ICFUT – CARNAVAL 2019: Sociedade Escola de Samba TUP – Grupo 2 – Bairros

“Da Vila Nova da Constituição ao Brasil Caipira… Os parceiros do Rio Bonito: TUP canta Piracicaba”

Ouvi uma linda história

Que um velho caipira veio me contar

Fez a nascente dos meus olhos

Formar água corrente e transbordar

Quando o Bandeirante chegou

Nas margens do rio se encantou

Onde habitavam os índios Paiaguás

Um lindo povoado se formou

E E E gira a moenda

E E E Deixa o negro lavourar

Ao som tambor lá na fazenda

O Preto Velho reza no pé do congá

Com o passar do tempo

O crescimento, a evolução

Terra de personalidades

Que contribuíram com a nação

A capital do açúcar

Grande parque industrial

Rica em seu folclore

De muitas lendas patrimônio cultural

Cidade linda do meu coração

Que inspirou a mais linda canção

Enche de orgulho sua gente

Com muita emoção

Nessa terra tem Palmeiras

Lá vem a TUP guerreira

No swing da batucada

Com muito samba no pé vem exaltar

E cantar Piracicaba

ICFUT – CARNAVAL 2019 – G.R.C. ESCOLA DE SAMBA CAMISA 12 – CORINTHIANS – Grupo de Acesso II SP

Camisa 12 – Samba-Enredo 2019
Samba-Enredo

Eu quero ter dignidade outra vez
Quero respeito e muito mais amor
Sou Camisa 12 e vim aqui pra lhe dizer
Que eu acredito na força do professor

Eu quero ter dignidade outra vez
Quero respeito e muito mais amor
Sou Camisa 12 e vim aqui pra lhe dizer
Que eu acredito na força do professor

Foi minha mãe
O primeiro acorde do meu pensamento
Que acendeu a luz do meu conhecimento
E me deu forças pra caminhar
E na minha escola de samba
Onde os mestres são bambas
Aprendi a rir e a chorar, oi!
Eu batuquei em defesa da nossa cultura
Pela força e a bravura
Aos heróis do nosso tempo
Que não se entregam jamais
Apesar das injustiças e assédios morais

E o salário, oh! Tá doido
A crueldade é feroz
Podem oprimir e até nos espancar
Mas ninguém vai calar a nossa voz

E o salário, oh! Tá doido
A crueldade é feroz
Podem oprimir e até nos espancar
Mas ninguém vai calar a nossa voz

O livro é o seu escudo nessa luta
Pela desinformação virtual
O conhecimento não é informação
É na sala de aula que se muda uma nação
Liberdade, por favor
Salvem o nosso professor
O nosso arquiteto do futuro
Que em cada criança semeou a esperança
E um adulto sonhador

ICFUT – CARNAVAL 2019 – G.R.C ESCOLA DE SAMBA INDEPENDENTE TRICOLOR – SÃO PAULO FC – Grupo de Acesso I

Independente Tricolor – Samba-Enredo 2019
Samba-Enredo

Renasce das cinzas
Meu grande amor de carnaval
Independente é paixão
Sentimentos movidos por um ideal

No ritmo forte do samba
Desperta um romance de bambas
Boêmio, poeta e amante
Aquele que chamam de Dante
Se apaixonou pela cabrocha Beatriz
Um dia, cometeu a traição
Partiu a dona do seu coração
Que foi morar no infinito
Perdido na selva de desilusão
Recebe um amparo de luz
O guardião que o destino conduz

Foi o rei da malandragem quem surgiu
Os caminhos da viagem, ele abriu
Em cada ponto que se fez presente
Guiou os passos na linha de frente

No reino infernal da folia
A corte caiu na orgia
Relembra o pecado vivido
O viajante arrependido
Em uma barca celestial
Buscando a purificação
Cruzou um cenário de redenção
Encontrou sua doce amada
Consagrado por ela, se encantou
Eternizado, o paraíso alcançou

