Por Cleber Santista – Marinho Chagas passa mal em evento sobre a Copa e fica em estado grave

Fonte: Globo.com

Ex-jogador da Seleção de 1974 estava em encontro com colecionadores de álbum do
Mundial, em João Pessoa, quando vomitou sangue e acabou internado às pressas

Por Phelipe Caldas e Amauri AquinoJoão Pessoa

Marinho Chagas, ex-lateral da Seleção Brasileira da Copa do Mundo de 1974, em evento de colecionadores de ábuns de figurinhas da Copa, em João Pessoa  (Foto: Divulgação / Banca Viña Del Mar)

Considerado o melhor lateral-esquerdo na Copa do Mundo de 1974, Marinho Chagas está entre a vida e a morte, de acordo com o médico plantonista da Unidade de Pronto-Atendimento Oceania de João Pessoa, Charles Paulino, que atendeu o ex-jogador após ele passar mal na capital paraibana. Marinho estava na cidade para participar de um evento com colecionadores de álbuns de figurinhas da Copa do Mundo e conversava com uma pequena multidão quando começou a passar mal. Segundo testemunhas, ele começou a “vomitar sangue” e foi levado às pressas ao posto médico. No local, foi diagnosticado com “hemorragia digestiva alta”.

Na UPA, os médicos tiveram dificuldades de estabilizar o quadro clínico do jogador e não conseguiram estancar a hemorragia. Por isso, o ex-lateral foi transferido para o Hospital de Emergência e Trauma da Paraíba, mais bem equipado para este tipo de procedimento.

Ao ser questionado sobre a situação do paciente, Paulino foi enfático.

– Ele está morre, não morre. O quadro é grave – declarou, enquanto passava pelo corredor da Unidade, saindo da sala de Assistência Social e voltando à Área Vermelha, onde ficam os pacientes em estado crítico.

Depois, quando Marinho já tinha sido transferido, o médico explicou melhor o que aconteceu. O ex-jogador chegou em estado grave, com “considerável perda de sangue”. No Hospital de Trauma, ele será submetido a um exame de endoscopia, para que os médicos possam identificar o local específico do sangramento e, só assim, fazer uma cauterização que permita estancar o sangue. No local, ele também vai precisar passar por uma transfusão.

Upa-Oceania, unidade de pronto atendimento, em João Pessoa (Foto: Phelipe Caldas / GloboEsporte.com/pb)UPA que deu os primeiros atendimentos ao ex-jogador da Seleção (Foto: Phelipe Caldas / GloboEsporte.com/pb)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s