ICFUT–ELIMINATÓRIAS COPA 2014: Resultados

Fonte: espn

Primeiro dia das eliminatórias europeias tem vitórias de grandes, tropeço da Itália e atropelo da Bósnia

As seleções europeias começaram nesta sexta-feira a busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2014. Atual campeã mundial, a Espanha folgou. Alemanha, Inglaterra, França, Portugal e Holanda iniciaram o caminho rumo ao Brasil com vitórias. Das grandes, apenas a Itália tropeçou. O destaque do dia, porém, foi a Bósnia-Herzegovina, que visitou Lichtenstein e aplicou a maior goleada do dia.

Getty

Götze ganha beijo de Hummels após marcar o primeiro gol da Alemanha contra Ilhas Faroe

Götze ganha beijo de Hummels após marcar o 1º gol alemão

Semifinalista da última Copa do Mundo, a Alemanha teve uma estreia tranquila no Grupo C diante da Ilhas Faroe, em casa, e, sem muito trabalho, venceu por 3 a 0, com gols de Götze e Özil (duas vezes). Pela mesma chave, a Irlanda confirmou o favoritismo diante do Cazquistão e triunfou por 2 a 1, com direito a gol de pênalti do ídolo Robbie Keane.
Outra favorita que venceu sem problemas nesta sexta foi a Inglaterra, que visitou a Moldávia e goleou por 5 a 0, em partida válida pelo Grupo H. Lampard (duas vezes), Defoe, Milner e Baines definiram o maior triunfo do English Team em mais de três anos.
A Holanda foi outra grande seleção do continente a ter um bom início. A equipe recebeu a Turquia pelo Grupo D e, com um placar de 2 a 0, conseguiu a primeira vitória sob o comando de Louis Van Gaal, que tenta recuperar o moral do país após a decepção na Eurocopa, na qual os holandeses perderam para Alemanha, Portugal e Dinamarca e ficaram em último lugar da sua chave. Van Persie e Narsingh balançaram a rede. Mais modesta, a França também iniciou com o pé direito ao bater a Finlândia por 1 a 0, fora de casa, com um gol de Diaby, em jogo válido pelo Grupo I. 

Getty

Van Persie comemora gol diante da Turquia

Van Persie comemora gol diante da Turquia 

Portugal também não conseguiu uma grande estreia, mas somou os três pontos ao bater Luxemburgo por 2 a 1, de virada, longe de seus domínios. A partida teve Cristiano Ronaldo como grande personagem.

Além de sua habilidade em campo, o meia-atacante chamou atenção nos últimos dias após revelar uma tristeza no Real Madrid, motivo que o fez não comemorar os gols contra o Granada, pelo Campeonato Espanhol. No duelo desta sexta, o camisa 7 balançou a rede e festejou. Além dele, Helder Postiga também marcou. Daniel da Mota anotou o único tento dos luxemburgueses.
Pela mesma chave, a Rússia conseguiu o primeiro triunfo com o técnico italiano Fabio Capello. Os russos receberam a Irlanda do Norte e venceram por 2 a 0. Fayzulin e Shirokov, de pênalti, definiram o triunfo dos mandantes.
Já a Itália foi a única grande seleção do continente a tropeçar. Apesar dos desfalque de Mario Balotelli, que passou recentemente por uma cirurgia no olho, a atual vice-campeã europeia não sentiu uma queda no setor ofensivo, até porque Pablo Osvaldo, da Roma, marcou dois gols para os italianos. No entanto, a Azzurra não conseguiu mais do que um empate por 2 a 2 com a Bulgária, fora de casa. Manolev e Milanov balançaram a rede a favor dos mandantes.
Apesar de a maioria das tradicionais seleções do Velho Continente terem entrado em campo, o grande destaque do dia ficou por conta da Bósnia-Herzegovina. A equipe balcânica visitou Lichtenstein venceu por 8 a 1. Dzeko, do Manchetser City, e Ibisevic, do Stuttgart, tiveram uma atuação de gala e marcaram três gols cada. Misimovic, duas vezes, também brilhou no confronto. Christen descontou para os mandantes.

