ICFUT – Dezesseis clubes da Série A assinam manifesto apoiando MP dos direitos de transmissão

Fonte: Gazetaesportiva.net

Dezesseis dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro assinaram um manifesto nesta quinta-feira em apoio à Medida Provisória 984, que dá aos mandantes os direitos de transmissão dos jogos no Brasil.

Athletico-PR, Atlético-GO, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Coritiba, Flamengo, Fortaleza, Goiás, Internacional, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Santos, Sport e Vasco avaliam positivamente a mudança e esperam a aprovação da MP no Congresso Nacional. Na nota, os apoiadores chamam a medida de “Lei de Democratização das Transmissões de Futebol”.
Botafogo, Fluminense, Grêmio e São Paulo não assinaram a nota.
Publicada pelo governo federal no último dia 18 de junho, a resolução acaba com a lógica de direito de transmissão conjunto das duas equipes e repassa o poder aos mandantes das partidas. A MP tem um mês para ser aprovada no Congresso Nacional, com possibilidade de prorrogação de mais 30 dias para análise.

Confira o manifesto:
Por que os Clubes apoiam a MP 984 e a criação da Lei de Democratização das Transmissões de Futebol

1. Porque o torcedor é diretamente beneficiado. A MP acaba com os “apagões”, isto é, os jogos sem nenhuma transmissão, que ocorriam quando um canal tem o direito de um time e outro canal tinha o direito do outro. A situação anterior impedia, por exemplo, que mais da metade dos jogos do Campeonato Brasileiro fossem exibidos na TV fechada. Com mais partidas sendo exibidas, teremos um futebol mais democrático, mais acessível e mais barato.

2. Porque ela empodera os clubes a negociar seus direitos e incentiva a união entre as equipes. Esse formato prevalece nos principais mercados de futebol do mundo. O Brasil está pronto para esse passo libertador, que certamente será o ponto de partida para outros aprimoramentos. Com a MP, quanto mais os clubes estiverem unidos, mais vão ganhar.

3. Porque a concorrência vai aumentar. O modelo que vigorava no Brasil gerou concentração do futebol nas mãos de poucos investidores. Consequentemente, não alcançou todo o seu potencial e ainda gerou distorções no seu modelo de distribuição. A MP viabiliza a entrada de novos investidores no mercado, sem afastar os atuais, aumentando a disputa. E isso é bom para os clubes e melhor ainda para o torcedor.

4. Porque devemos seguir o exemplo de quem fez e deu certo. A legislação anterior tinha mais de 50 anos e não refletia uma forma moderna de negociação dos direitos esportivos. A ampliação de investimentos gera aumento de receitas para os clubes, viabilizando a manutenção dos nossos craques por mais tempo no país, além do investimento em estrelas internacionais.

EM RESUMO

Os torcedores ganham com o fim dos apagões de jogos, com mais craques em campo e com um melhor espetáculo no Brasil. Os clubes ganham com mais liberdade e receitas. E o país ganha com os clubes mais sólidos financeiramente, maior geração de empregos e crescimento de impostos pagos aos governos.

Por todas estas razões, APOIAMOS a MP 984/2020 e pedimos a sua CONVERSÃO imediata em Lei!

ICFUT – CBF divulga nova tabela básica da Série A do Brasileirão de 2020

Fonte: Globoesporte.com

Competição começa no fim de semana de 8 e 9 de agosto, após adiamento por conta da pandemia, e terá maratona de jogos no primeiro mês

A CBF divulgou, nesta terça-feira, a nova tabela básica da Série A do Campeonato Brasileiro. Adiado em razão da pandemia do novo coronavírus, o torneio começará no fim de semana de 8 e 9 de agosto.

Os jogos da primeira rodada, que será disputada entre 8 e 10 de agosto (uma segunda-feira), são os seguintes:

Flamengo x Atlético-MG
Botafogo x Bahia
Palmeiras x Vasco
Santos x Bragantino
Corinthians x Atlético-GO
Grêmio x Fluminense
Sport x Ceará
Coritiba x Internacional
Fortaleza x Athletico
Goiás x São Paulo

A competição terá maratona de jogos no primeiro mês, com partidas duas vezes por semana. A única exceção é o meio de semana de 26 de agosto, reservado para a disputa dos jogos de volta da terceira fase da Copa do Brasil. A segunda rodada, por exemplo, marcada para 12 e 13 de agosto, tem os seguintes confrontos:

