ICFUT – DAS ANTIGAS – Copa do Mundo FIFA de 1938

250px-WorldCup1938poster

A Copa do Mundo de 1938 foi a terceira Copa do Mundo disputada, e contou com a participação de 15 países, 36 países participaram das eliminatórias. O campeonato ocorreu na França.

Foi um mundial tenso, marcado pela gravíssima situação internacional, que levaria a Europa e o mundo à Segunda Guerra Mundial, pouco mais de um ano depois do certame. A Áustria que fora anexada pela Alemanha de Hitler não participou do mundial, pois foi obrigada à ceder seus jogadores à seleção alemã. As grandes forças do mundial eram a Itália, campeã mundial, a Hungria, a Tchecoslováquia e o Brasil.

Foi a primeira copa em que o Brasil realmente se organizou, evitando as eternas e infrutíferas brigas entre cariocas e paulistas. O Brasil tinha um grande jogador, o 1º grande gênio da seleção em copas, Leônidas da Silva. Na estreia um épico, Brasil 6 a 5 Polônia. Um jogo cheio de alternativas decidido só na prorrogação. Uma guerra, com vários jogadores contundidos em ambas as equipes.

Durante as Oitavas aconteceu a primeira grande zebra em copas, empate de 3 a 3 entre Cuba e Romênia. No jogo desempate deu Cuba por 2 a 1. A Suíça empata com a Alemanha em 1 a 1 e vence o jogo desempate por 4 a 2, despachando a seleção teuto austríaca da copa. Os italianos venceram a Noruega por 2 a 1 e os húngaros golearam as Índias Orientais Neerlandesas (hoje Indonésia) por 6 a 0.

Nas quartas o Brasil jogou duas vezes contra a Tchecoslováquia, 1 a 1 e 2 a 1 (jogo desempate). A Itália eliminou a França , dona da casa, por 3 a 1. Os húngaros avançaram com seu futebol técnico eliminando a surpreendente Suíça por 2 a 0. O destaque coube à Suécia que não jogou as Oitavas (seu adversário seria a Áustria) que espantou a zebra cubana por 8 a 0.

Leonidas-na-Copa-Do-Mundo-de-1938

Na semifinal o Brasil, sem Leônidas (poupado), perdeu para a Itália, campeã mundial, por 2 a 1. Os húngaros confirmam sua força e goleiam a Suécia por 5 a 1. A seleção brasileira ganhou da Suécia a decisão do 3º lugar por 4 a 2, na primeira grande participação canarinho em copas.

Na final, a Itália de Vittorio Pozzo, o técnico, e do grande Giuseppe Meazza, contra a forte Hungria. Itália 4 a 2 Hungria, e a Azzurra era o primeiro time a ser bicampeão mundial de futebol. Leônidas, o Diamante Negro, foi o artilheiro do mundial de 1938. Pozzo, até hoje, é o único técnico campeão mundial em duas oportunidades como treinador.

1938_italia

 