Reuters

Ibisevic comemora um de seus três gols pela Bósnia contra Liechtenstein pelo grupo G

Ibisevic comemora um de seus três gols pela Bósnia contra Liechtenstein pelo grupo G

Veja os resultados e os próximos jogos de cada grupo:


Grupo A
Resultados:

Croácia 1 x 0 Macedônia
País de Gales 0 x 2 Bélgica
Sábado (11h): Escócia x Sérvia
Segunda rodada – terça-feira
15h30 – Sérvia x País de Gales
15h45 – Bélgica x Croácia
16h00 – Escócia x Macedônia
Grupo B
Resultados:

Malta 0 x 1 Armênia
Bulgária 2 x 2 Itália
Sábado (15h15): Dinamarca x República Tcheca
Segunda rodada – terça-feira
15h00 – Bulgária x Armênia
15h45 – Itália x Malta
Folgam: República Tcheca e Bulgária

Grupo C
Resultados:

Cazaquistão 1 x 2 Irlanda
Alemanha 3 x 0 Ilhas Faroe
Folgaram: Áustria e Suécia
Segunda rodada – terça-feira
15h30 – Áustria x Alemanha
15h30 – Suécia x Cazaquistão
Folgam: Ilhas Faroe e Irlanda

Grupo D
Resultados:

Estônia 0 x 2 Romênia
Andorra 0 x 5 Hungria
Holanda 2 x 0 Turquia
Segunda rodada – terça-feira
14h30 – Romênia x Andorra
15h00 – Turquia x Estônia
15h30 – Hungria x Holanda

Grupo E
Resultados:

Albânia 3 x 1 Chipre
Eslovênia 0 x 2 Suíça
Islândia 2 x 0 Noruega
Segunda rodada – terça-feira
14h00 – Chipre x Islândia
15h00 – Noruega x Eslovênia
15h30 – Suíça x Albânia
Grupo F
Resultados:

Rússia 2 x 0 Irlanda do Norte
Azerbaijão 1 x 1 Israel
Luxemburgo 1 x 2 Portugal
Segunda rodada – terça-feira
14h00 – Israel x Rússia
15h45 – Irlanda do Norte x Luxemburgo
17h00 – Portugal x Azerbaijão

Grupo G
Resultados:

Liechtenstein 1 x 8 Bósnia-Herzegovina
Lituânia 1 x 1 Eslováquia
Letônia 1 x 2 Grécia
Segunda rodada – terça-feira
15h15 – Bósnia-Herzegovina x Letônia
15h15 – Eslováquia x Liechtenstein
15h45 – Grécia x Lituânia

Grupo H
Resultados:

Montenegro 2 x 2 Polônia
Moldávia 0 x 5 Inglaterra
Folgaram: San Marino e Ucrânia
Segunda rodada – terça-feira
15h30 – San Marino x Montenegro
15h45 – Polônia x Moldávia
16h00 – Inglaterra x Ucrânia
Grupo I
Resultados:

Geórgia 1 x 0 Bielorrússia
Finlândia 0 x 1 França
Folgou: Espanha
Segunda rodada – terça-feira
14h30 – Geórgia x Espanha
16h00 – França x Bielorrússia
Folga: Finlândia

ICFUT–Eliminatórias Sul-americana: Resultados 11/11/2011

Resultados

11/11 – 18h00 Argentina 1 x 1 Bolívia
11/11 – 20h00 Uruguai 4 x 0 Chile
11/11 – 22h00 Paraguai 2 x 1 Equador
11/11 – 22h00 Colômbia 1 x 1 Venezuela

 

Resumo dos jogos

Fonte: futebolinterior

Argentina tropeça de novo na Bolívia e empata em casa

Hermanos jogam mal e não superam a Bolívia

Campinas, SP, 11 (AFI) – A Bolívia virou um tormento na vida da seleção argentina. E, pela terceira partida seguida, os argentinos tropeçaram diante dos bolivianos. Dessa vez, foi em jogo válido pela terceira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014, que terminou empatado em 1 a 1, nesta sexta-feira, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