ICFUT CARNAVAL 2019 – SAMBA ENREDO DA GAVIÕES DA FIEL – Grupo Especial SP

Gaviões da Fiel – Samba-Enredo 2019
Samba-Enredo

É meu santo é forte
Não adianta me picar
Sou Gavião e você pode acreditar
Que não aceito traição
E o veneno da serpente
Eu transformo em semente
É o tabaco em plantação
Erva santa curou dores
Seduziu com seus sabores
Café e rapé em Paris
A nobreza aspirava
E ficava mais feliz

Vou, vou prá Bahia
Acende a chama
No terreiro de iá iá
É a força da magia
Que me arrepia
E se espalha pelo ar

Saravá, saravá
Salve o santo guerreiro
E uma vela prá saudar
Meu São Jorge Padroeiro

Mulher, mulher, mulher
Quem te viu e quem te vê
O que embaça se perdeu virou fumaça
Liberdade prá você

É um raro prazer
Sabor de emoção
Mais não abuse
Que faz mal pro coração

ICFUT – CARNAVAL 2019 – SAMBA ENREDO DA DRAGÕES DA REAL DO SÃO PAULO FC -Grupo Especial SP

Dragões da Real – Samba-Enredo 2019
Samba-Enredo

[Enredo: A Invenção do Tempo. Uma Odisseia em 65 Minutos]

Quando a sirene tocar
Vai eternizar tamanha emoção
Será a história mais linda
Marcada pelo coração

Quando a sirene tocar
Vai eternizar tamanha emoção
Será a história mais linda
Marcada pelo coração

Quem sonhar, vai viver essa vitória
Lutar e vencer é nossa raiz
Avante, Dragões, chegou sua hora
É tempo de ser feliz

Quem sonhar, vai viver essa vitória
Lutar e vencer é nossa raiz
Avante, Dragões, chegou sua hora
É tempo de ser feliz

(Meu amor)

Amor
Nada será como antes
Tudo vai se transformar
O guardião do destino
Num sopro divino
Vai nos revelar

O homem buscou dominar
Segundos contados na areia
A cada invenção
Nos ponteiros da ilusão

Desvendar o futuro que virá
Viajar no passado e aprender
O presente mudar
Tudo pode acontecer

Eu quero ver desvendar o futuro que virá
Viajar no passado e aprender
O presente mudar
Tudo pode acontecer

Somos escravos da hora
Senhores do agora
Num mundo veloz
Será que é o tempo que passa
Ou quem passa somos nós?

ICFUT CARNAVAL 2019 – ENREDO DA ESCOLA MANCHA VERDE DO PALMEIRAS-Grupo Especial SP

Mancha Verde – Samba-Enredo 2019
Samba-Enredo

Tambores vão ecoar, a festa vai começar
O meu batuque traz a força do terreiro
A mancha verde é kizomba amor
Salve a princesa! Viva o povo negro!

O ora ie ie ô ora ie ieu mamãe oxum
Um ventre de luz, o fruto do amor
Kaô kabecilê xangô
África, suntuosa riqueza
África, reluz o encanto e a nobreza
A fé conduz o povo a lutar
Tristeza marejou meu olhar
Oh senhor, tem piedade
Dos corações sem liberdade

A alma que chora, a pele que sangra
Qual será o meu valor?
Entrego minha vida
Rainha do mar, Iemanjá

Aportou, na terra do sol e do maracatu
Vidas no suspiro derradeiro
Na fria solidão do cativeiro
Mãos calejadas a lavourar
Não perdi a fé nos orixás
Senhora do rosário, oh nossa senhora
Aos pés do seu altar, clamo a igualdade
Palmares, vi um céu de luz e liberdade
A força de zumbi a nos guiar
Nas bênçãos de oxalá

CARNAVAL 2012 – Dragões da Real estréia no Grupo Especial de São Paulo

Escola de Samba Dragões da Real – vinheta carnaval 2012
Dragões da Real – Ensaio Tecnico no Anhembi – 22/01 – SRZD Carnaval/SP
Conheça A Musa Da Bateria Da Dragões Da Real
Diretoria