Fluminense x Palmeiras
Vasco x Sport
São Paulo x Fortaleza
Bragantino x Botafogo
Atlético-MG x Corinthians
Internacional x Santos
Bahia x Coritiba
Athletico-PR x Goiás
Ceará x Grêmio
Atlético-GO x Flamengo

A última rodada do Brasileirão será disputada no dia 24 de fevereiro, uma quarta-feira, com as seguintes partidas:

Fluminense x Fortaleza
Vasco x Goiás
São Paulo x Flamengo
Bragantino x Grêmio
Atlético-MG x Palmeiras
Internacional x Corinthians
Bahia x Santos
Athletico-PR x Sport
Ceará x Botafogo
Atlético-GO x Coritiba

ICFUT – Todos os times que disputarão o Brasileirão Série A, B, C e D em 2020

Nesse vídeo você irá conhecer todos os 128 times que disputarão as Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, no ano de 2020!

  • Mudanças na Série D! No lugar do Red Bull (que sai por causa da parceria com o Bragantino) entrou o Mirassol! E houve uma outra mudança, o Baré não irá disputar nada em 2020, fechou o departamento de futebol, entrou no lugar o Atlético de Roraima Essas alterações ocorreram depois que saiu o vídeo, mas fica a correção!

HUMOR ICFUT – TOP 12 ● Torcedores revoltados com o time!

Canal – Tavares Videos

As 12 melhores reações de torcedores em fúria com o time! O emblemático João do América, o “Fora Waldemar”, o flamenguista pistola por áudio do WhatsApp e muito mais!

INSCREVA-SE NO CANAL! Deixe seu like, compartilhe com os amigos e ative o sininho para ser avisado imediatamente quando sair vídeo novo aqui no canal! SIGA-ME NAS REDES SOCIAIS

Instagram: http://instagram.com/tavarescr

Twitter: http://twitter.com/Tavares_Cr

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE B – 2018 – 2º RODADA

Boa esporte 0 x 2 Fortaleza – Serie B 17/04/2018

Coritiba 1 x 0 Atlético GO – Serie B 17/04/2018

Juventude 1 x 1 Oeste – Serie B 17/04/2018

São Bento 2 x 1 CSA – Serie B 20/04/2018

Paysandu 1 x 0 Londrina – Serie B 20/04/2018

Guarani 2 X 0 Sampaio Corrêa – Série B- 21/04/2018

Avaí 2 X 2 Brasil de Pelotas-Série B- 21/04/2018

Goiás 0 x 2 Figueirense-Série B- 21/04/2018

CRB 0x1 Vila Nova-Série B- 21/04/2018

Criciúma 0 X 1 Ponte Preta-Série B- 21/04/2018

 

Classficação

Serie B 2018 

J V E D GM GS Dif. Pts
1 Fortaleza 2 2 0 0 4 1 +3 6
2 Figueirense 2 2 0 0 4 1 +3 6
3 Paysandu 2 2 0 0 2 0 +2 6
4 Vila Nova 2 2 0 0 2 0 +2 6
5 Oeste 2 1 1 0 3 1 +2 4
6 São Bento 2 1 1 0 3 2 +1 4
7 Guarani 2 1 0 1 3 2 +1 3
8 CSA 2 1 0 1 3 3 +0 3
9 Atlético GO 2 1 0 1 3 3 +0 3
10 Sampaio Corrêa 2 1 0 1 2 2 +0 3
11 Londrina 2 1 0 1 1 1 +0 3
12 Ponte Preta 2 1 0 1 1 1 +0 3
13 Coritiba 2 1 0 1 1 2 -1 3
14 Brasil de Pelotas 2 0 2 0 3 3 +0 2
15 Avaí 2 0 1 1 2 3 -1 1
16 Juventude 2 0 1 1 2 3 -1 1
17 Criciúma 2 0 0 2 2 4 -2 0
18 Goiás 2 0 0 2 1 4 -3 0
19 CRB 2 0 0 2 0 3 -3 0
20 Boa 2 0 0 2 0 3 -3 0

ICFUT – BRASILEIRO SÉRIE B – 2018 : Coritiba (PR) 1×0 Atlético (GO)

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 1 x 0 ATLÉTICO-GO

CORITIBA – Wilson; César Benítez, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (Guilherme Parede); Vitor Carvalho, Júlio Rusch, Vinícius Kiss, Kady (Chiquinho) e Jean Carlos (Yan Sasse); Bruno Moraes. Técnico: Tcheco.