A sina argentina diante dos bolivianos começou em abril de 2009, quando Maradona ainda era o técnico e a Bolívia goleou por 6 a 1 em La Paz, pelas Eliminatórias da Copa de 2010. Depois, um novo encontro aconteceu em julho deste ano: mesmo jogando em casa, os argentinos ficaram no empate de 1 a 1, em La Plata, pela Copa América. Agora, veio uma nova igualdade.
Com o empate desta sexta-feira, a Argentina passa a ter quatro pontos em três rodadas das Eliminatórias da Copa de 2014 – antes, goleou o Chile por 4 a 1 em Buenos Aires e perdeu para a Venezuela por 1 a 0 em Puerto la Cruz. A Bolívia, por sua vez, comemorou bastante o empate no Monumental de Nuñez, quando somou apenas o seu primeiro ponto na competição.
Eleito pela Fifa como o melhor jogador do mundo nos dois últimos anos, Messi teve novamente uma atuação apagada pela seleção argentina. Ele teve trabalho para conseguir escapar da marcação boliviana e, quando surgiu a chance para marcar o gol, falhou na hora de finalizar. Assim, os argentinos sofreram bastante nesta sexta-feira, para frustração da sua torcida.
Num vacilo do zagueiro Demichelis, a Bolívia abriu o placar aos 11 minutos do segundo tempo, com o belo gol do atacante Marcelo Moreno (ex-Cruzeiro). A Argentina empatou aos 15, quando o atacante Lavezzi marcou o gol logo em seu primeiro lance após ter entrado em campo. Depois disso, os argentinos até que pressionaram, mas ficaram mesmo no 1 a 1.

Suárez marca quatro e Uruguai goleia Chile nas Eliminatórias

Atacante dá show, faz quatro e segura Uruguai na ponta

Campinas, SP, 11 (AFI) – O atacante Luis Suárez roubou a cena no duelo entre Uruguai e Chile, nesta sexta-feira, em Montevidéu. Em noite inspirada, ele marcou todos os gols dos donos da casa na goleada de 4 a 0 sobre o Chile, pela terceira rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

A vitória manteve o Uruguai no topo da classificação, com sete pontos, sem ser ameaçado pelos rivais até o início da próxima rodada, na terça. Com folga na tabela, os uruguaios vão fazer um amistoso com a Itália, no mesmo dia, em Roma.
Suárez comandou o ataque do Uruguai nesta sexta acompanhado de Edinson Cavani. Diego Forlán ficou de fora por conta de lesão, enquanto Loco Abreu, do Botafogo, entrou em campo somente no segundo tempo. O Chile não contou com Valdivia, cortado da seleção por indisciplina.
Com seu time praticamente completo, à exceção de Forlán, o Uruguai não teve dificuldade para dominar o jogo. Cavani desperdiçou boa chance de gol aos 10, e Suárez acertou o travessão, aos 18. A bola, porém, só entrou no final do primeiro tempo. Aos 42, Suárez finalizou da entrada da área e abriu o placar. Três minutos depois, o atacante anotou o segundo, de cabeça.
O Chile equilibrou o confronto no início do segundo tempo, mas pouco ameaçou o gol de Muslera. Apesar de não apresentar o mesmo ritmo da etapa inicial, o Uruguai marcou o terceiro aos 22, em nova cabeçada de Suárez. Na sequência, fechou o placar ao aproveitar falha de Cavani e finalizar para as redes, aos 26. Suárez só não marcou mais porque foi substituído por Cristian Rodríguez aos 29.
Com sua segunda derrota nas Eliminatórias, o Chile estacionou na sexta colocação da tabela, com apenas três pontos em três jogos. Na terça-feira, o time chileno enfrentará o Paraguai, desta vez em casa.

Paraguai bate Equador e vence a 1.ª nas Eliminatórias

Seleções voltam ao campo na próxima quarta-feira

Campinas, SP, 12 (AFI) – A seleção do Paraguai conseguiu, nesta sexta-feira, a sua primeira vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil. Pela terceira rodada da competição, a equipe comandada pelo ex-jogador Arce (que jogou no Palmeiras e no Grêmio) derrotou o Equador por 2 a 1, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

Agora com quatro pontos em três partidas, o Paraguai subiu para a quarta colocação – os quatro primeiros garantem vaga automática para o Mundial e o quinto lugar jogará uma repescagem contra um representante da Ásia. Já o Equador, que fez apenas a sua segunda partida na competição, perdeu os 100% e segue com três pontos, na sexta posição.
A vitória Paraguai foi, de certo modo, tranquila, apesar dos gols só terem saído no segundo tempo. O primeiro deles aconteceu logo no primeiro minuto, com o meia Cristian Riveros. O zagueiro Darío Verón ampliou a vantagem dos donos da casa aos 12 minutos. O Equador só conseguiu diminuir já nos acréscimos, aos 47, com Rojas.
Na quarta rodada, marcada para a próxima terça, o Paraguai enfrentará o Chile, em Santiago. Já o Equador jogará em sua casa, em Quito, contra o Peru.