Presidente: Renato Remondini Rodrigues (Tomate)
Vice-Presidente: Flávio Mendes Beverari (Binho)
Diretor Financei ro: Sérgio Luis Hirata
Diretor Geral: Elias Vieira
Diretor de Carnaval: Junior Schall
Diretor de Comunicação: Adriano Pera
Diretor de Harmonia: Rogério Felix
Diretor de Bateria: Mestre Carlinhos
Diretor Comercial: Alexandre Petroni (Xandoba)
Diretora de Destaques: Laryssa Andrade
Diretora Departamento Feminino: Vanessa Antunes
Diretora da Ala de Baianas: Audrey Araujo
Diretora da Ala de Passistas: Mariza de Paula 

COORDENADORES
Coordenador Administrativo: Márcio Braga
Coordenador de Eventos: Diego Rocha
Coordenador de Casais: Risovaldo (Vado)
Coordenadora de Ala: Marina Ielo

SECRETARIA
Secretaria: Márcia Mendes Romão Alves

Maiores informações: (11) 3831-4002

Fonte: Veja.abril.com.br

Julio Cesar de Barros

Passarela

Por Julio Cesar de Barros

ESCOLA DE SAMBA DRAGÕES DA REAL
http://www.escoladesambadragoes.com.br
Fundação: 17 de março de 2000
Cores: vermelho, preto e branco
Quadra:
Sede: Rua Emabaixador Macedo Soares, 1018, Vila Anastácio
Fone: 3111 8914
Campeonatos:
Presidente: Renato Remondini Rodrigues (Tomate)
Diretor de carnaval: Elias Liah
Mestre sala e porta bandeira: Rubens de Castro e Lyssandra Grooters
Diretor de Harmonia: Rogério Félix
Diretor de bateria: Mestre Carlinhos
Comissão de frente: Alexandre Petrone (Xandoba)
Rainha da bateria: DeniseLiah
Carnavalesco: Eduardo Caetano
Intérprete: Daniel Colette

CARNAVAL 2012

GRUPO ESPECIAL
SÁBADO, 18/2

1ª – Dragões da Real
2ª – Pérola Negra
3ª – Mocidade Alegre
4ª – Águia de Ouro
5ª – Unidos de Vila Maria
6ª – Gaviões da Fiel
7ª – Tom Maior

Enredo: “Mãe, ventre da vida e essência do amor”
Sinopse do enredo:

Dragões da Real – Carnaval 2012

MÃE, ventre da vida e essência do Amor.

Obrigado, Natureza

…pela Mãe que você me deu… por todas as Mães do mundo…

…pelas brancas, de pele alvinha… pelas pardas, morenas e escurinhas…

…pelas ricas e pelas pobrezinhas…

Obrigado pelas Mães que o universo semeia…

…no mundo animal… lutas incondicionais…

…na imensidão do mar… não parar de ensinar e vigiar…

Obrigado pelas Mães do meu Dragão

…guerreiras e conselheiras… não escondem a emoção…

…ao contemplar meu pavilhão…

Na busca de um carnaval alegre, divertido e que nos traga emoção, a Dragões da Real viu-se diante de um tema absoluto e muito valioso para todos nós: as Mães. Ser Mãe é o dom mais bonito que um ser humano pode ter.

Neste cenário, em que milhões de pessoas vislumbram-se no maior espetáculo da terra, todos nós nos identificaremos com elas que são exemplos de vida, capacidade, luta, amor e dedicação. Com muito humor e respeito, refletindo sua inegável importância.

Mães, avós, bisavós…

Mulheres que atravessaram gerações aperfeiçoando suas técnicas domiciliares e profissionais,  evoluindo e nos evoluindo.

Na pequena grande obra de nascer, crescer e viver, quantas lições devemos ensinar, porém, com elas muito mais aprender.

ENREDO

A natureza é a Mãe de todos, e a todos trata com cuidado, pois como toda Mãe que ama, quer seus filhos abençoados.