ATLÉTICO-GO – Kléver; Alisson, William Alves, René e Bruno Santos; Rômulo, Fernandes e Tomas Bastos; Júlio César (Pablo), Tito (Joanderson) e João Paulo (Cristhyan). Técnico: Cláudio Tencati.

GOL – Vinícius Kiss, aos 3 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Kady, Alex Alves e Abner (Coritiba); René (Atlético-GO).

CARTÃO VERMELHO – Tomas Bastos (Atlético-GO).

ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (AL).

RENDA – R$ 52.495,00.

PÚBLICO – 4.410 pagantes.

LOCAL – Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

ICFUT – CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL SÉRIE B – 2018 – 1º RODADA

Fortaleza 2 x 1 Guarani – BRASILEIRÃO (SÉRIE B)

Oeste 2 x 0 CRB – Brasileiro Série B

Atlético GO 3 x 2 Criciúma – Brasileiro Série B 2018

Figueirense 2 x 1 Juventude | Série-B 2018

Brasil de Pelotas 1 x 1 São Bento – Brasileiro Série B 2018

Vila Nova 1×0 Avaí – Brasileirão Série B 2018

CSA 2 X 1 Goiás – Série B – 2018

Londrina 1×0 Boa Esporte – Brasileirão Série B 2018

Sampaio Corrêa 2×0 Coritiba – Série B 2018

Ponte Preta 0x1 Paysandu – Série B 2018

 

Classificação P J V E D SG G GC %
Oeste  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Sampaio Corrêa  
3 1 1 0 0 2 2 0 100.0
Atlético-GO  
3 1 1 0 0 1 3 2 100.0
CSA  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Figueirense  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Fortaleza  
3 1 1 0 0 1 2 1 100.0
Vila Nova  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Londrina  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Paysandu  
3 1 1 0 0 1 1 0 100.0
Brasil de Pelotas  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
São Bento  
1 1 0 1 0 0 1 1 33.3
Criciúma  
0 1 0 0 1 -1 2 3 0
Goiás  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Guarani  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Juventude  
0 1 0 0 1 -1 1 2 0
Ponte Preta  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Avaí  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
BOA  
0 1 0 0 1 -1 0 1 0
Coritiba  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0
CRB  
0 1 0 0 1 -2 0 2 0

ICFUT – Amistoso: Flamengo – RJ 3×1 Atlético – GO

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 1 X 3 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Olímpico, em Goiânia (GO)
Data: 7 de abril de 2018 (Sábado)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Bruno Rezende
Assistentes: Hugo Correa e Tiego dos Santos
Cartão Amarelo: Bruno Santos (AG)

Gols:
ATLÉTICO-GO: Joanderson, aos 38 minutos do primeiro tempo
FLAMENGO: Diego no primeiro minuto, Henrique Dourado aos três minutos e Diego, aos 26 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO: Kléver; Alisson (Luan), William Alves, René Santos e Bruno Santos; Rômulo, Warian (João Paulo), Fernandes e Tomas Bastos (Pablo); Júlio César e Joanderson (Tito)
Técnico: Cláudio Tencati

FLAMENGO: César (Júlio César); Rodinei (Pará), Réver (Léo Duarte), Juan (Thuler) e Renê (Trauco); Cuéllar (Jonas), Diego (Jean Lucas), Éverton Ribeiro (Willian Arão), Lucas Paquetá (Vinicius Junior) e Everton (Marlos); Henrique Dourado(Lincoln)
Técnico: Maurício Barbieri

ICFUT – Atlético-GO faz bom primeiro tempo, mas perde para a Católica no Chile

Fonte: lancenet

No jogo de volta, no Serra Dourada, Dragão precisa vencer por três ou mais gols de diferença para se classificar às quartas de final da competição

Universidad Catolica x Atlético-GO - Copa Sul-Americana - Cristopher Toselli e Patrick (Foto: Claudio Santana/AFP)
Dragão fez sua primeira partida interncional (Foto: Claudio Santana/AFP)

Na primeira partida internacional em sua história, mesmo jogando um bom primeiro tempo, o Atlético Goianiense foi derrotado, na noite desta quarta-feira, pela Universidad Católica (CHI) por 2 a 0 pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana e viu a vaga na próxima fase distante. Os gols foram marcados por Silva e Ramos, ambos no segundo tempo.