Curiosidades

  • O jornalista Vittorio Pozzo se tornou o primeiro (e até hoje único) técnico a conquistar mais de uma Copa. E o fez em torneios consecutivos.
  • Contra a França, a Itália seria obrigada a usar uma camisa de outra cor, já que o azul estava reservado para a seleção da casa. Assim, os italianos se apresentaram com camisa, calção e meias negras, a cor do fascismo.
  • A Áustria foi anexada pela Alemanha nazista em 1938 e deixou de ser um país independente. Por isso, seus jogadores foram incorporados pela seleção alemã e não pôde se apresentar contra a Suécia pelas oitavas-de-final. Foi o único W.O. da história das Copas.
  • A Alemanha nazista se reforçou com jogadores austríacos em suas fileiras. Mas na sua partida de abertura, não passou de um empate em 1-1 com a Suíça. No jogo desempate, ocorrido cinco dias depois, a Alemanha chegou a abrir 2-0. Com o resultado, foi enviado um telégrafo a Adolf Hitler informando o resultado. Mas os suíços não se deixaram abater e viraram o placar, vencendo por 4-2, eliminando a equipe alemã.
  • Cuba era a única equipe da Concacaf na competição. No jogo inicial conseguiram um empate em 3-3 com a Romênia. O destaque da equipe era o goleiro Benito Carvajales, que na partida impediu cinco gols certos dos romenos. Quatro dias depois, o goleiro não participou do jogo-desempate. Em seu lugar, jogou Juan Ayra. Carvajales estava comentando a partida para uma emissora de rádio de seu país. Neste jogo, Cuba eliminou a Romênia por 2-1, com gols de Héctor Socorro e Fernandez, com Dobay fazendo o gol romeno. Foi a primeira vez na história que uma equipe da Concacaf chegava às quartas-de-final do torneio.
  • A Espanha era uma das favoritas ao Mundial, mas não pôde participar por estar vivendo sua Guerra Civil.
  • O atacante polonês Ernest Wilimowski fez quatro gols na partida de estréia, mas sua seleção perdeu do Brasil por 5 a 6 e foi eliminada. Nenhum jogador tem uma média de gols por jogo tão alta em Copas.
  • Nesse mesmo jogo, o Brasil usou pela primeira vez a camisa azul. Como seus adversários poloneses usavam camisas brancas (mesma cor que o Brasil usava na época), o jeito foi jogar com camisas azuis,sem escudo, que eram utilizadas nos treinamentos.
  • Nesse mesmo jogo, o centroavante brasileiro Leônidas da Silva marcou um gol de pé descalço. No segundo tempo da partida, com a chuva que caiu no gramado, e o barro que inundou o campo, Leônidas teve a sua chuteira estourada, descolando a sola do cabedal. Enquanto sua chuteira era consertada, o atacante fez um gol sem as chuteiras, após o rebote de uma cobrança de falta.
  • O Brasil enfrentou a Tchecoslováquia em Bordeaux, no jogo em que ficou conhecido como “Batalha Campal”. A fraca arbitragem do húngaro Paul Von Hertzka fez com que os jogadores de ambos os lados abusassem das jogadas duras. Resultado: 1-1 após a prorrogação, com Machado e Zezé Procópio do Brasil e Riha da Tchecoslováquia expulsos. O goleiro tcheco František Plánička deixou o campo com o braço quebrado, e o artilheiro tcheco Oldřich Nejedlý levou tanto pontapé que acompanhou seu companheiro de equipe a caminho do hospital.
  • Com o empate, foi realizada uma nova partida de desempate dois dias depois. As duas equipes levaram seus jogadores reservas. Para surpresa geral, esse jogo transcorreu em paz e calmaria. Deu Brasil, por 2-1, com gols de Leônidas da Silva e Roberto, com Kopecky marcando para os tchecos.
  • Depois da vitória italiana sobre o Brasil, o jornal “La Gazzetta dello Sport”, influenciado pela ideologia fascista, escreveu: “Saudamos o triunfo da inteligência branca italiana sobre a força bruta dos negros”.
  • A Itália era a única seleção com um avião à disposição para os deslocamentos dentro da França. As demais equipes tinham de usar trem ou ônibus.
  • Mas nem tudo foram flores para a Itália. Após vencer a França nas quartas-de-final em Paris, a Itália foi obrigada a viajar para Marselha para enfrentar o Brasil nas semifinais. Durante o voo o avião sofreu uma pane, e foi obrigado a pousar em Toulouse. A Itália teve que viajar até Marselha de trem.
  • Foi a primeira Copa do Mundo transmitida por rádio para vários países do mundo. No Brasil, os mais antigos diziam que a voz do locutor falhava constantemente, às vezes por até um minuto acontecendo, inclusive, casos do gol narrado não chegar ao Brasil e o ouvinte só saber minutos depois com a reconfirmação do resultado final.

Fonte: wikipedia

ICFUT – Troca de farpas com Lúcio e muito mais: relembre polêmicas de Emerson Sheik

Fonte: lancenet

Atacante do Botafogo diz ter sido chamado de gay por Lúcio; LANCE!Net relembra episódios marcantes e polêmicos envolvendo o ex-jogador do Corinthians

Botafogo bate o Palmeiras e encerra jejum de vitórias no Brasileirão (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)Sheik se envolveu em polêmica com Lúcio (Foto: Celio Messias/LANCE!Press)

O atacante Emerson não fez nenhum dos gols da vitória do Botafogo sobre o Palmeiras, por 2 a 0, nesta quarta-feira. No entanto, ele foi um dos nomes da partida por se envolver numa polêmica com o zagueiro Lúcio. Sheik disse ter sido chamado de gay pelo defensor, o que foi negado pelo alviverde. Esta, porém, não foi a primeira vez que Emerson foi alvo de muito ‘bafafá’.

 

LANCE!Net resolveu relembrar alguns episódios marcantes de Sheik dentro e fora dos gramados. Confira:

Camisada em segurança

Na partida contra o Grêmio, no último dia 21, o atacante do Botafogo deixou o campo e discutiu com o segurança do Grêmio Fernandão. Após o profissional do Tricolor Gaúcho levantar o dedo em direção ao seu rosto, Sheik tentou dar uma camisada em Fernandão. Por causa do episódio, o jogador foi denunciado pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ele pode pegar até 12 partidas de suspensão como pena.