Mãe Natureza, tem o segredo da vida dentro de seu interior, de reproduzirem seu ventre outra luz com seu devido valor. Somos todos filhos desta grandiosa Mãe, que tudo nos dá, pois este é o ciclo da vida.

É maravilhoso observar dentro desse sistema outras Mães com suas formas peculiares de criação e defesa: Mãe Primavera em flor prestes a germinar, nos animais cada um em seu habitat para a espécie preservar; Cavalo Marinho no qual o pai faz as vezes da Mãe; Canguru com seus filhos no bolso; Tarântula que leva seus ovos nas costas; e o Elefante, a maior gestação do planeta.

Para as Mães Natureza a batalha, a defesa, são sinais de decisão e sobrevivência.

Mãe personalidade, Mãe beleza que nunca perde sua vaidade, sempre está bonita, até  nas tarefas do lar nunca deixa de se cuidar.

Mãe lutadora e companheira que planta o trigo e prepara o pão, que faz o pano que agasalha, trançando o fio do algodão.

Mãe educadora que ensina, Mãe da comunicação.

Mãe do trabalho, que não mede esforços para nos amparar, pedra por pedra a alta muralha, ergue-se o lar aos ermos do chão.

Mãe da saúde, remédio caseiro e doses de carinho para seu filho curar.

Nunca fogem da luta, pois não tem nada que uma Mãe não possa enfrentar, mesmo a vida sendo uma áspera batalha, em que a arma rude é a rude mão.

Mães da escola de samba que sacodem o terreirão.

Mães de todos nós, Mãe das Mães

Mãe dos filhos, Mãe-pai, duas vezes Mãe

Marcadas pela fé, são as Mães da Sé, nome popular da Associação Brasileira de Busca a Crianças Desaparecidas (ABCD). O nome originou-se no fato de que uma vez por semana Mães de crianças desaparecidas reúnem-se em frente à Catedral da Sé, no centro de São Paulo com o mesmo objetivo: encontrar seus filhos queridos desaparecidos.

Mães Pretas, escravas santas que por Deus são abençoadas. Já deram vidas a muitas crianças, até mesmo a crianças enjeitadas, filhos de brancos – seus patrões – que por elas foram alimentadas. Mães de Fé, marcadas pela religiosidade usam seu lado de intuição e conhecimento. As Mães de Santo, Iyalorixá, sem querer ouvir, sem querer olhar, cuidam de seus filhos através de seus orixás. Mães mais do que Especiais perseverantes e persistentes de um amor incondicional. E salve as Mães de Criação, verdadeiras Mães de Adoção. Em casa à tarde fazem sua oração, para agradecer a Deus o trabalho do dia, agradecem o fato de serem Mães, com felicidade e alegria, rezando assim uma “Ave Maria”.

Viva a Mãe do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, agradecemos-lhe por nossa prece atendida.

No humor, as Mães também estão lá.

No ring e na arena, ao ver seu filho apanhar, quer bater em quem se aproximar.

Há  as que digam: “ depois que filho pari nunca mais minha barriga enchi! “

Muitos falam mal ou até bem, porém cada um sabe a sogra que tem.

Mãe de Juiz, ofendida a cada partida e ainda diz que seu filho é amado e querido.

Mãe polvo, é preciso ter muitos braços para cuidar e proteger seus filhos!

Mãe do silêncio, Mãe dos doentes e dos sãos

Mãe que abraça e afaga

As Mães queridíssimas que já partiram, as Mães em oração. Com certeza mãe é a forma que deus encontrou para poder representar o amor.

A Dragões da Real, feliz nesta homenagem entende que, mais do que ninguém você, Mãe, é a pura realização, dando mais emoção aos sonhos do meu Dragão.

E salve todas as Mães, a todas mesmo, sem exceção.

