ICFUT – Copa 2014: Hexa pode render R$ 1 milhão a cada jogador do Brasil

Fonte: futebolinterior

A premiação vem sendo discutida há cerca de dois meses e o valor ainda não está totalmente fechado

O valor ainda não está totalmente fechado, mas o hexacampeonato mundial poderá render um prêmio de mais de R$ 1 milhão para cada jogador da seleção brasileira. A premiação terá como base o dinheiro a ser repassado pela Fifa à seleção campeã mundial em 2014 – US$ 35 milhões, equivalentes a R$ 77,7 milhões. A tendência é que 60% dessa quantia seja repassada aos atletas e membros da comissão técnica, caso o Brasil levante a taça.

A premiação vem sendo discutida há cerca de dois meses. O presidente da CBF, José Maria Marin, já fez alguns contatos com o zagueiro Thiago Silva, capitão da equipe nacional e líder dosjogadores na questão da premiação. É bem grande a possibilidade de o acordo girar em torno dos 60% do valor que será entregue pela Fifa à entidade em caso de título, ou seja, R$ 46,6 milhões. Se esse valor fosse dividido igualmente entre os 45 integrantes da delegação, daria R$ 1,03 milhão para cada um.

No entanto, a tendência é de que 60% desse valor fiquem para os jogadores e para o técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador Carlos Alberto Parreira. Se essa hipótese prevalecer, a conta bancária de cada um deles receberia o reforço de R$ 1,116 milhão.

Há algumas semanas, Marin disse estar otimista sobre um acordo rápido e tranquilo. "Se há uma coisa que não se preocupa nessa Copa é a premiação. Já conversei sobre isso com o Thiago Silva e ele gostou do que foi proposto. Os jogadores estão mais interessados em conquistar o título", disse.

Como a convocação definitiva para a Copa ocorreu 19 dias atrás e apenas nesta segunda-feira os jogadores se reencontraram – e nas últimas duas semanas boa parte delas estava mais preocupada com os títulos que disputavam por seusclubes -, o tema premiação será retomado agora. Thiago já revelou que o acordo do valor a ser divido entre as partes está muito bem encaminhado.

A Fifa aumentou em 37% a premiação em comparação com a Copa de 2010, disputada na África do Sul. No total, a entidade distribuirá no Brasil US$ 573 milhões, cerca de R$ 1,272 bilhão.

ICFUT – Rumores sobre corte na Seleção agitam primeiro dia de treino

Fonte: lancenet

Meia Oscar e atacante Jô seriam as vítimas, mas comissão técnica e departamento de comunicação da CBF dizem que todos os jogadores se apresentaram sem lesão

LANCE!Net flagra jogadores da Seleção Brasileira na academia (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)
Jogadores fizeram exames e um treino leve na academia da Granja Comary (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Rumores sobre o possível corte de um dos jogadores da Seleção Brasileira agitaram o primeiro dia de treinos, nesta segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis. Os primeiros surgiram em redes sociais, no meio da tarde, e apontaram o meia Oscar, do Chelsea (ING), ou o atacante Jô, do Atlético-MG, como possível vítima.

O coordenador técnico Carlos Alberto Parreira e o auxiliar técnico Flávio Teixeira, o Murtosa, foram os primeiros a negar a possibilidade. Segundo Parreira, as condições dos atletas são até melhores do que as de Copas anteriores.

– Se alguém não estiver no melhor da sua condição física, com certeza até o início estará. Vamos fazer um trabalho bem direcionado, preparar o time para estar pronto para o momento da estreia. Pela experiência de Copas anteriores, sabemos que pegar jogador desgastado é complicado, mas não é o nosso caso – disse o coordenador técnico.

– Felizmente, pelo primeiro contato feito com os jogadores, ninguém tem problema de lesão. Nesses primeiros dias, com os testes que estamos realizando, vamos saber das reais condições deles – emendou Murtosa.

Depois da entrevista coletiva, o departamento de comunicação da CBF reforçou que Oscar não se apresentou com lesão.

Dos jogadores convocados, pelo menos dois tiveram lesões às vésperas da convocação: os atacantes Neymar e Jô.

Em meados de abril, Neymar sofreu uma contusão no quarto metatarso do pé esquerdo, durante clássico vencido pelo Real Madrid, na final da Copa do Rey. O atacante, no entanto, recuperou-se a tempo de atuar na última rodada do Campeonato Espanhol, no empate que deu o título ao Atlético de Madrid.

– Precisamos ter os exames em mãos, só quem vai nos dar as condições reais será o departamento médico e o físico. Mas acho que Neymar está em totais condições e não tem problema médico. Acho que terá condição de treinar com o grupo normalmente – disse Parreira.

Com relação a Jô, ele sofreu uma lesão leve no joelho direito, no início de maio, mas foi liberado pelo departamento médico do Atlético-MG e voltou a treinar no último dia 20.