Ironia direcionada ao Flu

Pouco depois do ‘rebaixamento’ do Fluminense no ano passado, Sheik foi só ironias na internet contra o Tricolor Carioca. O atacante escreveu "Hoje é domingo. E amanhã? O mundo realmente dá voltas. Chupa", em referência ao Flu. Em 2011, o jogador deixou o mesmo Fluminense por supostamente ter cantado um funk que fazia alusão ao Flamengo no ônibus da delegação Tricolor.

Provocações a São Paulo e Palmeiras

Ainda nos tempos de Corinthians, Sheik protagonizou polêmicas em episódios envolvendo São Paulo e Palmeiras. Quando o Alviverde foi novamente rebaixado, o atacante postou na internet ‘Que dó da formiquinha’. Ele também disse que ‘Não sabia que em São Paulo também tinha chororô’, após reclamações do Tricolor Paulista sobre arbitragem.

Corinthians – selinho, mordida e helicóptero após atraso

Em sua passagem pelo Corinthians, Emerson se envolveu em diversas polêmicas. Numa delas, o atacante chegou de helicóptero num treino em que chegou atrasado. Em outro caso marcante, mordeu a mão do zagueiro argentino Caruzzo, do Boca Juniors, na final da Libertadores. Corajoso, o atacante postou uma foto na internet na qual dava um ‘selinho’ num amigo. A atitude gerou muita discussão. Enquanto muitos torcedores apoiaram a atitude de Emerson contra o preconceito, outros repudiaram o ato.

Críticas ao lateral Léo

Após a conquista do Mundial de Clubes pelo Corinthians, Sheik gritou ‘Chupa, Léo’. O lateral santista tinha criticado a postura da torcida alvinegra no Aeroporto de Garulhos. Emerson ainda usou o Twitter para xingar o jogador da Vila Belmiro.

Denunciado na Justiça

O hoje atacante do Botafogo já foi denunciado por contrabando e lavagem de dinheiro. De acordo com informações do Ministério Público Federal  ele teria comprado veículos importados ilegalmente dos Estados Unidos. Sheik, porém, foi inocentado das acusações.

ICFUT–BRASILEIRÃO SÉRIE A: Resultados, gols e classificação

Fonte: futebolinterior

Corinthians freia o líder, Inter volta ao G4 e Palmeiras perde outra

O São Paulo marca no fim e escapa de derrota para o Atlético-PR com gol que bateu no braço de Luis Fabiano

Campinas, SP, 29 (AFI) – Restam apenas duas partidas para completar a penúltima rodada antes da paralisação do Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo, e o equilíbrio na tabela de classificação está evidente. Do São Paulo, oitavo colocado, ao líder Cruzeiro, a diferença é de apenas três pontos. Nesta quarta-feira, a Raposa perdeu a chance de disparar na liderança, ao perder para o Corinthians, que entrou no G4. Destaque também para a vitória do Inter diante da Chapecoense e a derrota do Palmeiras contra o Botafogo.

Atual campeão do Brasileirão, o Cruzeiro teve o ímpeto freado pelo Corinthians. Com o gol de Guerrero, o Timão colocou mais fogo na competição, impediu que o líder disparasse e entrou na zona de classificação para aCopa Libertadores da América. Com a vitória pelo placar mínimo, o Alvinegro tomou o posto de melhor time paulista do Palmeiras e subiu para a terceira colocação com 15 pontos, a dois da Raposa.

Na segunda colocação, com a mesma pontuação do Corinthians, o Fluminense conheceu sua primeira derrota desde que o atacante Fred se apresentou à Seleção Brasileira. Desta vez, Rafael Sobis e Walter não brilharam, e o Tricolor foi derrotado pelo Atlético-MG por 2 a 0, com gols de Dátolo e Diego Tardelli. O Galo está há cinco partidas sem perder e já é o sexto colocado com 14 pontos.
Fechando o G4, está o Internacional com os mesmos 15 pontos. Sem Rafael Moura, entregue ao Departamento Médico, Wellington Paulista chamou a responsabilidade e marcou os dois gols da vitória do Colorado, por 2 a 0, diante da Chapecoense, 18ª colocada com cinco pontos.