Eduardo Caetano  e Comissão de Carnaval

MONTAGEM TÉCNICA DO DESFILE

COMISSÃO DE FRENTE

CARRO 01 – ABRE ALAS – MÃE NATUREZA

ALA 01 – Ciclo da Vida

1 casal MSPB

ALA 02 – Mãe Primavera

* Bateria*

ALA 03 – Cavalo Marinho

ALA 04 – Canguru

ALA 05 – Tarântula

ALA 06 – Luta e Sobrevivência

CARRO 02 – MÃE BATALHADORA (DEVERES DE MÃE)

ALA 07 – Salve a Beleza

ALA 08 – Nutri e Agasalha

2 casal MSPB

ALA 09 – Medicina Caseira

ALA 10 – Teto Seguro (casa de Mãe)

ALA 11 – Mãe Mestra – primeira a educar

ALA 12 – Mães do Samba  (baianas)

CARRO 03 – CORAÇÃO E DEVOÇÃO – FÉ

ALA 13 – Fé e Devoção

ALA 14 – Mães Preta – amas de leite

3 casal MSPB

ALA 15 – Mães de Santo

ALA 16 – Mães Mais que Especial

ALA 17 – Mães de Adoção

CARRO 4 – HUMOR

ALA 18 – Ring – Mães de Atleta

ALA 19 – Sogra – Segunda Mãe

ALA 20 – Mãe de Juiz

*Bateria*

ALA 21 – Passistas

ALA 22 – Mãe Polvo – Muitos Braços para Proteger

ALA 23 – Maes em Oração

CARRO 5 – MÃES DA DRAGÕES

ALA 24 – Convidados

ALA 25 – Obstetras  (bateria)

Por Cleber Aguiar – Os 10 maiores bandeirões de torcida !

Fonte: Organizadasbrasil.com.br

Observações da Pesquisa

1) – A pesquisa leva em consideração o tamanho dos bandeirões em relação a metros quadrados. Ex: se um bandeirão tem largura X e altura Y o tamanho do bandeirão é de: X + Y = (Zm²).

2) – As medidas dos bandeirões foram cedidas pelas agremiações, seria impossivél medir-mos todos os bandeirões. Sendo assim não contestamos os dados fornecidos pelas Torcidas.

3) – O Bandeirão da Terror Tricolor do Bahia foi incluído após a pesquisa ir ao ar, pela demora de confirmação dos dados de tamanho.

4) – Estão empatadados na oitava posição três bandeirões com o mesmo tamanho..

5) – Um dos bandeirões da Gaviões da Fiel não foi incluído na pesquisa por ter sido aposentado desde de o jogo Goiás x Corinthians na final do Brasileiro de 2005 no estádio Serra Dourada. Suas medidas eram: 160m x 45m (7.200m²)

1º Gaviões da Fiel

Estreiado no dia 31/01/2010 no clássico Corinthians x Palmeiras no Pacaembú o bandeirão da Gaviões é maior do Brasil até o momento. Inicialmente, o bandeirão teria 15.000 metros quadrados, como o presidente do Corinthinas, Andrés Sanchez, já disse que não joga no estádio do São Paulo, as dimensões foram modificadas para ser utilizada no Pacaembu, foi reduzida em 25m (na largura). Aberta, ela pode cobrir, com folga, o gramado de dois campos oficiais de futebol.

Medidas: 250m x 35m (8.750m²)

2º Torcida Galoucura

Estreiado no dia 08/01/2009 no jogo Atlético x Flamengo no Mineirão o bandeirão da Galoucura o 2º maior do Brasil foi feito em 2009 fruto da rivalidade de Belo Horizonte. A Galoucura fez uma bandeira com apenas 5 metros a mais de comprimento (200m²) que a da rival Máfia Azul. Foi o maior bandeirão do Brasil até a estréia da Gaviões dia 31/01/2009.

Medidas: 210m x 40m (8.400m²)

3º Máfia Azul

Estreiado no dia 13/02/2008 pelo jogo da Libertadores entre Cruzeiro x Real Potossi acabou acirrando ainda mais a disputa Máfia Azul X Galoucura pelo título de maior bandeirão de Minas Gerais e do Brasil, o bandeirão da Máfia Azul permaneceu como o maior do Brasil por quase um ano até ser superado pelo bandeirão da rival Galoucura em 08/01/2009.

