ICFUT – Palmeiras: taça do título paulista é exposta em visitação aberta ao público em Guarulhos

Fonte:Jornalestacao.com.br

O torcedor palmeirense que curtiu pela TV a conquista do 23º título paulista do clube já pode comemorar de perto! A Palmeiras Store do Internacional Shopping recebe, no dia 22 de setembro, das 12h às 20h, a exposição da taça original do Campeonato Paulista 2020. A loja fica no 1º Piso do empreendimento, em Guarulhos.

Devido às normas de distanciamento social, será permitida a entrada de apenas duas pessoas por vez. Também para evitar aglomeração, a exibição terá duração em um período de oito horas. A equipe fará o controle de público e organização da distância mínima necessária, em caso de fila.

No local, o público terá a oportunidade de tirar fotos e registrar o momento ao lado do troféu erguido pelos jogadores campeões paulistas. A conquista de mais um título estadual aconteceu no último dia 08 de agosto, no Allianz Parque, contra o arquirrival Corinthians, em partida emocionante decidida nos pênaltis.

O Internacional Shopping segue todos os protocolos de sanitização estabelecidos pelas autoridades de saúde e órgãos públicos para controlar a pandemia de novo coronavírus – COVID-19, como capacidade reduzida de público para 40% do total, disposição de álcool em gel nas entradas e pontos estratégicos, aferição de temperatura dos clientes e funcionários, intensificação da limpeza em todas as áreas, entre outras medidas.

Para saber mais novidades sobre o empreendimento, acesse o site http://www.internacionalshopping.com ou baixe o aplicativo oficial, disponível nas principais plataformas digitais. O Internacional Shopping fica na Rodovia Presidente Dutra, Saída 225, s/n, em Itapegica, Guarulhos.

Sobre o Internacional Shopping

Localizado na Rodovia Presidente Dutra e as margens da Rodovia Fernão Dias, o Internacional Shopping recebe público de várias localidades da capital paulista, além de atender a toda a cidade de Guarulhos, tornando-se uma das principais referências da região. O Shopping conta com 77.080 m² de ABL, dois pisos e 390 lojas, entre elas 14 âncoras.

Com lojas dos mais diversos segmentos, o Shopping conta grandes marcas, tais como Dudalina, John John, Outback, Bacio di Latte, C&A, Marisa, Riachuelo, Renner, Pernambucanas, Ri Happy, Lojas Americanas, Calvin Klein, Levi’s, Arezzo, Capodarte, Khelf, SideWalk, Camicado, Hipermercado Extra, Magazine Luiza, Casas Bahia, Ponto Frio, Besni, Daiso, Mega Store Cacau Show, uma unidade da academia Smart Fit, entre outros. O empreendimento possui ainda uma ampla Praça de Alimentação, com opções para todos os gostos e idades.

O Shopping possui diferenciais que conquistam toda a família, como o NeoGeo Family Parque, um dos maiores parques de entretenimento indoor do Brasil, com mais de 4.500 m² e mais de 250 atrações, Bolix, com 24 pistas exclusivas, além de equipamentos modernos que garantem o conforto e a diversão do público. Outro atrativo é o complexo do Cinemark, o maior do país em quantidade de assentos: 4.031, divididos em 15 salas.

O Internacional Shopping também se destaca pelas opções de serviços ao público, como o Poupatempo Guarulhos e um Posto da Polícia Federal para emissão de Passaporte. O empreendimento fica localizado na Rodovia Presidente Dutra, Saída 225, s/n – Itapegica, Guarulhos – SP.