O jogo da volta acontece no Serra Dourada, no dia 18 de outubro e o Dragão precisa vencer por três gols para avançar ou pelo mesmo placar para levar o duelo para os pênaltis. Qualquer vitória por dois gols de diferença com a Católica marcando ao menos um, a vaga fica para os chilenos. Quem passar pega o vencedor de Liverpool-URU x Independiente (ARG).

PRIMEIRO TEMPO

Mesmo jogando sua primeira partida fora do Brasil, o Atlético conseguiu fazer do primeiro tempo um jogo bem equilibrado, com ambos os times buscando o gol adversário. O Dragão procurava atacar mais pelo lado direito, sempre com os cruzamentos de Marcos, que tinha Rayllan jogando bem próximo.

O time da casa arriscava mais com chutes de longa distância, pois não conseguia invadir a área dos visitantes. Os defensores se postavam bem e Gustavo protagonizou dois lances na primeira etapa. Curiosamente, um para cada time.

Aos 27, Danilinho cruzou da direita e o zagueiro cabeceou forte para ótima defesa de Toselli, que se esticou todo. O outro lance foi bizarro. Diego Giaretta recuou para o jogador, que tentou espanar, mas mandou para trás. Peralta dominou na área e rolou para Trecco, que isolou, salvando a pele de Gustavo e do Atlético.

Além das chegadas pela direita, o Atlético abusava de lançamentos para Patric, que tentava desviar de cabeça para a chegada de Danilinho ou Rayllan, mas estas jogadas não funcionavam muito. O Dragão levava mais perigo quando saía trocando passes, como o treinador Artur Neto pediu para seus comandados.

SEGUNDO TEMPO

A Universidad Católica começou bem melhor o segundo tempo e sufocou o Atlético nos minutos iniciais. Logo aos dois, Trecco chutou de longe com curva e a bola passou perto do gol de Márcio. Novamente os chilenos testavam suas miras, mas não acertavam o alvo. Eram muitos chutes, mas poucas vezes Márcio era obrigado a fazer a defesa, pois as bolas sempre iam longe.

Até que Silva acertou. O meia do Católica recebeu do lado esquerdo, cortou pro pé bom e mandou um balaço no ângulo superior esquerdo de Márcio, que nada pôde fazer. Artur Neto prontamente quis colocar o time para frente e substituiu Rayllan por Diogo Campos.

Mas mesmo assim a Católica seguia melhor. Márcio apareceu, enfim, para fazer uma grande defesa. Rios recebeu do lado direito da área e chutou cruzado, só que o capitão do Dragão defendeu bem.

A melhor chance do Atlético no segundo tempo veio novamente com Gustavo. Após o cruzamento de Diogo Campos, o zagueiro testou firme para ótima defesa de Toselli. Pouco depois, Danilinho chutou de canhota e a bola foi na rede pelo lado de fora, assustando o arqueiro adversário.

A Católica chegou ao segundo gol no fim, aos 41 do segundo tempo. Cruzamento de Sepúlveda e cabeceio firme de Ramos, que fechou o placar. O que fica para o torcedor atleticano é um time que lutou muito, jogou bem mesmo fora de casa e vai brigar de igual para igual pela vaga no jogo da volta, com a ajuda de sua torcida no Serra Dourada.

FICHA TÉCNICA
UNIVERSIDAD CATÓLICA 2 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: San Carlos de Apoquindo, em Santiago (CHI)
Data/hora: 03/10/2012 – 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Enrique Caceres (Fifa-PAR)
Auxiliares: Rodney Aquino (Fifa-PAR) e Cesar Franco (Fifa-PAR)

Cartões Amarelos: Henríquez e Silva (UCA) Marcos, Patrick e Diego Giaretta (ACG)
Cartões Vermelhos:
Não houve

GOLS: Silva, aos 9’/2ºT (1-0) e Ramos, aos 41’/2ºT (2-0)

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Cristopher Toselli; Álvarez, Martínez, Henríquez (Andía – 23’/2ºT) e Parot; Tomás Costa, Rios, Sixto Peralta (Sepúlveda – 38’/2ºT) e Francisco Silva; Trecco (Ramos – 23’/2ºT) e Castillo
Técnico: Martin Lasarte

ATLÉTICO-GO: Márcio, Marcos, Gustavo, Reniê e Eron; Pituca, Ernandes, Marino, Rayllan (Diogo Campos – 14’/2ºT) e Danilinho; Patric (Ricardo Bueno – Intervalo).
Técnico: Artur Neto