Medidas: 205m x 40m (8.200m²)

4º Torcida Independente

Estreiado em 03/2006 no Estádio do Morumbi no Clássico São Paulo x Corinthians, mesmo antes de ser terminado (depois de estreiado foi pintado “1972” na parte direita) o bandeirão da Torcida Independente ficou com o título de maior do Brasil e do estado de São Paulo até a estréia do bandeirão da Máfia Azul em 13/02/2008.

Medidas: 162m x 50m (8.100m²)

5º Inferno Coral

Estreiado em 01/2007 no clássico Santa Cruz x Náutico no Estádio Arrudão, mobilizou um batalhão de torcedores, que carregaram as centenas de quilos da bandeira colossal até a arquibancada superior. O esforço foi recompensado pelo lindo visual, que emocionou o público presente. Se mantém até hoje como o maior bandeirão do nordeste do Brasil.

Medidas: 175m x 45m (7.875m²)

6º Torcida Cearamor

Estreiado em 08/09/2007 no clássico Fortaleza x Ceará no Estádio Castelão pela vigésima Quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B o bandeirão da Torcida Cearamor com 7665m² de tamanho embelezou as arquibancadas e deu orgulho para a torcida. Foi feito para bater o recorde em relação ao bandeirão da Leões da TUF que tinha o título de maior bandeirão do estado com 5.890m².

Medidas: 210m x 36,5m (7.665m²)

7º Leões da T.U.F

Estreiado no dia 27/01/2004 no clássico Rei Fortaleza x Ceará pelo Campeonato Cearense daquele ano o bandeirão da Leões da TUF cobriu toda a parte atrás do gol do estádio do Castelão. Muito bonito e bem feito e com boa parte pintado o bandeirão da TUF deu um show na sua estréia abrilhantando ainda mais o clássico mais importante do estado.

Medidas: 155m x 38m (5.890m²)

8º Torcida Jovem Santos

Estreiado em 15/09/2007 no Morumbi no clássico contra o São Paulo x Santos o bandeirão da Torcida Jovem Santos estreiou no Estádio do Morumbi sendo assim utilizado pela primeira vez na casa do adversário, o São Paulo venceu o clássico por 2 x 1, mesmo com a derrota, Torcida Santista deu show no Morumbi. O bandeirão da Jovem do Santos empata em tamanho 5.600m² com o da Terror Tricolor e o bandeirão do Guarani

Medidas: 140m x 40m (5.600m²)

8º Terror Tricolor

Estreiado em 25/11/2007 no jogo Bahia x Vila Nova (ultima partida na Fonte Nova) em comemoração a subida do Bahia para a série B do Campeonato Brasileiro, o bandeirão da Terror Tricolor tem as mesmas medidas dos bandeirões da Torcida Jovem do Santos e do bandeirão da Torcida do Guarani, defende o título de maior bandeirão da Bahia mesmo a Terror Tricolor não sendo a principal Torcida do Bahia.

Medidas: 140m x 40m (5.600m²)

8º Torcida do Guarani

Estreiado em 28/11/2009 no jogo Guarani x Juventude para comemorar a volta do Guarani a Série A do Campeonato Brasileiro, este foi financiado pelas 3 organizadas do clube, sócios torcedores e torcedores comuns com arrecadação de dinheiro, através de doações, vendas de adesivos e camisetas. Um fato interessante que o bandeirão foi pintado pelos próprios torcedores. A bandeira cobre toda a extensão do Tobogã no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

Medidas: 140m x 40m (5.600m²)

10º Fiel Força Tricolor

A estreiado no dia 27/02/2008 no Estádio Santa Cruz em Ribeirão Preto, estado de São Paulo no clássico ComeFogo o bandeirão da Fiel Força Tricolor, medindo 135×33 metros, sendo 90% pintado se mantém até hoje como o título de maior bandeirão de Torcida Organizada do interior de São Paulo e também Brasil já que o bandeirão do Guarani não pertence a nenhuma Torcida Organizada.

Medidas: 135m x 33m (4.455m²)