ICFUT – Palmeiras bate Corinthians nos pênaltis conquista o Paulista

Fonte: Portal Terra

Ciro Campos

No Allianz Parque, times empatam por 1 a 1, mas equipe alviverde faz 4 a 3 nas cobranças e garante a taça

Ser campeão, superar o maior rival no retrospecto em decisões estaduais e ainda impedir o tetracampeonato histórico do adversário. O Palmeiras conquistou tudo isso neste sábado, ao bater o Corinthians nos pênaltis, no Allianz Parque, por 4 a 3 depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal. Após sair na frente com Luiz Adriano e levar o empate com Jô no último lance, o clube volta a conquistar a taça estadual pela primeira vez em 12 anos.
O sábado alegre do Palmeiras quase foi estragado por um pênalti cometido por Gómez aos 51 minutos do segundo tempo no próprio corintiano Jô. Ainda assim, o time controlou o nervosismo e levou a melhor sobre o rival graças a Weverton, que defendeu as cobranças de Michel Macedo e Cantillo. O gol decisivo foi marcado pela principal revelação deste Estadual. Aos 20 anos, o volante Patrick de Paula deixou o dele e sacramentou a conquista.
Tricampeão nas últimas temporadas, o Corinthians sonhava com um tetra inédito na era profissional do futebol paulista. No entanto, viu o rival jogar melhor e ainda voltar a ficar na frente no retrospecto. Em sete finais estaduais com confronto direto entre os clubes em 103 anos de história, o Palmeiras agora tem vantagem: 4 a 3.

A conquista tem um peso especial para o técnico Vanderlei Luxemburgo. O treinador é o único a ter conduzido o Palmeiras a vencer o Estadual desde que Oswaldo Brandão foi campeão em 1976. O atual comandante conquistou em 1993, 1994, 1996 e em 2008. Nesse último ano, a comemoração foi ainda no antigo Palestra Itália. Agora foi a vez de o Palmeiras poder festejar pela primeira vez um título paulista dentro da nova arena.
O Allianz Parque ganhou uma decoração especial para o jogo. A torcida espalhou bandeiras, mosaicos e imagens de antigos ídolos do clube, enquanto que no vestiário justamente a aparência causou um problema. O Corinthians não gostou de ter visto as paredes e armários com imagens de títulos do rival e improvisou uma reforma. Membros da comissão técnica colaram por cima papéis em branco e preto e bandeiras para mudar o visua do local.

Depois de um empate sem gols de poucas emoções no jogo de ida, na quarta-feira, os rivais estavam mais dispostos a procurar o ataque no Allianz Parque. Os times conseguiram se movimentar mais e apostar principalmente no setor esquerdo. Inclusive, foi por essa região do campo que o palmeirense Zé Rafael encontrou Willian, que aos seis minutos obrigou Cássio a fazer uma defesa espetacular.

Apesar da disposição dos times para atacar, o primeiro tempo da final não teve uma grande lista de melhores momentos. Os times rondavam a área sem ter alguém mais capacidade para encontrar uma assistência precisa e de qualidade. Embora os volantes ajudassem o ataque e os laterais dessem espaço, parecia existir um medo em ousar mais e dar espaço para algum contra-ataque.

O Corinthians conseguiu assustar o Palmeiras algumas vezes. A principal delas foi um gol anulado de Jô aos 27 minutos da primeira etapa e mais alguns chutes de Ramiro e Mateus Vital. Mas foi só. A insatisfação com as atuações ficou evidente quando os dois treinadores fizeram três alterações voltadas a dar mais velocidade aos times. Quem conseguiu mais resultado com a mudança foi o Palmeiras.
Após a final passar um jogo inteiro e mais o primeiro tempo todo sem ter gols, finalmente o placar saiu do zero. O Palmeiras saiu na frente graças à visão do lateral Viña. O uruguaio cruzou com perfeição para Luiz Adriano subir e de cabeça, tirar de Cássio. Foi o primeiro gol alviverde em cinco clássicos no ano. Mesmo com o estádio vazio, o sistema de som com os gritos da torcida aumentou de volume para vibrar com o time.

