ICFUT – TORCIDA JOVEM DO SPORT RECIFE

hqdefault

1230488735735_f

images222

1302978611631_f

Fonte: Organizadasbrasil.com.br

História
Aos 29 de outubro de 1995 em uma torcida organizada do Sport, seria realizada a eleição para o novo presidente. O presidente até então era Junior e ele estava concorrendo a reeleição, mas o destino provocaria uma daquelas peças que só o tempo mostrará seu resultado. As 16 horas daquele dia ensolarado, a votação estava encerrada e após alguns minutos sairia o resultado, e esse apresentava a derrota de Júnior.

Logo após a derrota na eleição, Júnior reuniu os que tinham votado nele e dentro da sede dessa torcida a qual acabara de ser derrotado nas urnas e decidiu junto com Davi, Sirí, Márcio e companhia fundar uma nova torcida. Poucos acreditaram e apostaram nesse novo ideal. Daí, os que confiaram decidiram a Torcida Jovem do Sport.

No dia da eleição até a estréia da Jovem no clássico contra o Náutico na Ilha do Retiro no dia 30 de janeiro de 1996 foram realizadas varias reuniões, nas quais eram discutidas cor da camisa, mascote, bandeiras, faixas e etc.

Várias reuniões foram feitas até optarem pela cor amarela, em homenagem ao mascote do Sport, o Leão, e a estrela da camisa que é a maior conquista do Sport, o campeonato brasileiro de 1987. Ambos representados pela cor amarela. Após a escolha da cor, o próximo passo foi a escolha do mascote, que seria o Tazmania.

primeiro bandeirãoEscolhido o mascote e a cor, o próximo passo seria as confecções dos materiais.

É nesse momento que surge a figura do Davi, o cara que acreditou no sonho e o realizou. Ele tirou dinheiro do próprio bolso para tornar realidade a torcida que tinha prometido naquele 29 de outubro de 1995.

O dia da estréia se aproximava , e só as faixas e bandeiras estavam prontas ,no entanto, providenciaram uns coletes amarelos e mandaram para uma serigrafia para ser impresso, um escudo do Sport com o nome Torcida Jovem.

No dia da estréia da Jovem havia vinte e cinco coletes, entretanto, sobraram alguns, e esses foram distribuídos entre alguns torcedores que se localizavam próximo.

bandeirãoNaquele 30 de Janeiro de 1996 o local escolhido para a torcida no estádio foi a geral atrás da barra. A Jovem finalmente estreava nos estádios. Para a maioria, mais uma torcida organizada do Sport, para os que faziam, a oportunidade de fazer a maior do nordeste.

Infelizmente o Sport empatou aquele jogo, porém os integrantes da mais nova torcida não desanimaram e continuaram o trabalho.

Até então, todas camisas de organizadas de Pernambuco eram de pano e a impressão feita em serigrafias. É nesse contexto que chega a primeira camisa de nylon produzida fora do estado, mais precisamente, Em Belo horizonte, pela Netuno. Essa camisa revolucionou as torcida de Pernambuco.

Nos primeiros meses de vida da Jovem, os integrantes da TJS eram vítimas de piadas de muitos outros integrantes de outras torcidas organizadas do próprio SPORT, em razão da camisa ser amarela, mas esses fatos não merecem destaque aqui.

Copa da Alemanha 2006Alguns meses depois da estréia, Davi teve a idéia de fazer um bendeirão que cobrisse toda a geral da Ilha e ele o bancou. O tecido e a costura foram feitas em Belo Horizonte e a pintura aqui em Recife(isso em julho de 1996). O bandeirão foi pintado uma semana antes da final do campeonato estadual, e só veio ficar pronto em cima da hora.
Naquele 27 de julho de 1996 o bendeirão estreava e o SPORT se tornaria campeão Pernambuco. A Jovem foi a primeira organizada de Pernambuco a ter um bandeirão.

Uma semana após a estréia do bandeirão, Davi decidiu sair da Jovem. No entanto, os que ficaram " tocaram o barco pra frente " . No final de 1996 a Jovem assina um contrato com a FINTA, um feito inédito para o crescimento da torcida. Fato esse que tornou a Jovem líder de vendas no estado de Pernambuco.

No início de 1997 a Jovem se torna independente do clube e realiza uma sonho de ter uma sede no centro da cidade. Uma sala pequena, porém naquela época um feito importante para o desenvolvimento da torcida, tornando assim pioneira nesse questão.

Gradativamente a Jovem ia crescendo e aos pouco buscando seu aspaço entre as maiores organizadas do Brasil. Em 98 a TJS foi para uma sede maior. Em 99 e 2000 a Jovem já era considerada uma das maiores do Brasil.

Jovem em 2007Entre 2001 e 2004 a Jovem teve dois presidentes, o Lobão(2001) e o Kobaia(2001/2004)

Em 2005 Léo assume a torcida e coloca em prática seus planos, e a torcida vive um grande momento.

(…) No início de 2006 a Jovem faz mais um bandeirão para consagrar a boa fase que a torcida vive.

Em 2008, Marinho assume a Jovem, ele traz grandes novidades e um novo ohar para a Torcida. Além de Implementar várias ideias e colocar em prática toda a sua ideologia. A Jovem compra sua sede própria, conquistada com muito suor e determinação. Além de fazer um novo bandeirão e um camisão. Sem contar com a festa que a entidade promove todos os jogos.

No ano em que a Jovem completa 16 anos sob a administração de Marinho, a torcida consegue realizar um sonho antigo, o da sede própria. Hoje é uma das torcidas mais respeitadas do Brasil e deixou de ser considerada apenas mais uma torcida organizada do Sport, para ser a torcida do Sport.

Porém, a história não pára por aqui…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s