Por J. Edmar–TIMÃO CAMPEÃO DA COPA DE JUNIORES 2015

Todo início de temporada a expectativa toma conta de alguns torcedores mais afoitos e menos informados e a gente vê alguns integrantes da mídia corneteira colaborando para que algumas inverdades sejam alardeadas de forma inconseqüente e desleal…

É um “disse me disse” tão fora da lógica que chega a enojar aquele que é mais ou menos inimigo destas práticas, que vive, de forma mais presente, a realidade e o dia-a-dia dos clubes e das torcidas…

E neste início de 2015, as coisas não foram tão diferentes de anos anteriores exceto que, infelizmente, neste início de temporada, o “veneno” de alguns “formadores de opinião” está sendo muito mais difundido que noutras épocas. E a razão é uma só, ou seja, com o fiasco da nossa Seleção frente os alemães, fica-se, de forma nítida, com a impressão de que nunca mais, no “país do futebol”, as coisas entrarão nos eixos…

E no campo das entidades menores, (no caso específico os clubes de futebol), a nefasta divulgação de “coisas ruins” é ainda de maior monta…

Contando, como já falou, com a participação de alguns integrantes da mídia fofoqueira e venal, alguns torcedores se alvoroçam mais que outros e o resultado, imediato e lógico, disso, é o aumento das idiotices, das tentativas de desestabilização desta ou daquela equipe que, por acaso, se ache em evidência ante a “ruindade” acentuada de outras…

E foi assim, (como não podia ser diferente), o início da 46º edição da Copa São Paulo de Futebol Juniores pois, com 104 equipes inscritas, não é preciso ser um gênio de logística para se deduzir que, entre estas, haveriam muitas, destas, que foram relacionadas apenas para se “massagear o ego” deste ou daquele dirigente, para satisfazer os interesses políticos e prosélitos deste ou daquele mandatário.

Havia, todavia, dente as 104 equipes cadastradas, uma equipe séria, de trabalho voltado ao engrandecimento das atividades de base, ao fortalecimento e efetivação da formação de novos craques que, deste o seu jogo de estréia, tudo fez para tornar-se “alheia” a todo este estado de coisas…

E esta equipe, tem o nome pomposo de SPORT CLUBE CORINTHIANS PAULISTA, ou seja o único BI-CAMPEÃO MUNDIAL DO FUTEBOL brasileiro de clubes e o maior ganhador de troféus na modalidade de Juniores, com um total de OITO conquistas…

Havia, todavia, algumas outras equipes “correndo por fora”, com trabalhos identicamente sérios mas que, ante a grandeza e a hegemonia do MAIOR GANHADOR DE “COPINHAS” do Brasil pouca, ou nada, representaram em termos de assustar ou intimidar a nossa equipe que, no momento, ostentava a conquista do CAMPEONATO PAULISTA da categoria e de CAMPEÃO BRASILEIRO da mesma categoria.

E os grupos foram formados, cabendo ao Glorioso Alvinegro do Parque São Jorge o direito de disputar suas partidas na “Arena” de Barueri, juntamente com o time do GUAICURUS, do RIO BRANCO e, logicamente, o “time da casa”, que era o GRÊMIO BARUERI…

Mas estes três times não foram obstáculos para nossa pretensão, de forma que, terminada a “fase de grupos”, nosso Time terminou em primeiro lugar, com três belas vitórias sendo duas, delas, por goleada, que foram frente a equipe do Rio Branco e do Grêmio Barueri.

Das 104 equipes iniciais, restaram apenas 32 e, entre estas, um “timinho” anarquista e pretensioso que, por não ter, ainda, conquistado uma única edição nas 45 disputas anteriormente efetuadas, arvorou-se do direito de achar que “este ano” o longo tabu seria quebrado…

E começaram as provocações da torcidinha do time em menção uma vez que, fazer provocações, é típico e usual da torcida deste time de colônia estrangeira pois, a cada vitória que obtinham, (não importando contra quem) vinham, imediatamente, com a tradicional e costumeira provocação contra o Glorioso Timão e sua imensa e abnegada Torcida.

E os jogos foram sendo realizados.

E os adversários “de peso” foram sendo eliminados, um após outro.

Continuar lendo

ICFUT – CARNAVAL 2015 – ESCOLA DE SAMBA MANCHA VERDE DO JUVENTUDE – CAXIAS DO SUL

maxresdefault

Mancha verde 2015
DAS LEMBRANÇAS QUE TRAGO NA VIDA; A SAUDADES QUE EU GOSTO DE TER” COMPOSITORES: FLADIMIR GOULART / LEANNDRINHO LV
O CRIADOR A EXISTÊNCIA OFERTOU
A MANCHA VERDE É AMOR, A ESSÊNCIA DA PAIXÃO
SAUDADE… COM GOSTO DE FELICIDADE E EMOÇÃO
LEMBRANÇAS NO MEU CORAÇÃO ( Bis )

OH MÃE, A VIDA GERAR
O PAI ENSINANDO A CAMINHAR
OLHOS AO CÉU, MENTE PRONTA A APRENDER
NOS SENTIDOS, A SEDE DE VIVER
MEMÓRIA, UM SUBLIME RELICÁRIO
O BATIZADO, O PRIMEIRO ANIVERSÁRIO
JOGOS, BRINCADEIRAS, APRENDER O BEABÁ
DA PROFESSORA, DOS COLEGAS RECORDAR
E AS DELÍCIAS DA VOVÓ PROVAR

VEM VIAJAR… LEMBRAR AMORES E AMIZADES
SENTIMENTOS QUE FICARAM NA SAUDADE
VEM VIAJAR… COM A VERDE E BRANCO SAMBAR
E A PURO SWING DELIRAR ( Bis )

O TEMPO PASSOU, CRESCI,
“ABORRECENTE” E ROCK NROOL
TIVE GAME, MEU SKATE
NO FONE O SOM
MINHA JUVENTUDE, SÓ DIVERSÃO
DE REPENTE ACORDEI, ME TORNEI UM CIDADÃO
CPF, RG, VOU TRABALHAR
PENSEI QUE SER ADULTO ERA APENAS O SALARIO GANHAR
FORMADO VOU FAZER A MINHA TRAJETÓRIA
CASAR, TER FILHOS, ESCREVER NOVAS HISTÓRIAS
TRANSMITIR AS MINHAS LEMBRANÇAS, DOS TEMPOS DE CRIANÇA
ETERNIZAR EM POESIA O LIVRO DO MEU SER
AS SAUDADES QUE ADORO TER

13/02 
GRUPO INTERMEDIÁRIO
21h – Nação Verde e Branco

GRUPO DE ACESSO
22h – Acadêmicos XV de Novembro
23h – Unidos da Zona Norte
00h – Unidos da Tia Marta
01h – Acadêmicos Filho de Jardel

14/02
GRUPO ESPECIAL
21h – São Vicente
22h – Incríveis do Ritmo
23h – Protegidos da Princesa
00h – Mancha Verde
01h – Acadêmicos Pérola Negra