A vantagem deixou o Palmeiras mais confiante. O time dominou os minutos seguintes e obrigou Cássio a trabalhar duas vezes pouco depois. O gol finalmente deixou a decisão emocionante, pois obrigava o Corinthians a se arriscar no ataque. Quem ganhava o jogo, passou a administrar o placar e a ter espaços no contra-ataque. Finalmente a decisão do Campeonato Paulista teve emoção.

O relógio corria e deixava o técnico corintiano, Tiago Nunes, cada vez mais agitado na área técnica. O time não respondia e ainda perdeu o lateral Fagner, machucado. Nas poucas vezes em que o Corinthians conseguia chegar à área adversária, chutava torto e sem perigo. Ansioso pela conquista, o Palmeiras recuou bastante nos minutos finais e só teve um grande susto. Gómez errou o tempo de bola e derrubou Jô na área.

O desânimo não fez o Palmeiras perder a concentração para se dar bem nos pênaltis. Embora tenha sido campeão paulista sem vencer clássicos, isso não tirou do time a festa pela taça nem dos jogadores a sensação de ter conseguido uma revanche após em 2018 o Corinthians ter sido campeão estadual em pleno Allianz Parque.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1×1 CORINTHIANS

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Roccha, Felipe Melo, Gómez e Viña; Patrick de Paula, Gabriel Menino (Bruno Henrique) e Ramires (Rony); Willian (Lucas Lima), Zé Rafael (Raphael Veiga) e Luiz Adriano (Gustavo Scarpa). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Michel Macedo), Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto (Sidcley); Gabriel (Cantillo), Éderson e Ramiro (Araos); Luan, Mateus Vital (Everaldo) e Jô. Técnico: Tiago Nunes.

Gols: Luiz Adriano, aos 3, e Jô, aos 51 minutos do segundo tempo.

Nos pênaltis: Palmeiras 4 (Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Patrick de Paula; Bruno Henrique perdeu); Corinthians 3 (Danilo Avelar, Sidcley e Jô; Michel Macedo e Cantillo perderam)

Cartões amarelos: Gabriel, Gil, Patrick de Paula, Cantillo

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Local: Allianz Parque

ICFUT: Somos o Clube e a Torcida que Teve Maior Negro da História do Futebol o Rei Pelé, Desculpe Marinho um torcedor não representa nossa Nação Santista !

Como Fundador do Site ICFUT ” Internet com Futebol ” e torcedor doente do Santos Futebol Clube. Com mais de 10 anos de site acompanhei muitas vitórias e também derrotas doloridas como a de ontem (30/07/2020) para a Ponte Preta, porém nunca seria capaz de ofender por raça ou qualquer outro motivo um jogador do Santos e de qualquer outra agremiação do mundo.

O caso ocorrido na noite dessa eliminação na Rádio Energia 97 com o integrante ” Santista ” que ofendeu absurdamente o nosso jogador Marinho não representa a nossa Nação Santista pelo mundo e muito menos o que prega a história desse clube que já teve o Rei do Futebol Pelé, sou solidário ao jogador Marinho e toda sua família pelo infeliz comentário do acéfalo integrante do programa esportivo.

Cleber Aguiar – Fundador do ICFUT

Twitter Oficial do Santos FC

Não basta não ser racista, é fundamental ser antirracista. Infelizmente o racismo estrutural ainda é algo sempre presente em nossas relações, assim precisamos e seguiremos repetindo a mesma mensagem de repúdio a qualquer tipo de preconceito quantas vezes for necessário.

 

Santos Futebol Clube  o time que tem o Preto e o Branco no seu DNA.

 

ICFUT – São Paulo 2 x 3 Mirassol – Quartas de Final do Paulistão Sicredi 2020

São Paulo e Mirassol fizeram um jogo eletrizante no Morumbi. Zé Roberto marcou duas vezes para os visitantes, enquanto Pablo e Vitor Bueno empataram para o tricolor. Daniel Borges marcou um golaço na etapa final e garantiu a vaga nas semifinais para o Mirassol