Venezuela surpreende e empata fora com a Colômbia

Seleções voltam ao campo na próxima quarta-feira

Campinas, SP, 11 (AFI) – A Venezuela aprontou mais uma vez e está, cada vez mais, mostrando que vai dar muito trabalho para seus adversários na América do Sul. Depois de surpreender na Copa América, disputada na Argentina, com a quarta colocação e com a vitória sobre os argentinos, na rodada passada pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014 – que acontecerá no Brasil -, os venezuelanos foram até Bogotá e conquistaram um empate com a Colômbia por 1 a 1.

No jogo disputado no estádio Metropolitano, válido pela terceira rodada da competição, a Venezuela não se abateu por ter sofrido o primeiro gol logo aos 11 minutos de partida, com Freddy Guarín, e teve forças para conseguir a igualdade no placar no segundo tempo, aos 33, com Frank Felstcher.
Agora com quatro pontos em três jogos, a Venezuela ocupa a quinta colocação – os quatro primeiros garantem vaga automática para o Mundial e o quinto lugar jogará uma repescagem contra um representante da Ásia. Com a mesma pontuação, mas apenas com duas partidas, a Colômbia está na terceira posição. A liderança é do Uruguai, com sete pontos.
Pela quarta rodada, na próxima terça, a Venezuela jogará em casa contra a Bolívia. Já a Colômbia fará um difícil duelo contra a Argentina, novamente como mandante.

Classificação

  Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Uruguai 7 3 2 1 0 9 3 6 77.8
2  Argentina 4 3 1 1 1 5 3 2 44.4
3  Colômbia 4 2 1 1 0 3 2 1 66.7
4  Paraguai 4 3 1 1 1 3 4 -1 44.4
5  Venezuela 4 3 1 1 1 2 3 -1 44.4
6  Equador 3 2 1 0 1 3 2 1 50.0
7  Peru 3 2 1 0 1 4 4 0 50.0
8  Chile 3 3 1 0 2 5 10 -5 33.3
9  Bolívia 1 3 0 1 2 4 7 -3 11.1
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos

ICFUT–Eliminatórias Sul-americana: Resultados 07/11/2011, Resumo da 1ª rodada e Classificação

Resultados

1ª RODADA
7/10 – 17h00 Uruguai 4 x 2 Bolívia
7/10 – 18h05 Equador 2 x 0 Venezuela
7/10 – 20h10 Argentina 4 x 1 Chile
7/10 – 22h15 Peru 2 x 0 Paraguai

 

Resumo da rodada

Fonte: futebolinterior

Uruguai joga bem e derrota Bolívia na estreia

Com dois gols, o zagueiro Lugano, ex-São Paulo, foi o destaque da partida

Campinas, SP, 07 (AFI) – O melhor time do continente estreou bem nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. Atual campeão da Copa América, a seleção do Uruguai mostrou seu bom futebol apresentado desde a quarta colocação do Mundial da África do Sul, em 2010, e derrotou a Bolívia por 4 a 2, nesta sexta-feira, no estádio Centenário, em Montevidéu.

O grande destaque da partida não foi nenhum dos três atacantes do Uruguai – Diego Forlán (que joga na Internazionale), Edison Cavani (Napoli) e Luis Suárez (Liverpool). Os dois últimos marcaram um gol cada, mas foi o zagueiro Diego Lugano, atualmente no Paris Saint-Germain e ex-São Paulo e Fenerbahçe, que brilhou ao marcar dois gols.

Como era de se esperar pelo nível técnico das seleções – a Bolívia ficou em último lugar nas últimas Eliminatórias -, o Uruguai não teve trabalho no confronto, mesmo com o gramado molhado por causa das chuvas em Montevidéu e do susto boliviano, que conseguiu o empate, aos 17 minutos, com Rudy Cardozo. Antes, logo aos três, Suárez havia aberto o placar após aproveitar um escanteio. Aos 25, Lugano marcou o seu primeiro gol, de cabeça, após falta precisamente cobrada por Forlán. E, aos 34, Cavani anotou o terceiro dos uruguaios.