Ainda na quarta…

O Palmeiras vem despencando na tabela de classificação. O Verdão conheceu sua segunda derrota seguida e segue sem vencer desde que Ricardo Gareca foi anunciado como o novo técnico da equipe. A partida marcada por troca de farpas entre o zagueiro Lúcio e o atacante Emerson Sheik, teve o Botafogo como vencedor. O Fogão levou a melhor e fez 2 a 0 no Alviverde, em pleno EstádioPrudentão. O clube carioca deixou a zona de rebaixamento e subiu para a 12ª colocação com oito pontos. A equipe de Parque Antártica é o nono com 12.

Quem também venceu nesta oitava rodada foi o Criciúma. O Tigre se aproveitou da crise do Coritiba e venceu por 1 a 0, com gol solitário de Fábio Ferreira. O clube catarinense já não sabe o que é perder há quatro jogos e foi para a décima posição com 11 pontos. Enquanto que o Coxa é o vice-lanterna com quatro, a três do Vitória, primeiro integrante fora da zona de rebaixamento.
O Leão empatou com o Goiás por 0 a 0 e segue muito próximo da zona do rebaixamento, onde é o 18º colocado com sete pontos, a um do Flamengo, que ainda jogada na rodada. O resultado, porém, foi muito ruim para o Goiás, que jogava em casa e deixou o G4. Agora é o quinto com 15 pontos, os mesmos de Fluminense, Corinthians e Internacional.
Fechando esta quarta-feira, Sport vai para o seu terceiro jogo sem vencer. O Leão empatou sem gols com o Grêmio, sétimo colocado com 14 pontos. O atacante Barcos voltou a ser muito criticado na partida e continua sem marcar. Por sua vez, o São Paulo buscou o empate, em 2 a 2, diante do Atlético-PR, graças ao gol que bateu na mão do atacante Luís Fabiano e entrou no fundo das redes. O Tricolor é o oitavo com 13 pontos, e o Furacão o 11º com dez.
Na quinta-feira, mais dois jogos encerram a oitava rodada, o Santos enfrenta o Bahia e o Flamengo tenta sair da zona de rebaixamento diante do lanterna Figueirense.

Confira os resultados da 8ª rodada
Sport-PE
0
x
0
Grêmio-RS
Palmeiras-SP
0
x
2
Botafogo-RJ
Criciúma-SC
1
x
0
Coritiba-PR
Internacional-RS
2
x
0
Chapecoense-SC
Goiás-GO
0
x
0
Vitória-BA
Corinthians-SP
1
x
0
Cruzeiro-MG
Atlético-PR
2
x
2
São Paulo-SP
Atlético-MG
2
x
0
Fluminense-RJ

Gols

 

Classificação

8ª Rodada

 

  Clube PG J V E D GP GC SG A%
Cruzeiro-MG 16 8 5 1 2 15 10 5 66,7
Fluminense-RJ 15 8 5 0 3 13 7 6 62,5
Corinthians-SP 15 8 4 3 1 10 4 6 62,5
Internacional-RS 15 8 4 3 1 11 8 3 62,5
Goiás-GO 15 8 4 3 1 7 4 3 62,5
Atlético-MG 14 8 4 2 2 10 7 3 58,3
Grêmio-RS 14 8 4 2 2 7 5 2 58,3
São Paulo-SP 13 8 3 4 1 14 11 3 54,2
Palmeiras-SP 12 8 4 0 4 8 10 -2 50,0
10º
Criciúma-SC 11 8 3 2 3 4 9 -5 45,8
11º
Atlético-PR 10 8 2 4 2 12 11 1 41,7
12º
Botafogo-RJ 8 8 2 2 4 12 11 1 33,3
13º
Bahia-BA 8 6 2 2 2 6 5 1 44,4
14º
Sport-PE 8 7 2 2 3 6 10 -4 38,1
15º
Santos-SP 8 7 1 5 1 6 5 1 38,1
16º
Vitória-BA 7 8 1 4 3 8 10 -2 29,2
17º
Flamengo-RJ 6 7 1 3 3 5 9 -4 28,6
18º
Chapecoense-SC 5 8 1 2 5 5 9 -4 20,8
19º
Coritiba-PR 4 8 0 4 4 5 10 -5 16,7
20º
Figueirense-SC 3 7 1 0 6 1 10 -9 14,3
LegendaPG – Pontos Ganhos | JG – Jogos Disputados | VI – Vitórias | EM – Empates
DE – Derrotas | GP – Gols Pró | GC – Gols Contra | SG – Saldo de Gols
%A – Porcentual de Aproveitamento de Pontos


 

 
Classificados à Taça Libertadores

 
Classificados à Sul-americana

 
Rebaixados à Serie B

 
Classificado à Libertadores 2014 – Atual Campeão