Ipatinga, Fortaleza, entre outros. No exterior, também treinou uma equipe no Kuwait.

Giba deixa a esposa, Débora, uma filha e irmãos. Seu corpo será velado em Campinas, cidade onde residia, e, posteriormente, será cremado.

A amiloidose é uma doença que faz com que as células da medula óssea produzam amiloide, substância anormal, que se acumula em diversos órgaos e tecidos celulares. No caso de Giba, o problema atingiu os rins.

LUTO ICFUT – Campeão mundial em 70, Joel Camargo, o Açucareiro, morre aos 67 anos

Fonte: gazetaesportiva

Zagueiro reserva da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo de 1970, o ex-jogador Joel Camargo faleceu na manhã desta sexta-feira aos 67 anos, na Santa Casa de Misericórdia, em Santos. A causa da morte não foi divulgada. O velório acontece na Santa Casa de Santos, e o enterro está agendado para 16h (de Brasília), no Cemitério da Filosofia.

O Santos divulgou uma nota oficial lamentando a morte do jogador, que defendeu o clube entre 1963 e 1971, época mais vitoriosa da história do clube, se tornando ídolo. Ao longo da carreira, Joel também defendeu a Portuguesa Santista, o Paris Saint-Germain-FRA, o CRB e o extinto Saad, de São Caetano do Sul.

Joel Camargo era um dos homens de confiança de João Saldanha para a Copa de 1970. A demissão do técnico às vésperas do Mundial, entretanto, custou sua vaga no time titular, sendo preterido pela dupla Brito e Piazza, escolhida por Zagallo para a disputa.

Divulgação/Santos FC

Ex-Santos, zagueiro Joel Camargo morreu nesta sexta-feira, aos 67 anos, no litoral santista

Nascido em Santos, em 1946, o ex-atleta também era conhecido pelo apelido de “açucareiro”, por jogar com os braços abertos. Após se aposentar, Joel passou por uma crise financeira que o obrigou a trabalhar como estivador no porto santista. Pouco depois de disputar a Copa de 1970, sofreu um grave acidente de carro em sua cidade natal se chocando com um poste. O então atleta saiu ileso, mas uma mulher que estava no banco do passageiro não resistiu e faleceu.