ICFUT – Cruzeiro empata com o San Lorenzo e é eliminado da Copa Libertadores

Fonte: lancenet

Igualdade com o ‘Ciclón’ elimina a Raposa da principal competição da América do Sul. Este é o terceiro brasileiro a deixar o torneio após enfrentar os argentinos

Cruzeiro x San Lorenzo (Foto: Ramon Bitencourt/LANCE!Press)
Cruzeiro não fura o bloqueio do San Lorenzo (Foto: Ramon Bitencourt/LANCE!Press)

Os milagres tornaram-se a tônica do San Lorenzo (ARG) na atual edição da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o ‘Ciclón’ contou com a ajuda divina para empatar com o Cruzeiro por 1 a 1, no Mineirão. Com a igualdade, a equipe argentina chega à semifinal e aguarda o resultado da partida entre Bolívar (BOL) e Lanús (ARG) para conhecer o seu adversário.

A primeira ajuda divina ocorreu nos minutos iniciais. O centroavante, Mauro Matos, se aproveitou de falha do zagueiro Dedé e apenas rolou para o apoiador Ignacio Piatti abrir o placar no Gigante da Pampulha.

Com a inferioridade no placar, a Raposa partiu para cima e tentou a virada a todo custo. A partir daí, novos milagres começaram a ser vistos em Belo Horizonte. O goleiro, Sebastián Torrico, assistiu uma finalização de Marcelo Moreno acertar as suas duas traves, antes de Santiago Gentiletti afastar o perigo.

Na volta do intervalo, Marcelo Oliveira apostou em uma modificação para buscar o resultado positivo. Dagoberto entrou na vaga de Nilton e o time se posicionou de forma mais ofensiva. O resultado foi pressão total e muitos lances de perigo.

Diante das boas oportunidades criadas pelo Cruzeiro, um novo milagreiro apareceu em campo: Sebastián Torrico. O goleiro rechaçou inúmeras finalizações adversárias e impediu que a sua equipe ficasse em desvantagem no placar.

Apesar das ótimas intervenções do arqueiro do San Lorenzo, uma conclusão não foi párea para ele. Bruno Rodrigo recebeu cruzamento de Willian, subiu mais que Carlos Valdés e cabeceou de forma certeira para empatar.


        Cruzeiro não consegue passar pelo San Lorenzo no Mineirão (Foto: Douglas Magno/AFP)

Minutos após o gol do defensor, Leandro Romagnoli foi punido com um cartão vermelho por agredir Marcelo Moreno. A expulsão fez com que a partida se tornasse um duelo entre atacantes e defensores. A bem postada equipe de Edgardo Bauza, no entanto, soube segurar o resultado e assegurar a classificação.

O Cruzeiro é o terceiro time brasileiro a ser eliminado pelo San Lorenzo na atual edição da Libertadores. Botafogo e Grêmio deixaram o torneio após derrota para a equipe de Buenos Aires.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X SAN LORENZO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 14/5/2014 – às 22h
Árbitro: Martín Vázquez (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e Carlos Pastorino (URU)
Público/renda: 44.220 pessoas / R$ 6.678.135,00

Gols: Ignacio Piatti, aos 9’/1ºT (0-1); Bruno Rodrigo, aos 25’/2ºT (1-1)

Cartões amarelos: Dedé (CRU); Juan Mercier, Mauro Matos, Walter Kannemann, Sebastián Torrico (SLO)
Cartão vermelho: Leandro Romagnoli (SLO)

CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Samudio (Egídio – 32’/’1ºT); Henrique, Nilton (Dagoberto – Intervalo), Éverton Ribeiro e Júlio Baptista (Ricardo Goulart – 11’/2ºT); Willian e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira.

SAN LORENZO: Sebastián Torrico; Julio Buffarini, Santiago Gentiletti, Carlos Valdés e Emmanuel Más; Juan Mercier, Néstor Ortigoza, Héctor Villalba (Enzo Kalinski – 30’/2ºT) e Ignacio Piatti (Walter Kannemann – 23’/2ºT); Ángel Correa (Leandro Romagnoli – 14’/2ºT) e Mauro Matos. Técnico: Edgardo Bauza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s