Mesmo com 3 a 1 no marcador, a equipe da casa voltou do intervalo disposta a conseguir uma goleada. Todas as vezes que tinha a posse da bola, os uruguaios levavam perigo ao gol boliviano. Assim, o quarto gol saiu novamente de uma jogada de bola parada. Aos 26 minutos, novamente Lugano estava no lugar certo para marcar seus segundo tento na partida. No final, aos 41, o atacante Marcelo Moreno (ex-Cruzeiro) diminuiu em uma cobrança de pênalti.

Na segunda rodada, na próxima terça, o Uruguai fará a reedição da final da Copa América contra o Paraguai, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. Em julho passado, na Argentina, os uruguaios venceram a decisão por 3 a 0. Já a Bolívia buscará a reabilitação contra a Colômbia, em La Paz.

Equador estreia vencendo a Venezuela em Quito

A Venezuela tentou jogar fechadinha, mas não deu certo

São Paulo, SP, 7 (AFI) – A estratégia de jogar bem fechada na defesa e ser eficiente nos contra-ataques, que funcionou na inédita quarta colocação na Copa América, não foi eficiente para a Venezuela nesta sexta-feira. Na estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo, o time venezuelano não impôs grandes dificuldades ao Equador, que venceu por 2 a 0, em Quito, na capital equatoriana.

Com um ritmo de jogo muito superior, o Equador abriu o placar logo aos 14 minutos. Ayoví, atacante do Pachuca, do México, pegou rebote na área e cabeceou sem chances para o goleiro Renny Vega.

Ainda no primeiro tempo, o Equador ampliou. Valência, do Manchester United, dono do meio-campo, cruzou da ponta direita na cabeça de Cristian Benítez, que testou firme e fez o segundo dos donos da casa.

Apostando somente nos contra-ataques, a Venezuela se viu obrigada a passar a procurar o gol com mais intensidade no segundo tempo, sem sucesso. Desistiu de vez quando o zagueiro José Manuel Rey foi expulso pelo segundo amarelo.

Na terça-feira, pela segunda rodada das Eliminatórias, a Venezuela recebe a Argentina e vai em busca de sua primeira vitória. O Equador folga.

Trio de ataque brilha e Argentina goleia o Chile

Higuain, Messi e Di Maria dão show e os hermanos conquistam a vitória na estreia

Campinas, SP, 07 (AFI) – A seleção argentina vinha decepcionando tanto seu torcedor que o Monumental de Nuñez ficou muito longe de receber sua lotação máxima para a estreia da Argentina nas Eliminatórias da Copa de 2014, contra o Chile, na noite desta sexta-feira. Sorte de quem acreditou, foi ao estádio do River Plate e viu uma grande atuação do trio de ataque, que comandou uma boa goleada argentina por 4 a 1.

Os três jogadores de frente da Argentina foram muito bem. Higuain balançou a rede três vezes e deu uma assistência. Messi fechou o jogo com uma assistência e um gol, enquanto Di Maria brilhou com dois passes perfeitos para gol.

O primeiro gol saiu logo aos 7 minutos. Di Maria tocou para Higuain, que dominou na área e chutou cruzado. No segundo, Messi deu uma de centroavante, recebeu de Higuain e tocou na saída do goleiro, ainda aos 21 da primeira etapa.

O terceiro nasceu de mais um toque de Di Maria para Higuain. Desta vez a jogada nasceu de um cruzamento da esquerda, que o centroavante estufou forte para o gol. Numa confusão geral na área argentina, Fernandez descontou. Logo em seguida, porém, a Argentina fez o quarto. Desta vez quem falhou foi o goleiro do Chile, que saiu jogando errado. Messi dominou, tabelou com Higuain e devolveu para o atacante do Real fazer o terceiro dele.

Paraguai joga mal e perde para o Peru em Lima

Com dois gols de Guerrero, os peruanos não deram chance e conquistaram uma grande vitória

Campinas, SP, 08 (AFI) – Vice-campeão da Copa América, o Paraguai decepcionou na sua estreia nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014. Nesta sexta-feira, no jogo que fechou a primeira rodada, a equipe do técnico Arce foi derrotada por 2 a 0 pelo Peru, em Lima.

E o resultado ficou até barato para o time paraguaio, que foi dominado durante todo o tempo, desde os primeiros minutos, e correu o risco de levar uma goleada. O placar poderia ter sido aberto no primeiro tempo, mas Guerrero desperdiçou a melhor chance criada pelos peruanos, aos 42 minutos.

Na segunda etapa, ele compensou. Logo no primeiro minuto, Farfán roubou bola no ataque, arrancou e tocou para Guerrero, que driblou o goleiro e tocou para o gol vazio. A pressão seguia apesar da vitória peruana. Pizarro, Vargas e Farfán infernizavam a zaga paraguaia, que sucumbiu novamente aos 27. O jogador do Schalke 04 tocou de calcanhar para Pizarro, que foi à linha de fundo e cruzou para Guerrero marcar.

Classificação

  Clube PG JG VI EM DE GP GC SG %A
1  Argentina 3 1 1 0 0 4 1 3 100.0
2  Uruguai 3 1 1 0 0 4 2 2 100.0
3  Peru 3 1 1 0 0 2 0 2 100.0
4  Equador 3 1 1 0 0 2 0 2 100.0
5  Colômbia 0 0 0 0 0 0 0 0  
6  Bolívia 0 1 0 0 1 2 4 -2 0.0
7  Venezuela 0 1 0 0 1 0 2 -2 0.0
8  Paraguai 0 1 0 0 1 0 2 -2 0.0
9  Chile 0 1 0 0 1 1 4 -3 0.0

Próximos jogos

2ª RODADA
11/10 – 19h00 Bolívia x Colômbia
11/10 – 19h45 Chile x Peru
11/10 – 19h45 Paraguai x Uruguai
11/10 – 22h20 Venezuela x Argentina

ICFUT – Eliminatórias: Com nove seleções, disputa começa nesta sexta-feira

Fonte: futebolinterior

A Seleção Brasileira, que sediará a Copa do Mundo, já está classificado para o mundial

Para as seleções sul-americanas, a Copa do Mundo de 2014 começa nesta sexta-feira, com nove países disputando quatro vagas diretas e uma pela repescagem para o mundial. O Brasil, que sediará o torneio, já está classificado.

Com a seleção brasileira fora, Uruguai e Argentina aparecem como favoritas. Chile, Paraguai e Colômbia, não deverão ter grandes dificuldades, porém, na última Copa América, conquistada pelo Uruguai, a Venezuela surpreendeu e poderá pintar como surpresa ao final o torneio classificatório.

O jogo de abertura será entre Uruguai e Bolívia, que duelarão no Estádio Centenário, em Montevidel, a partir das 17 horas (horário de Brasília). A seleção celeste, do atacante Forlán, manteve o grupo vencedor da Copa América e é franco favorito para a estreia. Longe da altitude e com desempenho fraco na última Copa América – pior campanha ao lado o Equador – a Bolívia não deverá oferecer perigo ao Uruguai no jogo desta sexta-feira.

Mais tarde, às 18h05 horas, Equador e Venezuela farão um jogo que reserva boas expectativas. A favor do Equador, conta o fato de jogar em casa, na capital Quito e a altitude. Da Venezuela, a quarta colocação na Copa América gerou muita confiança, o que pode ser o diferencial para a seleção conquistar uma vaga para o mundial, pela primeira vez em sua história.

A Argentina, do craque Messi e do técnico Alejandro Sabella, estreará contra o Chile, em casa, na capital Buenos Aires, a partir das 20h10. Confirmado como capitão, Messi tem o desafio de conduzir a seleção hermana, para que a mesma faça uma excelente campanha, capaz de apagar a imagem da última Copa América, quando os hermanos foram eliminados nas quartas-de-final, pelo Uruguai.

Para fechar a primeira rodada, o Peru, do atacante Paolo Guerrero – artilheiro da Copa América – receberá o Paraguai, m Lima, a partir das 22h15. O destaque da partida é a estreia em competições oficiais do técnico paraguaio Francisco Arce, ex-lateral e ídolo do Palmeiras. A Colômbia folgará nesta primeira rodada e estreará na terça-feira, no duelo contra a Bolívia, em La Paz.

Confira os jogos da primeira rodada as Eliminatórias

1ª RODADA
7/10 – 17h00 Uruguai x Bolívia
7/10 – 18h05 Equador x Venezuela
7/10 – 20h10 Argentina x Chile
7/10 – 22h15 Peru x Paraguai